terça-feira, 31 de maio de 2011

Empresas

REFER investe na reabilitação da Ponte sobre o Tejo em Constância
As fundações dos pilares que sustentam a ponte sobre o rio Tejo, em Constância, vão ser alvo de uma empreitada de reabilitação orçada em 2,1 milhões de euros, informou à Lusa fonte da Rede Ferroviária Nacional (REFER).
A empreitada da ‘Ponte da Praia’, ponte de duplo tabuleiro que liga os concelhos de Constância e Vila Nova da Barquinha por rodovia e ferrovia, deverá iniciar-se em Agosto.
A obra contempla o reforço, protecção e reabilitação das fundações e tem como objectivo garantir a segurança ferroviária e a estabilidade estrutural, disse o porta-voz daquela empresa.
O valor contratual da empreitada é de 2,1 milhões de euros, e os trabalhos, que têm um prazo de 470 dias, deverão prolongar-se até Novembro de 2012.
Os trabalhos, que se desenrolarão sobretudo nas fundações dos pilares, vão implicar alterações à normal circulação ferroviária, adiantou a empresa, afirmando a “necessidade de um afrouxamento da velocidade” ferroviária para 30 quilómetros/hora durante praticamente todo o período da empreitada e para 10 quilómetros/hora em períodos pontuais.
Paralelamente, e também até final de 2012, o tabuleiro rodoviário da travessia está a beneficiar de obras de requalificação estimadas em 2,5 milhões de euros, após uma inspecção da REFER ter apontado para "riscos de segurança associados à degradação estrutural" e ter interdito a circulação a todo o tráfego rodoviário a 20 de Julho de 2010.
O tabuleiro cedido pela Refer, no âmbito de um protocolo assinado com os dois municípios em 1984 e adaptado à circulação rodoviária em 1988, reabriu à circulação rodoviária em Abril ultimo fazendo-se a circulação apenas num sentido, alternadamente, regulado por sinalização semafórica, e com diversas outras condicionantes, permitindo a passagem somente a veículos ligeiros até 3500 quilos e que não ultrapassem os 2,10 metros de altura e os 2,40 metros de largura.
---------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

GNR apreende álcool em Alcanena
A Unidade de Acção Fiscal (UAF) da GNR apreendeu em Alcanena, uma cuba inox contendo 12.770 litros de álcool, cujos proprietários não tinham liquidado os impostos devidos, no valor global de 153.084 euros.
Fonte da UAF do Porto, que procedeu à apreensão, explicou que sobre aquela mercadoria devia incidir Imposto sobre o Álcool e as Bebidas Alcoólicas no valor de 124,458 euros e IVA no total de 28.625 euros.
*Lusa
------------------------------------------------------------------------------

Saúde

Centro Hospitalar do Médio Tejo anuncia suspensão temporária da centralização do serviço de patologia clínica
O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) anunciou hoje a suspensão temporária da centralização do serviço de patologia clínica (SPC) em Torres Novas, após os directores do hospital de Abrantes e a presidente da Câmara terem discordado daquela decisão.
Edgar Pereira, o director clínico do CHMT, que integra as unidades hospitalares localizadas em Abrantes, Tomar e Torres Novas, disse à agência Lusa que o adiamento para Setembro da introdução da medida, que deveria começar a ser aplicada este mês, resulta de um “ruído de fundo complicado de gerir”.
“Quando se quer alterar qualquer coisa no CHMT há sempre um ruído de fundo complicado de gerir, cada um olha para a sua unidade hospitalar de forma isolada e não de forma global, fala-se em perdas em vez de se referirem os ganhos”, lamentou, uma vez que considera a medida “imprescindível” para racionalizar recursos.
“Em contexto de racionalização de meios não podemos ter equipamentos em triplicado”, vincou, tendo sublinhado que o “objectivo imediato” passa por conseguir “operacionalizar” o processo de centralização.
Afirmando “partilhar” de “algumas” das observações feitas ao processo - “se calhar não estavam reunidas todas as condições para avançar com o programa” -, aquele responsável assegurou que o processo de centralização vai avançar “o mais tardar” até Setembro, depois do CHMT conseguir assegurar um processo que mantenha a qualidade no processo de colheita e respectivo transporte, acesso informático aos resultados e mobilidade do pessoal.
No entanto, para a presidente da câmara de Abrantes e para os directores de serviço daquela unidade hospitalar, a medida não apresenta mais valias para o CHMT.
Segundo o parecer dos três elementos que compõem a direcção da unidade, a que a Lusa teve acesso, esta centralização de serviços “não apresenta mais valias para o CHMT”, nomeadamente na consecução de economias de escala e melhoria da qualidade dos serviços prestados, vincando que o processo que se pretendia iniciar em meados de Maio não se encontrava “estruturado ou organizado”.
Também a Câmara de Abrantes manifestou a sua oposição a qualquer alteração ao acordo vigente para a manutenção das valências em regime de complementaridade que foi estabelecido aquando da constituição do Centro Hospitalar do Médio Tejo.
Em declarações à agência Lusa, a presidente da autarquia, Maria do Céu Albuquerque, afirmou “estranhar” esta possibilidade “particularmente numa altura em que a legislatura foi interrompida e quando o conselho de administração do próprio CHMT se encontra em gestão”, reafirmando que o laboratório de Abrantes “não pode ser encerrado e muito menos transferido” para Torres Novas.
Edgar Pereira pediu “bom senso” e apontou como mais valias desta medida a “economia de recursos”, a “racionalização” de meios técnicos e humanos, e o “ganho de escala em capacidade negocial”.
*Lusa
-------------------------------------------------------------------------------------


