quinta-feira, 31 de março de 2011

Rio Maior: Inauguradas infraestruturas do Centro de Alto Rendimento para a natação
As infraestruturas do Centro de Alto Rendimento (CAR) para a natação, em Rio Maior, hoje inauguradas, vão colocar a nova geração de atletas “à rasca” para justificarem com resultados os cerca de dois milhões de investimento estatal.
A expressão foi “roubada” pelo secretário de Estado da Juventude e do Desporto e pelo presidente da Federação Portuguesa de Natação (FPN) ao movimento de protesto que levou milhares de pessoas às ruas de Portugal em 12 de Março, durante a inauguração das instalações riomaiorenses, revistas e aumentadas.
“Quase me atrevo a dizer que, hoje em dia, a nova geração de atletas deverá ficar à rasca com as condições que lhes são proporcionadas, sobretudo quando comparadas com outras. Ficarão à rasca se não entregarem os resultados desportivos que todos esperamos”, disse o líder da FPN, Paulo Frischkenet.
Juntamente com a presidente da Câmara Municipal de Rio Maior, Isaura Morais, e o presidente do Instituto do Desporto de Portugal, Luís Sardinha, ambos visitaram a obra feita para acolher permanentemente 137 atletas e servir quatro das cinco especialidades da modalidade (natação pura, pólo aquático, natação sincronizada e saltos para a água).
“Desejamos que os atletas portugueses tenham condições para fazerem mais e melhor. Para conseguirem, fruto do seu trabalho e da cooperação das entidades mais diversas – Estado, câmaras municipais, federações, Comité Olímpico de Portugal. É necessário sermos cada vez mais humildes e generosos para saber que ninguém vence sozinho”, afirmou o responsável governamental, Laurentino Dias.
O Estado, através da Administração Central vai custear três quartos da verba, nomeadamente com fundos comunitários do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), no âmbito do Programa Operacional Temático Valorização do Território (POVT), cabendo os restantes 25 por cento à autarquia.
Um sistema de recolha e integração de imagens subaquáticas, outro de análise da força da partida e da viragem e uma sala preparada para o treino específico em seco, além de uma sala de apoio médico e laboratorial, vão ser as inovações, bem como mais 16 novos quartos duplos para estágio.
O complexo de piscinas municipais de Rio Maior foi inaugurado em 06 de Novembro de 1992, com um custo anunciado de 350 mil contos (cerca de 1,75 milhões de euros), tendo a piscina de 25 metros e o tanque de aprendizagem sido complementados, em 25 de Junho de 1994, pela piscina olímpica exterior, orçada em cerca de 280 mil contos (perto de 1,4 milhões euros) e alvo de remodelação em 2003, incluindo a cobertura, no valor de 1.782.572 euros.
*Lusa
-------------------------------------------------------------------------------

Economia

Exportação de pedra calcária cresceu cinquenta por cento para o mercado chinês
O sector da pedra calcária cresceu 50 por cento nas exportações para o mercado chinês, durante o ano de 2010, alcançando uma facturação na ordem dos 50 milhões de euros.
Estes números foram relevados hoje pela ASSIMAGRA - Associação Portuguesa dos Industriais de Mármores Granitos e Ramos Afins, durante uma visita do embaixador da China em Portugal à zona das pedreiras de Alcanede (Santarém), na zona das serras d’Aire e Candeeiros.
Segundo o presidente da ASSIMAGRA, Manuel Simões, cerca de 70 a 80 por cento da exportação de alguns tipos de calcário têm como destino o mercado chinês que “valoriza muito as características desta pedra com a sua homogeneidade, a cor e o seu potencial de utilização na construção de edifícios”.
Manuel Simões referiu ainda que o crescimento das exportações para a China “compensaram a quebra noutros mercados, como Espanha”, permitindo que o sector da pedra em Portugal tenha crescido, mesmo em tempo de crise económico, cerca de 7,5 por cento em 2010.
Segundo Manuel Simões, “o futuro do sector continua a passar pela aposta na exportação porque não há mercado em Portugal suficiente".
Isto porque "a pedra é o ouro português das nossas serras e temos que aproveitar o crescimento da construção na China para crescermos ainda mais nas exportações para este mercado”, afirmou o dirigente da ASSIMAGRA.
Segundo dados desta associação sectorial, os preços pagos pela pedra calcária portuguesa cresceram cerca de 800 por cento nos últimos 5 anos, um crescimento que “tem ajudado o sector da pedra da serra d’Aire e Candeeiros a manter o dinamismo económico e a criar riqueza para o país”, salientou Manuel Simões.
O embaixador da China, Zhang Bei San, afirmou estar disponível para ajudar a reforçar os laços de cooperação entre as empresas portuguesas e chinesas, salientando que, em muitos domínios da economia, “pode ser feito mais para aprofundar as relações bilaterais” entre estes países.
Zhang Bei San disse também que “é preciso ultrapassar o desequilíbrio que existe na balança comercial entre Portugal e a China”, afirmando mesmo que “a China deve comprar mais produtos portugueses”.
A China é o principal destino de exportação da pedra calcária portuguesa do maciço estremenho, um tipo de pedra que, entre 2006 e 2010, passou de 20 milhões para 50 milhões de euros de volume de facturação.
A exportação de pedra portuguesa representa cerca de 350 milhões de euros em volume de negócios, vale 0,81 por cento das exportações nacionais e este sector, essencialmente exportador, dá emprego a 5000 pessoas só na zona das serras d’Aire e Candeeiros, onde se situam cerca de 600 pedreiras.
Cerca de 50 por cento das rochas ornamentais que são exportadas provém desta zona do maciço calcário estremenho, que é uma das maiores reservas de calcário da Europa. Por ano são extraídos cerca de 3 milhões de toneladas de calcário destas serras.
*Lusa
-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Ambiente

Salão Nobre da Câmara de Constância recebe hoje assinatura do Protocolo para Recepção de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos
Esta quinta-feira, 31 de Março, às 17h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Constância, a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Constância e a Amb3E- Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos, assinam um Protocolo com vista à constituição de um Ponto de Recepção de Resíduos de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos (REEE), um projecto que conta com a parceria do Município de Constância.
O equipamento que será instalado no parque dos Bombeiros Voluntários de Constância (BVC), permite que os interessados possam depositar, gratuitamente, os seus equipamentos eléctricos e electrónicos em fim de vida, directamente no Ponto de Recepção, ou entregar os seus equipamentos na Secção de Santa Margarida dos BVC, os quais posteriormente serão transportados pelo município, para Constância.
Este novo “Ponto de Recepção”, bem como outros locais de recolha de diferentes resíduos já existentes no concelho, são medidas da maior importância para a protecção do ambiente, pelo que o município incentiva os cidadãos, para que no seu dia-a-dia, façam uma correcta utilização dos mesmos.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 30 de março de 2011

Cultura

Instituto Politécnico de Tomar acolhe exposição de José Pedro Croft
As gravuras que o artista plástico José Pedro Croft fez para a feira de Madrid Estampa estão expostas pela primeira vez em Portugal, no Centro de Arte e Imagem do Instituto Politécnico de Tomar, de hoje até 07 de Maio.
José Pedro Croft, o “artista plástico consagrado” convidado este ano pela Galeria do IPT, passou a tarde de hoje em Tomar, para falar aos alunos dos cursos de artes plásticas e fotografia sobre o seu trabalho e inaugurar a exposição.
“Vim falar com os alunos sobre o meu processo de trabalho e toda a ligação da arte com a vida, a política, a sociedade, a economia”, disse José Pedro Croft à agência Lusa.
Tendo em conta o espaço expositivo da galeria, José Pedro Croft resolveu mostrar trabalhos em gravura que fez em Barcelona, em 2010, a convite da feira madrilena de arte contemporânea Estampa, onde teve um espaço como convidado.
A conversa com os alunos partiu do documentário encomendado pela Fundação Calouste Gulbenkian à realizadora sueca há muito radicada em Portugal Solveig Nordlund, que acompanhou o trabalho do artista nos últimos três anos.
------------------------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Distrito de Santarém vai ter mais vagas para jovens no Programa de Voluntariado para as Florestas
O distrito de Santarém vai ter mais vagas para a inscrição de jovens no programa de voluntariado para as florestas, anunciou hoje o director regional de Florestas de Lisboa e Vale do Tejo.
Segundo Rui Pombo, que participou num fórum de apresentação do Programa Voluntariado Jovem para as Florestas 2011, no Governo Civil de Santarém, o programa vai ter também novas acções que foram criadas com o objectivo de “ter mais atractividade para os jovens”.
As actividades variam desde campos de férias operativos até questões de identificação da floresta, de limpeza, de florestação e de reflorestação.
Em 2010, participaram neste programa 210 jovens do distrito de Santarém, entre os 390 participantes que se inscreveram na região de Lisboa e Vale do Tejo. Segundo o director regional de Florestas, o período de funcionamento deste projecto também foi alargado e vai decorrer 01 de Abril a 30 de Novembro, para permitir a realização de campanhas de sensibilização da população antes e depois da época crítica de incêndios.
Segundo a governadora civil de Santarém, o contributo do voluntariado jovem nas florestas “é fundamental para a prevenção e sensibilização para os incêndios”, salientando também que “o distrito de Santarém precisa de mais voluntários dada a sua grande mancha florestal”.
Sónia Sanfona disse ainda que “os jovens facilitam a divulgação da mensagem” e que, por isso, o Governo Civil de Santarém está a preparar uma outra campanha mais específica de sensibilização para a prevenção da floresta, que irá envolver os jovens deste programa de voluntariado.
A governadora civil esclareceu ainda que “só é pedido aos jovens que disponham de 8 ou 15 dias do seu tempo livre para ajudarem nesta causa”, sublinhando que, apesar do alargamento do período da campanha a meses de aulas, “o trabalho voluntariado será feito sempre em períodos livres”.
Sónia Sanfona lembrou ainda que este programa abrange jovens dos 18 aos 30 anos e que, desta forma, permitirá ter mais candidatos.
O Programa Voluntariado Jovem para as Florestas de 2011 vai ter cinco mil vagas disponíveis e teve um reforço de verba de 800 mil para um milhão de euros do Fundo Florestal Permanente.
Em 2010, participaram nesta iniciativa 4200 jovens e, graças ao seu trabalho, foram detectadas 1724 deflagrações de incêndios e recolhidas 17 toneladas de lixo nas florestas. Desde o início deste programa, em 2005, contabilizaram-se mais de 41 mil jovens envolvidos.
O programa é dirigido a projectos apresentados por associações de jovens e associações do ambiente.
Na região de Lisboa e Vale do Tejo prevê-se que estas associações realizem, em 2011, cerca de 80 projectos de voluntariado na floresta e 20 campos de voluntariado, referiu ainda Rui Pombo.
*Lusa
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Gastronomia

