domingo, 28 de fevereiro de 2010

Desporto - Futebol

Alcanenense e Amiense empatam em derby regional
O Alcanenense recebeu o vizinho Amiense em jogo a contar para o Campeonato da Divisão Maior da A.F. de Santarém, tendo o resultado se cifrado no final dos noventa minutos num empate a zero. O Desportivo de Torres Novas viajou a terras de Cartaxo onde arrancou um empate a uma bola, enquanto o Riachense foi a Tomar vencer a equipa local por 1-2. Após estes resultados o Riachense reforça ainda mais a liderança da classificação com 32 pontos. Segue-se Amiense (26), Alcanenense (24), Torres Novas (21), Cartaxo (20) e Tomar (17). Na próxima jornada o Alcanenense viaja até Riachos.
---------------------------------------------------------------

Desporto - Futebol

Monsanto sofre mais uma derrota
O Monsanto, foi derrotado em Viseu, perante o Académico por três bolas a duas, na 21ª jornada do Campeonato Nacional da II Divisão, série Centro, encontrando-se na 14ª posição na tabela classificativa, com vinte e um pontos mais dois que o “lanterna vermelha”, o Vitória dos Açores.
Resultados:

Oliveira Bairro - Pampilhosa, 2-3
Académico Viseu - Monsanto, 3-2
Marinhense - Praiense, 0-0
Tourizense - Arouca, 0-1
União Serra - Operário, 0-1
Esmoriz - Mafra, 1-0
Eléctrico - Sertanense, 1-2
Vitória Pico - Tondela, 1-0

Próxima Jornada:
Monsanto - Pampilhosa
Praiense - Académico Viseu
Arouca - Marinhense
Operário - Tourizense
Mafra - União Serra
Sertanense - Esmoriz
Tondela - Eléctrico
Vitória Pico - Oliveira Bairro
-----------------------------------------------------------

Meteorologia

Valada isolada devido à subida das águas do Tejo
A povoação de Valada (Cartaxo) ficou isolada durante a madrugada de hoje devido à subida do caudal do Tejo, um aumento do nível das águas que se irá continuar a sentir até final da manhã na zona da Lezíria.
Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro, o pico de cheia foi atingido na zona Norte do distrito cerca das 23:00 de sábado, com efeito na zona Sul durante a manhã de hoje, prevendo-se que a estrada nacional 368, entre Tapada (Almeirim) e Alpiarça, fique submersa e que possa haver o galgamento do descarregador da Courela.
Ao princípio da manhã já se sentia o efeito de algum abaixamento dos caudais, devido a um ligeiro abrandamento nas descargas das barragens, na zona Norte do distrito, com a zona do relvado em Rossio ao Sul do Tejo (Abrantes) já a descoberto.
Decretado na passada segunda feira o alerta amarelo do Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, várias estradas, sobretudo municipais, encontram-se submersas em vários pontos do distrito, estando a povoação de Reguengo do Alviela (Santarém) isolada desde terça-feira, devido à inundação da estrada municipal que liga esta aldeia ao Pombalinho e da EN 365, na ligação a Vale de Figueira.
No concelho de Santarém estão ainda submersas a estrada que liga a cidade à aldeia ribeirinha das Caneiras, a estrada municipal que liga Ribeira de Santarém a Vale de Figueira e a nacional 365 nas Assacaias e junto à fonte de Palhais (Ribeira de Santarém).
Entre as estradas submersas contam-se a EN 368-1, entre Chamusca e Vale de Cavalos, a EN 365, entre a Quinta da Broa e a ponte do rio Almonda (Golegã), a municipal 1369 entre Alpiarça e Torrinha (estrada do campo) e as nacionais 114-2, entre Setil e Reguengo (por influência do rio Maior), e a 3-2, entre a Ponte do Reguengo e Valada (com isolamento da povoação de Valada).
Por influência da subida do rio Sorraia, estão ainda submersos os caminhos municipais entre a EN 114-3 (freguesia de Coruche e Fajarda) e a EM 515 (Biscainho) e entre a EN 114-3 e a EN 119 (ambas estradas de campo), além da estrada municipal 1456, entre Benavente e a Reta do Cabo (também estrada do campo).
Continuam inundadas as zonas junto ao rio em Constância (jardim, parque de estacionamento, estrada do campo e via junto à Casa de Camões), Vila Nova da Barquinha (submersão do cais de Tancos e parcialmente da rua de acesso e ainda Avenida dos Plátanos).
Na região influenciada pela bacia hidrográfica do Tejo estão ainda afectados vários caminhos vicinais junto a linhas de água.
A Protecção Civil recomenda cuidado na condução de veículos, evitando passar em zonas submersas, a suspensão de todas as actividades nas margens do Tejo e afluentes e a retirada de bens e animais das zonas potencialmente inundáveis.
-----------------------------------------------------------------

Política


PS do Cartaxo foi ontem a votos
Pedro Ribeiro foi ontem eleito presidente da Comissão Política Concelhia do PS Cartaxo. Nas eleições realizadas, Pedro Ribeiro alcançou 83 votos, Bernardo Pereira 75 e Marco Caetano 37. Registaram-se ainda quatro votos brancos, na eleição mais participada de sempre do PS Cartaxo, com 199 votantes dos cerca de 300 existentes naquela concelhia partidária.
----------------------------------------------------------------------

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Meteorologia

Bacia do Tejo continua em Alerta Amarelo
O Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, continua no nível de Alerta Amarelo, diz o último comunicado emitido pelo Governo Civil de Santarém.
Durante a tarde de hoje registou-se um aumento dos caudais lançados pelas barragens Espanholas, Castelo de Bode e Pracana. Este aumento originou a subida dos níveis de água na zona de Abrantes/ Almourol, que se irá verificar na zona da Lezíria (Santarém), a partir da madrugada de amanhã dia 28.
----------------------------------------------

Política


Eleito novo presidente do PSD para a concelhia de Tomar
O novo presidente da Comissão Política Concelhia do PSD de Tomar, José Delgado, disse hoje à agência Lusa que vai trabalhar "de forma construtiva" para que seja o partido a "marcar a agenda" na gestão da autarquia (PSD/PS).
José Delgado derrotou, nas eleições realizadas sexta-feira à noite, a lista liderada por Luís Vicente (anterior presidente da concelhia) e que mantinha Miguel Relvas como candidato à presidência da Mesa da Assembleia-geral.
José Delgado reuniu os votos de 65 dos 112 militantes que votaram (dos 145 com quotas em dia), tendo 44 votado em Luís Vicente, enquanto o seu candidato à Mesa da Assembleia, Acácio Norte, recebeu 63 votos contra os 47 de Miguel Relvas.
A nova concelhia do PSD de Tomar toma posse no domingo de manhã, reunindo-se de seguida para preparar uma intervenção que José Delgado assegurou ir ser marcada por uma postura "colegial" contra a anterior, que classificou de "presidencialista".
Sob o lema da "mudança", a lista de José Delgado afirma que vai assentar as suas decisões a partir da "aferição da vontade das bases", tendo o presidente da concelhia dito à Lusa ser ainda prematuro pôr em causa a coligação com o PS.
--------------------------------------------------------------

Meteorologia

Casa ruiu em Ferreira do Zêzere por motivo do mau tempo
Uma casa ruiu, cerca das 18:00 de hoje, em Ferreira do Zêzere, distrito de Santarém, deixando uma pessoa desalojada, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.
Joaquim Chambel, comandante distrital de operações de socorro, disse à agência Lusa que essa foi a situação mais grave ocorrida devido ao mau tempo que assolou hoje o distrito, tendo os fortes ventos registados durante a tarde provocado a queda de cerca de uma centena de árvores e de alguns postes de telefone, além da queda de uma grua, em Torres Novas.
Segundo o responsável, chegou a ser ponderada a evacuação da aldeia ribeirinha da Palhota, no concelho do Cartaxo, devido ao efeito provocado pelo vento durante a praia mar (atirando a água para as marachas do Tejo).
Contudo, os cerca de 20 habitantes mantiveram-se na aldeia, tendo contado com a presença permanente de elementos dos bombeiros até a situação ter sido ultrapassada, disse.
Joaquim Chambel disse à Lusa que a protecção civil municipal de Ferreira do Zêzere está a tratar do alojamento da pessoa que ficou sem casa e que as quedas de árvores não provocaram obstrução de vias nem vítimas, tendo a grua, que caiu ao fim da manhã, danificado uma viatura que estava estacionada e um andar do prédio, que se encontra em construção.
Registaram-se ainda várias quebras no serviço de electricidade, que a EDP, com forte presença no terreno, tem estado a resolver prontamente, o mesmo acontecendo com as quebras nas linhas telefónicas, disse.
Caíram ainda diversas estruturas, como placares, toldos e palas de fábricas e houve "um ou outro destelhamento" em barracões e arrecadações, além de inundações em ruas e casas, sobretudo na zona de Porto Alto, Samora Correia.
Quanto à situação de cheia, Joaquim Chambel disse que se mantém o nível de alerta amarelo decretado na segunda feira, sendo a situação estável relativamente aos últimos dias, com pequenas variações nos caudais sem alterações nas ocorrências que têm vindo a ser divulgadas.
Joaquim Chambel adiantou que, a manter-se o nível de descargas que se começou a registar hoje nas barragens espanholas e do Castelo de Bode, a situação poderá vir a agravar-se a partir de amanhã.
-------------------------------------------------------------------------

Meteorologia

Mau tempo origina queda de grua em Torres Novas
Os fortes ventos sentidos na última hora no distrito de Santarém provocaram a queda de uma grua, em Torres Novas, que causou danos numa viatura estacionada e num andar de um prédio em construção, não havendo vítimas.
O comandante distrital de operações de socorro, Joaquim Chambel, disse à agência Lusa que, além da grua, que se encontrava junto do prédio em construção, caíram várias árvores em alguns pontos do distrito, sem contudo causarem qualquer dano ou obstrução de vias.
Quanto à situação de cheia, desde a madrugada de hoje que se regista um decréscimo dos caudais do Tejo que se fará sentir durante a tarde na lezíria, parte Sul do distrito, afirmou.
Segundo disse, espera-se que até ao fim do dia se mantenham os condicionamentos que se vêm registando desde a passada terça feira, tendo ficado esta noite submersa a estrada municipal que liga Santarém à aldeia ribeirinha das Caneiras.
Desde a tarde de sexta-feira que se encontra submersa a estrada nacional 365, em Assacaias (Santarém) e a 114-2 junto ao Setil (Cartaxo), esta devido também à subida das águas do rio Maior.
Mantêm-se inundadas as zonas junto ao rio em Constância (jardim, parque de estacionamento e via junto à Casa de Camões), o cais de Tancos e via de acesso (Vila Nova da Barquinha).
Continuam igualmente submersas a EN 365 entre a Quinta da Broa e a ponte do rio Almonda, no concelho da Golegã, a EM 1369 entre Alpiarça e Torrinha (estrada de campo), a estrada municipal entre Pombalinho e Reguengo do Alviela e a EN 365 (que deixam isolada a povoação de Reguengo do Alviela), no concelho de Santarém.
Estão igualmente submersas a estrada municipal que liga a Ribeira de Santarém a Vale de Figueira e a EN 365 na Ribeira de Santarém (junto à ponte de Palhais).
Por influência da subida do rio Sorraia, continuam submersos os caminhos municipais entre a EN 114-3 e a EM 515 e entre a EN 114-3 e a EN 119, no concelho de Coruche, e a EM 1456 entre Benavente e a Recta do Cabo (estrada do campo).
Na região da bacia hidrográfica do Tejo estão ainda afectados vários caminhos vicinais junto a linhas de água.
A Protecção Civil reforça o apelo a cuidados redobrados na condução de veículos, evitando as zonas submersas, à suspensão das actividades profissionais ou outras no leito do Tejo e afluentes e à retirada de bens e animais de locais inundáveis.
A Governadora Civil do distrito de Santarém, Sónia Sanfona, accionou, na passada segunda feira, o Plano de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, que se encontra no nível de alerta amarelo.
-------------------------------------------------------------------