segunda-feira, 30 de maio de 2011

Cultura

María do Ceo e Nataly Tamargo são os convidados de Pedro Barroso nos “XIII Encontros do Cantar Diferente” em Constância
Pedro Barroso, anfitrião da iniciativa “Encontros do Cantar Diferente”, apresenta Maria do Ceo e Nataly Tamargo, como convidados do evento deste ano, no próximo dia 9 de Junho, que decorrerá em Constância no âmbito das XVI Pomonas Camonianas.
María do Ceo é natural do Porto, mas reside há vários anos na Galiza, onde tem desenvolvido uma sólida carreira. Tendo o fado como fonte principal de inspiração, foi reconhecida como embaixadora da cultura galega no mundo. Com nove discos editados, a fadista portuguesa é conhecida pelas suas actuações marcantes pela ternura e pela paixão.
Nataly Tamargo, é flautista, pianista, compositora e cantora. Foi considerada a melhor graduada, num concerto cujo tema foi uma homenagem ao 60º aniversário da UNESCO. Em 2006, realizou um concerto na sala Loynaz do Centro Cultural Hispano-Americano de La Habana, onde apresentou um conjunto de canções originais. De 2006 a 2010, foi Soprano solista do Schola Cantorum Coralina, sob a direcção de Alina Orraca, participando em numerosos concertos por todo o mundo. Actualmente, a residir em Portugal, faz parte do projecto "Duo Ocasional" juntamente com o músico Francisco Presa. Conforme refere nos seus dados biográficos, Nataly Tamargo, é actualmente a única Cubana a cantar o Fado, género que cultiva há 7 anos em La Habana.
Os “Encontros do Cantar Diferente” são uma ideia original de Pedro Barroso que, além de músico, autor e compositor, assina também a produção deste espectáculo, que já data de 1997.
------------------------------------------------------------------------------