Abril vai ser dedicado aos doces em Tomar

Doze pastelarias da cidade de Tomar apresentam, de 01 a 30 de Abril, 30 especialidades da doçaria local, com destaque para o romântico “beija-me depressa”, bolo feito à base de ovos e inspirado na doçaria conventual, e para as “fatias de Tomar”, cozidas em panela própria, inventada e fabricada localmente.
Entre as especialidades disponíveis há ainda castanhas de ovos, estrelas de Tomar, cornucópias, pastéis de abóbora, natas de café e mimos de noz.
Na sua terceira edição, a mostra inclui ainda um “longo fim de semana” de Páscoa, com espectáculos de música e dança, marcando o regresso à cidade do festival Sete Sóis Sete Luas, a primeira saída das coroas da Festa dos Tabuleiros, e a venda dos doces na rua, na tarde de 23 de Abril, no passeio junto à Casa dos Cubos, num “Doce Passeio Doce” que inclui um workshop sobre “Fatias de Tomar”.
----------------------------------------------------------------------------------------------

Efemérides

Comemorações do “25 de Abril” em Santarém arrancam no sábado
As comemorações dos 37 anos da Revolução dos Cravos arrancam no sábado em Santarém com uma homenagem a Michel Giacometti e com uma sessão evocativa de Salgueiro Maia, no domingo, dia em que o “capitão de abril” faria anos.
O espectáculo de sábado, organizado pela Comissão das Comemorações Populares do 25 de Abril de Santarém, será teatralizado pelos grupos de folclore das Abitureiras e do Bairro, segundo o programa divulgado pela empresa municipal de cultura.
Domingo, familiares e amigos de Salgueiro Maia, o homem que liderou a coluna militar que saiu na madrugada de 25 de Abril de 1974 de Santarém para Lisboa, desempenhando papel fundamental no derrube do Estado Novo, participam numa sessão que vai decorrer no “Jardim dos Cravos”, junto à sua estátua.
As comemorações prosseguem a 06 de Abril com a exibição do documentário “Futebol de Causas”, de Ricardo Antunes Martins, sobre o movimento estudantil e as crises académicas.
No dia 07 será apresentado o livro “Gente Comum, uma história na PIDE”, de Aurora Rodrigues, atual magistrada do Ministério Público em Évora que foi presa e torturada pela PIDE, em 1973.
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Ambiente

Deputados do PSD eleitos pelo círculo de Santarém questionam governo sobre renovação de licença a um aviário no Cartaxo

Os deputados do PSD eleitos por Santarém questionaram os ministérios da Agricultura, Ambiente e Economia sobre a renovação da licença de laboração de um aviário situado nas Várzeas, Cartaxo, que tem sido contestado por alegadas “violações ambientais”.
Em requerimentos entregues na Assembleia da República dirigidos aos três Ministérios, os deputados perguntam por que razão não estiveram presentes na vistoria que determinou a renovação da licença às entidades “detentoras de conhecimentos técnicos importantes” para fundamentarem essa decisão.
Querem ainda saber quais os “argumentos técnicos que fundamentaram a decisão de atribuição da licença até 05 de Novembro de 2016”, quando no próprio auto de vistoria é sugerida uma vistoria pela Agência Portuguesa do Ambiente.
Os deputados sociais-democratas questionam em concreto se pretende o Governo solicitar “uma vistoria urgente e sem aviso prévio, por entidades competentes no âmbito do Ambiente, Saúde Pública, Actividades Económicas e Autarquias Locais”, antes do início do verão, para “avaliar concretamente o funcionamento das instalações dos referidos aviários”.
Se esta medida for adoptada e “caso se confirme este problema de saúde pública que se arrasta há 25 anos”, os deputados querem saber que medidas pretendem os Ministérios inquiridos desencadear.
Num historial do processo, os requerimentos afirmam que o caso remonta a 1986, ano em que se “iniciaram os graves e prejudiciais problemas de poluição” provocados pelos aviários actualmente designados por Purovo – Ovos e Derivados, Lda.
“Passados 24 anos, ao longo dos quais a população da zona das Várzeas vem lutando de forma cívica, dentro da legalidade, com convicção inabalável de que lhe assiste a mais clara e vincada razão, os resultados não são animadores e a situação mantém-se inalterada”, afirmam.
Essa luta motivou uma série de fiscalizações e vistorias que, segundo os requerimentos, “comprovaram a relação directa dos aviários com a proliferação de grande quantidade de moscas, maus cheiros e animais mortos em terreno aberto”, sem que nada tivesse sido feito.
Os deputados sociais-democratas afirmam que a “indignação e consternação” das populações se “agudizou” quando foi conhecida a renovação da licença de laboração desta unidade até 05 de novembro de 2016”, apesar de diversos relatórios “contrários a esta renovação”.
A Lusa questionou o Ministério do Ambiente sobre o acompanhamento feito a este caso, não tendo obtido resposta em tempo útil.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------------------------



terça-feira, 29 de março de 2011

Política

Francisco Louçã participa em Ourém no debate “A Crise e a Resposta da Esquerda”
Francisco Louçã e José Gusmão estarão esta quinta-feira, dia 31 de Março, às 21h30, no Cineteatro de Ourém para um debate subordinado ao tema “A Crise e a Resposta da Esquerda”, incidindo sobre as novas medidas de austeridade, a crise e as alternativas que o Bloco de Esquerda propõe.
----------------------------------------------------------------------------------------------

Saúde

Representantes das Comissões de Utentes de Saúde do distrito convidam populações para participarem em acções de protesto
Representantes de várias comissões de utentes da saúde do distrito de Santarém apelaram hoje a uma ampla participação de populações e autarcas nas concentrações de protesto agendadas para 16 de Abril para Almeirim, Constância e Torres Novas.
As concentrações vão realizar-se, a partir das 15:30, junto às sedes de três dos quatro Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) existentes no distrito, aqueles que são identificados como os que apresentam situações mais dramáticas de carência na assistência às populações.
Manuel José Soares, coordenador da Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo, afirmou - na primeira de quatro conferências de imprensa agendadas para hoje em várias cidades do distrito – que a experiência na região mostra que quando as populações e os autarcas “se movimentam pelos seus direitos, há êxito absoluto”, sobretudo na colocação de médicos e no não encerramento de serviços.
Além da necessidade de mais médicos e enfermeiros, num distrito em que “dezenas de milhar” de pessoas (muitas delas idosas, com baixas reformas e sem meios de deslocação) estão sem acompanhamento médico, as povoações são convidadas a protestar contra o crescente aumento do custo dos medicamentos, os cortes nos transportes e o encerramento de serviços, disse.
Advertindo que o período eleitoral que se aproxima é propício à “proclamação de promessas”, Manuel Soares afirmou que a saúde “não pode esperar pela resolução da crise e pela realização de eleições”, apelando à defesa de um serviço nacional de saúde “universal, público, eficiente, eficaz e tendencialmente gratuito”, como consagra a Constituição.
Representantes das comissões de utentes de Alpiarça, Muge (Salvaterra de Magos), Vale de Cavalos (Chamusca) e Benavente relataram várias “situações dramáticas” vividas pelas populações que se viram privadas dos cuidados de saúde primários.
“Temos registado depoimentos lancinantes um pouco por todo o distrito que revelam situações impensáveis e inadmissíveis”, disseram, citando casos de pessoas que não conseguem fazer “prova de vida” ou que lhes atestem incapacidade temporária para o trabalho ou ainda de doentes com alta hospitalar, nomeadamente oncológicos, que depois não têm médico de família que os acompanhe.
A Comissão de Utentes da Saúde de Benavente promete instalar, a 16 de Abril, “pelo menos 11 tendas” frente à sede do ACES da Lezíria, em Almeirim, num “acampamento” que visa simbolizar “os milhares de utentes que esperam por uma consulta”.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Economia

Empresa de produção em Abrantes faz novos investimentos e cria novos postos de trabalho
A TRM anunciou um investimento de sete milhões de euros e a criação de 60 novos postos de trabalho com o objectivo de duplicar a produção de 3 milhões de travões actualmente produzidos na fábrica de Abrantes.
Actualmente, a empresa TRM (Tratamento e Revestimento de Metais), do grupo Dosch (Domingos Chambel), emprega cerca de 80 funcionários e produz mais de 3 milhões de travões por ano, exportando cerca de 98 por cento da sua produção para todo o Mundo e “apenas” 1,7 por cento para o mercado nacional.
Domingos Chambel, 60 anos, gerente e proprietário da TRM, disse à agência Lusa que o objectivo deste investimento, que decorre desde 2010 e está na sua fase final de conclusão, é “duplicar a produção e consolidar a exportação” para alguns países da Europa, como é o caso de Espanha, Inglaterra, França, Alemanha e Itália, mas também para a China, um dos novos mercados importadores dos produtos daquela empresa.
Afirmando ser um “projecto inovador no âmbito do ramo automóvel alicerçado nas novas tecnologias”, a TRM, instalada em Abrantes desde 1997, exporta hoje o essencial da sua produção de travões “para as marcas multinacionais que estão no mercado, como a Mercedes, a Saab, Porch, Bentley, Renault, Wolfswagen e Renault, entre outras.
“A empresa ganha escala, competitividade e afirma-se em período de contra ciclo”, disse à Lusa Domingos Chambel, tendo assegurado que o investimento é uma "resposta ao aumento da procura e das solicitações".
“Sempre investi em contra ciclo e sempre com sucesso”, disse o empresário, que afirmou conseguir colocar em Espanha ou na Alemanha “travões mais baratos do que os que lá se produzem”, mesmo apesar do ónus do transporte.
O proprietário e gerente do Grupo Dosch, que ostenta as suas iniciais e abarca empresas ligadas à construção civil, restauração e sector automóvel, disse ainda à Lusa que a TRM apresenta um volume de negócios anual na ordem dos 30 milhões de euros, tendo sublinhado que este investimento implica uma aposta de capitais próprios na ordem dos 90 por cento.
Com este reposicionamento no mercado, afirmou, a TRM vai juntar 60 novos postos de trabalho aos cerca de 80 já existentes, estando em fase final de construção duas novas linhas de produção, a par de uma “aposta séria e contínua nas novas tecnologias” e na ampliação das suas instalações, com a construção de novos pavilhões de suporte e apoio logístico.
Domingos Chambel disse ainda que, com este projecto, a empresa “ganha, sobretudo, competitividade”, tendo afirmado que a TRM tem um ante projecto em estudo, com parceiros internacionais, para o desenvolvimento de um novo tipo de travões tendo em vista a conquista de novos clientes e de novos mercados.
-------------------------------------------------------------------------------------