Política

Confusão na reunião da Assembleia Municipal de Alcanena
Conforme noticia o Jornal O Mirante, a confusão instalou-se na Assembleia Municipal de Alcanena, realizada na noite da passada quinta feira. A primeira situação surgiu com a chegada, sensivelmente atrasada, dos deputados da Coligação PSD-CDS que viram as suas cadeiras ocupadas pelos membros da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) que iriam fazer uma apresentação sobre a mesma prevista na ordem de trabalhos.
Os quatro deputados sentaram-se na fila dianteira para minutos depois se levantarem e ocuparem os lugares que lhes estavam destinados, atrás da bancada dos independentes pelo Concelho de Alcanena (ICA). Os membros da CPCJ aguardaram de pé e saíram após a apresentação. “Gostaria que o senhor presidente da mesa assegurasse sempre que há lugar para os quatros deputados do PSD-CDS”, reclamou Ana Cláudia Coelho dirigindo-se a Silvestre Pereira (PS).
Mas a maior confusão ocorreu no período destinado à colocação de questões por parte dos deputados dos vários partidos. Das inúmeras intervenções, destacou-se a crítica ao facto destas reuniões passarem a realizar-se à quinta-feira e a questão da nomeação de dois secretários para os vereadores Luís Pires e Hugo Santarém e o peso orçamental que estes cargos acarretam para a autarquia.
Ana Cláudia Coelho (PSD/CDS) sentiu que a presidente de Câmara, Fernanda Asseiceira (PS), não respondeu às questões e insistiu por diversas vezes na resposta, entrando em diálogo com outros deputados. Também a bancada dos ICA sentiu que ficou sem resposta em relação a este ponto e apresentou uma declaração de protesto. Na discussão, que se alongou por mais de uma hora, Silvestre Pereira viu alguns pontos de ordem a chegarem à mesa, dois dos quais feitos pela bancada socialista.
-----------------------------------------------------------
Fonte: Jornal "O Mirante" - edic. online 27.02.10

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Meteorologia


Plano de Cheias na Bacia do Tejo continua em Alerta Amarelo
Nas barragens espanholas e Castelo de Bode, durante todo o dia de hoje não se registaram variações significativas nos caudais lançados. No Almourol os níveis de água encontram-se estabilizados.
Na lezíria de Santarém, verificar-se-á nas próximas horas a estabilização do nível da água, com ligeiras variações sem grande significado, diz um comunicado emitido pelo Governo Civil de Santarém.
Além das situações já registadas com a submersão de várias estradas, durante a noite de hoje, princípio de madrugada de amanhã prevê-se mais as seguintes situações:
- Eventual submersão da EN368-1, Chamusca -Vale Cavalos
- Eventual submersão da EM Santarém – Caneiras
Tempo vai agravar-se:
Previsão Meteorológica para este sábado no Ribatejo:
Céu muito nublado ou encoberto, apresentando abertas durante a tarde.
Períodos de chuva, por vezes forte nas regiões do Norte e Centro, passando gradualmente a regime de aguaceiros a partir da tarde.
Vento forte (35 a 55 km/h) do quadrante sul, soprando temporariamente muito forte (55 a 75 km/h), com rajadas da ordem dos 130 km/h no litoral e terras altas, diminuindo de intensidade e rodando para oeste a partir do final da tarde. Subida da temperatura.
O Serviço de Meteorologia activou o alerta laranja para a região por motivo de ventos fortes.
---------------------------------------------------------------------

Economia

Assinada escritura de aquisição da cervejeira “Drink In”
Os espanhóis da Font Salem, do Grupo Damm, assinaram hoje a escritura de aquisição da cervejeira Drink In, em Santarém, comprada por 15,5 milhões de euros, disse à agência Lusa o administrador da insolvência da empresa.
Apesar do interesse manifestado pelo fundador da empresa, Sousa Cintra, apenas a Font Salem apresentou uma proposta de aquisição, em resposta ao anúncio publicado em Novembro último, que impunha um valor de licitação mínimo de 12,5 milhões de euros.
A Drinkin, que pediu a insolvência em Fevereiro de 2009, tinha um passivo a rondar os 120 milhões de euros. A empresa é adquirida "livre do passivo, ónus ou encargos existentes à data da transmissão".
A venda inclui "todos os edifícios, áreas descobertas e os furos de água localizados dentro do terreno" e implica a aceitação dos trabalhadores "existentes à data da venda", que, segundo fonte sindical disse à Lusa, são neste momento cerca de 45.
Quando inaugurou a fábrica de Santarém, no final de Maio de 2002, Sousa Cintra afirmou que investiu 75 milhões de euros na unidade, acabando por vender a empresa quatro anos depois, já em situação económica difícil, à Iberpartners, de Jorge Armindo, por um valor não revelado.
A Drink In chegou a ter 190 trabalhadores, número que já havia baixado para 115 quando foi pedida a insolvência e que foi reduzido para os actuais cerca de 45 devido à saída dos trabalhadores contratados e dos efectivos que negociaram as rescisões no âmbito do processo da insolvência.
Quando apresentou a sua proposta de aquisição, a Font Salem afirmou ter um projecto que vai trazer "know-how (conhecimentos) e maximizar a actividade comercial da fábrica de Santarém", semelhante aos que desenvolve nas unidades que possui em Espanha.
Fonte dos trabalhadores disse hoje à Lusa que a empresa já começou a mudar o equipamento da fábrica, dotando-a de máquinas mais modernas que está a transferir de uma unidade que encerrou em Espanha.
"A fábrica está a ter um nível de manutenção como nunca teve, nem no tempo do senhor Sousa Cintra nem depois", disse a fonte, adiantando que os trabalhadores que ficaram na empresa estão a ter formação "intensiva".
Num protocolo celebrado com a Câmara Municipal de Santarém, que é submetido a ratificação na Assembleia Municipal, a Font Salem compromete-se a assegurar o funcionamento da fábrica por um período mínimo de cinco anos.
No documento, a Font Salem "obriga-se a não vender a fábrica" e a mantê-la em actividade "enquanto unidade industrial de produção e/ou engarrafamento de bebidas por um período de cinco anos a contar da data da aquisição".
A cervejeira foi construída por Sousa Cintra em terrenos vendidos pela autarquia pelo preço simbólico de um escudo (cerca de meio cêntimo) o metro quadrado, num processo que gerou polémica e que tem estado em investigação pelo Ministério Público.
---------------------------------------------------------------------

Sociedade

Trabalhadores da EMEF entregam moção de descontentamento na Câmara do Entroncamento
Cerca de 150 trabalhadores das oficinas do Entroncamento da Empresa de Manutenção e Equipamento Ferroviário (EMEF) participaram hoje num plenário, onde contestaram a diminuição de trabalho, tendo entregue uma moção com os motivos do seu descontentamento na Câmara Municipal.
A exemplo das acções realizadas na Figueira da Foz e no Barreiro, os trabalhadores da EMEF do Entroncamento discutiram questões que os preocupam, como a diminuição do trabalho nas oficinas da empresa, de que responsabilizam a CP, por alegadamente retardar trabalhos de manutenção no material circulante.
João Azevedo, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário, disse à agência Lusa que "é a própria dona da EMEF, a CP, a retardar a intervenção nas máquinas", que circulam mais quilómetros que os recomendados sem irem à manutenção, o que, além de reduzir o trabalho nas oficinas, "põe em causa a segurança do material e dos passageiros".
Os trabalhadores da empresa querem ainda conhecer os termos do contrato assinado com a Siemens, que "desconfiam que lhes irá retirar mais trabalho, pondo em causa postos de trabalho", afirmou.
João Azevedo referiu ainda a situação de incerteza dos jovens que se encontram contratados a prazo - no Entroncamento são cerca de 70 dos 460 trabalhadores - e que o sindicato quer que sejam integrados no quadro.
O sindicalista referiu ainda a ausência de proposta de Acordo de Empresa para o sector para este ano, a ausência de avanços na negociação do Regulamento das Categorias Profissionais, que está a impedir a progressão na carreira, e o não cumprimento de um compromisso assumido em 2008, o pagamento de subsídios de turno.
Os motivos do descontentamento dos trabalhadores foram escritos numa moção que entregaram, ao fim da manhã, na Câmara Municipal do Entroncamento.
Os mais de 1.500 trabalhadores da EMEF vão concentrar-se na próxima terça feira frente ao Ministério das Obras Pública, Transportes e Comunicações, em Lisboa, onde serão decididas novas formas de luta, disse.
--------------------------------------------------------------

Sociedade

Arquitecto Amílcar Pinto homenageado em Santarém
A Biblioteca Municipal de Santarém vai realizar uma sessão de homenagem ao arquitecto Amílcar Pinto, nos 120 anos do seu nascimento, no próximo dia 12 de Março, às 18 horas.
Amílcar Pinto foi o arquitecto responsável por equipamentos marcantes da cidade de Santarém, tais como: a Casa do Campino, o Teatro Rosa Damasceno, o Café Central ou a Estação dos CTT.
A cerimónia vai contar com as intervenções do investigador José Raimundo Noras, do arquitecto Tiago Soares Lopes e do arquitecto Rodrigo Pessoa, bisneto de Amílcar Pinto.
Paralelamente é lançado o “Roteiro das obras de Amílcar Pinto na cidade Santarém”.
---------------------------------------------------------------------

Cultura e Lazer

Filme “Steamboy” passa no Teatro Sá da Bandeira em Santarém
Após 10 anos de produção e um orçamento de 22 milhões de dólares, STEAMBOY é o filme de animação Japonesa mais caro da história. “Steamboy” pode ser visto no próximo dia 3 de Março, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, numa organização do Cineclube de Santarém. Trata-se de um relato épico de ficção científica cuja acção decorre na Inglaterra vitoriana, onde um menino inventor chamado Ray Steam, recebe um misterioso metal com uma nova forma de energia, capaz de abastecer uma nação. “Steamboy” terá de utilizá-lo para lutar contra o mal, resgatar a sua família e salvar Londres da destruição.
Os luxuosos interiores vitorianos e a elegância do design da era da industrialização permitem ao realizador Katsuhiro Otomo criar ambientes e máquinas deslumbrantes para o filme. Com mais de 180.000 desenhos e 400 cortes gráficos feitos a computador, este filme é uma das produções animadas mais elaboradas da história do cinema.
----------------------------------------------------------