Empresas

Intervenções da “Águas do Ribatejo” obrigam a constrangimentos no abastecimento
A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo vai proceder, durante esta semana, a uma operação de limpeza e higienização de reservatórios nos concelhos de Almeirim, Alpiarça, Chamusca e Coruche, intervenção que vai gerar “alguns constrangimentos” no abastecimento de água.
Em comunicado, a empresa afirma que as intervenções se inserem numa operação que envolve 70 reservatórios e mais de 300 quilómetros de condutas nos seis municípios que integram o sistema intermunicipal.
Tendo em conta a necessidade de efectuar alguns cortes no abastecimento, a Águas do Ribatejo sugere aos consumidores que “providenciem reservas de água para utilização em caso de necessidade” e sublinha contar com a colaboração das autarquias e dos bombeiros para situações em que sejam necessários abastecimentos alternativos.
Os horários dos cortes estão publicitados no site da empresa, que alerta para a necessidade de, após a intervenção, se deixar correr a água até esta apresentar uma cor transparente.
----------------------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Tribunal de Contas “chumbou” concurso de privatização de parte do capital da empresa “Águas de Santarém”
O Tribunal de Contas “chumbou” o concurso de privatização de parte do capital da Águas de Santarém, situação que o presidente da câmara assegura ter pouco impacto na execução dos projectos de saneamento em curso no concelho.
Em comunicado, o presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores (PSD), admitiu, contudo, que a decisão do Tribunal de Contas obriga a adiar, “por mais alguns meses, o alívio de tesouraria” do município.
“Tendo em conta a conjuntura em que este processo foi avaliado, com forte discussão sobre a bondade das parcerias público-privadas, há cerca de dois meses que começámos a preparar alternativas a este negócio, caso falhasse, como se veio a verificar”, afirma o autarca.
Segundo o responsável, durante o mês de Junho será apresentada “outra solução, cujos estudos finais estão a terminar, de forma a aliviar a pressão de tesouraria e pagamento aos credores”.
A autarquia contava encaixar uma verba de 15 milhões de euros com a entrada do privado.
A recusa de visto por parte do Tribunal de Contas à entrada da Aquascallabis na Águas de Santarém levou o PS a denunciar, também em comunicado emitido hoje, o “falhanço em toda a linha” da estratégia da gestão social-democrata e de Moita Flores neste processo.
A concelhia socialista reafirma a acusação de que a decisão de abandonar a empresa intermunicipal Águas do Ribatejo, em 2006, foi “irresponsável e leviana” ao fazer com que Santarém “perdesse investimentos da ordem dos 6,7 milhões de euros”.
“Em devido tempo, o PS denunciou o absurdo de todo este processo e alertou a população do concelho que iria sair gravemente prejudicada por decisões erradas e incompetentes”, afirma o comunicado.
Moita Flores sublinha ainda o aval dado pelo Tribunal de Contas à aquisição da antiga Escola Prática de Cavalaria (EPC), o que permite avançar com a construção da Cidade Judiciária de Santarém e da Fundação da Liberdade.
O autarca considera estes dois projectos “alavancas de desenvolvimento sustentado da cidade que vão permitir o seu desenvolvimento e redimensionamento no quadro da competitividade das cidades”.
No quadro das compensações pela não construção do novo aeroporto na Ota, o Estado cedeu as antigas instalações da EPC à autarquia, que se comprometeu a pagar uma verba de 16 milhões de euros no prazo de nove anos, com um período de carência de três anos.
Na sexta-feira, o município assinou com o Ministério da Justiça o contrato promessa para arrendamento dos edifícios onde serão instalados os tribunais que vão ser criados no âmbito do novo mapa judiciário, comprometendo-se a concluir as obras de adaptação no prazo de um ano.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------

Novas Tecnologias

Centro Histórico de Abrantes tem acesso gratuito à Internet
A Associação Centro Comercial Ar Livre de Abrantes inaugura hoje a plataforma digital de banda larga, de acesso gratuito à Internet, para o centro histórico da cidade.
O objectivo é dinamizar a zona e estimular a actividade empresarial.
O projecto, cofinanciado pelo Programa Operacional da Região Centro, implicou um investimento de cerca de 150 mil euros para a criação, gestão e implementação de uma plataforma digital de banda larga com tecnologia ‘WiMAX’, de acesso livre a todos os comerciantes e clientes do centro histórico.
A presidente da câmara e do Abrantes Fórum - Associação Centro Comercial Ar Livre, Maria do Céu Albuquerque, disse à agência Lusa que o projecto pretende constituir-se como um “factor suplementar de atracção para compras” no casco histórico da cidade.
Segundo a responsável, a rede informática “funcionará como serviço de apoio aos empresários e ao público, pretendendo fidelizar um universo potencial de 50 mil clientes” do comércio ali instalado.
O projecto visa também criar uma rede de articulação dos empresários estabelecidos no centro urbano utilizando as novas tecnologias de informação.
Pretende-se ainda captar as camadas mais jovens, estando previsto no próximo dia 04 de Junho a realização de um evento denominado “Digital Day”, através do qual a Associação Centro Comercial Ar Livre procurará incentivar os jovens a ‘apropriarem-se’ do centro Histórico enquanto “espaço privilegiado de lazer e de consumo”.
Além da plataforma digital que hoje é disponibilizada, a autarquia fará a apresentação do novo Roteiro Primavera-Verão para os estabelecimentos agregados ao Centro Comercial Ar Livre de Abrantes.
A Associação Centro Comercial Ar Livre, sem fins lucrativos, foi fundada pela Câmara de Abrantes e pela Associação Comercial e de Serviços da zona.
----------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 29 de maio de 2011