Saúde

Hospital da Misericórdia do Entroncamento endivida-se por atrasos de pagamento do Serviço Nacional de Saúde

O hospital da Misericórdia do Entroncamento realiza anualmente 1.200 cirurgias no âmbito do combate às listas de espera, mas o tempo que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) demora a pagar obriga a instituição a endividar-se na banca, revelou o provedor. De acordo com o provedor da Santa Casa da Misericórdia do Entroncamento, Manuel Fanha Vieira, desde 2004 que o Hospital São João Batista realiza cirurgias para o SNS, no âmbito do programa de combate às listas de espera. Apesar de reconhecer a importância desta participação do Hospital São João Batista no combate às listas de espera para cirurgia, o provedor lamentou à Agência Lusa o atraso no pagamento das mesmas, o que “prejudica o andamento da tesouraria”. O SNS demora, em média, oito a nove meses a pagar as cirurgias realizadas nesta instituição, o que, segundo Manuel Fanha Vieira, obriga esta Misericórdia a contrair empréstimos bancários e a pagar juros por isso. “As dívidas prejudicam o andamento das contas, pois precisamos de pagar aos profissionais de saúde e aos fornecedores”, disse. Apesar destes atrasos, Manuel Fanha Vieira diz que “nenhuma cirurgia é negada” e espera que o SNS cumpra mais cedo os seus compromissos, nomeadamente através dos 90 dias previstos na lei. O provedor garante que o Ministério da Saúde tem conhecimento da situação, nomeadamente através do presidente da União das Misericórdias Portuguesas (UMP), Manuel Lemos. Manuel Lemos disse à Lusa que, tirando o caso da Misericórdia do Entroncamento, não tem conhecimento de hospitais da UMP que estejam a passar por situação tão grave. Afirmou ainda que as Misericórdias têm capacidade para trabalhar ainda mais com o Ministério da Saúde, nomeadamente através do acordo que será hoje assinado e que coloca os 12 hospitais em "pé de igualdade" com os do SNS. Com este acordo, os utentes que optarem pelos hospitais das Santas Casas da Misericórdia “passam a pagar apenas as taxas moderadoras”, como sucede nos hospitais da rede do SNS, acrescentou uma fonte das Misericórdias. A maioria dos hospitais envolvidos situa-se na região Norte: Esposende, Fão, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Póvoa de Lanhoso, Riba de Ave, Vila do Conde e Vila Verde. O protocolo de cooperação abrange ainda o hospital da Misericórdia na Mealhada, na região Centro, e os hospitais da Misericórdia de Benavente e Entroncamento, em Lisboa e Vale do Tejo. Segundo o Ministério da Saúde, estes acordos permitirão a realização de cerca de 15.000 cirurgias anuais e 100.000 consultas, das quais 40.000 são primeiras consultas de especialidade hospitalar.

*Lusa

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 28 de março de 2011

Ambiente

Inspecção Geral do Ambiente selou e apreendeu máquinas de lavagem de resíduos de plástico em fábrica na Chamusca

A Inspeção-Geral do Ambiente selou e apreendeu duas máquinas de lavagem de resíduos de plástico, numa fábrica de produção de papel, no concelho da Chamusca, que se encontravam ilegais e a poluir recursos hídricos. Em comunicado enviado à agência Lusa, o Ministério do Ambiente afirma que a operação que levou à selagem e apreensão das máquinas foi desencadeada pela Inspecção Geral do Ambiente e Ordenamento do Território (IGAOT) em colaboração com o Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR. As máquinas, que estavam a ser “ilegalmente exploradas”, estavam a causar poluição hídrica, “em consequência da descarga de águas residuais com teores de CQO (Carência Bioquímica de Oxigénio) e SST (Sólidos Suspensos Totais) acima dos limites legalmente admissíveis”, afirma o comunicado. A empresa detentora das máquinas “tem a actividade de fabrico de papel suspensa, apesar de dispor de licença ambiental”, desenvolvendo “ilegalmente e em condições ambientalmente inadequadas a actividade de lavagem de resíduos de plástico”, acrescenta. A IGAOT havia já emitido um mandado para cessação da actividade de lavagem de resíduos de plástico, que a empresa não cumpriu, “mantendo a descarga não licenciada e poluente das águas residuais provenientes dessa actividade directamente no solo, com posterior encaminhamento para o meio hídrico”, o que motivou a operação. Além da selagem e apreensão das máquinas, o proprietário da fábrica vai ser alvo de uma participação junto do Ministério Público pela prática de um crime de desobediência, afirma ainda o comunicado.

*Lusa

----------------------------------------------------------------------

Ambiente

Comissão Parlamentar do Ambiente discute projectos de resolução para as Barreiras de Santarém

A Comissão Parlamentar do Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local discute terça-feira os projectos de resolução que recomendam ao Governo a concretização do plano para a estabilização das encostas de Santarém, obra da ordem dos 20 milhões de euros. Os vários partidos com deputados eleitos pelo círculo eleitoral de Santarém – PS, PSD, BE, PCP e CDS/PP – entregaram na Assembleia da República projectos de resolução no sentido de ser concretizado o plano elaborado para a consolidação das encostas de Santarém, entregue ao executivo em Julho de 2010. Aqueles partidos referem que a actual situação das barreiras de Santarém colocam em causa a segurança de infra-estruturas e habitações e defendem a premência de se pôr em prática o projecto de execução que prevê obras de valor superior a 20 milhões de euros para a estabilização das encostas da cidade e valorização paisagística e urbanística dos núcleos ribeirinhos. A discussão em Comissão antecede a subida a plenário e a sua aprovação obrigará o Governo a informar a Assembleia da República, semestralmente, sobre o andamento dos trabalhos.

----------------------------------------------------------

Cultura


Maria João Roque expõe na Casa do Brasil em Santarém

A Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil em Santarém é palco dia 1 de Abril, às 18 horas, da inauguração da exposição de pintura “Contrastes”, da autoria de Maria João Roque. Nesta exposição, a artista que reside em Santarém desde 1974, pretende reproduzir nas suas obras, através da pintura figurativa e abstracta, com tons fortes e quentes, em acrílico sobre tela, uma realidade que lhe é familiar, como sua realidade natural e sensível ou a sua realidade interna. Exposição estará patente ao público até ao dia 1 de Maio.

-------------------------------------------------------------------------------

Cultura


Tomar: Projecto Máquina do Tempo promove workshop “Como Construir uma Estátua Viva”

O projecto Máquina do Tempo, uma parceria entre o Agrupamento de Escolas D. Nuno Álvares Pereira, a Câmara Municipal de Tomar, o Convento de Cristo e o Instituto Politécnico de Tomar, promove o workshop “Como construir uma Estátua Viva” nos dias 9 e 11 e 15 e 16 de Abril. Esta acção, que tem o objectivo de acrescentar valor ao Festival de Estátuas Vivas, destina-se aos alunos do 3º ciclo e ensino secundário das escolas do concelho. O workshop terá a duração de 10 horas e será ministrado por António Santos, “Stacticman”, recordista mundial de imobilidade e introdutor desta arte em Portugal. As inscrições são até ao dia 5 de Abril, por ordem de chegada, na Biblioteca Municipal de Tomar. Os alunos encontram as fichas de inscrição nos Centros de Recursos das suas escolas. Sob o slogan “De Viriato ao 25 de Abril”, o 2º Festival de “Estátuas Vivas” de Tomar traz-nos este ano uma nova moldura. Em vez de performances individuais, as estátuas recriarão quadros da História de Portugal, como por exemplo o “Milagre das Rosas”.

----------------------------------------------------------------------

Cultura

Instituto Politécnico de Tomar organiza “Festa da Ciência, Cultura e Tecnologia 2011” Realiza-se nos próximos dias 6 e 7 de Abril, no Instituto Politécnico de Tomar, a VII Edição da Festa da Ciência, Cultura e Tecnologia – FCCT´11, organizada pela Escola Superior de Tecnologia de Tomar (ESTT) do Instituto Politécnico de Tomar (IPT). A edição deste ano destina-se a todos os alunos do ensino secundário e professores e conta com a presença do Professor Doutor Paulo Trincão que apresentará o livro “O Português que se correspondeu com Darwin”, no dia 6 de Abril. Esta Festa, que conta já com a inscrição de 700 alunos do ensino secundário visa dar a conhecer aos participantes de uma forma interactiva, os diversos departamentos da ESTT e apresentar alguns dos actuais projectos de maior relevo. Este ano as visitas dividem-se por 8 percursos à escolha, vocacionados para as áreas das Artes, das Ciências e das Tecnologias. Em paralelo com a FCCT´11 decorrem, ainda, outras actividades, como a Feira do Livro, promovida pela Escolar Editora, aberta a toda a Comunidade. -----------------------------------------------------------------------

Eventos


Associação de Jovens de Sardoal promove “1.ª Feira de Emprego e Formação Profissional”

A Estímulo – Associação de Jovens de Sardoal (AJS) vai promover, nos próximos dias 2 e 3 de Abril, a 1.ª Feira de Emprego e Formação Profissional do Concelho. O certame decorrerá nas instalações do Centro Cultural Gil Vicente. O principal objectivo desta iniciativa é promover, junto dos jovens, a oferta formativa e as saídas profissionais disponíveis na região, por forma a evitar o êxodo dos mais novos para outras regiões do país. De entre as várias actividades que vão ser levadas a efeito, destaca-se, no Sábado, dia 2, à tarde, um workshop subordinado ao tema “Como construir o teu currículo” e um Colóquio sobre “Casos de Sucesso de Jovens de Sardoal”, no Domingo, dia 3, também à tarde. O evento conta com o apoio da Câmara Municipal de Sardoal e com a participação de diversas entidades ligadas às áreas do emprego e formação.