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Meteorologia


Bacia do Tejo continua no nível de Alerta Amarelo
As barragens espanholas e a de Castelo de Bode, deverão aumentar os caudais lançados nas próximas horas, os quais poderão alterar os cenários de inundabilidade já a partir da noite de hoje, conforme fonte do Governo Civil de Santarém.
De acordo com as previsões do Instituto de Meteorologia, pode ocorrer precipitação, por vezes forte e trovoada nas regiões a Norte do Sistema Montanhoso Montejunto-Estrela, até ao fim do dia de hoje, 25 de Fevereiro, não estando, no entanto, afastada a hipótese de ocorrerem aguaceiros pontualmente fortes a Sul.
A evolução meteorológica nos próximos dias será caracterizada pela passagem de superfícies frontais de menor actividade até ao próximo sábado, dia 27, altura em que o continente será influenciado pela passagem de uma depressão de forte actividade localizada ao largo do litoral Oeste, que poderá provocar ventos muito fortes.
Com os caudais actuais manter-se-ão durante na noite de hoje os níveis actualmente registados, pelo que os efeitos se mantêm os actuais.
O cenário actual está assim definido:
Município de Constância:
- Inundação da parte baixa da Vila de Constância, nomeadamente parte do jardim junto ao rio e parque de estacionamento, estrada do campo e via junto à Casa de Camões.
Município de Vila Nova da Barquinha:
- Submersão do cais de Tancos.
Município da Golegã:
- Submersão da EN365 Quinta da Broa/ Ponte do rio Almonda
Município de Alpiarça:
- Submersão da EM 1369 Alpiarça/ Torrinha (estrada do campo)
Município de Santarém:
- Submersão da EM entre Pombalinho e Reguengo do Alviela
- Submersão da EN365 com isolamento da povoação de Reguengo do Alviela.
- Submersão da EM que liga Ribeira de Santarém e Vale de Figueira.
- Submersão da EN365 na Ribeira de Santarém, junto à fonte de Palhais.
Município do Cartaxo:
- Submersão da EN114-2 Setil/ Reguengo
Município de Coruche:
- Submersão do caminho municipal entre a EN 114-3 (freguesia de Coruche e Fajarda) e a EM 515 (freguesia do Biscainho), estrada de campo.
- Submersão do caminho municipal entre a EN 114-3 (freguesia de Coruche e Fajarda) e a EN 119 (de ligação para Biscainho ou rotunda do Monte da Barca (estrada de campo), ambos por influência do rio Sorraia.
---------------------------------------------------------------------

Cultura

Município da Barquinha assina protocolo com IPT
A Câmara de Vila Nova da Barquinha assinou hoje um protocolo de parceria com o Instituto Politécnico de Tomar (IPT) para dinamização do futuro Mercado das Artes, projecto que inclui um parque ilustrativo da escultura portuguesa contemporânea.
Miguel Pombeiro, presidente socialista da autarquia, disse à agência Lusa que o protocolo se insere na estratégia de envolvimento de entidades da região num projecto de base cultural, com destaque para o parque de esculturas, que tem também uma vertente de regeneração urbana.
A assinatura do protocolo seguiu-se à inauguração da exposição dos alunos finalistas do curso de Artes Plásticas do IPT, que vai estar patente até 27 de Março na Galeria de Arte do Centro Cultural da Barquinha.
A realização de uma exposição anual dos alunos finalistas do curso de Artes Plásticas é precisamente uma das iniciativas consagradas no protocolo assinado hoje ao fim da tarde, a par da realização de um seminário e da parceria para outras iniciativas que venham a integrar a programação do Mercado das Artes, disse Miguel Pombeiro.
O documento estabelece ainda a colaboração dos docentes do IPT no projecto que, com um investimento previsto superior a 2 milhões de euros na primeira fase, foi um dos sete primeiros projectos de regeneração urbana da região candidatados a fundos do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) a ser aprovado.
Além do “parque museu” de escultura, que a autarquia está a desenvolver em parceria com a Fundação EDP e que tem como comissário o historiador de arte João Pinharanda, o projecto prevê ainda a criação de uma galeria de arte no piso térreo dos antigos Paços do Concelho, virada para o parque ribeirinho, adiantou o autarca.
A transformação da antiga Casa da Hidráulica em espaço para ateliês e desenvolvimento do projecto educativo, com ligação à futura residência para artistas, e a reformulação total do actual Centro Cultural são outras das vertentes do projecto.
Miguel Pombeiro adiantou que a Fundação EDP e João Pinharanda estão a fazer a identificação dos artistas plásticos que melhor representam a escultura portuguesa contemporânea, estando previsto o convite a 11 escultores para o arranque do projeto.
“Este é um projecto que nunca estará acabado, pois o objectivo é gerar dinâmicas, criando toda uma lógica de programação em torno desta nova realidade do concelho em estreita ligação com o Castelo de Almourol”, disse o autarca à Lusa.
------------------------------------------------------------------

Sociedade

Bombeiros de Benavente queixam-se do SAP por enviar doentes para a porta do quartel
Os bombeiros de Benavente queixam-se de que, na passada sexta feira, o Serviço de Atendimento Permanente (SAP) enviou doentes para a porta do quartel por não ter médicos, situação que a Administração Regional de Saúde assegurou hoje ser pontual.
A situação, relatada num fax enviado pelos responsáveis da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Benavente à Câmara Municipal, foi abordada na reunião do executivo autárquico realizada esta semana.
"Esta situação (de falta de médicos) está a ser resolvida pelos funcionários do SAP, remetendo os doentes para a porta do nosso quartel, indicando que esta instituição lhes resolverá o problema", afirmava o fax lido na reunião de Câmara, referindo não ser a primeira vez que tal ocorria.
Em resposta à agência Lusa, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARS-LVT) disse hoje que a empresa que assegura o funcionamento do SAP de Benavente, a SELECT, de facto, não conseguiu assegurar o médico na passada sexta feira, situação que já havia ocorrido "num turno da manhã do passado dia 18 de dezembro".
"Trata-se de situações isoladas e felizmente pouco frequentes", assegura a ARS-LVT, anunciando que na próxima semana a direção executiva do Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria se vai reunir com os responsáveis da SELECT "no sentido de procurar que estas situações não se voltem a repetir".
O presidente da Câmara de Benavente, António José Ganhão, já havia apelado à ARS-LVT para "apurar o que se passa" no SAP, que assegura o atendimento entre as 08:00 e as 20:00, "porque os doentes acabam por recorrer sempre aos médicos da noite, contratados pela Santa Casa da Misericórdia desde há 10 anos", ao abrigo de um protocolo com a Administração Regional de Saúde.
"Um médico chega para o turno da noite e tem já 20 doentes inscritos", estando os clínicos a denunciar os contratos, dada a "carga de trabalho", afirma um comunicado da autarquia, citando o presidente da Câmara.
O autarca classifica de "irracional" a criação da Unidade Básica de Emergência Médica em Coruche, "onde foram afetos médicos e meios de diagnóstico" que servem uma população de 19.000 pessoas, quando no eixo Marinhais, Salvaterra de Magos, Benavente, Samora Correia residem 50.000 habitantes.
José António Ganhão pediu já audiências ao presidente da ARS-LVT (em novembro de 2009) e à ministra da Saúde (em janeiro último), sem que tenha ainda obtido resposta.
Também a concelhia e os eleitos do PSD no município de Benavente declararam, em comunicado, "tristeza e revolta pelo estado em que se encontra a saúde" no concelho, exigindo que o Ministério da Saúde, a ARS-LVT e o Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria "olhem com mais respeito e dignidade para esta situação".
O executivo camarário pediu aos presidentes das juntas de freguesia do concelho para que façam um diagnóstico da situação de cada freguesia.
Na posse desses diagnósticos, o executivo camarário irá promover um plenário de todos os eleitos, na tentativa de se procurarem soluções para um problema que a autarquia classifica de "gravíssimo para as populações".
"Se não fosse a existência de uma Unidade de Saúde Familiar em Samora Correia, estaríamos em desgraça completa", sublinhou o autarca.
Na resposta enviada à Lusa, a ARS-LVT assegura que está a acompanhar a situação.
--------------------------------------------------

Ambiente

Delegação do Movimento ProTejo recebidos em audiência parlamentar com o PCP
Os responsáveis do movimento ProTejo realizaram hoje uma audiência parlamentar com o PCP, a terceira do mês com partidos políticos, para "sensibilizar, auscultar e ampliar" as acções em defesa do rio Tejo.
A delegação do movimento criado em 2009, que congrega 600 entidades, entre cidadãos, associações e autarquias, apresentou ao deputado Miguel Tiago "o carácter abrangente do seu objecto", que integra os vários domínios ambientais, culturais e patrimoniais que envolvem o Tejo, entre as quais a "recusa da política de transvases" em Espanha, que tem sido o principal vector da intervenção do ProTejo.
"É uma das nossa principais preocupações", disse à agência Lusa Paulo Constantino, porta-voz do movimento, acrescentando existir um "problema de falta de informação", tendo em conta que os planos da bacia hidrográfica do Tejo se encontram em fase de elaboração e deverão estar concluídos até final do ano.
"Estes planos não são conhecidos, apesar das nossas solicitações, e os deputados que nos receberam interessaram-se e comprometeram-se em obter mais informação sobre a matéria junto das entidades responsáveis", afirmou o dirigente.
Segundo acrescentou, outras questões foram abordadas na audiência parlamentar realizada com o PCP, e também nas que decorreram já com PS e BE, como "a qualidade e quantidade de água no Tejo, a classificação das profissões e embarcações típicas do rio, as políticas de transvases e os vários domínios ambientais que afectam os recursos hídricos".
Também as diversas organizações que integram o ProTejo puderam expressar, junto dos três grupos parlamentares, as suas preocupações, tendo a Associação dos Areeiros do Tejo salientado as dificuldades enfrentadas pelas empresas de extracção de inertes no rio face à "concorrência desleal" da extracção em pedreiras.
"Este facto, conjuntamente com a inexistência do processo de renovação de licenças, poderá colocar em causa um número significativo de postos de trabalho, cerca de 200 directos e quase 2500 indirectos", afirmaram.
A associação ambientalista Quercus, por sua vez, salientou os "efeitos da escassez de água na qualidade" da água, bem como "o problema do plano nacional de barragens", e alertou para o facto de notícias recentes estarem a ressuscitar a possibilidade de construção da barragem do Almourol, "que o Governo tinha indicado como excluída", alegando que terá impactos significativos nas povoações ribeirinhas de Abrantes, entre as quais o Rossio, ao sul do Tejo.
O projecto da Cultura Avieira salientou a necessidade de uma maior celeridade na resolução de alguns problemas que permitiriam legalizar as construções das aldeias palafíticas avieiras, a colocação de sinalização marítima entre Vila Franca de Xira e o Porto de Muge e o "combate à pesca ilegal do meixão pelas redes de tráfico espanholas".
Paulo Constantino afirmou que os deputados se disponibilizaram para tentarem esclarecer as questões colocadas e que irão continuar a acompanhar a problemática dos transvases.
---------------------------------------------------------------

