quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Reveillon 2009

Apesar da crise as passagens de ano vão ser fortes em Santarém e Torres Novas

Pela cidade escalabitana vão passar João Gil, Susana Félix, Paco Bandeira, Carlos Mendes e a Orquestra Santos Rosa para animarem em força a passagem de ano.
Vai ser em moldes dos anos transactos que a festa vai decorrer na capital do distrito. Serão montados dois palcos, um no largo do Seminário e outro no largo de Marvila. João Gil e Susana Félix vão actuar pela primeira vez juntos em palco no largo do Seminário, por onde passará também a música dos Shout. No outro palco vão passar Carlos Mendes, Paco Bandeira e a Orquestra Santos Rosa. A festa no centro histórico, onde vai haver fogo de artifício às 00h00, começa às 22h30. João Gil vai fazer uma viagem por músicas dos Trovante, Ala dos Namorados, Rio Grande, entre outros.
Em Torres Novas a música será variada na Praça 5 de Outubro. A festa começa às 22 horas com a actuação da Roda de Choro de Lisboa. A meia-noite é marcada com um espectáculo de fogo de artifício ao que se segue a actuação animada dos Farra Fanfarra, que se dedica a uma mistura colorida do folclore de vários pontos do mundo como bombos, caixas, tubas, trombones, vidros, tochas, saxofones altos, tenores, capacetes, trompetes, clarinetes, megafones e escovas de dentes. A festa terminará com uma sessão de DJ Kristof no Café Concerto, até ao raiar da madrugada.
.......................................................................
A.A.

domingo, 28 de dezembro de 2008

Gentes de Outras Épocas...



Temos vindo a ler o livro “Tios e Tias do Espinheiro – Diálogo com o Passado” da autoria de João Vitalino Ribeiro Martinho e editado pela Junta de Freguesia do Espinheiro, concelho de Alcanena.
Livro optimamente elaborado, no qual, o autor descreve as vidas e os costumes das gentes do Espinheiro em épocas remotas.
Com o devido respeito pela obra do autor, citamos um excerto do livro, o qual convidamos os leitores a ler a obra literária na íntegra.
A.A.
..........................................................

(…) Albertino da Silva Louro (Ti Albertino Manelico) 1897 - 1985 (...)

(...) Mal o sol se punha para as bandas do Carrapato, arrancando figuras fantasmagóricas nas sombras que bordejavam os caminhos, Ti Albertino, verificada a onça de tabaco e demais pertences guardados nos bolsos do colete de cotim, ajeitava o barrete e entrava no palheiro, iniciando um monólogo como se estivesse a falar para o macho e este entendesse a sua lenga lenga:
- Ó Pancrácio prepara-te que vamos ao passeio…! Nã gostas muito dos ares do mar… mas é a vida… tem que ser…
E, enquanto chupava a beata fazendo luzir a centelha na semi-obscuridade, iniciava o ritual de sempre nesta circunstância. Primeiro punha um litro de favas secas na manjedoura o qual o animal atacava ruidosamente com estalidos nos dentes a mostrar avidez pela ração que lhe havia de assegurar um mínimo de força para a jornada. Depois punha-lhe o cabresto, esticava a cilha e colocava sobre a albarda os odres de azeite ocultos pelo jaleco coçado. Mais um balde de água que o animal sorvia tranquilamente, resfolegando com força como se desse um sinal de prontidão para a partida.
Ti Albertino, puxando a arreata, ia contrariando a crença natural do Pancrácio:
- Anda cá pra rua malvado…!
- Vamos lá e não te ponhas com felestrias… olha que, no mais tardar, temos que lá tar à uma da manhen…
E lá partiam. Desciam a cumeira, ponto alto da aldeia, na direcção de Alcanede, sempre a talhar, isto é encurtado, o mais possível, o caminho que bem depressa estaria envolvido pelo negrume da noite. Aos poucos a silhueta de Ti Albertino levando o macho à arreata desvanecia-se a lembrar o esboço dum quadro de pintor. Para vencer o tédio da jornada falava com o animal: … (…)

(…) E para matar o tempo, Ti Albertino lá ia cantarolando e praguejando se algum acidente lhe dificultava a marcha.
- Raios partam tanta pedra e tanto buraco… tanta silva… e tanto carrasco…!
A jornada ia ser duríssima. Peniche estava a mais de doze léguas (60Km) bem contados em linha reta.

==============///================

Mal os alvores da madrugada (barbas de gato) anunciavam a aproximação dum novo dia e os galos começavam a cantar, acordando os mais sonolentos, ouvia-se ao longe o som dum búzio vindo dos lados da Várzea, um vale que dá acesso ao Espinheiro por noroeste. Aquele som entrecortado e modulado pelo vento tinha algo de lúgubre, ecoando pelas encostas.
- Tuuu…!Tuuuu! Tuuuuu
Ti Albertino regressava mais uma vez com as caixas de sardinha que trocara por azeite. Cansado mas firme como uma verga de aço, de pernas curvas rematadas por umas botas forradas que mandara fazer na oficina do António Ferrêro, entrava pelas Casas de Além para iniciar a venda.
Não tinha à sua espera as palmas duma multidão entusiasmada nem as predipitadas intervenções da imprensa sempre ávida de acontecimentos invulgares, contudo acabava de realizar o impressionante corta-mato nocturno, num percurso continuado, em 18 horas, cometimento com o qual ninguém jamais se atreveu a concorrer.
Conta-se que alguém, um dia, lhe narrou a história passada no ano 490 antes de Cristo, so soldado grego Fidípedes que correu 40 Km para ir anunciar a Atenas a vitória da Maratona, após o que caiu fulminado.
Ti Albertino ficou pensativo e comentou, interrogativo:
Mas isso foi de dia ou de noite? Mal empregado rapaz…!
Foi assim o mais carismático maratonista, peixeiro e almocreve do Espinheiro… (…)

---------------------------------
João Vitalino Ribeiro Martinho, nasceu no Espinheiro em 29 de Outubro de 1928. Fez os estudos em Santarém e Coimbra, donde regressou em 1951, tendo licenciado no Ensino Primário e na Escola do Magistério de Santarém onde desempenhou as funções de orientador de estágio, secretário das escolas anexas e regente das cadeiras de Didática Geral e Didática Especial. Foi jubilado em 1992.
........................................................
A.A.

Desporto - Atletismo

Corrida S. Silvestre de Torres Novas - 2008

Com chuva forte caindo durante a tarde e princípio da noite na cidade de Torres Novas, realizou-se mais uma edição da corrida de S. Silvestre.
Mesmo com tempo adverso, competiram mais de meio de milhar de atletas distribuídos por vários escalões.
Na prova rainha (10.000m), houve enorme equilíbrio, tendo os três primeiros atletas ficarem separados somente por um segundo.
José Carvalho da Constrolândia venceu, superando José Moreira dos Ciclones e Adelino Monteiro do Sporting Club de Portugal, que ficaram na segunda e terceira posições respectivamente.
No escalão maior de senhoras, Madalena Carriço do Estreito, sobrepôs-se Às principais concorrentes, vencendo folgadamente, ficando na segunda posição Doroteia Peixoto da SportZone e em terceiro lugar Carla Martinho do Adercus Recer.

Classificações dos cinco primeiros nas provas de seniores masculinos e femininos:
Masculinos:
- 1º José Carvalho – Constrolândia – 31m:12s
- 2º José Moreira – Ciclones – 31m:13s
- 3º Adelino Monteiro – Sporting C. Portugal – 31m:14s
- 4º Luís Pinto – Sporting C. Portugal – 31m:24s
- 5º Dário Garcia – Casa do Benfica de Faro – 31m:33s
Femininos:
1ª Madalena Carriço – G.D. Estreito – 34m:35s
2ª Doroteia Peixoto – SportZone – 34m:58s
3ª Carla Martinho – Adercus Recer – 35m:02s
4ª Solange Jesus – Adercus Recer – 36m:04s
5ª Sandra Teixeira – Sporting C. Portugal – 36m:45s
.................................................
A.A.

sábado, 27 de dezembro de 2008

O Tempo



Prepare-se para uma passagem de ano chuvosa e com frio

O tempo vai manter-se chuvoso e o céu muito nublado até final do ano, prevendo-se uma subida das temperaturas mínimas no domingo disse fonte do Instituto de Meteorologia, à agência Lusa.
Amanhã, domingo, o céu vai estar geralmente muito nublado com períodos de chuva mais frequentes até ao fim da manhã, especialmente nas regiões do Centro e do Sul, onde o vento será em geral fraco do quadrante sul, e moderado forte (30 a 50 Km/h) nas terras altas, com rajadas até aos 90 km/hora, tornando-se moderado de sul. A temperatura mínima subirá um pouco e haverá neblina ou nevoeiro matinail.
Para segunda-feira, prevê-se continuação de céu muito nublado, com períodos de chuva fraca, aumentando de intensidade e frequência para o fim do dia no litoral Norte e Centro. O vento estará fraco de sueste, registando-se pequena subida das temperaturas máximas, com neblina e nevoeiros matinais.
Terça-feira, o céu continuará muito nublado, com períodos de chuva até ao início da manhã e para o fim do dia, mais frequentes no litoral Oeste. Vento fraco a moderado de sueste, soprando temporariamente moderado a forte (25 a 40 km/h) no litoral a sul do Cabo Carvoeiro e nas terras altas. Deverá ocorrer uma pequena subida das temperaturas máximas, neblina ou nevoeiro matinais.
Na quarta-feira, último dia do ano, o Instituto de Meteorologia prevê a continuação de céu muito nublado, vento moderado de sueste, soprando forte no litoral a sul do Cabo Carvoeiro e nas terras altas. Deverão registar-se períodos de chuva ou aguaceiros e pequena descida das temperaturas máximas.
No primeiro dia do ano, há previsão de continuação de céu muito nublado, vento fraco a moderado de sueste, períodos de chuva e aguaceiros, mais prováveis nas regiões Centro e Sul.
...........................................................
Fonte: INMG
...........................................................
A.A.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Festas Populares



Imagem: A.Anacleto
.................................
Estão a decorrer até ao próximo domingo, os tradicionais festejos na freguesia de Espinheiro, concelho de Alcanena.
Hoje, durante a tarde, decorreu a tradicional procissão pelas ruas da aldeia. À noite, vai subir ao palco QUIM BARREIROS, que vai animar as gentes espinheirenses e arredores.
.................................
Transcrevemos um excerto do livro "Tios e Tias do Espinheiro - Diálogo com o Passado" da autoria de João Vitalino Ribeiro Martinho. É um livro, onde o autor retrata as gentes e os costumes da secular freguesia espinheirense.Algumas daquelas tradições, felizmente, ainda se vão mantendo na freguesia.
.................................
(…)No dia 26 de Dezembro de 1953, decorria a procissão, que percorre as ruas da freguesia que, para o efeito, são engalanadas com palmas, hera e rosmaninho. Tocavam os sinos alegremente e estralejavam foguetes.
Os santos, rodeados de opas brancas e vermelhas, iam recebendo as dádivas de promessas, aliviando consciências e alimentando a fé enquanto a banda tocava marchas lentas a convidar a um acerto de passo das duas filas paralelas de devotos que coleavam atrás do santo da sua devoção. Um pendão vermelho, enorme, era conduzido por um penitente acolitado por outros dois que cuidavam do equilíbrio prodigioso necessário para avançar nas ruas acanhadas.
Homens semi desgrenhados, pouco habituados á ausência do barrete, conduziam pacientemente os andores, forma de se redimirem das faltas às missas enquanto as mulheres, com a cabeça coberta por uma mantilha, empunhavam velas de tamanho correspondente à graça recebida.(…)

...............................
A.A.