----------------------------------------------------------

Concursos


Concelho de Santarém candidata-se com receitas tradicionais às “7 Maravilhas da Gastronomia”

Sopa de Peixe do Rio, Favas com Entrecosto, Magusto, Fataça Assada na Telha, Arrepiados de Almoster e Celestes de Santa Clara são as receitas tradicionais do Concelho de Santarém candidatas às “Sete Maravilhas Gastronómicas de Portugal”. A iniciativa partiu da Cul.Tur, Empresa Municipal de Cultura e Turismo de Santarém em conjunto com Confraria da Gastronomia do Ribatejo. Divulgar e promover o património gastronómico português, conhecido e apreciado em todo o mundo pela sua diversidade, pelo sabor único e qualidade dos produtos com que os pratos são confeccionados são os objectivos deste concurso. Entradas, sopas, marisco, peixe, carne, caça e doces de 10 regiões do país, são as 7 categorias que vão a votos. O levantamento a nível nacional de todas receitas que podem ser representativas da gastronomia nacional arrancou no dia 7 de Fevereiro, na mítica Casa do Campino, em Santarém e em Setembro serem conhecidos os sete vencedores, numa cerimónia única, a transmitir em directo a partir de Santarém pela RTP, Televisão Oficial das “7 Maravilhas da Gastronomia”. A votação pública por SMS, chamada telefónica, internet (www.7maravilhas.pt) e Facebook decorre entre 7 de Maio e 7 de Setembro de 2011. As "7 Maravilhas da Gastronomia Nacional é uma iniciativa criada pela empresa “New 7 Wonders Portugal” que no passado já havia desenvolvido as “Sete Maravilhas de Portugal” (2007); “As Sete Maravilhas de origem portuguesa no Mundo” (2009) e “As Sete Maravilhas Naturais de Portugal” (2010).

-----------------------------------------------------------------

Gatronomia

Escola de Hotelaria de Fátima promove “Cozinhas do Mundo”
A Escola de Hotelaria de Fátima realiza em Abril o seu I Festival de Gastronomia dedicado às “Cozinhas do Mundo”. A iniciativa, que decorre no Claustro Monfortino, no restaurante de aplicação da escola, na cidade de Fátima, vai possibilitar aos visitantes a degustação de aromas e sabores de Espanha, França, Itália, Alemanha, Noruega, Grécia, Holanda, China, Japão, Índia, Cuba, Brasil, Argentina, México e Marrocos. No certame também vão estar representadas algumas regiões de Portugal. O festival, que decorre de 01 a 03 e 08 a 10 de Abril, está integrado no processo de avaliação dos alunos do curso de Restauração, nas variantes de Cozinha-Pastelaria e de Restaurante-Bar. As reservas, para almoços ou jantares, devem ser feitas para o número de telefone 249530630.

--------------------------------------------------------------------

domingo, 27 de março de 2011

Desporto - Futebol

Monsanto entrou com o “pé direito” na fase de subida do Campeonato Nacional da III Divisão

O Monsanto, venceu esta tarde o Sourense por duas bolas sem resposta, na 1ª jornada da fase de subida do Campeonato Nacional da III Divisão. O Riachense também a disputar este campeonato, foi derrotado na deslocação a terras da Bairrada, por 1-0 perante o Oliveira do Bairro. Na classificação geral o Monsanto lidera, enquanto o Riachense ocupa a quarta posição, a par, com Nogueirense e Sourense com zero pontos.

Resultados:

Académico Viseu – Nogueirense, 2-1

Monsanto – Sourense, 2-0

Oliveira do Bairro – Riachense, 1-0

Próxima Jornada (2ª):

Nogueirense – Oliveira do Bairro

Sourense – Académico Viseu

Riachense – Monsanto

------------------------------------------------------------------------------

Ambiente

Presidente da ARH do Tejo disse que a qualidade do ar no concelho de Alcanena vai ser monitorizado em permanência
O presidente da Administração da Região Hidrográfica (ARH) do Tejo anunciou hoje que a qualidade do ar no concelho de Alcanena vai passar a ser monitorizada em permanência e em ligação com a saúde.
Manuel Lacerda falava no encerramento de uma sessão pública promovida pela ARH Tejo, câmara municipal e Associação de Utilizadores do Sistema de Tratamento de Águas Residuais de Alcanena (AUSTRA) para esclarecer a população sobre o processo de “requalificação e valorização da bacia do Alviela” e que contou com a presença de mais de uma centena de pessoas.
Perante uma assistência céptica em relação à resolução de um problema que vive há décadas e preocupada com os efeitos da poluição, que sentem sobretudo através do cheiro, em certas alturas “insuportável”, os promotores do encontro procuraram garantir que o esforço em curso (da ordem dos 20 milhões de euros) desta vez é para valer.
O presidente da ARH Tejo deu o exemplo de duas estações de tratamento, uma em Barcelona e outra em Cascais, que funcionam sem qualquer cheiro, graças às tecnologias adoptadas, e disse acreditar que o sistema de Alcanena, depois da intervenção, será “mais um caso”.
Respondendo à preocupação, levantada por várias das pessoas presentes, sobre eventuais efeitos da poluição resultante do deficiente funcionamento da ETAR de Alcanena sobre a saúde, Manuel Lacerda assegurou que o processo de monitorização da qualidade do ar “está pronto para avançar”, dependendo agora apenas da aprovação do Ministério das Finanças.
A monitorização, que, disse, não será pontual mas continuada, vai ser feita por técnicos da Universidade de Aveiro em ligação com o Instituto Ricardo Jorge, para se aferir do impacto da qualidade do ar na saúde pública.
Essa monitorização havia sido prometida no final de 2010, altura em que os maus cheiros atingiram níveis que originaram fortes protestos da população, mas nem a Universidade de Aveiro nem as empresas da especialidade estavam na altura disponíveis, justificou.
Manuel Lacerda disse compreender a “angústia” e as dúvidas dos habitantes do concelho, que convivem há anos com a poluição provocada pela indústria dos curtumes, mas declarou-se convencido de que “este flagelo será sanado” e que o dinheiro que vai ser investido “não será deitado ao lixo”.
Advertiu que o problema não se resolve de um dia para o outro.
O processo, que conta com financiamento comunitário, prevê a remodelação da rede de colectores, a melhoria da eficiência do sistema de tratamento da ETAR, a defesa desta contra cheias, uma unidade de tratamento das designadas “raspas verdes” e a reabilitação da célula de lamas não estabilizadas.
Esta fase do processo foi a que mais receios suscitou, com vários dos presentes a quererem conhecer pormenores de como se vai fazer a desidratação, a remoção e o transporte das lamas para o aterro de resíduos industriais perigosos da Chamusca, com o consórcio que vai conduzir este processo a garantir que tudo será acautelado.
A presidente da câmara municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira (PS), afirmou que o investimento que vai agora ser feito no sistema “é uma luz de esperança” e que não seria compreensível que o problema não ficasse ultrapassado de vez.
*Lusa
--------------------------------------------------------------------------

sábado, 26 de março de 2011

Cultura

“Mostra de Artesanato da Páscoa” no Núcleo de Artes de Riachos
O NAR de Riachos, vai realizar na “Garagem das Artes” durante o próximo mês de Abril uma mostra de artesanato e arte decorativa onde cerca de duas dezenas de artesãos do Núcleo irão expor vários trabalhos.
Na mostra, poderá encontrar trabalhos artesanais em madeira, metal, trapo, trapilho e serapilheira, bijutaria, têxtil, bordados, cerâmica, porcelana, pedra, estanhos, além de outros.
A Mostra estará aberta ao público nos Fins-de-Semana de 2 a 25 de Abril, entre as 14h00 e as 19h00.
---------------------------------------------------------------------------

Cultura

“Galeria das Artes” de Riachos acolhe Exposição de Fotografia de Jaime Figueiredo
O Núcleo de Arte de Riachos inaugura no Sábado, dia 2 de Abril, pelas 15h30, na “Galeria das Artes” do Museu Agrícola de Riachos, uma Exposição individual de Fotografia de Jaime Figueiredo intitulada "- África (Guiné) - Riachos - Outros temas" (Paisagens, Retratos...).
A exposição estará patente ao público até ao dia 30 de Abril, podendo ser visitada no horário do Museu.
Jaime de Jesus Batista Figueiredo, nasceu a 1 de Junho de 1951. Em África, onde esteve radicado marcou uma paixão em relação à fotografia e imagem. A paisagem e o retrato são os temas mais marcantes, nesta exposição integrada no NAR e agora exposta no Museu Agrícola de Riachos. O autor expõe desde 1972.
-------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 25 de março de 2011

Sociedade

Proprietários do lar ilegal de Serra de Santo António ficaram presos preventivamente
Os proprietários do lar ilegal encerrado na quinta-feira na Serra de Santo António, Alcanena, ficaram presos preventivamente por decisão do tribunal, disse à agência Lusa fonte da GNR.
O casal, constituído arguido e detido na quinta-feira pela GNR, foi ouvido hoje em primeiro interrogatório judicial, tendo o juiz de instrução determinado como medida de coação a prisão preventiva para os dois.
Segundo a fonte, esta foi uma medida que pode ser considerada “exemplar” e inibidora de comportamentos similares.
---------------------------------------------------------------------------

Feiras e Exposições

Feira Rural nos últimos domingos de cada mês no Cartaxo
A partir do próximo domingo, a praça de touros do Cartaxo recebe, sempre nos últimos domingos de cada mês, os produtos típicos do concelho trazidos à Feira Rural por produtores e comerciantes das oito freguesias.
Para o presidente da autarquia, Paulo Caldas, este projecto, desenvolvido em parceria com a Associação de Jovens Agricultores, valoriza a identidade rural e a vertente económica e social, acontecendo numa altura económico-financeira difícil.
Na primeira edição, realizada em 2010, a Feira Rural contou com a participação de cerca de 40 produtores, esperando o autarca um aumento de participações no certame deste ano, “mas sempre dentro dos princípios da agricultura biológica e natural”.
-----------------------------------------------------------------------------------