Autarquias

Município de Alcanena lançou “Regime de Fruta Escolar”
Na sequência da Portaria 1242/2009, de 12 de Outubro, dos Ministérios da Agricultura, do Desenvolvimento e das Pescas, da Saúde e da Educação, que aprova o Regime de Fruta Escolar (RFE), aplicável aos alunos que frequentam o 1º ciclo do ensino básico nos estabelecimentos de ensino público, a Câmara Municipal de Alcanena candidatou ao RFE todas as suas 14 escolas do 1º Ciclo do Ensino Básico, abarcando um universo de 527 alunos. Nesta sequência, o município alcanenense realizou na Escola EB1 de Alcanena no passado dia 23 de Fevereiro o arranque da distribuição de fruta aos alunos daquele estabelecimento de ensino.
É objectivo da autarquia, através da adesão ao Regime de Fruta Escolar, contribuir para a promoção de hábitos de consumo de alimentos benéficos para a saúde das populações mais jovens.
Diz aquele município, que a partir de agora, e até ao final do ano lectivo, todas as crianças do 1º ciclo terão acesso á fruta escolar, sendo que apenas será fornecida fruta de origem nacional e certificada, dando cumprimento a outro dos objectivos desta medida, que visa a dinamização do sector.
O RFE prevê, ainda, medidas de acompanhamento e acções que visem promover o consumo de fruta pela população escolar, pelo que a Câmara de Alcanena, através do Pelouro da Educação, pretende, em articulação com toda a comunidade educativa, implementar medidas de acompanhamento com vista à sensibilização de alunos, pais e encarregados de educação.
-----------------------------------------------------------

Autarquias

Água não aumenta este ano no concelho de Constância
Apesar de recomendações – a nível mundial e nacional – para se tomarem medidas que chamem a atenção das populações para a necessidade de poupar água, e a obrigação de ajustar os preços pagos pelos consumidores aos custos desse bem precioso, cada vez mais raro, a Câmara Municipal de Constância decidiu não aumentar os preços, durante o ano de 2010.
A decisão baseou-se no facto de a autarquia saber que uma boa parte dos habitantes está a sofrer consequências da crise actual que cria dificuldades às famílias na obtenção de produtos básicos para a alimentação, nos quais se inclui a água, e ainda porque o concelho contribuiu, em 2009, para os objectivos de reduzir o consumo, gastando menos cerca de 27 000 m3 (10%) em relação ao ano anterior.
Com a intenção de contribuir para algum alívio das dificuldades a que a presente crise submeteu, a Câmara Municipal assumiu enfrentar os eventuais encargos resultantes de não aumentar o preço da água (em 2010), na expectativa de que, brevemente, surjam dias menos difíceis e todos recuperem coragem para enfrentar dificuldades, adianta o município.
-----------------------------------------------------

Certames

Secretário de Estado da Administração Local inaugura 25ª Feira das Tasquinhas em Rio Maior
O secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro, irá presidir à inauguração da 25ª Edição da Feira das Tasquinhas de Rio Maior, que irá decorrer no dia 26 de Fevereiro (sexta-feira), no Pavilhão Multiusos. A concentração das entidades oficiais e convidados, à qual se seguirá a Sessão de Inauguração, está marcada para as 15h30. A decorrer de 26 de Fevereiro a 7 de Março, o certame é uma organização da Câmara Municipal de Rio Maior com a colaboração da Associação Empresarial do concelho.
---------------------------------------------------------------

Sociedade

Município de Alcanena cria atendimento social descentralizado
Com o objectivo de colmatar uma lacuna existente ao nível do apoio social aos Munícipes e de contribuir para uma resposta de proximidade com a população, o Município de Alcanena vai descentralizar o Atendimento Social aos Munícipes.
Este atendimento será efectuado em todas as freguesias e lugares do concelho de Alcanena por duas técnicas do Sector de Desenvolvimento Social do Concelho.
Consulte aqui o mapa de atendimento.
---------------------------------------------------------------------

Ambiente

Resíduos depositados ilegalmente no Parque Natural das Serras Aire e Candeeiros ainda não foram retirados
A Quercus acusou hoje o Governo de "nada ter feito" na remoção dos resíduos ilegais depositados no Covão do Coelho, concelho de Alcanena, uma situação que a Inspecção-Geral do Ambiente justifica com a existência de uma providência cautelar. "Os resíduos ainda não foram retirados. Nada foi feito e tudo isto gera uma sensação de impunidade", disse Pedro Carteiro, um dos responsáveis pela Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza.
Em causa estão as descargas ilegais de resíduos no Covão do Coelho, no concelho de Alcanena, distrito de Santarém, junto ao Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, que motivaram uma denúncia da Quercus ao Ministério do Ambiente, em Outubro passado.
Um mês depois, a Inspecção-Geral do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAOT) terá intimado as empresas envolvidas para remover os detritos e regularizar a situação, no prazo de 60 dias.
"Mas continua tudo lá", sublinhou Pedro Carteiro à Lusa, adiantando que foi já enviado um terceiro ofício à tutela, no qual a Quercus exige que a situação seja "resolvida imediatamente", se necessário de uma forma coerciva e com recurso à posse administrativa do terreno.
Contactada pela Lusa, a IGAOT explicou que o mandado que emitiu foi objecto de uma providência cautelar junto do Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria, a qual requeria a suspensão das ordens relativas à cessação da recepção e deposição de quaisquer entulhos.
"Nos termos previstos no Código de Processo nos Tribunais Administrativos, a citação do requerimento de suspensão da eficácia de um ato administrativo impede a autoridade administrativa de iniciar ou prosseguir a sua execução", explicou a IGAOT.
A mesma entidade acrescentou que será necessário aguardar pelo término do processo para que a IGAOT possa "equacionar as medidas mais adequadas" a aplicar, sendo que a oposição à providência cautelar "está já em curso".
Pedro Carteiro, por sua vez, elogia a legislação existente em Portugal dizendo que "é óptima", mas critica "a parte da fiscalização".
Segundo a Quercus, parte dos resíduos descarregados no Covão do Coelho serão cinzas e escórias resultantes da queima de resíduos, provenientes de uma Central Térmica de Biomassa Florestal existente na Leirosa, Figueira da Foz.
----------------------------------------------------------------

Meteorologia

Mau tempo causa inundações em Fazendas de Almeirim
Várias casas ficaram completamente inundadas pelas fortes chuvadas registadas quinta-feira de manhã em alguns pontos do distrito de Santarém. A circulação nas estradas da região também foi condicionada pelas condições meteorológicas.
Quinze habitações situadas em Fazendas de Almeirim, concelho de Almeirim, ficaram inundadas, bem como a principal via de acesso local, referiu fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) à agência Lusa.
Para além do condicionamento das vias de acesso a Fazendas de Almeirim, a forte precipitação provocou ainda lençóis de água na estrada nacional 118 entre Muge e Benfica do Ribatejo, nos concelhos de Salvaterra de Magos e Almeirim, dificultando a circulação.
Em Abrantes, um aluimento de terras na EN3, junto à encosta do castelo, obrigou ao corte temporário do trânsito.
Os caudais da Bacia do Tejo continuam nos níveis registados desde terça-feira, não havendo previsão de alterações para quinta-feira.
Reguengo do Alviela, continua isolada, só sendo possível o acesso a veículos pesados. A assistência e o abastecimento da população está a ser assegurada pelos Bombeiros Voluntários de Pernes.
Também as zonas junto ao rio em Constância e Tancos, concelho de Vila Nova da Barquinha, continuam submersas, bem como os caminhos vicinais junto a linhas de água e várias estradas.
-----------------------------------------------------------

Desporto - Atletismo


Estádio Municipal de Alcanena recebe “8º Meeting de Atletismo Manuel Piedade Costa”
No próximo dia 7 de Março, a partir das 15h00, o Estádio Municipal de Alcanena, abre portas para a realização do “8º Meeting de Atletismo – Manuel Piedade Costa”.
É uma organização do Município de Alcanena e conta com o apoio da Associação de Atletismo de Santarém e da Casa do Povo de Alcanena.
O programa é constituído por diversas provas de velocidade e meio fundo, além de provas de lançamentos.
Estão anunciados prémios monetários para os três primeiros classificados de cada prova.
---------------------------------------------------------

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Sociedade

Tribunal de Torres Novas condenou Adelina Lagarto e Sara Cabeleira por difamação
O Tribunal de Torres Novas condenou Adelina Lagarto e a advogada Sara Cabeleira a penas de multa por difamação agravada a Baltazar Nunes, o pai biológico de Esmeralda. Cada uma das condenadas têm ainda de pagar uma indemnização, superior a seis mil euros.
Adelina Lagarto foi condenada a 170 dias de multa a 14 euros por dia, num total de 2.380 euros.
Sara Cabeleira, a advogada que inicialmente representou o casal Adelina Lagarto e Luís Gomes na disputa por Esmeralda, foi também condenada a 170 dias de multa a 23 euros por dia, num total de 3.910 euros.
As arguidas foram ainda condenadas ao pagamento de uma indemnização por danos não patrimoniais a Baltazar Nunes, no valor, cada uma, de 6.250 euros.
O juiz considerou na leitura da sentença ter havido desleixo e falta de rigor das arguidas ao apresentarem uma contestação com factos falsos. Após a sentença, os advogados não quiseram comentar a decisão judicial.
--------------------------------------------------------------

Meteorologia

Caudal do Tejo encontra-se estabilizado
O caudal do Tejo mantém-se hoje estabilizado, continuando intransitáveis para ligeiras as estradas que permitem o acesso a Reguengo do Alviela (Santarém) e submersas as zonas junto ao rio em Constância e Tancos.
Segundo a protecção civil distrital, prevê-se que a barragem de Alcântara, em Espanha, mantenha os valores de débito, originando pequenas flutuações no nível de cheia.
Desde a manhã de terça-feira que a povoação de Reguengo do Alviela, no concelho de Santarém, está isolada (acessível apenas a veículos pesados, sendo o abastecimento e a assistência à população asseguradas pelos Bombeiros Voluntários de Pernes).
Em Constância, além de estarem inundados o jardim e o parque de estacionamento junto ao rio, está ainda submersa a via junto à Casa de Camões.
Também o cais de Tancos, no concelho de Vila Nova da Barquinha, se mantém submerso, tal como várias estradas nacionais - como a Estrada Nacional 365 entre a Quinta da Broa e a ponte do rio Alviela, no concelho da Golegã - e municipais - como a que liga a Ribeira de Santarém a Vale de Figueira (Santarém), a 1369 entre Alpiarça e Torrinha, dois caminhos municipais no concelho de Coruche, devido à subida do rio Sorraia, e a 1456 entre Benavente e a recta do Cabo (estrada de campo).
Estão ainda submersos vários caminhos vicinais situados junto a linhas de água, numa situação que a protecção civil distrital prevê manter-se ao longo do dia de hoje.
A Governadora Civil do distrito de Santarém, Sónia Sanfona, decidiu accionar segunda-feira o Plano de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, que se encontra, desde o final da manhã desse dia, em nível de alerta amarelo.
----------------------------------------------

Eventos

Mau tempo tem impedido arranjos exteriores das Capelas de Sardoal
As fortes chuvadas e o vento que se têm feito sentir em todo o país, nos últimos dias, têm impedido que as Capelas da Vila de Sardoal sejam alvo de alguns arranjos exteriores, no âmbito das cerimónias religiosas da Semana Santa 2010.
Este projecto, que prevê uma pequena reparação do exterior das Capelas do Sardoal, através da reposição de materiais nas paredes e respectiva caiação, está a ser desenvolvido pela Junta de Freguesia de Sardoal, mercê de uma parceria com o Município e a Paróquia de Santiago e São Mateus.
O objectivo desta beneficiação dos imóveis tem a ver com as Celebrações da Semana Santa, que se realizam entre 1 e 4 de Abril próximos.
Nestes dias as Capelas da Vila vão estar abertas ao público, ornamentadas com arranjos em flores e verduras naturais executados pelos moradores e associações da vila.
---------------------------------------------------------------------