Saúde

Consultas e cirurgias vão passar a terem informações sobre prazos máximos

A partir do próximo dia 1 de Janeiro, os estabelecimentos do Serviço Nacional de Saúde (SNS), terão de informar os utentes dos prazos máximos previstos para consultas ou cirurgias e também informar a posição do doente na lista de espera.
A medida está referida numa portaria, hoje publicada em Diário da República e assinada pelo secretário de Estado da Saúde.
A acção encontrava-se contemplada na “Carta dos Direitos de Acesso aos Cuidados de Saúde”, publicada em Agosto de 2007 em Diário da República.
A carta pretende “garantir a prestação dos cuidados pelo Serviço Nacional de Saúde e pelas entidades convencionadas num tempo considerado aceitável para a condição de saúde de cada utente e assegurar o direito dos utentes à informação sobre o tempo de acesso”.´
..........................................................
A.A.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Desporto - Ciclismo

Pelotão Português para a Época de 2009

O pelotão profissional português de 2009 está até ao momento formado por seis equipas do escalão Continental. No final desta época de 2008 desaparecem duas equipas, uma das quais Continental Profissional, (Benfica) e o total de ciclistas empregados sofre um emagrecimento de 34 unidades. A época passada iniciou-se com 106 corredores inscritos, enquanto neste momento as seis equipas portuguesas empregam apenas 72 atletas.
Recorde-se, que não se consumou a criação de uma equipa profissional no Cartaxo com iniciativa da edilidade daquele concelho por falta de patrocinadores.

Barbot-Siper:
- António Amorim, POR, 23 anos,
- Bruno Castanheira, POR, 31 anos,
- Bruno Pinto, POR, 23 anos,
- Bruno Pires, POR, 27 anos,
- Carlos Pinho, POR, 37 anos,
- David Bernabéu, ESP, 33 anos,
- Hélder Oliveira, POR, 25 anos,
- Luiz Fernandez Oliveira, ESP, 28 anos,
- Samuel Coelho, POR, 22 anos,
- Sérgio Ribeiro, POR, 28 anos,
- Vidal Celis, ESP, 26 anos,

CC Loulé-Louletano-Aquashow:
- Alexandre Oliveira, POR, 26 anos,
- Bruno Saraiva, POR, 23 anos,
- César Quitério, POR, 32 anos,
- Eladio Jiménez, ESP, 32 anos,
- Hugo Vítor, POR, 31 anos,
- João Cabreira, POR, 26 anos,
- Nuno Marta, POR, 32 anos,
- Pablo de Pedro, ESP, 28 anos,
- Pedro Lopes, POR, 33 anos,
- Pedro Romero, ESP, 26 anos,
- Pedro Soeiro, POR, 33 anos,

Liberty Seguros:
- António Jesus, POR, 24 anos,
- Carlos Nozal, ESP, 27 anos,
- Edgar Pinto, POR, 23 anos,
- Filipe Cardoso, POR, 24 anos,
- Héctor Guerra, ESP, 30 anos,
- Hernâni Broco, POR, 27 anos,
- Isidro Nozal, ESP, 31 anos,
- Manuel Cardoso, POR, 25 anos,
- Nuno Ribeiro, POR
- Vítor Rodrigues, POR, 22 anos,

Madeinox-Boavista:
- Bruno Lima, POR, 23 anos,
- Célio Sousa, POR, 31 anos,
- Danail Petrov, BUL, 30 anos,
- João Benta, POR, 22 anos,
- Joaquim Sampaio, POR, 38 anos,
- Luís Pinheiro, POR, 28 anos,
- Nelson Rocha, POR
- Sérgio Sousa, POR, 25 anos,
- Tiago Machado, POR, 23 anos,

Palmeiras Resort-Tavira:
- Alejandro Marque, ESP, 27 anos,
- André Cardoso, POR, 24 anos,
- Cândido Barbosa, POR, 34 anos,
- Daniel Mestre, POR, 22 anos,
- David Blanco, ESP, 33 anos,
- David Livramento, POR, 25 anos,
- Henrique Casimiro, POR, 22 anos,
- Krasimir Vasilev, BUL, 34 anos,
- Luís Silva, POR, 24 anos,
- Martín Garrido, ARG, 34 anos,
- Ricardo Mestre, POR, 25 anos,
- Nelson Vitorino, POR, 33 anos,
- Samuel Caldeira, POR, 23 anos,
- Tomas Swift-Metcalfe, GBR, 25 anos,

Paredes Rota dos Móveis:
- Bruno Barbosa, POR, 25 anos,
- Celestino Pinho, POR, 24 anos,
- Constantino Zaballa, ESP, 30 anos,
- David Vaz, POR, 26 anos,
- Héctor Figueira, URU, 27 anos,
- Hugo Sabido, POR, 29 anos,
- Márcio Barbosa, POR, 22 anos,
- Miguel Ángel Candil, ESP, 25 anos,
- Rubén Calvo, ESP, 23 anos,
- Vergílio Santos, POR, 32 anos, o, POR, 31 anos,
.......................................
A.A.

Desporto - Atletismo

Corrida de S. Silvestre 2008 em Torres Novas

Com organização da UDR Zona Alta e da Câmara Municipal de Torres Novas vai realizar-se no próximo sábado, dia 27 de Dezembro a tradicional corrida de S. Silvestre.
É uma prova de cariz popular, também aberta à participação de atletas federados. A prova rainha terá uma extensão de 10.000 m, e a partida será na Avª Dr. Martins Azevedo, percorrendo várias artérias da cidade. Algumas ruas durante a tarde e princípio da noite, estarão cortadas ou condicionadas ao trânsito, mas tudo será devidamente sinalizado pela PSP.
A corrida, mais uma vez, tem para os primeiros 15 classificados de algumas provas, prémios monetários, que ao todo contabilizarão uma quantia de 11.825 euros. Haverá ainda 99 taças, 500 medalhas e 1500 t-shirts para distribuir.
................................................................
A.A.

Sociedade

Idoso morre em incêndio no concelho de Alcanena

Um idoso morreu esta madrugada no concelho de Alcanena (freguesia de Malhou), vítima de intoxicação, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Municipais e do Centro Distrital de Operações de Socorro de Santarém.
Segundo fonte dos Bombeiros Municipais, o idoso estava no quarto e «terá inalado elevado quantidade de fumos» provocados por um incêndio que deflagrou na cozinha, cerca das 03:00 horas da madrugada, consumindo parcialmente a residência.
De acordo com o Centro Distrital de Operações de Socorro, o fogo provocou ainda seis deslocados para se proceder a limpezas na habitação.
No local estiveram 20 homens do corpo de Bombeiros Municipais de Alcanena e sete viaturas.
........................................................
A.A.

Sociedade

Vencimento dos autarcas é influenciado pela desertificação

(...)Todos os presidentes de câmara são iguais perante a lei, mas a retribuição que levam para casa ao final do mês pelo desempenho das suas funções autárquicas varia consoante o número de eleitores que tem o seu território. O peso da desertificação e da interioridade também se reflecte no bolso dos autarcas. Só para se ter uma ideia, na área abrangida por O MIRANTE há uma diferença de quase 400 euros mensais entre os presidentes que ganham mais e os que ganham menos.
No topo da escala encontram-se os presidentes dos municípios de Santarém (Francisco Moita Flores – PSD) e Vila Franca de Xira (Maria da Luz Rosinha – PS), os únicos que dirigem concelhos com mais de 40 mil eleitores nesta região, que embolsam mensalmente 3.708 euros ilíquidos (valores de 2008). A essa verba acrescem as despesas de representação, que não são despiciendas. Acima deles só os presidentes das câmaras de Lisboa e Porto, que até nisso têm estatuto à parte e ganham 4.079 euros.
Nada mau num país onde muita gente vive com salários abaixo dos 500 euros, embora haja quem perca dinheiro com a actividade autárquica. É o caso de Moita Flores, escritor e professor universitário, que passou a viver apenas dos direitos de autor e do ordenado como presidente da câmara. Maria da Luz Rosinha terá menos razões de queixa já que na sua profissão de administrativa muito provavelmente não ganharia tanto.
A meio da tabela fica a esmagadora maioria dos autarcas da região, que governam municípios com mais de 10 mil e menos de 40 mil eleitores e ganham 3.337 euros ilíquidos. No fundo da tabela surgem os autarcas dos concelhos mais pequenos e/ou mais desertificados, casos dos de Vila Nova da Barquinha, Chamusca, Constância, Golegã, Mação, Sardoal e Ferreira do Zêzere. O vencimento mensal é de 2.967 euros, que corresponde a 40 por cento do vencimento do Presidente da República.
Mesmo assim, a maior parte dos autarcas da nossa região terá ficado a ganhar substancialmente mais com as novas responsabilidades. E gostaram tanto delas que andam por lá há mais de vinte anos com a caução do povo, que até à data tem confiado nos seus dotes de gestão. É o caso do electricista António Mendes (Constância – CDU), do empregado de escritório Sérgio Carrinho (Chamusca – CDU), dos professores Silvino Sequeira (Rio Maior – PS), António Ganhão (Benavente – CDU) e Sousa Gomes (Almeirim – PS).
O único factor de ponderação nos vencimentos autárquicos é o número de eleitores. Um critério discutível, já que a dimensão do território, por exemplo, não é tida em conta. Se fosse, os presidentes de Coruche e da Chamusca seriam melhor remunerados, pois os seus territórios são de longe os maiores da região. O peso do eleitorado também se reflecte nos vencimentos dos vereadores e dos eleitos das assembleias municipais, como se pode ver na tabela anexa. E a brincar a brincar, um eleito de uma assembleia municipal dos municípios mais pequenos já ganha praticamente 60 euros por sessão. Doze contos na moeda antiga que, para o que alguns lá produzem e o tempo que lá passam, não deixa de ser interessante nos tempos de crise que se vivem.(...)
.............................................................
in Jornal "O Mirante" edic. online 25.12.08
A.A.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Sociedade

Actualização de Pensões para 2009

As pensões de invalidez e velhice vão ser actualizadas entre 2,1 e 2,9 por cento em 2009, conforme diploma publicado hoje em Diário da República.
O valor de referência de apoios sociais é fixado em 419,22 euros.
A portaria conjunta dos ministérios das Finanças e do Trabalho e Solidariedade Social estabelece para o regime geral um aumento de 2,90 por cento para as pensões de montante igual ou inferior a 628,83 euros, sendo que o valor do aumento não poderá ser inferior a 6,85 euros.
As reformas superiores a 628,83 euros e inferiores ou iguais a 2 515,32 euros terão uma actualização de 2,40 por cento com um aumento mínimo garantido de 18,24 euros.
O valor de actualização das pensões maiores que 2 515,32 euros será de 2,15 por cento, não devendo o aumento ser menor que 60,37 euros.
As pensões superiores a 5 030,64 euros (12 vezes o valor do Indexante dos Apoios Sociais) não serão actualizadas.
O valor mínimo de pensão varia entre os 243,32 euros para reformados com menos de 15 anos de contribuições e os 374,36 euros para os pensionistas com 31 ou mais anos de contribuições.
O montante da pensão social para os regimes não contributivos será de 187,18 euros.
O valor da pensão agrícola é fixado em 224,62 euros.
Os aumentos vão entrar em vigor a partir de 01 de Janeiro.
....................................................
A.A.