Cultura

Teatro Virgínia em Torres Novas apresenta peça “Bela Adormecida”
A “Bela Adormecida” contada por actores, músicos e bailarinos profissionais com mais de 60 anos é a peça que a Companhia Maior e a Mundo Perfeito apresentam no sábado, às 21:30, no Teatro Virgínia, em Torres Novas.
O espectáculo tem concepção de Tiago Rodrigues e é uma co-produção com o Centro Cultural de Belém.
---------------------------------------------------------------------

Sociedade

Comissões de Utentes agendam “Marchas de Protesto” contra portagens nas Auto Estradas
As Comissões de Utentes das A23, A24 e A25 agendaram para o dia 8 de Abril uma Marcha Protesto que culmina na Guarda. A Comissão de Utentes do Médio Tejo da A23 (CUMTdaA23) decidiu corroborar a iniciativa fazendo uma marcha de protesto desde a A1 (nó da Videla) até ao limite do distrito de Santarém.
Segundo informação da CUMT da A23, a Marcha sairá da Videla às 17,30horas e terá passagens por Entroncamento (Rotunda do E. Leclerc), Abrantes (Olho de Boi) e Mação, locais onde se juntarão outros participantes.
Diz ainda aquela comissão, que tem desenvolvido várias acções no âmbito da luta contra a implementação de portagens na região.
Na nota emitida, a mesma comissão adianta, “lamentavelmente os deputados do PS e PSD pelo distrito de Santarém abandonaram à sua sorte as populações que representam. Nós gostávamos, e o país precisa, que os dirigentes políticos tivessem em consideração a opinião das pessoas que representam. Lamentavelmente a maioria dos deputados, representantes do distrito, esqueceram-se de quem os mandatou. Toda a gente sabe que a posição dos deputados do PS nas últimas eleições, foi de que não haveria pagamento de auto-estradas no interior. A palavra dada não foi respeitada!”, conclui.
------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Detidos proprietários de “Lar de Idosos” ilegal na freguesia de Serra de Santo António no concelho de Alcanena
Os proprietários de um lar ilegal na Serra de Santo António, Alcanena, foram detidos na sequência de uma operação desencadeada pelo Ministério Público que culminou com o encerramento da moradia onde mantinham 20 idosos em condições “muito más”.
Fonte do Instituto da Segurança Social disse hoje à agência Lusa que o casal era reincidente, uma vez que o lar já havia sido encerrado em 2003 e 2008, tendo a proprietária sido julgada e condenada ao pagamento de uma multa e interdita de prosseguir a actividade.
Apesar disso, o lar voltou a funcionar, tendo a operação realizada na quinta-feira resultado de novas denúncias apresentadas em Dezembro último, tanto junto da Segurança Social como da GNR, por alegados maus tratos aos idosos, disse a fonte.
Dos 20 idosos que se encontravam no lar, quatro foram encaminhados para estabelecimentos hospitalares, três por indicação dos médicos que acompanharam a operação e um para a realização de uma cirurgia já agendada, disse a fonte.
Dos restantes, cinco foram levados por familiares e 11 encaminhados pela Segurança Social para outras instituições de acolhimento, tendo as instalações sido seladas.
O comandante territorial da GNR de Santarém, coronel Corte-Real, disse à Lusa que as denúncias apresentadas deram lugar ao levantamento de um processo entregue ao Ministério Público e a um conjunto de diligências que culminaram na operação realizada ao longo de todo o dia de quinta-feira.
Além da GNR, o encerramento do lar foi acompanhado por elementos da Segurança Social (do órgão inspectivo e dos serviços distritais, que trataram do realojamento dos idosos), por uma juíza e uma procuradora do Ministério Público do Tribunal de Alcanena, pelo Comando Distrital de Operações de Socorro, pela ASAE e pelo Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).
O casal foi constituído arguido e detido pela GNR, tendo pernoitado em instalações desta força de segurança, sendo presente hoje ao tribunal de Alcanena para primeiro interrogatório judicial, disse a fonte.
*Lusa
------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 24 de março de 2011

Sociedade


“Movimento Pró IP6” diz que introdução de portagens no troço da A23 entre Videla e Abrantes viola a lei
Os responsáveis do «Movimento Pró IP6» defenderam hoje que a introdução de portagens no troço da A23, entre Torres Novas e Abrantes, implica uma “clara violação da lei”, rejeitando o estatuto de interesse público invocado pelo Governo.
O movimento, composto por cidadãos de Abrantes, havia apresentado dia 11 de março uma providência cautelar para suspender os trabalhos tendentes à colocação de pórticos para cobrança de portagens no referido troço da A23, uma iniciativa aceite pelo Tribunal de Leiria e a que o Ministério das Obras Públicas (MOPTC) respondeu invocando o interesse público da medida.
“O efeito suspensivo da colocação de pórticos mantém-se até à decisão do Tribunal relativamente ao interesse público invocado pelo MOPTC, um estatuto reclamado sem fundamento de direito”, disse à agência Lusa o advogado José Amaral, um dos responsáveis pela apresentação da providência cautelar.
Afirmando estar “optimista” relativamente à decisão do Tribunal “pelas razões de direito evocadas” pelo «Movimento Pró IP6», aquele responsável defendeu a utilização gratuita da A23 em toda a sua extensão em prol do desenvolvimento económico e social da região referindo, todavia, “não ter argumentos jurídicos” com vista a alcançar tal desiderato.
“Tivemos por isso de nos ater ao troço entre as portagens situadas próximas da localidade de Videla (Torres Novas) e a cidade de Abrantes”, troço anteriormente designado por IP6.
“É sabido que o troço SCUT (autoestradas sem custos para o utilizador) só se inicia em Abrantes e se desenvolve até à Guarda e, aí, o PS e o PSD já decidiram que temos de pagar. É uma decisão política”, vincou.
“No troço entre Torres Novas e Abrantes a decisão já não é politica mas sim dos Tribunais”, disse, tendo afirmado que a aplicação de taxas naquele troço “implica uma clara violação da lei e do princípio da igualdade, constitucionalmente consagrado”.
Segundo observou, as taxas a cobrar nas SCUT visam reduzir os encargos com os pagamentos devidos às entidades concessionárias que teriam, de outro modo, de ser suportadas integralmente pelo Orçamento Geral do Estado (OE).
“Ora, no troço até Abrantes não existe qualquer obrigação de pagamento através do OE a qualquer entidade que justifique a cobrança de portagens, nem as regras comunitárias permitem que sejam aplicadas portagens no troço em causa uma vez que não se baseia no princípio de amortização dos custos de infraestruturas”.
Segundo concluiu, “a taxar-se esse troço, só porque é uma via rápida, teriam de taxar-se também, por exemplo, o IC-19, que liga Lisboa a Sintra, ou a CRIL (Circular Regional Interior de Lisboa), ou até mesmo a 2ª Circular e o Eixo Norte-Sul, para só falar na Grande Lisboa”.
-------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Arrancaram as obras de ligação do Convento de Cristo ao Centro Histórico de Tomar
Segundo informação da autarquia tomarense, a operação de ligação do centro histórico de Tomar ao Convento de Cristo teve início esta semana com o arranque da construção do colector de águas pluviais, na Avenida Combatentes da Grande Guerra, junto à estação de caminhos-de-ferro. Durante a próxima semana esta obra é alargada à Avenida General Bernardo Faria, junto ao Tribunal, ligando posteriormente à Praceta Infante D. Henrique. O trânsito far-se-á pela Rua Coronel Luís António Aparício, junto à Escola EB1 dos Templários, que passará a ter dois sentidos.
Adianta ainda a autarquia, “na próxima semana, a Avenida Vieira Guimarães, o principal acesso automóvel ao Convento de Cristo, será cortado por um período de cerca de nove meses. O acesso ao monumento, a partir da cidade, passará a fazer-se pelas Algarvias, privilegiando-se também o acesso pedonal pelas Escadas de Santiago e pelo Caminho de Santo André, prevendo-se cortes também nestes acessos à medida da evolução dos trabalhos. O percurso pedestre da Mata Nacional dos Sete Montes será o mais aconselhado, mas neste momento ainda decorrem obras de recuperação dos estragos causados pelo tornado do passado Dezembro. A autarquia informará da abertura deste acesso”, acrescenta.
Segundo a autarquia, “o Departamento de Obras Municipais da Câmara Municipal de Tomar prepara agora um parque provisório para paragem de autocarros, nas traseiras do monumento, ficando a ala norte disponível apenas para saída e entrada dos turistas que visitam o monumento e que aqui chegam de autocarro. Para a ala norte do Convento de Cristo prevê-se ainda estacionamento de viaturas automóveis e um acesso pedonal à entrada principal do Convento”.
“Os autocarros vindos de Lisboa farão o acesso pelas Algarvias e os que vêm de Leiria farão o percurso habitual”, acrescenta a nota autárquica.
---------------------------------------------------------------------------------------

Eventos


Entroncamento promove 7º Concurso Nacional de Bandas – Música Moderna
Os Serviços de Juventude da Câmara Municipal do Entroncamento vão promover o 7º Concurso Nacional de Bandas – Música Moderna.
A entrega das maquetas decorre até ao próximo dia 29 de Abril.
Podem participar todos os projectos musicais colectivos ou individuais que ainda não tenham editado qualquer trabalho discográfico para fins comerciais.
O concurso será composto por 3 eliminatórias, a decorrer nos dias 28 de Maio, 4 e 11 de Junho. A final realizar-se-á no dia 18 de Junho, no âmbito nas Festas de S. João e da Cidade do Entroncamento.
A Autarquia atribuirá 1000€, 500€ e 250€ ao 1º, 2º e 3º classificado, respectivamente.
Com esta iniciativa, a Câmara Municipal do Entroncamento pretende continuar a promover projectos no âmbito da música moderna e permitir a sua apresentação pública.
Para mais informações, os interessados poderão ainda contactar os Serviços de Juventude da Câmara Municipal do Entroncamento através do e-mail juventude@cm-entroncamento.pt ou através do telefone 249720400.
--------------------------------------------------------------------------