Autarquias

Município de Alcanena cria cargo de Provedor do Munícipe
Na última reunião do executivo, a Presidente do Município apresentou uma proposta para a criação do cargo de Provedor do Munícipe do concelho.
A proposta foi aprovada por unanimidade, no entanto, os vereadores da oposição chamaram a atenção, para que o cidadão nomeado, seja uma pessoa isenta partidariamente, realçando ainda a vereadora Renata Henriques (PSD/CDS), que deve ser também uma pessoa dinâmica e activa para que o mesmo desenvolva um trabalho eficaz num elo de ligação entre a sociedade civil e o município. A mesma vereadora, questionou ainda a Presidente do executivo sobre os currículos profissionais dos novos secretários de vereadores que foram apresentados na reunião anterior. Interrogou aquela vereadora, se não havia recursos humanos nos quadros da autarquia para aquelas funções, chamando a atenção do executivo, que aqueles elementos vão auferir um vencimento (1600€) superior, ao auferido por um Técnico Superior. Renata Henriques, sublinhou ainda, que um dos elementos admitidos, é uma pessoa reformada, no qual se devia “apostar” em pessoa mais novas para estas funções.
A Presidente Fernanda Asseiceira, respondeu que as pessoas admitidas têm competência para as funções.
Outros dos pontos apresentados, refere-se com a revisão do PDM. A Presidente informou que estão a realizar-se reuniões descentralizadas com as populações nas Juntas de Freguesia para recolha de sugestões a fim de se melhorar o trabalho técnico do mesmo. A calendarização das reuniões descentralizadas pode ser consultada no “site” do município.
---------------------------------------------------------------------

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Efemérides


Tomar celebra 850 anos
A cidade de Tomar vai festejar 850 anos na próxima segunda – feira, dia 1 de Março, arrancando nessa data as comemorações que irão prolongar-se até Maio de 2011.
Vão ser quinze meses de comemorações, para celebrar a efeméride da fundação de Tomar, numa programação com o título genérico A Herança dos Séculos.
Segundo o presidente da Câmara de Tomar, Fernando Corvêlo de Sousa, pretende-se “homenagear os que participaram na construção da cidade e do concelho, tendo a herança dos séculos como leitmotiv, mas com os olhos postos no presente e no futuro”, até porque um dos principais objectivos estratégicos do município é a “afirmação da marca Tomar no mercado internacional do turismo histórico e cultural”.
Desses muitos dias de celebrações, o mais marcante será a próxima segunda-feira, dia 1 de Março, a data exacta dos 850 anos, como refere a lápide existente na Torre de Menagem do Castelo Templário: “Na era de 1198 [a era de Cristo difere 38 anos da de César, então em uso, daí 1160], reinando Afonso, ilustríssimo rei de Portugal, D. Gualdim, mestre dos cavaleiros portugueses do Templo, com os seus freires, começou no primeiro dia de Março a edificar este castelo, chamado de Tomar, que acabado, o rei ofereceu a Deus e aos cavaleiros do Templo.”
O dia começará com uma alvorada sequencial, em vários pontos do concelho, com oito baterias de 100 foguetes, terminando com 50 “morteiros”, percorrendo os oito pontos cardeais principais e secundários, entre as 7H09 até às 9H09.
Às 9H45, na cidade, abre uma exposição de rua sobre Tomar, “Heranças de sentido”, no percurso entre a Praça da República e a Alameda 1 de Março.
As cerimónias oficiais decorrerão às 11 horas, com a habitual prestação de honras na Praça da República, hastear das bandeiras, deposição de coroas na estátua do fundador e cumprimentos. Novidade este ano será a largada de pombos com que termina o cerimonial.
Segue-se uma homenagem a D. Gualdim Pais na igreja de Santa Maria dos Olivais, seguida de recriação da Iniciação de um Templário.
A partir das 15.30 decorrerá uma sessão solene evocativa do dia do Município, com a Profª Doutora Lurdes Craveiro que apresenta a Dra. Maria José Bento, na sua conferência sobre o Infante D.Henrique em Tomar, na Biblioteca Municipal, com prévia abertura da exposição “A identidade de Tomar”.
As actividades incluem ainda uma descida do rio Nabão em canoa, almoço volante com animação musical medieval e actuação de ranchos, tunas e banda de música, em diversos palcos espalhados pela cidade, encerrando às 18H27 com um espectáculo de fogo de artifício ao pôr-do-sol no Castelo Templário.
No mesmo dia, a Sociedade de Geografia, em Lisboa, organizará uma sessão comemorativa dos 850 anos da Fundação do Castelo Templário de Tomar, com abertura pelo Prof. Aires Barros, e intervenções do Prof. Doutor Fernando Larcher (Fundação templária de Tomar), Prof. Doutor Pereira Brandão (O tempo e a formação da nacionalidade) e Prof. Doutor Humberto Baquero (Portugal e a Ordem dos Templários).
A publicação de várias obras de relevo (a primeira será uma monografia sobre Tomar de António Granada com desenhos do arquitecto Costa Rosa, já no dia 4 de Março) será outra das marcas do vasto programa que agora começa, e que incluirá os forais de Tomar.
------------------------------------------------------

Cultura

Dia Mundial da Poesia e a Escritora Ana de Castro Osório são destaques do mês de Março na Biblioteca Municipal Alexandre O’ Neill em Constância
Prosseguindo a sua estratégia de promoção do livro e da leitura a Biblioteca Municipal
Alexandre O´Neill tem planeado, para o mês de Março, uma agenda com múltiplas actividades.
A mostra bio-bibliográfica deste mês pretende dar a conhecer a vida e obra da escritora Ana de Castro Osório; feminista e activista republicana, é considerada a fundadora da literatura infantil no nosso país. Ana de Castro Osório escreveu alguns livros que foram utilizados como manuais escolares, havendo outros títulos dignos de realce tais como: A Minha Pátria, As Mulheres Portuguesas (em que alia o feminismo a uma postura patriótica) e A Mulher no Casamento e no Divórcio (uma tomada de posição sobre a problemática do divórcio, que seria objecto de legislação por parte de Afonso Costa.
Ana de Castro Osório criou também a Liga Republicana das Mulheres Portuguesas.
Para comemorar o Dia Mundial da Poesia, a Biblioteca vai oferecer aos seus utilizadores, poemas de grandes nomes da nossa literatura, de que são exemplo Camões, Pessoa, Espanca, O’Neill ou Sophia. Integrado na mesma comemoração convidará também os seus leitores a compor, a desenhar e a pintar poesia, criando Uma árvore feita de Poesia.
Para informações ou esclarecimentos adicionais sobre as múltiplas iniciativas deverão os interessados contactar a Biblioteca Municipal Alexandre O´Neill através do número de telefone 249 739 367 ou via correio electrónico para biblioteca@cm-constancia.pt.
-----------------------------------------------------------

Meteorologia

Plano de Cheias para a Bacia do Tejo continua em Alerta Amarelo
O Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, continua no nível de Alerta Amarelo, depois de ter sido accionado ontem, dia 22.
A decisão foi tomada pela Governadora Civil de Santarém, e ratificada posteriormente pela Comissão Distrital de Protecção Civil.
No entanto verificou-se nas últimas horas uma estabilização dos caudais descarregados no rio Tejo, e como consequência, nas secções mais a montante, já se verifica uma estabilização dos níveis das águas.
Durante as próximas horas ainda se fará sentir nas secções do rio mais a jusante, uma pequena subida dos caudais, o que tenderá a estabilizar no final da noite de hoje, dia 23.
Prevê-se que durante o dia de hoje ocorra as seguintes situações:
- Submersão da zona baixa de Vila Nova da Barquinha (Av. dos Plátanos)
- Submersão da EN365 em Palhais.
O cenário actual é o seguinte:
Município de Constância:
- Inundação da parte baixa da Vila de Constância, nomeadamente parte do jardim junto ao rio e parque de estacionamento, estrada do campo e via junto à Casa de Camões.
Município da Golegã:
- Dique D’El Rei na foz do rio Almonda foi galgado na freguesia da Azinhaga.
Município de Vila Nova da Barquinha:
- Submersão do cais de Tancos.
Município de Santarém:
- Submersão da EN365 com isolamento da povoação de Reguengo do Alviela.
- Submersão da estrada municipal que liga Ribeira de Santarém e Vale de Figueira.
Município de Alpiarça:
- Submersão da EM 1369 Alpiarça/ Torrinha (estrada do campo)
Município de Coruche:
- Submersão dos caminhos municipais entre a EN 114-3 e a EM 515, e entre a EN 114-3 e a EN 119, por influência do rio Sorraia.
Município de Benavente:
- Submersão da EM 1456 entre Benavente e a Recta do Cabo (estrada do campo).
-----------------------------------------------------------------

Cultura


Teatro Virgínia recebe espectáculo “Le Jardin”
O Teatro Virgínia em Torres Novas vai receber no próximo dia 07 de Março, Domingo, pelas 16h00, um espectáculo de elevado nível artístico.
É um espectáculo verdadeiramente completo, onde o Teatro, a Poesia e o Novo Circo são misturados com muito humor.
Uma hora e meia sem palavras para meditar sobre a condição humana. 90 minutos de poesia burlesca que nos levam até ao cinema de Buster Keaton e ao teatro de Samuel Beckett. Quatro mil e quinhentos segundos que fluem suavemente. Dider André e Jean-Paul Lefeuvre sabem manter o ritmo lento, como se domassem um vulcão, deixando que cuspa o seu fogo de tempos em tempos, com surpresa. Um domínio delicado do tempo.
O cenário é simples: Uma grande estufa e duas personagens opostas no estilo. Dois palhaços jardineiros que fazem nascer no palco, os pequenos nadas da existência e os grandes problemas das relações humanas. Jogam com a matéria do jardim como referência e contraste, entre a luz e a sombra, o peso e a leveza, como a pedra da calçada que é também uma pena. Há aqui um constante encanto e espanto. Neste Jardim, é o tempo que está em suspenso.
É o momento para vir olhá-lo e ver o que ali cresce!
------------------------------------------------------------------

Meteorologia

Subida dos caudais do rio Tejo isola povoação de Reguengo do Alviela
A subida gradual do Tejo e afluentes já originou o isolamento de Reguengo do Alviela, com as duas estradas de acesso submersas, segundo informação do comando distrital das operações de socorro, em Santarém.
Segundo Rui Natária, segundo comandante das operações de socorro, há poucas horas os caudais ainda continuavam a subir lentamente.
As estradas submersas são a EN 365 Vale de Figueira/Pombalinho e a EM 1456.
Em Vila Nova da Barquinha, a zona baixa, o cais de Tancos e o cais do Arrepiado estão submersos, bem como de a parte baixa da vila de Constância.
O Plano Especial de Emergência para as Cheias na Bacia do Tejo foi activado às 02h40 de segunda-feira, com Alerta Azul. Às 11h30, as autoridades elevaram o nível para Alerta Amarelo devido à descarga de barragens na Bacia Hidrográfica do Tejo e à previsão do Instituto de Meteorologia e Geofísica, que aponta para a continuação de precipitação nos próximos dias.
--------------------------------------------------------