Festas Populares

Freguesia de Espinheiro vai estar em festa
A Freguesia de Espinheiro, concelho de Alcanena, vai viver os seus tradicionais festejos em honra de N. Srª. da Encarnação entre 24 e 28 de Dezembro.
Várias iniciativas de carácter tradicional e religioso, fazem parte mais uma vez dos tradicionais festejos anuais desta típica aldeia ribatejana.
Conforme consta no programa, para além das procissões diurna e nocturna, várias bandas filarmónicas vão percorrer as ruas da aldeia, realizando-se ainda um arraial no átrio do coreto. Durante os quatro dias de festa, os jogos tradicionais populares, vão marcar presença. Outra tradição é o habitual fogo de artifício. O lançamento do balão vai também marcar presença numa das noites da festa espinheirense. Outra tradição que nunca foi esquecida é a comemoração denominada como “o dia das pingas” onde a população percorre as ruas da aldeia atrás da banda para de seguida comer e beber nas casas que abrem as portas.

Consulte aqui o cartaz.
.............................................................
A.A.

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Eventos



José Cid actua no Cine Teatro S. Pedro

José Cid, compositor e intérprete da música portuguesa, vai estar no palco do Cine-Teatro São Pedro num concerto no próximo dia 27 de Dezembro, pelas 21:30h.
José Cid, vai recordar em Alcanena, alguns grandes êxitos da sua longa carreira.
......................................................
A.A.

Legislação

Código do Trabalho - Tribunal Constitucional “chumba” alargamento do período experimental

O Tribunal Constitucional «chumbou» hoje por unanimidade a norma do Código do Trabalho que alargava de 90 para 180 dias a duração do período experimental para a generalidade dos trabalhadores.
A juíza conselheira Lúcia Amaral, do TC, prestou hoje a declaração da inconstitucionalidade daquela norma.
Recorde-se que o Presidente da República, Cavaco Silva, tinha pedido a fiscalização preventiva alegando que aquela norma suscitava algumas dúvidas, no caso do trabalho indiferenciado, quanto à sua conformidade com a exigência de proporcionalidade das leis restritivas de direitos, liberdades e garantias».
A declaração de inconstitucionalidade obriga à devolução do diploma à Assembleia da República, o que deverá inviabilizar a entrada em vigor do Código do Trabalho no próximo dia 01 de Janeiro, como estava previsto.
.............................................................
A. A.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Gentes e Locais...



Imagem: A. Anacleto
......................................
Viajámos por terras de Alto Alentejo, e deslumbrámo-nos com a simpática e pacata vila do Crato. Vila do Distrito de Portalegre, altamente histórica, bem conservada, na qual se nota uma aceitável qualidade de vida em várias vertentes.

História do Crato

Em 1048, mercadores napolitanos de Analfi alargavam o serviço de apoio a peregrinos, fundando, na cidade de Jerusalém, o hospital de S. João Baptista. A congregação que dirigia o hospital acabou por se transformar numa Ordem, a de S. João de Jerusalém ou do Hospital, com autonomia e regra própria .
Posteriormente, acrescenta-lhe uma função de protecção militar. Assim, e à semelhança do que acontecia com outras Ordens militares, os freires da Ordem do Hospital dividiam o seu trabalho entre a acção benemérita directa e a acção guerreira cavaleiresca.
Com todo o prestígio adquirido e já com casas espalhadas por toda a Europa, esta Ordem organizou-se segundo Línguas e Nações. A saber: da Provença, da França ou de Paris, de Auverne da Itália, da Alemanha, de Aragão e de Castela e Portugal. Cada uma delas subdividia-se, por sua vez, em Priorados de que dependiam as Comendas. Internamente, os freires agrupavam-se, segundo a sua categoria, em: cavaleiros, serventes e capelães. De hábito e manto negros apresentavam uma cruz branca sobre o ombro e sobre o peito.
Em Portugal, a chegada dos cavaleiros hospitalários deve ter-se dado entre 1114 e 1132. Segundo documentação coeva, foi D. Teresa, viúva do conde D.Henrique, quem terá feito a doação das terras de Leça onde a Ordem virá a levantar a sua primeira casa, o Mosteiro-fortaleza de Leça do Bailio.
À semelhança do papel desempenhado pelas outras Ordens militares, os frades guerreiros do Hospital vão distinguir-se na luta pela recuperação dos territórios ocupados pelos muçulmanos. Assim, e à medida que a Reconquista avança, a Ordem de S. João de Jerusalém vê os seus domínios estenderem-se para Sul, sendo que D. Afonso Henriques lhes acrescenta a igreja de S. João do Alporão de Santarém e a igreja e a comendadoria de S. Brás em Lisboa. No reinado seguinte, são-Ihes entregues os castelos de Cernache do Bonjardim e o da Sertã, assim como uma larga fatia terras, junto ao Tejo, onde os cavaleiros irão erguer o castelo de Belver.
Para aqui será transferida a administração e o governo da Ordem e, nos reinados seguintes, as doações sucedem-se um pouco por todo o país, não só para Sul, como também para a zona de Trás-os-Montes e Beiras.
O apoio dado pelo Priorado do Crato, durante a crise de 1383-1385, ao partido de D. Beatriz, veio pôr em causa o poder e o prestígio angariados pelos cavaleiros hospitalários, ao longo das lutas da Reconquista. Com a aseenção de D. João I, a Ordem é "esquecida" e só voltará a ser reabilitada com D. Afonso V, em reconhecimento pelo apoio dado a sua mãe durante a regência de seu tio, o infante D. Pedro.
Com a política de centralização de D. Manuel, a Ordem elege o seu último Prior independente da coroa, D. Manuel de Noronha da Câmara. No reinado seguinte será o rei o responsável pela atribuição deste cargo, entregando-o a seu irmão, o infante D, Luís. Esta situação vai manter-se até 1789, altura emque a rainha D. Maria I consegue do papa Pio VI a Bula "Expedit Quam Maximc" que separa definitivamente o Priorado do Crato da Ordem Internadonal. Com esta medida tranferem-se as prerrogativas espirituais para a Santa Sé e os bens terrenos para a Casa do Infantado, senhorio instituído por D. João IV, para os filhos segundos dos monarcas portugueses.
................................
Consulta:
In: http://www.portugalvirtual.pt/pousadas/crato/pt/index.html

................................
A.A.

domingo, 21 de dezembro de 2008

Desporto - Futebol

Campeonato da II Divisão - Série C – 14ª Jornada

Equipas Ribatejanas não foram felizes na jornada 14ª da série C do Campeonato da II Divisão. Fátima baqueou em casa perante o União da Serra por 0-1, enquanto o Monsanto, fez melhor em Ponte de Sor, alcançando um empate a uma bola com o Eléctrico.

- Resultados:
Ol. Bairro-Pampilhosa, 2-2
Operário-Penalva do Castelo, 1-1
Fátima-União da Serra, 0-1
Eléctrico FC-Monsanto, 1-1
Nelas-Tourizense, 0-3
Folga: Praiense

- Classificação:
1. Pampilhosa, 25
2. Tourizense, 24
3. União da Serra, 23
4. Fátima, 23
5. Monsanto, 20
6. Operário, 20
7. Eléctrico, 16
8. Ol. Bairro, 15
9. P. Castelo, 11
10. Nelas, 10
11. Praiense, 5
Campeonato da III Divisão - Série D – 14ª Jornada
Torre Novas, perde no Estádio Dr. Alves Vieira perante o Sporting de Pombal e baixa ao 12º lugar da tabela classificativa, que continua a ser liderada pelo Sertanense.
-Resultados:
Penamacorense-Marinhense, 0-3
Unhais Serra-Gândara, 2-1
Torres Novas-Sporting Pombal, 0-1
Peniche-Atalaia Campo, 1-1
Sertanense-Lousanense, 6-0
Sourense-Vigor Mocidade, 0-2
Caldas-Benfica Castelo Branco, 0-1
- Classificação:
1 Sertanense, 31 pontos
2 Benf, Castelo Branco, 27
3 Vigor Mocidade, 25
4 Lousanense, 21
5 Marinhense, 21
6 Peniche, 19
7 Gandara, 17
8 Sporting Pombal, 16
9 Sourense, 16
10 Caldas, 15
11 Unhais Serra, 15
12 Torres Novas, 14
13 Atalaia, 12
14 Penamacorense, 11
..............................................................
A.A.

sábado, 20 de dezembro de 2008

Desporto - Atletismo



Imagem: A. Anacleto
...........................
Crato - S. Silvestre 2008

Com tarde soalheira, decorreu hoje na Vila Alentejana do Crato, a XI Edição da Corrida de S. Silvestre.
Participaram cerca de duas centenas e meia de atletas oriundos de várias regiões do país e do país vizinho de Espanha.
Na prova rainha - seniores masculinos, venceu o atleta António Travassos do Sporting Clube de Portugal, deixando na segunda posição o seu colega de equipa Túlio António e no terceiro lugar, o espanhol Cláudio Bravo do AVALCANTARA.
No sector feminino, Solange Jesus da equipa do Adercus, foi a mais rápida, ficando na segunda posição Liliana Teixeira do Maratona e Raquel Trabuco do CFOE, quedou-se no terceiro lugar.
.................................
A. Anacleto

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Sociedade

Os valores que representam o Natal estão ameaçados, diz o Bispo de Santarém

Na tradicional mensagem de Natal, o Bispo da Diocese de Santarém, D. Manuel Pelino Domingues, considera que “somos herdeiros de uma cultura de Natal, criada ao longo de séculos, de grande riqueza humana e espiritual que todos estimamos e podemos salvaguardar”, cujos valores “estão ameaçados de esvaziamento, de deformação e de aproveitamentos desviantes”.
Na mensagem, o Bispo de Santarém, lança um apelo à comunidade diocesana: “Em vez de lamentar os desvios, demos o nosso melhor contributo para cultivar o autêntico Natal”.
Mais afirma que, “O ambiente social de consumismo e materialismo, de vaidade e ganância, de ruído e dispersão não favorecem a vivência na espiritualidade”, As pessoas têm necessidade de vida interior, de encontro com o mistério de Deus que é a referência e o alicerce de vida humana”, continua o prelado na mensagem.
“É a espiritualidade que enriquece o coração, fortalece o ânimo para viver com esperança, gera a sabedoria do alto para orientar a existência e promove a vida comunitária. Cultivemos a espiritualidade do Natal, preparando os caminhos do Senhor pela oração e pela meditação, pela escuta orante da Palavra de Deus e pela conversão”, refere ainda o Bispo de Santarém na sua mensagem natalícia.
.........................................................
A.A.