Cultura


Alcanena comemora “Dia Mundial do Teatro” com dois grupos amadores do concelho
Para assinalar o Dia Mundial do Teatro, que se comemora a 27 de Março, o Cine-Teatro São Pedro em Alcanena, preparou um espectáculo que reúne os dois grupos de teatro amador do concelho, actualmente no activo: TOA – Teatro Oficina de Alcanena e Boca de Cena, de Minde, que farão uma leitura encenada da peça “A Cidade – uma Trilogia”, de Lula Anagnostáki. A ideia é, de forma descontraída, reunir estes “amadores” de teatro e descobrir, em conjunto, o universo tão estimulante desta autora grega.
Os grupos sobem ao palco este Domingo, dia 27 de Março, a partir das 16h00.
---------------------------------------------------------

Ambiente

Ribeira de Seiça em Ourém livre de esgotos
A ribeira de Seiça, no concelho de Ourém, onde se desenvolve a espécie rara de lampreia de riacho, está livre de esgotos, anunciou a autarquia em comunicado.
A câmara municipal, esclarece que o curso de água, um afluente do rio Nabão, já não recebe efluentes provenientes das redes domésticas da cidade de Ourém, situação resultante da substituição de um colector, o único que ainda fazia descargas directas para a ribeira.
-------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Tribunal de Abrantes iniciou julgamento de três jovens acusados pelo assassinato de um camionista na área de serviço da A23
O Tribunal de Abrantes começou hoje a julgar três jovens acusados pelo Ministério Público (MP) de homicídio qualificado pelo assassinato de um camionista na área de serviço em Mouriscas, Abrantes, na A23, em Junho de 2010.
Segundo a acusação, o camionista Nelson Ferreira parara na estação de serviço de Mouriscas, para fazer uma pausa na viagem que fazia para França. No estabelecimento, um olhar para a mesa onde estavam os arguidos terá originado uma cena de violência, com murros e bofetadas, que culminou com uma facada mortal.
A situação ocorreu cerca das 06:00 e, segundo o despacho de acusação, "os arguidos não conheciam a vítima e esta nada fez para que (…) tivesse sido sequer abordada".
Nélson Ferreira era um cidadão que, "no pleno exercício da sua profissão de motorista, se limitou a parar numa área de serviço e se dirigiu ao estabelecimento com o único propósito de tomar um café e fazer uma pausa", acrescenta a acusação.
Em relação aos arguidos, o despacho regista que os três jovens "actuaram em conjugação de esforços com intenção de matar Nélson, o que conseguiram, fazendo-o pelo simples prazer e vontade de provocar e causar distúrbios, denotando um total, pérfido e gratuito desrespeito pela vida humana".
Nelson Ferreira “foi brutalmente espancado e assassinado simplesmente por ter olhado” para os três jovens, um de 19 anos, os outros dois com 23, quando saía do restaurante da área de serviço das Mouriscas, concluiu o MP, acusando-os de homicídio qualificado.
O arguido mais novo, suspeito de ser o dono da arma branca usada para esfaquear o motorista, responde ainda por um crime de detenção de arma proibida e outro de condução sem habilitação legal, por ter sido ele o condutor durante a fuga que tentaram encetar.
Após o crime, os arguidos tentaram fugir pela A23 mas já eram perseguidos por uma patrulha da GNR, tendo reagido com bastante violência à ordem de detenção.
As imagens de videovigilância ajudaram a esclarecer que Nelson Ferreira apenas se tentou defender e nunca reagiu às agressões dos jovens.
Divorciado, deixa dois filhos menores, tendo a família deduzido um pedido de indemnização cível de 485 mil euros. O julgamento decorre sob fortes medidas de segurança.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------

Autarquias

Presidente da autarquia de Torres Novas assegura que o regulamento municipal foi elaborado de acordo com a lei
O presidente da Câmara de Torres Novas assegurou hoje que o regulamento municipal de taxas foi feito de acordo com a lei, existindo “meia dúzia nas centenas de itens” do documento que a autarquia decidiu suspender por provocarem “distorções”.
António Rodrigues disse à agência Lusa que o regulamento foi feito de acordo com o que determina a lei, tendo inclusivamente existido um período de inquérito público, em que a quase totalidade das reclamações apresentadas foram atendidas.
“Houve foi quem estivesse distraído”, disse, admitindo, contudo, que algumas das situações levantadas, como as que ditaram o aumento do metro quadrado sem ter em conta a área ocupada, o que originou “distorções”, são pertinentes.
O autarca deu como exemplo situações em que se passou de um pagamento de 400 euros para 1.400 euros e que, no seu entender, têm que ser corrigidas.
Já não entende o comportamento de alguns comerciantes que decidiram retirar as placas de publicidade, porque passaram a pagar 40 euros em vez dos 30 anteriores, o que percentualmente pode ter significado mas não em termos reais, disse.
Já na questão das ossadas, António Rodrigues confessou encontrar-se num dilema, uma vez que os valores antes cobrados eram tão baixos que as pessoas acabam por não libertar os espaços, admitindo que o aumento introduzido é “expressivo” mas pode ajudar a criar “equilíbrio”.
“O regulamento não foi suspenso e cumpre a lei. Houve reclamações justas”, que ditaram a necessidade de voltar a olhar para o documento para introduzir algumas alterações, o que obrigará, em alguns casos, a autarquia a assumir o “custo social” da sua decisão, afirmou.
Depois desse trabalho de análise, o regulamento, que esteve em destaque na reunião do executivo na terça-feira, voltará a ser apresentado à assembleia municipal, adiantou.
*Lusa
----------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 23 de março de 2011

Sociedade

INE denuncia casos de empresas que “cobram” aos cidadão preenchimento dos Censos
O Instituto Nacional de Estatística (INE) denunciou hoje que há empresas que “estão a cobrar aos cidadãos” o preenchimento dos Censos 2011, recordando que estão equipas “no terreno” para ajudar nessa tarefa.
Em nota enviada à agência Lusa, o INE sublinha que “existe uma estrutura no terreno disponível e vocacionada para ajudar, ou preencher na íntegra, os questionários”.
Para aceder a esta ajuda, os cidadãos devem recorrer ao recenseador ou aos balcões de atendimento dos Censos nas juntas de freguesia.
O recenseamento geral da população e da habitação vai permitir saber onde vivem os cidadãos, onde trabalham, quantos são e que estudos têm.
A resposta é obrigatória e confidencial. Além do endereço www.censos2011.ine.pt, podem ser esclarecidas dúvidas através da linha gratuita 800 22 20 11, nos dias úteis, das 09:00 às 20:00, horário que poderá vir ainda a ser alargado até às 22:00.
O XV Recenseamento Geral da População e V Recenseamento Geral da Habitação visa recensear todos os cidadãos “residentes ou apenas presentes no território português”, independentemente da nacionalidade, bem como todos os alojamentos e edifícios destinados a habitação.
---------------------------------------------------------------------

Trânsito

Acidente em Salvaterra de Magos causa três feridos
Uma criança e dois adultos ficaram hoje feridos num acidente que ocorreu cerca das 17:00, na estrada do Granho (Salvaterra de Magos), e que envolveu uma carinha que transportava crianças de uma creche, disse à Lusa fonte da Protecção Civil.
Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro de Santarém, a carrinha, que transportava seis crianças, colidiu com uma viatura ligeira, que capotou.
A fonte adiantou que, à partida, os ferimentos não serão graves, informação que a Lusa tentou confirmar, sem sucesso, junto do Hospital de Santarém.
No local estiveram quatro viaturas e 10 elementos das corporações de bombeiros de Salvaterra de Magos, Almeirim e Benavente, responsáveis da protecção civil municipal de Salvaterra e a GNR.
--------------------------------------------------------------------------

Cultura

Ruy Duarte de Carvalho evocado em Santarém
O antropólogo, escritor, poeta e artista plástico Ruy Duarte de Carvalho foi evocado hoje na cidade onde nasceu, Santarém, com uma exposição e uma sessão cultural na Escola Secundária Dr. Ginestal Machado.
Margarida Gabriel, a professora que orienta a Oficina de Teatro da escola (ESDGM) e membro da comissão criada em 2010 por várias associações para “pensar a cidade”, disse à agência Lusa que a homenagem a Ruy Duarte de Carvalho surgiu no âmbito do trabalho que tem vindo a realizar com os alunos sobre a diversidade cultural.
Ruy Duarte de Carvalho nasceu e viveu a infância em Santarém, cidade a que voltou para fazer o curso de regente agrícola, regressando depois a Angola, país que adoptou como seu, tendo optado pela nacionalidade angolana, embora tenha decidido, nos últimos anos, residir na Namíbia, onde morreu em Agosto último, aos 69 anos.
A homenagem contou com a participação, entre outros, da filha de Ruy Duarte de Carvalho e do sobrinho Jaime Araújo, que está a traduzir a obra do escritor para inglês.
Promovida pela Oficina de Teatro da ESDGM em colaboração com o Centro Cultural Regional de Santarém, Cineclube de Santarém e Teatrinho de Santarém, a homenagem incluiu uma dramatização feita pelos alunos e uma sessão de cinema, com a exibição do seu filme mais premiado, Nelisita, seguindo-se um debate com Jaime Araújo e João Carmo, da Escola Superior de Educação de Santarém.
-----------------------------------------------------------------

Gastronomia

Salvaterra de Magos: Março é mês da enguia
Vinte e cinco estabelecimentos – 17 restaurantes, quatro casas de vinhos e quatro locais de alojamento – aderiram à edição deste ano do Mês da Enguia, iniciativa gastronómica que a câmara municipal de Salvaterra de Magos quer transformar num evento de referência nacional.
Em 2010, a autarquia “revitalizou” a imagem e o conceito do evento, alargando-o a áreas de actividade que não apenas os restaurantes e reforçando o programa de animação.
Para a edição deste ano a autarquia espera ultrapassar o número de visitantes e as quatro toneladas de enguias consumidas em Março de 2010, convidando ainda os forasteiros a pernoitarem na vila, promovendo o alojamento local.
O Mês da Enguia é uma iniciativa da câmara municipal de Salvaterra de Magos e conta com o apoio da Entidade de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, da Escola Profissional de Salvaterra de Magos, Confraria da Enguia, Cultura Avieira e Agrogás.
--------------------------------------------------------------