Transito

Acidente rodoviário no Cartaxo origina seis feridos
Seis pessoas ficaram hoje feridas, uma delas com gravidade, na colisão entre duas viaturas, na Estrada Nacional 3, junto ao Cartaxo, disse à agência Lusa fonte da Proteção Civil.
Segundo a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, o acidente ocorreu junto à curva do Gaio, às 07:45, tendo estado no local cinco viaturas dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, duas ambulâncias da Azambuja e a viatura médica de emergência e reanimação do Hospital de Santarém.
As duas faixas de rodagem estiveram obstruídas durante as operações de socorro, adiantou.
----------------------------------------------------------------

Sociedade

Arderam quatro autocarros esta madrugada no terminal de Tomar
Esta madrugada arderam quatro autocarros junto ao terminal de camionagem na cidade de Tomar. Segundo fonte da PSP, o incêndio iniciou-se num dos autocarros, cerca das 05h45, tendo posteriormente alastrado a outros três que se encontravam na mesma estação.
Não se registaram acidentes pessoais. Estiveram no local os Bombeiros Municipais de Tomar, com cinco viaturas, os quais evitaram o alastramento a outros autocarros que se encontravam no local.
Não são conhecidas as origens do incêndio, estando a ocorrência entregue à Polícia Judiciária.
--------------------------------------------------------------------

Desporto

Benfica participa no aniversário da União de Tomar
A Câmara Municipal de Tomar vai apoiar a realização do evento comemorativo dos 96 anos da União de Tomar, no próximo dia 1 de Maio, com a verba de 3200 euros. Este apoio foi aprovado na reunião de Câmara conforme proposta apresentada pelo vereador com o pelouro do Desporto, Carlos Carrão.
O evento, promovido pelos Veteranos da União Futebol Comércio e Indústria de Tomar, vai homenagear a equipa do União que há 36 anos, na época de 1973/74, se sagrou campeã da 2.ª Divisão Nacional.
No dia 1 de Maio virá a Tomar a equipa do S. L. Benfica para defrontar o Sporting de Espinho, um jogo que vai decorrer no Estádio Municipal de Tomar.
O vereador Carlos Carrão defendeu o apoio a este evento com base no facto de se tratar “de uma homenagem a uma equipa que através do futebol promoveu Tomar no país.” Por outro lado, “o evento ocorre no âmbito do 96.º aniversário da União de Tomar e é uma forma de reconhecer também o longo e honroso historial deste importante clube tomarense.”
Carlos Carrão sublinha ainda que, “considerando a homenagem do ano transacto à equipa que esteve pela primeira vez na 1.ª Divisão, é justo também homenagear a equipa que se sagrou campeã da 2.ª Divisão Nacional.”
------------------------------------------------------------

Autarquias

Câmara de Tomar comparticipa construção de conduta da Escola S. Maria do Olival
O Executivo Municipal aprovou na última reunião de Câmara, comparticipar na construção da nova conduta de esgotos que a ESSMO - Escola Secundária Santa Maria do Olival esta a levar a cabo.
Várias razões estiveram na base desta proposta apresentada por Carlos Carrão, vereador com o pelouro das Obras Municipais. As condutas de esgotos domésticos da ESSMO localizam-se no espaço que veio a receber as instalações do CIRE – Centro de Integração e Reabilitação de Tomar.
Para garantir a desobstrução dessas condutas será necessária a destruição de parte da cozinha do CIRE. Por outro lado, a inoperacionalidade dessa infra-estrutura põe em causa o funcionamento da escola.
Carlos Carrão defendeu que “a única solução para resolver definitivamente o problema será a construção de uma nova conduta que liga a escola à via pública (através da Rua D. Maria II) até à conduta dos SMAS.” O valor da comparticipação diz respeito à parte da execução da conduta situada na via pública.
----------------------------------------------------------

Educação

Realizador Belga lecciona na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes
Encontra-sea leccionar na Escola Superior de Tecnologia de Abrantes o realizador belga, Benoît Dervaux, que proporcionará aos alunos da licenciatura em Vídeo e Cinema Documental mais uma elevada experiência no mundo da 7ª Arte.
Benoît Dervaux nasceu em Liège, tem 43 anos e formou-se no Institute of Arts de Diffusion
O cineasta realizou três longas-metragens, duas das quais documentários: Black Spring (2002), La Devinière (2000) e Gigi, Monica... et Bianca (1997) esta última realizada em parceria com Jean-Pierre Dardenne.
Apesar de contar com a realização de 3 filmes, já participou em dois filmes vencedores da Palma de Ouro de Cannes como operador de câmara: “A Criança” (2005) e “Rosetta” (1999) dos irmãos Jean-Pierre Dardenne e Luc Dardenne. Ainda dos mesmos realizadores, desempenhou a mesma função no filme nomeado para Palma de Ouro de Cannes em 2002 “O Filho”.
Para o segundo semestre, a organização do curso contará com a presença de mais dois realizadores para leccionar a unidade curricular Realização II.
Prevê-se um semestre agitado para os alunos da licenciatura em Vídeo e Cinema Documental, pois, para além da sua formação curricular, marcarão presença nos Encontros de Viana (Maio) e no Seminário Internacional de Cinema Documental de Serpa (Junho) e colaborarão em inúmeras actividades de outras organizações.
-----------------------------------------------------------

Saúde


LASGO organiza Pimeiras Jornadas de Ginecologia e Obstetrícia
“A Mulher e o Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT)” é o tema das primeiras Jornadas do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do CHMT que irão decorrer, nos próximos dias 4 e 5 de Março, no Auditório da Unidade Hospitalar de Torres Novas.
Estas primeiras Jornadas de Ginecologia e Obstetrícia têm como objectivo consciencializar os profissionais de saúde e a população da área de intervenção do Centro Hospitalar para a recente implementação de um Serviço único de Ginecologia e Obstetrícia do CHMT e para a forma como facilita o acesso da Mulher a cuidados médicos, nesta especialidade.
As Jornadas que se destinam a profissionais de saúde de diversas áreas, nomeadamente Médicos de Medicina Geral e Familiar, da especialidade e enfermeiros, contam com a organização do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do CHMT e com o apoio da Liga de Amigos do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (LASGO-CHMT), criada em Outubro de 2009 e presidida pelo Director do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do CHMT, Mário Furtado.
Estas primeiras Jornadas procuram abordar duas grandes vertentes da especialidade, começando pelas mudanças efectivas do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do CHMT, que integra as unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas e, passando a uma segunda vertente, que tratará as controvérsias desta especialidade.
Nascer no CHMT o que mudou? é a questão que se coloca logo no início das Jornadas, no dia 4 de Março, após a sessão de abertura, agendada para as 9 horas, no Hospital de Torres Novas. Esta primeira questão abordará diferentes perspectivas, nomeadamente o diagnóstico pré-natal, o estudo analítico na gravidez, preparação para o parto, a interrupção da gravidez, a dor no parto e a analgesia epidural. Recorde-se que o Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do CHMT, a funcionar em Abrantes, realiza em média 1.100 partos anuais, prevendo-se que no próximo ano venha a atingir os 1.300 nascimentos, garantindo a todas as grávidas o direito à analgesia de parto (epidural) e as condições de privacidade que permitem o acompanhamento permanente de um elemento da família, uma vez que a grávida faz todo o trabalho de parto e próprio parto na mesma sala individual.
Unidades de Medicina Geral e Familiar e o Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do CHMT é outro dos temas em destaque neste primeiro dia. Seguem-se as Controvérsias que, no final do primeiro dia, abordarão a osteoporose – prevenção e tratamento, terapêutica hormonal de substituição e incontinência urinária. O segundo dia das Jornadas, inicia-se como uma mesa redonda subordinada ao tema Ginecologia e Obstetrícia fora dos grandes centros – Que futuro?, seguindo-se Controvérsias II e abordagem à prevenção do Vírus do Papiloma Humano/HPV e o cancro do colo do útero, colheitas de células estaminais do cordão – vale a pena? e, por último, medicamentos genéricos podemos confiar? As primeiras Jornadas de Ginecologia e Obstetrícia do CHMT irão reunir, nos próximos dias 4 e 5 de Março, em Torres Novas, profissionais de saúde de diferentes pontos país.
--------------------------------------------------------------

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Trânsito

Trânsito cortado na rua da Fonte do Choupo em Tomar
O Departamento de Obras Municipais da Câmara de Tomar vai intervir na Rua da Fonte do Choupo, em frente ao Restaurante “Bela Vista”, na cidade de Tomar nos próximos dias 2 e 3 de Março.
A obra diz respeito à substituição da grelha sumidoura, a grelha que serve para a recolha das águas pluviais, uma vez que esta está bastante degradada e deixou de cumprir as suas funções.
Dado a pouca largura da via será necessário a interrupção do trânsito. O DOM estima que a duração dos trabalhos seja de dois dias. Aproveitando esta operação, na mesma data, o DOM irá ainda reparar a rampa existente em frente à entrada do Estádio Municipal, cujas lajes se encontram em muito mau estado de conservação.
---------------------------------------------------------

Cultura


Reis Vieira apresenta Exposição «Janelas com Arte» na Biblioteca Municipal de Torres Novas
«Janelas com Arte» é a mais recente exposição de peças da autoria de Reis Vieira, que estará patente na Sala de Exposições da Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas, até ao próximo dia 10 de Março.
A abertura da exposição realizou-se no passado dia 19 de Fevereiro e contou com a presença da Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Torres Novas, Dr.ª Manuela Pinheiro.
Nesta mostra, o artista apresenta miniaturas de dezassete janelas, algumas delas inspiradas em edifícios da cidade de Torres Novas, bem como cinco barcos da etnografia portuguesa, como o moliceiro, o rabelo ou o varino, e ainda oito espigueiros, tão característicos da zona noroeste do país. As peças apresentadas resultam de um trabalho muito minucioso em pedra, madeira e ferro, em que o artista transforma as suas obras em réplicas fiéis da realidade, recriando ao pormenor os elementos originais.
Da exposição fazem ainda parte estudos de algumas das peças, que bem demonstram o carácter metódico de Reis Vieira, bem como uma janela original criada tendo como inspiração a biblioteca torrejana,
De recordar que já nos últimos anos Luís Filipe Reis Vieira tinha feito uma exposição de mosaicos decorativos inspirados essencialmente nos motivos das ruínas romanas da Villa Cardillio, bem como uma outra, com a recriação de azenhas e lagares, moinhos de vento, carros de bois, carroças e alfaias agrícolas, ambas realizadas no Museu Municipal de Torres Novas.