Vida Autárquica

Aprovada compra das instalações do ex-quartel de Cavalaria em Santarém

A Assembleia Municipal de Santarém aprovou ontem, sem nenhum voto contra, a minuta do contrato-promessa de compra e venda de bens futuros para aquisição do quartel da Escola Prática de Cavalaria ao Estado.
A minuta foi aprovada com 31 votos a favor e 24 abstenções.
O documento consta na aquisição, pela Câmara Municipal de Santarém, dos quartéis de S. Francisco - onde a autarquia quer instalar a Fundação da Liberdade - e das Donas (onde se encontra actualmente o comando distrital da PSP) e de dois terrenos do Ministério da Defesa por 26 milhões de euros, a pagar em 72 prestações.
Francisco Moita Flores, Presidente da edilidade de Santarém, exprimiu na sua intervenção não acreditar que alguém pudesse votar contra "um dos ícones da História portuguesa contemporânea", declarando-se, no final da assembleia, estar "muito feliz" com a decisão tomada pelos eleitos municipais.
"É dos dias mais felizes da minha vida. Este é um dos momentos importantes para que esta cidade tenha a projecção nacional e internacional que precisa", afirmou.
...........................................................
A. A.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Legislação

Salário mínimo foi fixado em 450 euros para 2009

A Retribuição Mínima Mensal Garantida (RMMG) para 2009 foi hoje fixada em Diário da República nos 450 euros, tendo o objectivo se fixar em 500 euros em 2011.
O decreto-lei que vai entrar em vigor a partir de 1 de Janeiro, dá cumprimento ao acordo tripartido assinado em Dezembro de 2006 na Concertação Social, que estipulou que o salário mínimo nacional seria fixado em 403 euros, em 2007, atingir o valor de 450 euros em 2009 e os 500 euros em 2011.
Dados do Governo, apontam que o salário mínimo atinge actualmente 4,5 por cento da população activa, estimada em mais de cinco milhões de pessoas.
.........................................
A.A.

Desporto - Ciclismo

Cartaxo já não vai ter equipa de ciclismo profissional na próxima época

O projecto da equipa profissional Cartaxo-Capital do Vinho não foi concretizado, ficando o mesmo adiado. O mesmo vai ser redimensionado para os escalões de elites e sub-23, disse o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo.
Não conseguimos o financiamento para concretizar o projecto de dimensão financeira maior, na ordem dos 270 mil euros. Esse sonho maior fica adiado, eventualmente para 2010, se as actuais circunstâncias económicas e financeiras melhorarem”, afirmou à Agência Lusa Paulo Caldas.
O abandono do projecto profissional fica a dever-se ao “retraimento dos patrocinadores” e uma atitude “sensata e ponderada” do município, que, “caso reforçasse o apoio, estaria, não no fio da navalha, mas a trabalhar sem rede alguma”, referiu o autarca.
“Para avançar com a equipa e daqui a dois ou três meses estarmos perante situações de ordenados em atraso é preferível redimensionar o projecto”, frisou Paulo Caldas, acrescentando que equipa de elites e sub-23 terá um orçamento na ordem dos 120 mil euros e a autarquia financiará cerca de “um quarto desse montante”.
.........................................
A.A.

Acidente

EN3 esteve cortada por derrame de grades de cerveja

Cerca das 10 horas desta manhã, entre Pernes e Torre do Bispo, na EN3, um camião carregado de vasilhame de cerveja, despistou-se espalhando pelo asfalto a carga, deixando um rastro de muitos litros de cerveja espalhados ao longo de uma faixa de mais de 100 metros. A GNR e os Bombeiros Voluntários de Pernes estão no local a proceder à limpeza da via.
....................................................
A.A.

Sociedade

Em Janeiro forças de segurança da GNR mudam de nome

A partir de 1 de Janeiro, a Brigada de Trânsito da GNR vai passar a designar-se, Unidade Nacional de Trânsito e a Brigada Fiscal passará a denominar-se Unidade de Controlo Costeiro e Unidade de Acção Fiscal.
Estas alterações inserem-se no âmbito da regulamentação da Lei Orgânica da GNR, que foi publicada em Diário da República através da portaria que estabelece a organização interna das unidades territoriais, especializadas, de representação e reserva da GNR e define as respectivas subunidades.
Segundo a portaria, a Unidade Nacional de Trânsito será responsável pela segurança e fiscalização rodoviária, enquanto a nova Unidade de Controlo Costeiro fará a vigilância da costa e a Unidade de Acção Fiscal terá como missão a investigação do crime fiscal e aduaneiro.
Também a partir de 1 de Janeiro, o Regimento de Cavalaria passará a designar-se Unidade de Segurança e Honras de Estado, que integrará o esquadrão presidencial, o grupo de honras do Estado, o grupo de Segurança, a charanga a cavalo e a banda da GNR.
A portaria estabelece também que o Regimento de Infantaria terá como designação Unidade de Intervenção, que compreende os grupos de intervenção de ordem pública, de operações especiais, de protecção e socorro e cinotécnico.
As brigadas dois, três, quatro e cinco também vão ser extintas, passando a estar organizadas em comandos territoriais, que se articulam em comando, serviços e subunidades operacionais.
Os comandos territoriais vão funcionar a nível distrital.
O porta-voz do Comando-Geral da Guarda informou que as alterações na Brigada de Trânsito só se vão efectuar após a operação de Natal e Ano Novo, a 05 de Janeiro, para não a prejudicar.
...................................................
A.A.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Coluna de Opinião

Por acharmos pertinente, citamos este texto publicado no Jornal "Portugal Diário", baseado num "Artigo de Opinião" da autoria de Mário Soares, publicado no Jornal Diário de Notícia .
.......................................................
A.A.

Mário Soares alerta para um clima de revolta em Portugal

(...)«Estamos perante um ingrediente que tem demasiadas componentes prestes a explodir»
Mário Soares afirma que está criado um clima de desconfiança e de revolta e que a crise está a generalizar-se na Europa, pelo que Portugal não deverá ficar indiferente aos sinais à sua volta, refere num artigo de opinião, publicado no «Diário de Notícias».
«Com as desigualdades sociais sempre a crescer, o aumento do desemprego que previsivelmente vai subir imenso, em 2009, a impunidade dos banqueiros delinquentes, o bloqueio na Justiça, e em especial, do Ministério Público e das polícias, estão a criar um clima de desconfiança - e de revolta - que não augura nada de bom», adverte o antigo Presidente da República, que ainda deixa conselhos:
«Oiçam-se as pessoas na rua, tome-se o pulso do que se passa nas universidades, nos bairros populares, nos transportes públicos, no pequeno comércio, nas fábricas e empresas que ameaçam falir, por toda a parte do País, e compreender-se-á que estamos perante um ingrediente que tem demasiadas componentes prestes a explodir».
Também as oposições não são poupadas: «Acrescenta-se o radicalismo das oposições, à esquerda e à direita, que apostam na política do «quanto pior melhor.Perigosíssima, quando não se apresentam alternativas credíveis...», escreve.
O antigo chefe de Estado abordou ainda as manifestações violentas na Grécia e a crise em Espanha e França, para concluir que Portugal tem muitas razões de preocupação.
Soares criticou ainda o plano do presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso aprovado na última Cimeira Europeia, que não passa de «um paliativo» que prevê a injecção de dinheiro nos bancos e nas grandes empresas para que o status quo se mantenha.
Sem comentar as medidas do Governo português de combate à crise, o antigo líder socialista critica abertamente os responsáveis políticos europeus que «não pensam em mudar o paradigma ou não anunciam essa intenção e não explicam sequer aos eleitores comuns, os eternos sacrificados, como vão gastar o dinheiro que utilizam para salvar os bancos e as grandes empresas da falência, aparentemente deixando tudo na mesma?», remantando: «E querem depois o voto desses mesmos eleitores, sem os informar seriamente nem esclarecer? É demais! É sabido: quem semeia ventos colhe tempestades...». (...)
...............................................................................
in Jornal "Portugal Diário" - edic online 16.12.08

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Aniversário



Imagem:A. Anacleto
..........................
Centro Ciência Viva do Alviela comemora hoje o 1º Aniversário

Comemora-se hoje dia 15 de Dezembro, o 1º aniversário do CARSOSCÓPIO, localizado nas Nascentes do Alviela - Olhos de Água, Freguesia de Louriceira, concelho de Alcanena.
Poderá ir soprar as velas do bolo de aniversário e simultaneamente fazer uma visita gratuita à exposição interactiva.
PROGRAMA:
17h30 - Visita ao Centro e actividades científicas
18h30 - Lançamento do concurso "A mascote do CARSOSCÓPIO"
19h00 - Actuação do Grupo Coral "Jubilare"
19h30 - Parabéns
.............................
A.A.

domingo, 14 de dezembro de 2008

Desporto - Futebol

Campeonato da III Divisão - Série D

Torrejanos golearam no seu reduto a equipa beirã de Atalaia do Campo, encontrando-se na 10ª posição da tabela classificativa.
- Resultados:
Sourense - Caldas, 1-1
Sertanense - Vigor Mocidade, 2-1
Peniche - Lousanense, 2-1
Torres Novas - Atalaia Campo, 5-0
Unhais Serra - Sporting Pombal, 0-1
Penamacorense - Gândara, 0-1
Marinhense - Benfica Castelo Branco, 1-2
- Classificação:
1 Sertanense, 28 pontos
2 Benf. Castelo Branco, 24
3 Vigor Mocidade, 22
4 Lousanense, 21
5 Peniche, 18
6 Marinhense, 18
7 Gândara, 17
8 Sourense, 16
9 Caldas, 15
10 Torres Novas, 14
11 Sporting Pombal, 13
12 Unhais Serra, 12
13 Penamacorense, 11
14 Atalaia, 11
.........................................
A. A.