Gastronomia

Câmara de Santarém promove Festival Gastronómico do Rio
A Câmara Municipal de Santarém promove, de 26 de Março a 10 de Abril, a Semana Gastronómica do Rio, comprometendo-se os 12 restaurantes aderentes a incluírem nas suas ementas pratos confeccionados à base de peixe do Tejo.
Sável frito, arroz de lampreia, fataça na telha, enguias fritas com açorda de tomate, fritada de peixe do rio, açorda de sável, sopa de peixe à moda dos avieiros são alguns dos pratos disponíveis.
Na sua sexta edição, o Festival do Rio integra a marca Sabores & Saberes do Ribatejo e é agora organizado pela empresa municipal de Cultura e Turismo de Santarém, CUL.TUR.
-----------------------------------------------------------

Ambiente

ETAR do Couço não funcionou após inauguração por roubo de cabo de cobre
A estação de tratamento de águas residuais do Couço, Coruche, que a empresa intermunicipal Águas do Ribatejo inaugurou na terça-feira, não pode funcionar porque desconhecidos destruíram o posto de transformação para furtarem cobre.
Segundo o gabinete de comunicação da empresa, o prejuízo causado ronda os 10.000 euros, não sendo ainda previsível quando será reposta a normalidade, deforma a que a ETAR possa entrar em funcionamento.
A destruição do posto de transformação e o consequente furto de todas as placas de cobre foi detetada na segunda-feira, quando os técnicos da empresa que presta serviço à EDP se deslocaram ao local, verificando que a rede lateral da ETAR estava cortada.
Fonte da GNR confirmou à agência Lusa a existência de uma queixa contra desconhecidos, uma vez que se desconhece quem foram os autores do furto.
A ETAR situa-se num local ermo, a cerca de 400 metros da estrada principal, não havendo casas nem outras construções nas proximidades.
A inauguração decorreu na terça-feira sem que pudesse ser demonstrado o seu funcionamento, sublinha a empresa.
Os furtos de cobre, com a consequente destruição de postos de transformação e sistemas de rega, gerando prejuízos avultados à EDP e a agricultores, têm sido frequentes na região.
A revolta dos agricultores da região esteve na origem da assinatura, em setembro de 2010, de um protocolo entre o Governo Civil de Santarém e os Ministérios da Agricultura e da Administração Interna, destinado a pôr em prática um programa piloto para combater a criminalidade no mundo rural e que passa pela instalação de sistemas de vídeo vigilância e geo referenciação e programas de patrulhamento.
A inauguração da ETAR do Couço inseriu-se no programa de comemoração do Dia Mundial da Água, que incluiu ainda a abertura da nova unidade de atendimento da Águas do Ribatejo em Coruche e um workshop, em parceria com a associação ambientalista Quercus, sobre “uso eficiente da água”.
A estação (que custou 1,5 milhões de euros) faz parte de um conjunto de investimentos que a empresa tem em curso e que em Coruche são superiores a 10 milhões de euros, com o objetivo de dotar, até ao verão, as oito freguesias do concelho com “novas e modernas estações e sistemas de tratamento”.
*Lusa
-----------------------------------------------------------------

Ambiente

Tomar adere à “Hora do Planeta”
Tomar vai mostrar, no próximo sábado, que é uma cidade preocupada com o ambiente. A Câmara Municipal é uma das entidades que voltam a aderir à “Hora do Planeta”, manifestação global que faz a diferença com um simples gesto: entre as 20.30 e as 21.30 horas todos somos convidados a desligar as luzes.
A autarquia vai fazê-lo no edifício dos Paços do Concelho. Todos nós podemos fazê-lo nas nossas casas ou em edifícios pelos quais sejamos responsáveis.
Iniciativa da WWF, World Wild Foundation, que o ano passado juntou mais de 4500 cidades em 128 países do mundo, a Hora do Planeta convida ainda a partilhar histórias e acções que beneficiem o planeta no site ou no facebook daquela entidade, bem como a ir para além da hora, encetando acções sustentáveis numa base diária.
---------------------------------------------------------------------------

Ambiente


Sardoal: Associações promovem acção de sensibilização sobre projecto “Limpar Portugal”
No âmbito do Projecto “Limpar Portugal”, a Associação de Pais e Encarregados de Educação e a Estímulo – Associação de Jovens uniram-se para levar a efeito uma acção de sensibilização no Sardoal.
Esta iniciativa que vai decorrer no próximo Sábado, dia 26 de Março, tem ponto de encontro marcado às 9 horas, junto ao Pelourinho. Iniciar-se-á com uma caminhada e às 11 horas decorrerá um Peddy Paper que culminará com um almoço-convívio no Mercado Diário. Às 15 horas terá lugar uma actividade surpresa, que será desvendada no próprio dia, e às 16h30m será inaugurada uma exposição de fotografia, no Centro Cultural Gil Vicente, onde estarão patentes momentos captados na acção “Limpar Portugal” 2010.
O Projecto “Limpar Portugal” é um movimento cívico de voluntariado que pretende, através da participação voluntária de pessoas particulares e entidades privadas e públicas, promover a educação ambiental e reflectir sobre a problemática do lixo, do desperdício, do ciclo dos materiais e do crescimento sustentável.
------------------------------------------------------------------

Cultura


Ilda Bragança expõe em Abrantes
Ilda Duarte Bragança, vai apresentar exposição de cerâmica “Nascidas da Terra”, na Galeria Municipal de Arte em Abrantes.
A inauguração está agendada para o próximo sábado, 26 de Março, pelas 16h00. A mesma, ficará patente ao público até dia 6 de Maio.
Várias vezes premiada, no currículo de Ilda Duarte Bragança constam dezenas de exposições colectivas, bienais, concursos e exposições individuais.
Está representada em várias colecções particulares e em museus, como o Museu Nacional do Azulejo, o Museu de Reguengos de Monsaraz ou o Museu de Aveiro e está igualmente representada no arquivo da Cinemateca Portuguesa.
As obras podem ser visitadas no horário: de terça a sábado, das 10 às 12h30 e das 14 às 18h30.

-------------------------------------------------------------------------

Saúde

Comissões de Utentes de Saúde do Distrito vão promover concentrações junto de Centros de Saúde
As comissões de utentes da saúde do distrito de Santarém vão promover, a 16 de Abril, concentrações junto dos agrupamentos de centros de saúde (ACES) da região para exigirem “respostas claras” à falta de cuidados de saúde primários.
Cerca de duas dezenas de representantes de oito comissões de utentes, reunidos terça-feira à noite na Escola Secundária Marquesa da Alorna, em Almeirim, aprovaram um documento em que retratam os problemas sentidos pelas populações e no qual convocam concentrações junto à sede dos ACES, em Almeirim, Constância e Torres Novas.
As comissões de utentes vão mobilizar as populações para aderirem ao protesto, marcado para a tarde de 16 de Abril, havendo mesmo quem esteja na disposição de “acampar” na véspera junto ao ACES da Lezíria, em Almeirim, disse o coordenador da comissão de utentes da saúde de Benavente, Domingos David.
O grau de descontentamento com a prestação de cuidados de saúde primários neste concelho levou a que esta comissão de utentes convocasse para 02 de Abril uma “tribuna pública” para reflectir sobre “a saúde no concelho de Benavente no 35.º aniversário da Constituição da
“A hora é de cerrar fileiras! De grande unidade na defesa de um bem que tem de ser de todos e para todos, porque a doença acontece em qualquer momento e não escolhe pessoas nem espera que passem as crises”, afirma o folheto que convoca a população do concelho.
Na reunião realizada em Almeirim, repetiram-se os relatos das dificuldades criadas pela falta de médicos e de enfermeiros nos centros e nas extensões de saúde da região e de algumas situações caricatas – como as dos médicos contratados por uma empresa de prestação de serviços para o Serviço de Atendimento Permanente de Benavente e que adormecem literalmente nas consultas devido ao cansaço.
Alpiarça, onde há dois anos metade da população não tinha médico de família e em que, depois de muitas acções de luta da população, com abaixo-assinados entregues no Parlamento, foi conseguida a colocação de dois médicos cubanos, volta, segundo a comissão de utentes, a viver momentos de incerteza, por se desconhecer se esses contratos serão renovados e por outra médica estar em vias de se reformar.
Manuel José Soares, coordenador da comissão de utentes da saúde do Médio Tejo, relatou alguns casos de sucesso graças à luta destas estruturas criadas pelos cidadãos, apelando ao aparecimento de outras e à importância da sua presença nos Conselhos da Comunidade existentes em cada ACES.
“Muitas localidades ainda têm médico porque as populações se movimentaram”, disse.
*Lusa
--------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 22 de março de 2011

Saúde

Sardoal: Deputado António Filipe reclama resolução imediata para suprir problema de falta de médicos de família
O deputado comunista António Filipe reclamou hoje por uma resolução imediata para o problema da falta de médicos de família tendo afirmado que a situação é de degradação e que deriva de razões meramente economicistas.
De visita ao Sardoal, o deputado do PCP eleito pelo distrito de Santarém inteirou-se sobre a falta de médicos de clínica geral no centro de saúde local, um concelho com quatro freguesias e onde habitam cerca de 4.000 pessoas, e onde a população esteve durante “muitos meses” sem um único dos três médicos de clínica geral que ali deveriam prestar cuidados de saúde.
“É um grave problema que preocupa as populações e causa desânimo aos autarcas locais apesar de, recentemente, uma clínica ter começado a prestar serviço profissional, algumas horas por semana, mediante transporte assegurado pela autarquia”, disse à Lusa o deputado, que considerou a medida, “insuficiente” face às necessidades dos utentes locais.
“A situação continua muito precária e é uma fraca solução de recurso tendo em conta que são cerca de 4 mil habitantes, uma população muito envelhecida, distante dos grandes centros urbanos e que não tem asseguradas as condições de acesso à saúde exigíveis e a que têm direito”, advogou.
O deputado comunista afirmou “defender e apoiar a luta das populações e das autarquias” em condições similares, tendo reclamado ao Governo que “assuma as suas responsabilidades e garanta um Serviço Nacional de Saúde (SNS) em condições”.
O Governo, disse, “tem obrigação de encontrar médicos e contratá-los directamente através do SNS sem a intermediação de empresas”, tendo defendido ainda um aumento do número de médicos formados nas faculdades nacionais.
“Não temos médicos em número suficiente mas depois vemos jovens que terminam o ensino secundário com médias altíssimas a não poderem aceder às faculdades de medicina”, observou.
António Filipe defendeu que o Governo adopte “medidas imediatas e de urgência” para garantir a contratação de médicos portugueses e, “a título provisório”, de outras nacionalidades.
*Lusa
-------------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Alcanena: GNR identificou três homens por tentativa de burla
A GNR identificou, na segunda-feira, em Alcanena três homens, com idades entre os 28 e os 51 anos e residentes em Lisboa, por tentativa de burla.
Em comunicado, a GNR afirma que a tentativa de burla ocorreu na segunda-feira à tarde junto de uma empresa, na Gouxaria, concelho de Alcanena, e que os três homens se dedicavam à venda de alcatrão, alegadamente a preços baixos.
Posteriormente cobravam um preço diferente do acordado, recorrendo a ameaças, afirma o comunicado, acrescentando que o processo passou a inquérito por determinação da procuradora adjunta do Tribunal de Alcanena.
Também segunda-feira, à noite, elementos do Destacamento de Trânsito da GNR de Santarém detiveram um homem de 37 anos por condução de veículo automóvel sob efeito do álcool, injúrias e agressões a agente da autoridade.
No acto da detenção, a GNR encontrou no interior do veículo uma arma ilegal e 29 cartuxos, que foram apreendidos.
-------------------------------------------------------------------------------