Luís Filipe Reis Vieira nasceu em Rendufas a 26 de Outubro de 1951. Frequentou o Curso Industrial da Escola Maria Lamas, tendo ingressado na Metalúrgica Costa Nery como desenhador de máquinas.
Posteriormente frequentou o Curso Complementar na Escola Maria Lamas no qual foi distinguido com um prémio monetário como reconhecimento pelos trabalhos oficinais que realizou.
Trabalhos manuais, desenho e pintura sempre o fascinaram. No entanto, dó mais recentemente teve oportunidade de desenvolver e dar a conhecer este seu gosto e talento, procurando aperfeiçoar traço e técnicas de trabalho.
Após a sua saída da Costa Nery surgiu finalmente a oportunidade de poder dedicar-se plenamente a este seu gosto.
Durante dois anos treinou desenho sem qualquer objectivo definido, tendo na altura concluído que precisaria de cinco anos para se aperfeiçoar.
Em 1993 inicia a criação e produção de miniaturas inspiradas em construções tradicionais de moinhos, barcos, carroças, entre outros. Entre os anos de 1993 e 2006 realizou cerca de 50 miniaturas.
Posteriormente resolveu dedicar-se à construção de quadros decorativos inspirados essencialmente nos motivos dos mosaicos de Villa Cardillio, a partir de moldes elaborados com base em trabalhos de recolha e pesquisa desenvolvidos pelo próprio autor.
------------------------------------------------------------------

Sociedade

Trabalhos de manutenção vai afectar abastecimento de água no concelho de Torres Novas
A Câmara Municipal de Torres Novas vai efectuar trabalhos de manutenção e limpeza dos reservatórios de água de abastecimento ao concelho, entre os próximos dias 1 e 5 de Março. Diz o município em comunicado, que apesar de se terem tomado as providências consideradas necessárias, estes trabalhos poderão afectar a regularidade do abastecimento de água. O Município pede antecipadamente desculpas por eventuais incómodos, agradecendo a habitual compreensão e colaboração dos munícipes.
As intervenções estão assim agendadas:
- Dia 2 de Março (das 8 às 13 horas) – Reservatório de Rendufas (população afectada: Rendufas, Mata, Chancelaria, Pafarrão, Maçaroca e Lugarinho)
- Dia 2 de Março (das 21:30 à 1) – Reservatório de Cerejal (população afectada: Arrábida, Serrada Grande, Quinta do Mato, Av. Sá Carneiro, Babalhau, Marruas, Atouguia, Vale Carvão, Caveira, Gavata, Foros da Barreta, Casal Vale, Hospital, Bairro São Domingos, Zona Industrial)
- Dia 3 de Março (das 13 às 18 horas) – Reservatório de Valhelhas (população afectada - Chícharo, Valhelhas, Alcorriol, Terras Pretas, Carvalhal da Aroeira, Rodrigos, Nicho dos Rodrigos, Casal da Agreireira, Carreiro da Areia, Pintainhos, Casal das Hortas, Poços, Casais Sebes e Gateiras de St.º António)
- Dia 3 de Março (das 21:30 à 1) – Reservatório de Lapas (população afectada: Lapas, Quinta da Silvã, Ribeira Ruiva, Ribeira Branca, Av. Manuel Figueiredo, Via Panorâmica, Bairro da Polícia, Bairro da Bica)
- Dia 4 de Março (das 8 às 13 horas) – Reservatório de Adofreire (população afectada: Adofreire)
- Dia 4 de Março (das 13 às 18 horas) – Reservatório de Casal João Dias (população afectada: Casal João Dias); Reservatório de Vale da Serra (população afectada: Vale da Serra)
- Dia 5 de Março (das 8 às 13 horas) – Reservatório de Brogueira (população afectada: Brogueira, Boquilobo, Casal Ramos, Alcorochel, Charneca de Alcorochel, Casal Faia, Casal Cepo)
- Dia 5 de Março (das 13 às 18 horas) – Reservatório de Lamarosa (população afectada: Lamarosa, Árgea, Quatro Estradas, Caseiros e Barroca); Reservatório de Alqueidão (população afectada: Alqueidão)
----------------------------------------------------------------------

Meteorologia

Caudais do Tejo continuam a subir
Os caudais do Tejo continuam a subir, dentro da previsão avançada hoje à tarde pela Protecção Civil do distrito de Santarém, esperando-se que durante a noite fiquem submersas as zonas de Constância, Tancos e Barquinha junto ao rio.
O comandante distrital de Operações de Socorro, Joaquim Chambel, disse à agência Lusa que na reunião realizada hoje à tarde na presença da Governadora Civil, Sónia Sanfona, foi decidido manter o nível de alerta amarelo do Plano de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo.
Com a actual evolução dos caudais, é previsível que a povoação de Reguengo do Alviela possa ficar isolada durante a noite, disse, adiantando que se prevê a manutenção da situação para o dia de terça feira, sem qualquer informação neste momento que aponte para um agravamento.
A subida dos caudais está a ser provocada pelos débitos das barragens, em particular espanholas, e pelas fortes chuvadas que têm caído esporadicamente no distrito, afirmou.
A Protecção Civil admite a possibilidade de inundações localizadas em zonas urbanas e na rede viária, apelando à população para ter o "máximo cuidado" com a condução de veículos, "evitando passar em zonas submersas e respeitando as determinações das autoridades".
"A previsão do aumento do caudal do rio Tejo torna também perigosas, e consequentemente desaconselhadas, actividades profissionais ou outras nas margens ou no leito do rio e seus afluentes", afirma em comunicado.
A Protecção Civil distrital está a dar "especial atenção" ao caudal do rio Nabão, "em particular a montante da cidade de Tomar", sublinhando que a precipitação forte que pode ainda ocorrer em algumas zonas do distrito "pode fazer aumentar rápida e significativamente o caudal de alguns afluentes do Tejo".
A Câmara Municipal de Coruche emitiu um comunicado ao final da tarde, prevendo que as descargas nas barragens de Montargil e do Maranhão irão fazer subir o caudal do rio Sorraia até às primeiras horas de terça feira, sublinhando, contudo, que as cheias apenas afectarão os campos.
O presidente da autarquia, Dionísio Mendes, sublinha que a vila "será poupada de todos os incómodos e danos provocados pelas cheias" devido à construção recente do dique de protecção, do interceptor de cintura e dos colectores pluviais.
No concelho de Coruche, estão neste momento submersos os troços de ligação de Santana do Mato ao Couço (EM 590, junto à ponte das Courelinhas), ligação da Azervada à EN 114 (Estrada de Meias), ligação do Biscainho (EM 515) à Fajarda (EN 114-3), ligação da Raposeira (EN 119) à Fajarda (EN 114-3).
O accionamento do alerta amarelo do Plano de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, foi decidido ao final da manhã de hoje pela Governadora Civil do distrito.
--------------------------------------------------------

Política


DORSA do PCP lamenta redução de verbas para o distrito
A Direcção da Organização Regional de Santarém (DORSA) do PCP destacou hoje a diminuição “bastante significativa” do investimento da Administração Central no distrito, lamentando que a região seja “mais uma vez penalizada”.
Octávio Augusto sublinhou que os 17,2 milhões de euros inscritos no Plano de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central (PIDDAC) (contra 62,5 milhões em 2009) constituem “um dos valores mais baixos de sempre”, com vários concelhos a não serem dotados com qualquer verba.
Segundo o dirigente, o PCP vai apresentar um conjunto de 68 propostas para procurar “minorar” os efeitos negativos do Orçamento do Estado (OE) de 2010 para o distrito, em áreas como as acessibilidades, equipamentos sociais, forças de segurança, equipamentos de saúde e ambiente.
Em particular referiu a “gravidade” da decisão do Governo de suspender um conjunto de novas acessibilidades, como as novas travessias sobre o Tejo em Abrantes – apesar do “compromisso” do Primeiro-Ministro perante os responsáveis da Mitsubishi, dada a importância da ponte para o escoamento dos produtos da fábrica do Tramagal – e na Chamusca – com o “impacto negativo” da passagem dos camiões com resíduos perigosos por dentro das povoações.
Octávio Augusto adiantou que o PCP vai voltar a insistir na necessidade de uma nova unidade de saúde que sirva as populações do Sul do distrito, que tem surgido nos “vários programas eleitorais e é uma reivindicação antiga das populações”.
O PCP vai ainda questionar brevemente o Governo sobre em que ponto se encontra o plano de investimentos anunciado para compensar os municípios do Oeste e quatro da Lezíria pela mudança da localização do novo aeroporto da Ota para o Campo de Tiro de Alcochete, afirmou, sublinhando ser “pouco claro” se já existem verbas afetadas e iniciativas em curso.
Octávio Augusto, que substituiu, na conferência de imprensa, o deputado eleito pelo círculo de Santarém, António Filipe, por este ter ficado retido na Madeira, adiantou que as propostas a apresentar pelo PCP para o distrito vão ser acompanhadas de sugestões de cortes de despesas no OE, “em determinadas áreas”, como a Defesa ou despesas dos Ministérios, não influenciando a despesa pública.
O PCP quer a revalorização do PIDDAC nos mecanismos orçamentais do Estado, que considera um “instrumento de clarificação do investimento público nas regiões”, considerando que a transferência de obras para os orçamentos dos Ministérios permite a criação de “sacos azuis” de uso “discricionário” e de “difícil controlo”.
Octávio Augusto anunciou ainda uma série de iniciativas com a presença de António Filipe, a realizar até ao final de março, a primeira das quais está agendada para terça-feira, no concelho de Benavente, dedicada à Saúde.
Segue-se sexta-feira uma ação no concelho de Torres Novas, na Escola Secundária Maria Lamas (onde a Parque Escolar se propõe demolir um edifício com apenas oito anos), e em Constância, junto à ponte, para reivindicação de melhores acessibilidades para aquele concelho, adiantou.
--------------------------------------------------------

Sociedade

Dificuldades de reposição de reservas de sangue obrigaram Hospital de Santarém a alterar programas de cirurgias
As dificuldades de reposição das reservas de sangue, por parte do Instituto Português de Sangue (IPS), obrigaram o Hospital Distrital de Santarém a cancelar algumas cirurgias na última semana, disse à agência Lusa o presidente do Conselho de Administração.
José Josué disse à Lusa que desde que a Unidade de Sangue do Hospital Distrital de Santarém (HDS) foi encerrada, há quase um ano, por inadequação das instalações às normas comunitárias, este hospital ficou totalmente dependente do IPS, o que, admitiu, tem gerado algumas dificuldades.
Segundo o presidente do Conselho de Administração do HDS, quando o IPS reduz o nível das reservas, como aconteceu recentemente, o hospital vê-se forçado a adiar cirurgias, o que, afirmou, "é muito desagradável".
"Ninguém faz isto de ânimo leve. Há todo um trabalho de preparação para uma cirurgia e depois termos que dizer que a pessoa não pode ser operada porque não há sangue. Não pode acontecer", disse.
José Josué assegurou que o HDS trabalha com "níveis de segurança elevados" e que as reservas de sangue nunca chegaram a um "nível zero", tendo sido da ordem dos dois dias quando o ideal é existirem para o dobro do tempo (quatro dias).
Afirmando compreender as exigências de qualidade colocadas pelo legislador, José Josué disse, contudo, discordar "do remendo" encontrado.
A Unidade de Sangue do Hospital de Santarém foi encerrada na sequência de uma auditoria realizada em abril de 2009 e que apontou para algumas deficiências estruturais, como a ausência de duas salas para recolha de sangue (uma para dadores e outra para a colheita a doentes que vão ser operados), que não respeitavam diretivas comunitárias.
"Até tínhamos um serviço moderno e bem equipado, mas as diretivas incluem pormenores que são muito impeditivos", disse, sublinhando que o HDS, onde se fazem anualmente cerca de 5.000 transfusões de sangue, era quase autónomo nas necessidades e nunca teve "problema nenhum".
Para colmatar as deficiências detetadas na auditoria, o HDS entregou, em novembro, uma candidatura a fundos comunitários para fazer as alterações estruturais no edifício, de forma a ampliar a Unidade de Sangue, de acordo com o exigido, um processo "moroso e oneroso", disse.
"Até lá, estaremos dependentes" do IPS, referiu.
A agência Lusa tentou obter a posição do Ministério da Saúde sobre o assunto, mas a assessoria de imprensa do gabinete da ministra Ana Jorge informou não haver qualquer comentário a fazer sobre a situação.
----------------------------------------