Desporto - Futebol

Campeonato da II Divisão - Série C

No derby ribatejano, disputado esta tarde em terras de Monsanto, a contar para a 13ª jornada, os pontos ficaram repartidos pelas duas equipas ribatejanas; Monsanto e Fátima.
- Resultados:
Penalva do Castelo-Oliveira do Bairro, 1-3
União da Serra-Operário, 2-2
Monsanto-Fátima, 1-1
Tourizense-Eléctrico FC, 4-0
Praiense-Nelas, 2-1
*Folgou o Pampilhosa
- Classificação:
1 Pampilhosa, 24 pontos
2 Fátima, 23
3 Tourizense, 21
4 União da Serra, 20
5 Operário, 19
6 Monsanto, 19
7 Eléctrico, 15
8 Oliveira do Bairro, 14
9 P. Castelo, 10
10 Nelas, 9
11 Praiense, 5
........................................
A. A.

O Tempo


Amanhã, o sol vai aparecer, mas será um dia frio. Enquanto vão caindo alguns aguaceiros, as temperaturas vão descer, principalmente a mínima.
Reforce o agasalho quando sair de casa.
...........................................
A. A.


Viajando por outros locais...



Imagem: A. Anacleto
.............................
Hoje, «navegámos» em dia invernoso por terras de litoral.
«Aportámos» em S. Pedro de Moel e, mais uma vez olhámos as ondas do Atlântico, desta vez inquientas, enquanto mirávamos as gaivotas, que denotavam algum nervosismo, talvez, motivado pelo temporal no mar!...
...............................
São Pedro de Moel

Localização:
São Pedro de Moel é um lugar pertencente à cidade, freguesia e concelho da Marinha Grande, distrito de Leiria, em Portugal.
Fica cem por cento inserida no Pinhal de Leiria, um pouco a sul da foz da Ribeira de Moel.
História:
Em 1463 D. Afonso V doou São Pedro de Moel ao conde de Vila Real. Esta avultada família possuía um palácio em Leiria e várias casas próprias em São Pedro de Moel. Mantiveram-se nesta praia até 1641, altura em que foram executados o último Marquês de Vila Real e o último Duque de Caminha. A Duquesa de Caminha, viúva, chorava diariamente a morte de seu esposo num rochedo enorme e imponente desta praia, resultando daqui o seu nome, Penedo da Saudade, no cimo do qual se encontra um farol com o mesmo nome. Daqui nasceu também a lenda da Duquesa de Caminha: há quem afirme ainda que, ao ouvir nesse rochedo os murmúrios do mar, pode distinguir também, como em eco, as lamentações da duquesa de Caminha...
O poeta Afonso Lopes Vieira construiu aqui a sua majestosa casa, onde se inspirava e escrevia. É uma casa enorme, quase em cima do mar, com uma belíssima capela virada para o oceano e decorada com motivos marítimos e que num pátio exterior possui um relógio de sol. Esta casa foi doada pelo poeta em testamento à Câmara Municipal da Marinha Grande para funcionar como colónia balnear para filhos de vidreiros e guardas florestais, e também, como Casa-Museu e galeria de exposições.
São Pedro de Moel teve até ao século XVIII uma fábrica de resinas, entretanto extinta. Toda a área da praia pertencia às Matas Nacionais, mas em 1926 foi entregue à câmara Municipal da Marinha Grande que a urbanizou e desenvolveu de uma forma controlada.
Locais de interesse:
Como pontos de grande interesse temos a Praia Velha, o Penedo da Saudade e o farol e a Ribeira de Moel, tudo isto ligeiramente a norte. A sul, temos as praias de Paredes da Vitória e Água de Madeiros.
No interior do pinhal, na zona de São Pedro de Moel, existem vários parques de merendas extremamente agradáveis e também a famosa Volta dos Sete, que é um percurso lindíssimo de aproximadamente 7Km, que mistura mar, pinhal e praia, com pura floresta, parques, fontes, ribeiros e riachos.
Salientamos também a Avenida Marginal que oferece uma paisagem vertiginosa e inesquecível.
............................
A.A.

sábado, 13 de dezembro de 2008

Vida Autárquica

Santarém discute compra do quartel de S. Francisco na 5ª Feira

(...) A minuta do contrato-promessa que prevê a venda do quartel da Escola Prática de Cavalaria (EPC) à Câmara Municipal de Santarém vai ser discutida e votada numa Assembleia Municipal extraordinária, agendada para quinta-feira.
O assunto, que se admitiu poder ser colocado a votação para entrar na ordem de trabalhos da Assembleia Municipal de sexta-feira à noite, não foi sequer abordado, tendo-se evitado o eventual chumbo à sua admissão para discussão, convocando uma sessão extraordinária.
Essa sessão realizar-se-á no dia antes da continuação da reunião ordinária desta noite, que viu ser transferida para daqui a uma semana a discussão e votação do último plano e orçamento do actual mandato municipal.
Na reunião do executivo municipal em que a minuta a celebrar com a empresa estatal Estamo, Participações Imobiliárias foi aprovada apenas com os votos da maioria PSD, o presidente da autarquia, Francisco Moita Flores, afirmou que a «urgência» na aprovação não é da Câmara Municipal mas do Governo, que pode assim resolver um problema de «engenharia financeira». Na minuta do contrato-promessa de compra e venda de bens futuros, a Estamo compromete-se a vender à Câmara Municipal de Santarém o quartel de S. Francisco, onde até há quase dois anos esteve instalada a EPC, o quartel das Donas, onde funciona o comando distrital da PSP, e os terrenos do Campo de Instrução da Atalaia e do Campo de Tiro das Cortezes.
A minuta estabelece o pagamento de 26 milhões de euros em 72 prestações, valor que a oposição socialista afirmou gostar de ver sustentado numa avaliação e que questionou existir numa autarquia tão endividada como a escalabitana.
Moita Flores reafirmou que não tenciona gastar «nem um tostão» com o projecto que tem para a EPC - a criação da Fundação da Liberdade, a instalação do Museu Salgueiro Maia e a transferência de todos os serviços camarários - que tenciona concretizar através da parceria com um privado. A minuta contém uma série de «condições suspensivas», a começar pelo facto de a Estamo, Participações Imobiliárias não ser ainda proprietária dos imóveis em causa, pelo que terá que existir previamente a transmissão do Estado a seu favor.
A suspensão do Plano Director Municipal (PDM) na área do quartel de S. Francisco, o cancelamento de todas as servidões militares e a declaração pelo Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR) de que não pretende exercer o direito de preferência e de que o imóvel não se encontra classificado são as outras condições que têm que se verificar, de forma cumulativa, para que o contrato seja válido.
A posse do quartel de S. Francisco foi um dos pontos que a autarquia fez questão de incluir no conjunto de contrapartidas negociadas com o Governo pelo facto de o novo aeroporto de Lisboa já não se construir na Ota. (...)
..............................................................
Fonte: Diário Digital / Lusa

Petição

Petição popular pela recuperação da EN 360 que liga Minde a Fátima

Está a decorrer uma petição popular dirigida às Câmaras Municipais de Alcanena e Ourém com a pretensão de pressionar aquelas autarquias para a requalificação da Estrada Nacional 360, que liga Minde a Fátima.
Ainda sem data prevista para o encerramento da petição, iniciada a 28 de Novembro, o “minderico” Vítor Coelho da Silva, pretende “reunir algumas centenas de assinaturas para pressionar aquelas autarquias a lutarem pelo financiamento para a beneficiação da estrada, que é o principal acesso Sul a Fátima, além da auto-estrada”.
Há vários anos que aquela rodovia, com cerca de 13 quilómetros, está em mau estado de conservação, segundo relata o promotor da petição, que classifica a estrada de “quase intransitável” e altamente perigosa para os automobilistas e peregrinos em dias de peregrinação.
No texto de apresentação da petição está em: (www.pnetpeticoes.pt/mindefatima/), a qual pode ser subscrita pelos interessados.
................................................................
A.A.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

O Tempo

Sábado chuvoso e frio

Para amanhã sábado, espera-se chuva e vento fortes a norte do sistema montanhoso Montejunto - Estrela, com descidas das temperaturas, conforme fonte do Instituto Nacional de Meteorologia.
........................................................
A. A.

Vida Autárquica

Independentes de Alcanena (ICA), aprovam Orçamento e Plano da Câmara para 2009

Ontem, em reunião camarária, os Independentes do Concelho de Alcanena (ICA) que têm a maioria no executivo camarário, aprovaram sózinhos as Grandes Opções do Plano (GOP) e o Orçamento para 2009. PS e PSD, não se reviram no documento, por o considerarem pouco claro. Não marcou presença na reunião o Presidente da Autarquia, tendo a mesma sido dirigida pelo Vice-Presidente. Na votação, os três independentes votaram a favor, e os dois vereadores do PS e a vereadora do PSD votaram contra. Valeu o voto de qualidade do Vice-Presidente Eduardo Marcelino que desempatou a votação, a favor da viabilização do Orçamento e do Plano.
O Orçamento, apresenta um valor total de 21 milhões e 425 mil euros, mais cerca de 5 milhões de euros do que o orçamento deste ano de 2008. O mesmo, contabiliza verbas que serão encaixadas pela autarquia no âmbito da contratualização de diversas obras que serão comparticipadas.
Das obras encaixadas, entre outras, consta a repavimentação da estrada de Minde para Vale Alto, a beneficiação da estrada que liga Moita (Malhou) a S. Pedro e a construção de dois centros escolares em Alcanena e em Minde.
..............................................................
A. A.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Cultura

Cine-Teatro S. Pedro de Alcanena leva ao palco espectáculo “Direitos Humanos”

No próximo dia 13 (Sábado), pelas 21:30h, subirá ao palco do Cine-Teatro S. Pedro em Alcanena, um espectáculo de Teatro-Mímica com o actor espanhol Carlos Martínez.
É um espectáculo de mímica, com interpretação a solo deste actor, baseado nos Artigos dos Direitos Humanos aprovados pela ONU em 1948.
Com um estilo pessoal cénico, Carlos Martínez, representa “Direitos Humanos” numa reflexão, em tom cómico, onde se pretende que o espectador sorria, mas que, também o leve a chorar e a reflectir sobre o que está escrito sobre os Direitos Humanos e que por vezes não é cumprido.
O espectáculo tem uma duração de cerca 75m e dirige-se a maiores de seis anos.
.................................................
A. A.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Meio Ambiente

ETAR de Pernes já tem concurso aberto para reabilitação

Foi aberto concurso público pela empresa Águas de Santarém, para ampliação e reabilitação da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Pernes.
O equipamento funciona há vários anos em condições imperfeitas. As propostas podem ser entregues até às 16h30 do próximo dia 15 de Dezembro (Segunda-feira). A abertura das mesmas está marcada para as 10h00 do dia seguinte na sede da Águas de Santarém, sendo o prazo fixado para a execução da obra de 240 dias.
...............................................................
A.A.