Cultura


Feira do Livro até domingo em Ourém
Está a decorrer, até domingo, mais uma edição da Feira do Livro, desta vez com uma programação intensamente dedicada à temática do ambiente e das florestas.
A marcar o arranque da Feira esteve a escritora Teresa Guimarães, autora de “A Floresta Perlimpimpim”, uma obra que conta a história de uma floresta mágica. Ao longo da sessão, onde estiveram alunos do 1º e 2º ano do ensino básico de Ourém, Teresa Guimarães falou do seu livro e da importância que este teve na sua vida. No final houve uma sessão de autógrafos.
Ao longo desta semana vão marcar presença mais autores. Hoje de manhã, Natália Bebiano, falou sobre o livro “O reino do Sonho”. Na quinta-feira, António Piedade, apresentará a obra “Íris científica”. Na sexta, Augusto Carlos, falará sobre “O flamingo da asa quebrada” e Carlos Frias de Carvalho, sobre o livro “Luz da água”. Rui Cardoso Martins apresentará no domingo o livro “Deixem passar o homem invisível”.
Para além dos escritores, a Feira do Livro irá receber momentos de teatro, poesia, música, concursos de leitura e hora do conto.
----------------------------------------------------------------------------

Eventos

Cristina Branco apresenta o álbum “Não há só tangos em Paris” no Teatro Sá da Bandeira em Santarém
Cristina Branco apresenta o seu novo álbum “Não há Só Tangos em Paris”, no dia 1 de Abril, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira em Santarém.
Para o sucessor de «Kronos», de 2009, Cristina Branco queria um disco de memórias, viagens ou simplesmente flashes da sua vida. Pensou no triângulo Buenos Aires-Paris-Lisboa e partiu para o seu novo disco. No booklet que abre a edição de «Não há só Tangos em Paris», Cristina Branco aborda as diferentes faces do novo disco. Convoca para o mesmo texto as referências a Amália, Jacques Brel, boleros, milongas, Baudelaire, o contrabaixo, o bandoneon, o piano e a guitarra portuguesa.
---------------------------------------------------------------------------

Solidariedade


Município do Entroncamento adere à Campanha de Solidariedade Social “Direito à Alimentação”
O município do Entroncamento aderiu à Campanha de Solidariedade Social "Direito à Alimentação". A iniciativa é promovida pela AHRESP- Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal e pela ANMP- Associação Nacional de Municípios Portugueses e conta com o patrocínio da Presidência da República Portuguesa e o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e arranca no próximo dia 4 de Abril.
A campanha apela à generosidade de doar alimentação básica, saudável e nutritiva, como um pão, uma sopa, um prato simples e uma peça de fruta. Pretende-se que adiram a esta iniciativa todas as empresas e instituições que se disponibilizem a doar refeições em prol da campanha. Podem tratar-se de estabelecimentos de Hotelaria e Restauração, ou cantinas escolares e cantinas de empresas e instituições.
Quem desejar participar na campanha, deverá fazê-lo através da adesão voluntária, no site: http://www.direitoalimentacao.org/.
---------------------------------------------------------------------------------

Solidariedade


Festa de Solidariedade em Alcaravela
A Associação de Assistência e Domiciliária de Alcaravela vai levar a efeito na próxima Sexta-feira, dia 1 de Abril, uma Festa de Solidariedade nas instalações da Associação Recreativa da Presa (ARP), em Alcaravela, concelho de Sardoal.
O objectivo do evento é angariar fundos para ajudar a pagar a carrinha de transporte de utentes em cadeira de rodas adquirida por esta associação de apoio social.
Os festejos terão início às 19 horas com serviço de refeições, ao qual se seguirá um baile com o conhecido artista Graciano Ricardo.
------------------------------------------------------------------------

Trânsito

Ponte sobre o Tejo em Constância abre em Abril
A ponte sobre o rio Tejo (ligação Constância Sul / Praia do Ribatejo) abre no próximo dia 6 de Abril, às 11h00, numa cerimónia que será presidida pelo Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça.
Recorde-se que esta ponte sobre o rio Tejo foi encerrada pela REFER, no dia 21 de Julho de 2010, na sequência de uma inspecção realizada nos dias 6, 7 e 8 de Julho, uma situação que deixou o concelho de Constância dividido entre as suas duas margens, gerando inúmeros problemas nesta zona central do país.
Durante os últimos oito meses, a Câmara Municipal de Constância desenvolveu todos os esforços humanos e financeiros, com vista à resolução do processo, fazendo o melhor que poderia ser feito, dadas as circunstâncias em que se arrastou o processo da ponte até ao seu encerramento e ainda as actuais condições económicas do país.
A ponte vai reabrir com algumas condicionantes ao trânsito (veículos até 3,5t, 2,40m de largura e 2,10m de altura) bem como em termos do horário, dado que o contrato com o empreiteiro implica o encerramento entre as 21h00 e as 7h00, período em que serão realizados trabalhos incompatíveis com a circulação de viaturas.
-----------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 21 de março de 2011

Autarquias

Câmara de Almeirim aprova lançamento do concurso para construção da base permanente do grupo de Santarém da Força Especial de Bombeiros
A câmara municipal de Almeirim aprovou hoje, por maioria, o lançamento do concurso para construção da base permanente do grupo de Santarém da Força Especial de Bombeiros
A deliberação, aprovada pela maioria socialista com a abstenção do eleito da CDU e o voto contra do movimento independente MICA, inclui a autorização para lançamento do caderno de encargos e pedido de empréstimo bancário.
A obra, está orçada em 550 mil euros e tem uma comparticipação comunitária de 70 por cento.
O quartel, que vai servir de base à força que tem estado estacionada no Sardoal, vai ocupar um dos três lotes de terreno doados pela autarquia à Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), que ocupam uma área total de 8.100 metros quadrados na Zona de Actividades Económicas de Almeirim.
Nos outros dois lotes serão instalados futuramente o comando distrital de operações de socorro, a funcionar actualmente num edifício do Retail da Lezíria, e a unidade de reserva logística, que albergará todas as viaturas e todo o material necessário em caso de catástrofe existente a nível nacional.
Na reunião de hoje foi ainda aprovada pela maioria socialista, com os votos contra dos dois eleitos da CDU e do MICA, a proposta de protocolo a celebrar entre a autarquia e a ANPC, para instalação da Força Especial de Bombeiros.
-------------------------------------------------------------

Cultura

Exposição “Ministros, do Reino à Administração Interna” inaugurada em Santarém
O Governo Civil de Santarém inaugurou hoje a exposição itinerante “Ministros, do Reino à Administração Interna”, que mostra retratos, biografias e a cronologia dos ministros desde a Monarquia Constitucional (1834 a 1910) – ministros do Reino -, primeira República (1910 a 1974), que engloba a ditadura militar (1926/1933) e o Estado Novo (1933/1974) – ministros do Interior, e Democracia (1974/2009) – ministros da Administração Interna.
O Governo Civil destaca os oito ministros oriundos de Santarém – Sá da Bandeira, Passos Manuel, José Relvas, Adriano da Costa Macedo, José Pires Cardoso, Arnaldo Schultz, Magalhães Mota e Costa Braz.
A inauguração contou com a participação de alunos de escolas da região, que evocam os ministros do Reino Sá da Bandeira, Passos Manuel e José Relvas, da governadora civil, Sónia Sanfona, e do presidente da Fundação Passos Canavarro, Pedro Canavarro, descendente de Passos Manuel.
------------------------------------------------------------

Ambiente

Chamusca acolheu iniciativa “Dá a mão à Floresta”
A Chamusca é um dos concelhos que acolheu hoje a iniciativa “Dá a Mão à Floresta”, promovida pela Portucel Soporcel para sensibilização das populações residentes na proximidade das unidades fabris e zonas florestais do grupo para a importância de cuidar da floresta e preservar os recursos naturais.
Entre as 12:30 e as 16:00, foram oferecidas várias espécies florestais e ornamentais características da região a todos os que se dirigiram ao Largo Vasco da Gama.
---------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Detidos dois jovens por furto no interior de loja de móveis em Salvaterra de Magos
A GNR deteve na madrugada de hoje, em Salvaterra de Magos, dois jovens, de 17 e 20 anos, por furto no interior de um estabelecimento comercial.
Em comunicado, a GNR afirma que os dois indivíduos, residentes no concelho de Salvaterra de Magos, foram detidos em flagrante, quando se encontravam no interior de um estabelecimento que comercializa móveis.
Na sua posse tinham dois telemóveis, dois auriculares, um conjunto de chaves, uma carteira e vários objectos, todos pertencentes ao estabelecimento, afirma o comunicado.
Os jovens ficaram detidos nas instalações da GNR em Almeirim até serem presentes a um juiz de instrução do Tribunal de Benavente para primeiro interrogatório judicial.
---------------------------------------------------------------------