Ambiente

Ourém lança acção “Vamos todos Limpar Ourém” inserido no Projecto Limpar Portugal
O grupo de Ourém do projecto Limpar Portugal conta já com mais 100 membros, que no próximo dia 20 de Março vão limpar as lixeiras do concelho.
Ao nível local a iniciativa está a ser dinamizada por quatro alunos do Colégio de São Miguel, ao qual o município de Ourém se associou com a constituição vários grupos de trabalho; uns responsáveis pela dinamização nas escolas, juntas de freguesia e associações, outros pelo levantamento das lixeiras e pela geo-referenciação das mesmas em ambiente SIG (Sistema de Informação Geográfica).
A Câmara Municipal de Ourém considera de grande importância esta iniciativa, não só porque permite limpar as lixeiras existentes no concelho, como também constitui um meio de sensibilização da população para as questões ambientais, nomeadamente a triagem, a separação e o correcto encaminhamento de resíduos para tratamento ou valorização.
Até à data foram já realizadas reuniões com as várias entidades concelhias, com o objectivo de dinamizar o projecto e angariar voluntários.
Para mais informações, poderá contactar o município de Ourém 249540900 (ext.168).
-------------------------------------------------------------------

Meteorologia

Governadora Civil decidiu activar Plano de Cheias do Tejo
Foi activado, esta segunda-feira, dia 22 de Fevereiro de 2010, o Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, em Alerta Azul, o nível mais baixo de alerta.
A decisão foi tomada pela Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona, e deverá ser ratificada pela Comissão Distrital de Protecção Civil, durante o dia de hoje.
A decisão deve-se à descarga de barragens na Bacia Hidrográfica do Tejo e à previsão do Instituto de Meteorologia e Geofísica, que aponta para a continuação de precipitação nos próximos dias.
Prevê-se para as próximas horas um aumento do caudal do Rio Tejo e seus afluentes.
Neste sentido, tendo em conta a evolução hidrológica, a Governadora Civil de Santarém, determinou a activação, do Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo.
O cenário mais provável para a região da lezíria ribatejana, será a possível submersão da EN 365, na ponte do Alviela.
-----------------------------------------------------------------------

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Desporto - Futebol

Riachense obteve resultado mais volumoso da jornada da Divisão Principal no jogo frente ao Mação
O Riachense venceu em casa o Mação por quatro bolas a zero, alcançando o resultado mais volumoso da última jornada da primeira volta da Divisão Principal da AFS. Enquanto que, a equipa do Nabão não foi além de um empate com o Pego a duas bolas. O Alcanenense foi alcançar um bom resultado a terras de Alferrarede, vencendo a equipa da casa por um golo sem resposta e no derby em Amiais de Baixo, a equipa da casa não fez melhor perante a equipa torrejana que um empate a um golo.
Resultados:
Cartaxo-Fazendense, 2-2; Riachense-Mação, 4-0; U. Tomar-Pego, 2-2; Amiense-Torres Novas, 1-1; U. Almeirim-Ouriquense, 3-1; Alferrarede-Alcanenense, 0-1.
Classificação:
Riachense, 58; Amiense, 50; Alcanenense, 45; Torres Novas, 40; Cartaxo, 37; U. Tomar 34; Pego, 21; Fazendense, U. Almeirim e Mação, 20; Ouriquense, 18 e Alferrarede, 5
-------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Sociedade

Testemunhas da mãe da menor Esmeralda vão ser ouvidas na próximo sessão no Tribunal de Torres Novas
As testemunhas de Aidida Porto, mãe da menor Esmeralda Porto, que interpôs uma ação para alteração da regulação do poder paternal no Tribunal de Torres Novas, vão ser ouvidas no próximo dia 02 de março.
O juiz do processo, Pedro Carrilho de Sousa, decidiu adiar a sessão marcada para hoje à tarde, por impedimento, por motivos familiares, do mandatário de Aidida Porto, Pedro Rocha Santos.
Além das quatro testemunhas arroladas pela requerente, familiares e amigos de Aidida Porto, na sessão agendada para 02 de março deverá ainda ser ouvido o pediatra que acompanhou a criança enquanto esta residiu com o casal Luís Gomes e Adelina Lagarto, a pedido da mandatária destes, Inês Sá.
O juiz agendou uma outra sessão para 15 de março, dia em que começarão a ser ouvidas as sete testemunhas arroladas pelo mandatário de Baltazar Nunes, José Luís Martins.
Durante a manhã, foram ouvidas as duas professoras que acompanharam a menor no primeiro ano do primeiro ciclo, no ano letivo 2008/2009, Célia Carrasqueira, professora de Esmeralda no colégio de Torres Novas, e Hortense Duque, professora na escola da Sertã.
Aidida Porto entregou a filha, quando esta tinha três meses, ao casal Luís Gomes e Adelina Lagarto, num momento em que o pai não havia ainda reconhecido a paternidade.
Em março de 2009, o Tribunal de Torres Novas confirmou a entrega ao pai da guarda da menor, concluindo um processo que se arrastou durante vários anos, depois de Baltazar Nunes ter contestado o facto de a mãe ter entregue a criança ao casal Luís Gomes e Adelina Lagarto.
Entretanto, Aidida Porto pediu a abertura de um novo processo de regulação do poder paternal, por considerar que já reúne as condições familiares e económicas para ficar com a criança.
*Lusa
---------------------------------------------------------------

Sociedade

Professora de Esmeralda Porto disse no tribunal de Torres Novas que tem notado “evolução” da menor
A professora de Esmeralda Porto na escola que esta passou a frequentar quando foi viver com o pai, na Sertã, disse hoje em Tribunal ter notado uma "evolução" no comportamento da menor, com menos momentos de tristeza.
Hortense Duque, que este ano lectivo deixou a escola de Cabeçudos, frequentada por Esmeralda desde janeiro de 2009, foi uma das peritas que depôs hoje de manhã, no âmbito do processo de pedido de alteração do poder paternal, interposto pela mãe da menor, Aidida Porto, no Tribunal de Torres Novas.
Segundo a professora, a menina, que classificou de aluna excelente com um padrão de rendimento escolar que se manteve ao longo do ano lectivo, revelou, ao início, momentos de tristeza, que, quando instada, revelava terem por motivo “saudades da mãe Adelina e do pai Luís”, o casal que criou Esmeralda desde os três meses até esta ser entregue ao pai em dezembro de 2008.
Esses momentos, adiantou, praticamente desapareceram “depois da Páscoa” de 2009, altura em que a menina começou a falar mais da mãe, Aidida Porto, com quem ia “sempre muito contente” passar os fins de semana.
Hortense Duque afirmou que, depois de um desses fins de semana, a menina lhe disse que gostaria de ir viver com a mãe, mas que também por algumas vezes disse que gostava de viver com o pai, o que, concluiu, revela que, “no fundo, gosta de ambas as partes”.
Para a professora, Esmeralda “cresceu muito rápido”, parecendo “um adulto em ponto pequenino”, pois “consegue lidar com certas situações que outros não seriam capazes”.
Antes, o Tribunal ouviu Célia Carrasqueira, a professora que acompanhou Esmeralda desde a sua entrada para o primeiro ano do primeiro ciclo, em setembro de 2008, até 09 de janeiro, dia em que a menina saiu da escola de Torres Novas para a da Sertã.
Também Célia Carrasqueira realçou o desempenho escolar de Esmeralda e o fato de, “apesar da idade”, a menina saber “jogar muito bem com as emoções”.
Segundo disse, na semana de janeiro em que o pai a trazia da Sertã para as aulas no colégio de Torres Novas, a criança continuou a revelar um comportamento adequado, que só se “transformou” numa profunda manifestação de tristeza no dia em que se despediu da escola e em que manifestou que não queria ir para o pai mas ficar com a “mãe Adelina”.
A sessão prossegue à tarde com audição das testemunhas indicadas pelo mandatário de Aidida Porto.
Aidida Porto entregou a filha, quando esta tinha três meses, ao casal Luís Gomes e Adelina Lagarto, num momento em que o pai não havia ainda reconhecido a paternidade.
Em Março de 2009, o Tribunal de Torres Novas confirmou a entrega ao pai da guarda da menor, concluindo um processo que se arrastou durante vários anos, depois de Baltazar Nunes ter contestado o facto de a mãe ter entregue a criança ao casal Luís Gomes e Adelina Lagarto.
Entretanto, Aidida Porto pediu a abertura de um novo processo de regulação do poder paternal.
*Lusa
--------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Executivo da Câmara de Tomar aprova prolongamento de medidas de apoio social
A Câmara Municipal de Tomar vai prolongar as medidas que implementou há um ano atrás, no sentido de apoiar as pessoas do concelho mais afectadas pela crise.
O Executivo Municipal aprovou atribuir aos alunos abrangidos a partir do 2.º Escalão um subsídio com carácter excepcional, igual ao do 1.º ou 2.º escalão, a famílias com carência económica comprovada. Também no âmbito da Educação, a Câmara continuará a implementar a atribuição de bolsas aos estudantes do Ensino Superior, conforme regulamento já aprovado.
Neste conjunto de medidas consta ainda a suspensão do aumento das rendas de habitação social previsto para o corrente ano de 2010, aos agregados familiares cujo rendimento seja igual ou inferior ao ordenado mínimo nacional ou com comprovada carência económica.
Quanto aos munícipes com Cartão Municipal do Idoso, a Câmara deliberou suportar os custos relativos a pequenas reparações de carácter não estrutural ou pequenas avarias nas habitações onde residam sós. Esta é uma medida a implementar em articulação com as Juntas de Freguesia e é condicionada à apresentação prévia de um orçamento aos Serviços de Acção Social da Autarquia e respectiva autorização para a realização da despesa. O Executivo Municipal decidiu estender este apoio a todas as pessoas com comprovada carência económica.
Na mesma reunião de Câmara foi aprovada a redução de 50 por cento das taxas de ligação de ramais aos SMAS – Serviços Municipalizados de Águas e Saneamento de Tomar, durante todo o ano de 2010, com efeitos a partir de 1 de Janeiro deste ano.
Dirigida aos sujeitos passivos do comércio, serviços e indústria, com um volume de negócios no ano anterior que não ultrapasse os 150 mil euros, aprovou-se a equiparação a consumidores domésticos, para efeito de pagamento de tarifa, devendo para isso apresentar requerimento fazendo prova da sua situação. Efeitos retroactivos a 1 de Janeiro deste ano.
Por último, reiterou-se que se continue a adoptar, por princípio, no âmbito da contratação pública e dentro das regras legais aplicáveis, a consulta a empresas do Concelho.
Quantos às taxas relativas à construção, encontra-se neste momento em elaboração um novo regulamento, onde se incluirão as medidas de excepção.
-----------------------------------------------------------