Saúde

A partir de Janeiro, cirurgia geral urgente é concentrada no hospital de Abrantes

A alteração no serviço hospitalar do Médio Tejo vai iniciar-se em Janeiro. A cirurgia geral urgente passa a estar concentrado em Abrantes, enquanto que, as unidades de Torres Novas e Tomar passam a disponibilizar o serviço básico de urgência e a efectuar as cirurgias programadas e de ambulatório. No caso de Torres Novas essas cirurgias serão executadas até às 16h00. No futuro, pretende-se concentrar as operações programadas (não urgentes) no bloco operatório do Hospital de Tomar entre as 16h00 e as 23h00.
A execução das cirurgias ginecológicas serão mantidas em Torres Novas, cujo bloco operatório continuará a desenvolver a sua actividade nas especialidades de cardiologia, gastroenterologia e imagiologia. Neste hospital e também no de Tomar, com a urgência cirúrgica instalada em Abrantes, haverá um cirurgião 24 horas por dia para assegurar as urgências internas e o apoio à urgência básica. Está previsto também em regime de escala um segundo elemento de prevenção para atendimento das complicações cirúrgicas programadas que requeiram intervenção urgente, devendo esta realizar-se em Tomar.
...................................................................................
A.A.

Novas Reformas

No próximo mês de Janeiro de 2009, há mais aposentações de Funcionários Públicos.
Clik e consulte a: Lista
...............................................................................
A. A.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Convívios Natalícios

Almoço Convívio de Natal

No próximo dia 13 (Sábado), no Pavilhão Multiusos de Alcanena, vai realizar-se mais um Almoço Convívio de Natal, com organização da Câmara Municipal de Alcanena.
Além dos autarcas, por lá, irão conviver funcionários e aposentados, acompanhados dos respectivos familiares.
..........................................................
A. A.

Tecnologia

Centro de Ciência Viva de Constância vai ter um dos maiores telescópios do país

O Astrónomo Máximo Ferreira, Director do Centro de Ciência Viva (CCV) de Constância - Parque de Astronomia, anunciou que este centro vai ficar contemplado, a partir do próximo ano, de um novo telescópio, considerado um dos maiores do país.
Aquele responsável disse à Agência Lusa, que o equipamento vai ser adquirido com «o apoio da Fundação EDP», que se comprometeu a apoiar financeiramente com uma verba de 56 mil euros.
A inauguração está prevista para 20 de Março, data do quinto aniversário do CCV, ocorrendo em pleno Ano Internacional da Astronomia.
....................................................................
A. A.

Coluna de Opinião

Citamos na íntegra, o texto do Jornalista e Escritor Baptista Bastos, publicado no "Jornal de Negócios", edição online - 05.12.08
.....................................................................
A. A.

Obstinado Autoritarismo
(...)Cada vez se torna mais desagradável viver em Portugal. A cultura do autoritarismo, marcada por três séculos de pavor instilado pela Inquisição, e por cinquenta anos de fascismo paroquial, parece ter-nos estigmatizado. Definitivamente? O que tem acontecido nos últimos tempos é ...
O que tem acontecido nos últimos tempos é de molde a conduzirmos as nossas conjecturas para conceitos cada vez mais sombrios. O caso dos professores, que mobiliza muitos milhares de pessoas, e arrasta consigo a inquietação geral, representa mais uma parcela à soma dos nossos desencantos.
Notoriamente, o problema, que poderia ser resolvido com diálogo persistente, resulta de uma cegueira despótica já percebida pela sociedade em geral. O mal-estar espalhou-se e a obstinação governamental em não escutar as milhares e milhares de vozes protestatárias revela, não o autismo, mas a soberba de quem se julga detentor de todos os direitos, pela circunstância, meramente fortuita, de dispor de maioria absoluta.
Já havíamos experimentado, com os dez anos de cavaquismo, a reabilitação da melancolia, a recuperação da tristeza e a ressurreição da crispação social, cultural e política. Estabeleceu-se e estatuiu-se uma nova casta de mandantes, subdividida numa hierarquia que mais não era do que o mimetismo do chefe. Uma década desgraçada, cujos resultados começam a estar à vista. Dizia-me um amigo meu, militante do PSD, várias vezes governante: "Se o Oliveira e Costa, por qualquer motivo imponderável, decide começar a falar, temos um novo caso Casa Pia."
Maioria absoluta não significa, em democracia, absolutismo nas decisões. Ouvir o "outro", neste caso os "outros", faz parte do xadrez que possibilita todas as formas de soluções. José Sócrates não respeita, porque não aceita, essas regras basilares. E, no problema dos professores, Maria de Lurdes Rodrigues tem de obedecer à estratégia do primeiro-ministro. Ou, então, demite-se. Creio, no entanto, ser mais fácil ser demitida. Como o foi Correia de Campos, após a catastrófica passagem deste pela pasta da Saúde. Sócrates não desconhece o poder da rua, assim como não ignora que a esmagadora maioria dos atingidos por decisões malignas vota (ou votava, até agora) PS.
Pode-se governar sem maiorias absolutas? Claro que pode. Há numerosos exemplos por essa Europa fora. A questão é a de saber gerir, democraticamente, humanamente, a ordem dos interesses, a importância dos princípios e a grandeza dos valores.
Um governo que obtenha maioria absoluta não significa que seja o melhor. Significa, apenas, que recebeu o poder por parte de eleitores cansados com o governo anterior, ou que as circunstâncias históricas do momento assim o permitiram. Fazendo um paralelismo comparativo: é raro, no historial da Imprensa, um jornal conseguir grandes tiragens e associá-las a um total equilíbrio informativo. As grandes tiragens destinam-se a um público menos exigente ou mais propenso à leveza do que à reflexão.
Um dos grandes jornais portugueses é o semanário "Jornal do Fundão." Embora a tiragem seja reduzida (cerca de 30 mil exemplares) não deixa de ser significativa, sobretudo se atentarmos que a sua sede é na província, na Beira Interior. O jornal está aureolado de respeito e de consideração. A lista de colaboradores, ao longo da sua existência, é notável, e mais nenhuma outra publicação nacional se ufana de tal prestígio. O director, Fernando Paulouro, e a Redacção não cedem à facilidade, e defendem, com zelo e coragem, um legado profissional, ético e cultural sem paralelo.
Respeito e consideração, disse. As mesmas virtudes que se exigem dos governos. Perdem um e outro, logo-assim cometem perjúrio, incumprindo as promessas feitas ao eleitorado. Este, de Sócrates, então, bate todos os "records." E não só tem mentido, omitido e negligenciado como tripudiou sobre o conceito de "socialismo", dando-lhe um golpe, senão mortal, pelo menos extremamente violento.
Viver em Portugal é triste, fatal e desagradável. Nunca sabemos o que vai suceder amanhã, e receamos sempre que os acontecimentos de amanhã serão muito mais deletérios e contundentes do que os de hoje.

APOSTILA - Uma nova edição, agora pela Dom Quixote, de "Os Três Seios de Novélia", um dos grandes clássicos da prosa narrativa portuguesa. Manuel da Silva Ramos, o autor, escreveu um texto que nada tinha (tem) a ver com o que, anteriormente, era publicado em Portugal. É uma extraordinária aventura de escrita, de imaginação, de liberdade e de originalidade. Em Silva Ramos, porém, a originalidade não é uma procura: faz parte da sua natureza criadora, brota espontânea, luminosa e pujante. A ler ou a reler este singularíssimo livro de um autor único.(...)
.......................................................................
Baptista Bastos
b.bastos@netcabo.pt

Tempo


Temperaturas vão descer até quinta-feira.


Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, as temperaturas vão descer até à próxima quinta-feira em Portugal Continental. O vento soprará forte, com rajadas nas terras altas que poderão atingir os 90 Km/h.

Aconselhamos o reforço de agasalho, para atenuar o desconforto do tempo de inverno.
..............................................................
A. A.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Desporto - Futebol

Campeonato Nacional da II Divisão - Série C
O Monsanto foi alcançar um bom empate no reduto do Operário, enquanto o Fátima, não foi feliz no seu campo, perdendo com o Tourizense por uma bola a zero na jornada 12ª, disputada este fim de semana.
Resultados:
Pampilhosa-Penalva do Castelo, 1-1
Oliveira do Bairro-União da Serra, 2-2
Operário-Monsanto, 1-1
Fátima-Tourizense, 0-1
Eléctrico FC-Praiense, 1-1
Folgou o Nelas
Classificação:
1 Pampilhosa, 24 pontos
2 Fátima, 22
3 União da Serra, 19
4 Operário, 18
5 Monsanto, 18
6 Tourizense, 18
7 Eléctrico, 15
8 Oliveira do Bairro, 11
9 P. Castelo, 10
10 Nelas, 9
11 Praiense, 2
................................................................
A. A.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Desporto - Futebol

Campeonato da III Divisão - Série D
Torres Novas baqueou em terras de Lousã, encontrando-se na 12ª posição na tabela classificativa.

Resultados da 12ª Jornada, realizada este fim de semana:
Benfica Castelo Branco-Sourense, 1-0
Caldas-Sertanense, 2-4
Vigor Mocidade-Peniche, 1-0
Lousanense-Torres Novas, 2-1
Atalaia -Unhais Serra, 2-2
Sporting Pombal-Penamacorense, 2-1
Gândara-Marinhense, 0-0
Classificação:
1 Sertanense, 25 pontos
2 Vigor Mocidade, 22
3 Benf. Castelo Branco, 21
4 Lousanense, 21
5 Marinhense, 18
6 Peniche, 15 7 Sourense, 15
8 Caldas, 14
9 Gândara, 14
10 Unhais Serra, 12
11 Penamacorense, 11
12 Torres Novas, 11
13 Atalaia, 11
14 Sporting Pombal, 10
...................................................................
A. A.

Biografias


João Villaret

Actor e declamador, alfacinha de gema, nasceu a 10 de Maio de 1913, em Lisboa, e faleceu a 21 de Janeiro de 1961, na mesma cidade. Depois de ter terminado o curso Liceal dedicou-se com grande empenho ao teatro, tendo estado ligado à revitalização do teatro nacional. Gradualmente, foi ganhando fama de declamador tendo causado algum escândalo quando no ano de 1941 decidiu enveredar pelo teatro de revista, provando em êxitos sucessivos que era possível conciliar o género dramático e o de revista. Uma das mais popular foi 'Tá Bem Ou Não 'Tá? Levada à cena em 1947 onde popularizou o célebre “Fado Falado”, da autoria de Aníbal Nazaré e Nélson de Barros, onde o fado a letra em vez de ser cantada era declamada. Após a estreia, este género de poesia ganhou enorme popularidade, especialmente depois de “A Vida É Um Corridinho” em 1952 ou o famoso “A Procissão” no ano de 1955, da autoria de António Lopes Ribeiro, que viria, anos mais tarde a popularizar num seu programa televisivo. A poesia, especialmente a de Cesário Verde, era uma das suas grandes paixões, tendo ficado famosas as suas tertúlias no Café Brasileira do Rossio. De entre as suas peças mais célebres, destacam-se “A Recompensa” em 1937, de Ramada Curto, “A Madrinha de Charley” estreada em 1938, de Brandon Thomas, “Leonor Teles” em 1939, “Melodias de Lisboa” (1955), da sua autoria, “Não Faças Ondas” (1956) e “Esta Noite Choveu Prata” (1959). No cinema destacam-se as suas interpretações, na personificação de D.João VI em Bocage (1936), um papel secundário, mas mordaz de mudo, em “O Pai Tirano” (1941), de Bobo, no filme “Inês de Castro” (1944), de D. João III, em “Camões” em 1946 e aquela que terá sido a sua melhor interpretação de sempre em cinema, a de Telmo Pais, em “Frei Luís de Sousa” no ano de 1950. No cinema, culminou no papel de Sebastião, em “O Primo Basílio” em 1959. Motivado por uma doença prolongada foi obrigado a retirar-se dos palcos em 1960, tendo falecido no ano seguinte. A sua morte causou manifestações de grande pesar em Lisboa, de tal forma que, durante muitos anos, os lisboetas celebraram o aniversário da sua morte com um recital de poemas no Cinema S. Jorge, onde a sua voz se ouvia num palco vazio iluminado apenas por um foco de luz. Em sua homenagem, o actor Raul Solnado fundou, em 1965, o Teatro Villaret na capital lisboeta.
.............................................................
Pesquisa: A. Anacleto

Cultura Mais Pobre...


Morreu o Escritor e Jornalista Alçada Baptista

António Alçada Baptista morreu esta tarde em Lisboa, motivado por complicação cardíaca.
Nasceu em 1927 na cidade serrana da Covilhã. Alçada Baptista Licenciou-se em Direito pela Universidade de Lisboa, deixando uma vasta obra literária publicada. Esteve também ligado ao jornalismo. Foi ainda cronista de vários jornais e revistas.
Identificado por muitos leitores como “o escritor dos afectos”, foi um defensor da liberdade. Foi um dos fundadores da revista “O Tempo e o Modo”, que marcou gerações.
Foi condecorado com a Ordem de Santiago e da Grã Cruz da Ordem Militar de Cristo pelo Presidente Ramalho Eanes e com a Grã Cruz da Ordem do Infante pelo Presidente Mário Soares.
...............................................................
A. A.

Sistemas

O sistema de controlo de chamadas da central 112 no distrito já funciona em pleno.

A central do 112 que serve o distrito de Santarém no comando distrital da PSP, voltou a ter em funcionamento pleno o sistema de controlo de chamadas de socorro. O equipamento encontrava-se avariado há algum tempo, mas já foi substituído, segundo relata o Jornal “O Mirante”.
Desde Setembro que tem havido vários casos de pessoas a queixarem-se que os seus telefonemas não tinham sido atendidos em situações de emergência
Um dos casos tinha ocorrido no dia 13 de Setembro, quando Márcia Borda D’Água, de Coruche, esteve 15 minutos para que atendessem o seu telefonema a pedir socorro para uma cliente que se tinha sentido mal no seu restaurante. Depois, aconteceu outro caso envolvendo o tesoureiro da Junta de Freguesia de Almeirim, que sofre de diabetes, desmaiou quando estava a trabalhar numa propriedade agrícola em Benfica do Ribatejo.
............................................................
A. A.

Saúde

Clínica Privada acaba no Hospital de Santarém

A clínica privada que funciona há anos no piso 10 do Hospital de Santarém vai encerrar.
A administração daquele hospital, deliberou não renovar o contrato de concessão à empresa Surgimed, após esta, ter estado vários anos a utilizar aquele espaço hospitar. Até final de Junho do próximo ano, esta empresa terá que deixar aquelas instalações.
Com esta resolução, a empresa não vai ter condições para continuar com algumas valências como as cirurgias que impliquem internamentos, estando a ser estudado outras alternativas, sendo a mais viável neste momento a empresa vir a negociar a utilização de parte do Hospital de Torres Novas, apesar de não existirem ainda negociações nesse sentido.
A Surgimed vai tentar continuar a fazer cirurgias de ambulatório e está a tentar arranjar um espaço para o efeito, mas as grandes cirurgias vão para já ficar pelo caminho.
..........................................................
A. A.

sábado, 6 de dezembro de 2008

Comunicado

Do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, recebemos solicitação para divulgação da seguinte nota.
A. Anacleto

...........................................................................

SINDICATO DOS ENFERMEIROS PORTUGUESES



Nota à Comunicação Social
ARS de LISBOA e VALE DO TEJO
DEPOIS DO EPISÓDIO DA DISCRIMINAÇÃO DE ENFERMEIROS DOENTES E/OU GRÁVIDAS CHEGOU A VEZ DOS UTENTES.
A ORIENTAÇÃO É PARA NÃO PRORROGAR OS CONTRATOS A 20% DOS ENFERMEIROS CONTRATADOS, SENDO QUE ESTA MEDIDA NÃO PODER RECAIR NOS CONTRATADOS DAS USF’s. ESCLARECEDOR!...
O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses teve conhecimento que a Sub-Região de Saúde de Santarém não vai poder renovar os contratos a 20% dos enfermeiros, PORQUE ISSO IMPÕE A ARSLVT.
Em concreto, estão em causa as prestações de cuidados de enfermagem nos Centros de Saúde de Abrantes, Benavente, Cartaxo, Entroncamento, Salvaterra de Magos, Rio Maior e Torres Novas.
Contudo, esta não é a única surpresa com que profissionais e populações foram brindadas.
A orientação da ARSLVT tem uma salvaguarda: prioridade máxima de não redução de enfermeiros nas Unidades de Saúde Familiares.
Neste contexto não temos dúvidas em afirmar que o Governo/Ministério da Saúde/ARSLVT têm DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS e DISCRIMINAM AS POPULAÇÕES EM FUNÇÃO DAS SUAS PRIORIDADES POLITICAS, ou seja, PARA O PODER POLITICO EXISTEM PORTUGUESES DE 1ª E PORTUGUESES DE 2ª, fazendo lembrar tempos que a democracia já quase tinha varrido da nossa memória colectiva.
O Governo que utiliza milhões dos contribuintes para “salvar” a alta finança e as gestões corruptas, É O MESMO GOVERNO QUE IMPÕE REDUÇÕES/CORTES NOS RECURSOS HUMANOS ALOCADOS À SAÚDE (no caso, enfermeiros), afinal os que garantem as prestações de cuidados de saúde aos portugueses, esse sim UM DIREITO CONSTITUCIONALMENTE CONSAGRADO E ONDE TODO O DINHEIRO APLICADO, o nosso dinheiro, é potencialmente bem aplicado.
O SEP responsabiliza o Governo/M.Saúde/ARSLVT pelas consequências desta situação para as pessoas e profissionais e desde já assume que desenvolverá todas as medidas necessárias para a denunciar junto das populações.
Os enfermeiros são necessários nos Centros de Saúde onde estão e lá dever-se-ão manter!

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Homenagem


Dr. Isabelinha faz hoje cem anos

O médico oftalmologista José Gonçalves Isabelinha, celebra hoje 100 anos e vai ter uma homenagem na segunda-feira em Santarém, onde vai receber centenas de amigos.
No Largo do Seminário, no centro da cidade de Santarém, onde reside e se situava o seu consultório, Dr. Isabelinha tratava ricos e pobres, não levando a estes dinheiro das consultas, quando verificava que as condições sociais e económicas eram frágeis.
Após terminar o curso de Medicina, na Universidade de Coimbra, Isabelinha integrou-se no Instituto Oftalmológico Dr. Gama Pinto, onde teve como docente e conselheiro Dr. Gomes.
Natural de Almeirim, antes do ingresso na Faculdade de Medicina em Coimbra, estudou no liceu de Santarém para onde chegou a deslocar-se de burro, recorda, sem vaidade, o apoio dado, quer aos amigos e adversários do futebol, antigos trabalhadores agrícolas ou pacientes carenciados
.....................................................................
A. Anacleto

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Religião


Dia da Paróquia de Louriceira - Diocese de Santarém

A Paróquia Imaculada Nossa Senhora da Conceição de Louriceira, vai comemorar no próximo fim-de-semana o dia da Paróquia com várias actividades religiosas.
Transcrevemos o programa das solenidades:
TRIDUO DA SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO
++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
* Orientado pelos Missionários Combonianos *
- 5 de Dezembro, Sexta-feira:
15h00 – Visita à Escola Primária
20h30 – Terço (Crianças da Catequese e MAAC)
21h00 – Eucaristia
- 6 de Dezembro, Sábado:
10h00 – Encontro Missionário com crianças, adolescentes e jovens da Catequese e MAAC
14h30 – Visita aos doentes
16h30 – Encontro Missionário com Catequistas, Grupo Coral, Leitores
20h30 – Terço (Adolescentes e Jovens da Catequese e MAAC)
21h00 – Eucaristia
- 7 de Dezembro, Domingo:
10h00 – Abertura da Venda do Advento
14h30 – Terço (Adultos)
15h00 – Eucaristia
16h00 – Tempo de Oração – Exposição do Santíssimo
16h15 – Reabertura da Venda do Advento

* DIA DA PARÓQUIA NA SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO *
- 8 de Dezembro, Segunda-Feira:
10h00 – Abertura da Venda do Advento
12h30 – Almoço Convívio (Pavilhão)
14h30 – Reabertura da Venda do Advento
16h30 – Eucaristia da Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria
17h30 – Procissão
18h30 – Oração de Vésperas da Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria
........................................................................
A.A.

Ciência

Elvira Fortunato recebe novo prémio

A cientista Elvira Fortunato foi escolhida pela Direcção de Ciência Hoje para receber o Prémio Seeds of Science na categoria «Engenharia e Tecnologia».
À cientista foi atribuído este prémio, devido ao seu trabalho como co-coordenadora da equipa que produziu pela primeira vez um transístor que integra uma camada de papel na sua estrutura.
Elvira Fortunato, encontra-se até final da semana nos Estados Unidos da América, e foi com enorme alegria que recebeu a notícia.
A Investigadora e Professora da Faculdade de Ciência e Tecnologia Universidade Nova de Lisboa, Elvira Fortunato, é oriunda de família da freguesia de Louriceira, concelho de Alcanena – Ribatejo.
Para saber mais clik: http://www.cienciahoje.pt/28574
..........................................................
A. Anacleto

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Greve dos Professores

Mais de 90 por cento de professores aderem à greve no distrito

Os sindicatos dos professores convocaram para hoje uma greve nacional para protestar e para a suspensão do modelo de avaliação de desempenho definido pelo Governo. Milhares de alunos no distrito de Santarém não estão a ter aulas, já que, a adesão à greve se situa acima dos 90 por cento, sendo considerada pela Plataforma Sindical de Professores a maior de sempre da classe.
................................................................
A. A.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Desporto-Futsal

Sporting perde em Alcanena

O Sporting, perdeu por (2-3) com o Modicus de Sandim, no jogo realizado esta segunda-feira no Pavilhão de Alcanena a contar para a 8ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão em Futsal.
Os marcadores de serviço foram Davi 5’ e Bibi 30’ para o Sporting e Amílcar 4’, 15’ e 32’ para o Modicus.
..........................................................
A.A.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Desporto - Atletismo

Luís Feiteira da (Conforlimpa) venceu o Grande Prémio de Samora Correia

Luís Feiteira (Conforlimpa) venceu o Grande Prémio de Samora Correia que decorreu esta manhã, com temperatura bastante baixa e queda de gelo a meio da prova.
No sector feminino venceu Josefa Bongue do Oeiras. Os dois atletas dominaram a prova, não dando oportunidades aos mais directos adversários. Dário Garcias da Casa do Benfica de Faro e Nuno Pereira do Clube União Artístico Benaventense (CUAB) foram segundo o terceiro na prova que contou com mais de 300 atletas oriundos de várias regiões do país. Nas senhoras Sofia Adelino do Loures e Lucília Soares do Benfica alcançaram as posições imediatas à vencedora.
.........................................................
A. Anacleto

Vida Associativa


AIJIL – Vai a Votos

No próximo dia sete do corrente mês, vai realizar-se uma Assembleia Eleitoral para eleger os Órgãos Directivos da AIJIL – Associação de Apoio Integrado de Jovens e Idosos de Louriceira, para o biénio 2009-2010.
O acto, vai decorrer no Centro de Dia, localizado no Edifício da Junta de Freguesia, entre as 14:00 e as 18:00h.
....................................................................
A. Anacleto

Meio Ambiente

Não há crómio em excesso na água do concelho de Alcanena

O Ministério da Saúde assegura que os valores de crómio nos sistemas de abastecimento de água para consumo no concelho de Alcanena estão aquém do máximo legal admitido. O Ministério cita que os centros de saúde de Alcanena e Santarém estão atentos por motivo das descargas poluentes no rio Alviela. Mais asseguram, que as análises efectuadas durante o ano pela entidade gestora dos sistemas de abastecimento público, não mostram valores anormais.
Na sequência de um requerimento apresentado na Assembleia da Republica pela deputada independente Luísa Mesquita, o ministério responde, que existe outra causa que tem vindo a preocupar os serviços de saúde e que se prende com queixas da população de Alcanena sobre odores desagradáveis aparentemente oriundos da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR). Pelo que foi pedida a intervenção da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) de Lisboa e Vale do Tejo para avaliação e monitorização da situação.
Recorde-se que, aquela deputada, apresentou um requerimento solicitando aos ministérios da Administração Interna, Saúde e o do Ambiente, que informassem quais as medidas investigatórias que tomaram para responsabilizar os autores das mais recentes descargas poluentes para o Alviela.
.........................................................................
A. A.

Desporto - Futebol

Campeonato da II Liga - Série C - 11ª Jornada
Equipas ribatejanas, tiveram boa prestação este Domingo na 11ª jornada do Campeonato Nacional da II Liga. Fátima derrotou em casa com um contudente 5-3 a equipa insular do Praiense. O Monsanto viajou a terras da bairrada, indo alcançar um empate no reduto do Oliveira do Bairro, mantendo o 5º lugar.

Resultados:
Eléctrico FC-Nelas, 1-1
Fátima-Praiense, 5-3
Operário-Tourizense, 0-1
Oliveira do Bairro-Monsanto, 0-0
Pampilhosa-União da Serra,1-0

Folgou: Penalva do Castelo

Classificação:
1 Pampilhosa, 23 pontos
2 Fátima, 22
3 União da Serra, 18
4 Operário, 17
5 Monsanto, 17
6 Tourizense, 15
7 Eléctrico, 14
8 Oliveira do Bairro, 10
9 P. Castelo, 9
10 Nelas, 9
11 Praiense, 1
...............................
A. Anacleto

Desporto - Futebol

Disputou-se ontem, Domingo, mais uma jornada (11ª)do Campeonato Nacional da 3ª Divisão.Aqui deixamos os resultados e respectiva classificação da série D:
Sertanense-Sourense, 1-2
Peniche-Caldas, 0-1
Torres Novas-Vigor Mocidade, 2-0
Unhais Serra-Lousanense, 2-0
Penamacorense-Atalaia Campo, 6-1
Marinhense-Sporting Pombal, 2-1
Benfica Castelo Branco-Gândara, 0-1

Classificação:
1 Sertanense, 22 pontos
2 Vigor Mocidade, 19
3 Benf. Castelo Branco, 18
4 Lousanense, 18
5 Marinhense, 17
6 Peniche, 15
7 Sourense, 15
8 Caldas, 14
9 Gândara, 13
10 Penamacorense, 11
11 Unhais Serra, 11
12 Torres Novas, 11
13 Atalaia, 10
14 Sporting Pombal, 7
........................................
A. Anacleto

domingo, 30 de novembro de 2008

Espaço Poético...



Imagem: A. Anacleto
.......................................
Serra D´Aire

Com seus matos e arvoredos
Com muito pasto e flores
Os seus lagos e riachos
São a alegria dos pastores

Com seus montes e vales
Seus hotéis e restaurantes
Seus moinhos e grutas
São o encanto dos veraneantes

É um ponto turístico
Com muitíssimas atracções
É um farol do mundo
Onde se reza mil orações

Tem uma famosa povoação
Com uma belíssima catedral
Onde se dá milagres
De cura de muito mal

Tem uma velhinha capela
E a virgem em permanente
É um ponto celestial
De convite a toda a gente
.......................................
Poema: Anselmo de Sousa

sábado, 29 de novembro de 2008

Biografias


JÚLIA BARROSO

Quem não se lembra da canção Adeus? Pois foi essa a canção que ficou como ex-tibris da carreira de Júlia Barroso, a primeira de todas as "Rainhas da Rádio" e uma das mais conhecidas descobertas do Centro de Preparação de Artistas de Rádio da Emissora Nacional.
Natural de Lagos, onde nasceu em 1930, Júlia Barroso sonhava desde menina em ser artista da rádio, embalada pelas vozes bonitas que ouvia no posto de escuta de sua casa. O sonho parecia improvável, pois embora a família o alimentasse (Júlia costumava cantar em casa ou em saraus locais), o Algarve era então uma província distante. Mas tudo mudou quando, em 1945/46, a família Barroso se muda para Lisboa.
Na cidade grande, em 1947, Júlia Barroso enche-se de coragem e inscreve-se no Centro de Preparação e passa as difíceis provas de admissão. Em Janeiro de 1948 entra no quadro de artistas da Emissora e estreia-se profissionalmente na rádio.
É o início de uma carreira que Júlia Barroso quis curta mas brilhante, pois retirar-se-á da vida artística exactamente dez anos depois, em Abril de 1958. Mas que carreira! Em Dezembro de 1949, depois de dois anos passados a brilhar aos microfones da Emissora, é atracção convidada na revista Ela Aí Está!, onde cria Adeus, a canção que todos identificamos com a sua voz. Concentrada na sua carreira como artista de rádio, Júlia Barroso apenas voltará a participar pontualmente em revistas, e surgirá igualmente em alguns filmes como Perdeu-se um Marido, A Garça e a Serpente e O Comissário de Polícia.
Em 1951, é eleita a Primeira Rainha da Rádio Portuguesa numa votação organizada pela revista Flama, a larga distância da segunda classificada, Maria de Lurdes Resende. Foi convidada para participar numa digressão europeia organizada a favor do Plano Marshall, mas o seu receio de andar de avião levou-a a recusar os convites recebidos para actuar no Brasil e nos Estados Unidos, limitando-se a actuar nas colónias. Gravou igualmente em disco cerca de quatro dezenas de canções que obtiveram bastante sucesso.
Em 1958, retirou-se oficialmente da vida artística para casar-se com João Xara-Brasil, sendo homenageada com uma festa de despedida no cinema Império, em Lisboa. Dedicou-se à família (teve seis filhos), foi dona de uma loja em Lisboa e foi professora de trabalhos manuais. Faleceu em 1996.
…………………………………………...................................
Pesquisa: in http://www.macua.org/biografias
A. Anacleto

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

Visita Presidencial a Torres Novas



Imagem:A. Anacleto
...................................
Em Torres Novas, no dia da inauguração da nova Biblioteca Municipal “Gustavo Pinto Lopes”, Cavaco Silva, apela à união, porque 2009 "não será nada fácil"
O Presidente da República, chamou a atenção, para estarmos preparados para o ano de 2009, que "não será nada fácil" em termos económicos.


Para o próximo ano, Cavaco Silva disse que a sua preocupação, será "procurar mobilizar todos" para que seja possível ganhar a confiança, a fim de enfrentar obstáculos que aí vêm.
"Não será um ano fácil, mas não se pode baixar braços", insistiu o Presidente da República, recordando que, a este propósito, já disse que os empresários não podem adiar todos os investimentos para o futuro. "Pensem bem naqueles que são económica e socialmente rentáveis e não deixem de os fazer. Também há oportunidades, em momentos difíceis. Há que encontrar as oportunidades no meio de todas as ameaças e eu acredito que existem oportunidades que se podem aproveitar".
O Chefe do Estado, falava aos jornalistas à saída da inauguração da nova Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, em Torres Novas, escusando-se fazer qualquer comentário sobre a aprovação do Orçamento de Estado para o próximo ano, notando que se trata de um documento complexo que ainda terá de analisar "com cuidado".
Antes, no discurso que proferiu na cerimónia de inauguração da nova Biblioteca Municipal de Torres Novas, Cavaco Silva já tinha apelado à união de todos os portugueses, argumentando que o país não se pode "dar ao luxo" de estar dividido. "Não podemos baixar os braços, os portugueses têm de trabalhar mais e com mais qualidade", insistiu. Porque, os tempos "não são fáceis" e a concorrência é cada vez mais forte.
O Presidente da República, apelou também aos autarcas, que exortou a apoiarem firmemente a melhoria da competitividade das empresas, para que estas criem valor e empregos mais qualificados. "Não podem deixar de ter atenção à base produtiva dos concelhos", recomendou.
Cavaco, já se tinha deslocado a Torres Novas como 1º Ministro, mas como Presidente da Republica, foi a primeira vez que se deslocou a este concelho. Cavaco Silva recordou ainda as primeiras vezes que se deslocou a esta cidade num camião sentado ao lado do motorista, quando tinha cerca de dez anos e a produção de figo do Algarve era transportada para as destilarias da região.
"Devo ter feito mais de uma dezena de viagens até Torres Novas, em particular Riachos", lembrou o Presidente.
..................................
A. Anacleto