Desporto - Futebol

Monsanto sobe à II Divisão Nacional
Após vitória por três bolas a uma frente ao Nogueirense, o GD de Monsanto sagrou-se campeão da Série D da 3ª Divisão Nacional e subiu à segunda divisão.
Resultados 10ª e última jornada:
Riachense – Sourense, 1-2
Monsanto – Nogueirense, 3-1
Oliveira do Bairro – Académico Viseu, 0-0
------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Trapezistas gravemente feridos em Almeirim
O circo Royal, instalado em Almeirim, foi hoje à tarde evacuado após a queda de dois trapezistas que ficaram "gravemente feridos", disse Joaquim Chambel, comandante distrital de Operações de Socorro.
Joaquim Chambel afirmou à Lusa que "são ainda desconhecidas as causas do acidente", que aconteceu durante a actuação, e que os dois feridos, cuja idade não precisou, foram transportados para o hospital distrital de Santarém.
O circo Royal encontra-se montado em Almeirim, próximo da Praça de Touros.
--------------------------------------------------------------------------------------------

Tecnologia e Inovação

Abrantes: O laboratório LINE.IPT, do Politécnico de Tomar tem em carteira encomendas de protótipos até 2013
Ouvir os empresários e encontrar soluções à medida dos seus problemas, com base nas novas tecnologias, é o objectivo do LINE.IPT, um laboratório do Politécnico de Tomar que tem em carteira encomendas de protótipos até 2013.
A funcionar desde 2010 no Tecnopólo do Vale do Tejo, em Abrantes, o Laboratório de Inovação Industrial e Empresarial (LINE.IPT) fomenta a incorporação de tecnologia e inovação pelas empresas, numa lógica de investigação aplicada e a partir de um centro de investigação e desenvolvimento (I&D) orientado para as áreas de mecânica, electrónica, automação e robótica.
Em declarações à agência Lusa, Clara Amaro, coordenadora da Oficina de Transferência de Tecnologia e Conhecimento do IPT, referiu que este laboratório surge para “dar respostas às necessidades de desenvolvimento de novos produtos e processos” das empresas da região, usando os recursos humanos do Instituto Politécnico de Tomar.
Um trabalho que na prática traduz-se na criação e teste de novas soluções (protótipos), cuja tecnologia ainda não foi criada pelo mercado.
“O objectivo é o de reforçar e promover a competitividade das empresas e fortalecer as respectivas competências científicas e tecnológicas através da colaboração com os centros de Investigação e Desenvolvimento”, concretizou.
Pedro Granchinho, do departamento de Engenharia Electrotécnica, referiu à Lusa que o trabalho desenvolvido é feito numa “lógica da investigação aplicada e não de âmbito fundamental, fabricando soluções tecnológicas à medida” das necessidades dos empresários e das suas empresas.
“Apenas cinco por cento da investigação feita em Portugal é em investigação aplicada e, desta, apenas um por cento chega às pessoas e aos empresários”, acrescentou Bruno Chaparro, do departamento de Engenharia Mecânica, tendo afirmado que o LINE.IPT não tem hoje capacidade de resposta para todas as solicitações.
“Os empresários não estavam habituados a que as instituições de ensino tivessem uma postura tão efectiva e hoje a relação é de uma grande cumplicidade e inter-ajuda”, observou, tendo referido que a Associação Empresarial de Santarém vai investir 750 mil euros para criar um clone do LINE.IPT no futuro parque industrial do Cartaxo e assim dar cobertura a todo o distrito de Santarém.
De entre os projectos já desenvolvidos destacam-se trabalhos de consultadoria técnica como controlos da geometria tridimensional dos cascos dos catamarans, o desenvolvimento de apoios de suspensão e motor para automóveis, um motociclo eléctrico bimotor multifuncional, um cortador de pedra por fio duplo, um concentrador solar e um posto de venda móvel eléctrico de gelados, para circular em praias e praças.
*Lusa
--------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 28 de maio de 2011

Sociedade

Homem suspeito de vários furtos qualificados detido em Santarém
Um homem, suspeito de vários furtos qualificados, foi detido na sexta-feira em Santarém, depois de ter desobedecido a uma ordem de paragem numa operação STOP e ter abalroado um carro-patrulha da GNR e três viaturas de civis.
O oficial de serviço no Comando-Geral da GNR disse hoje à agência Lusa que o suspeito, de 29 anos, desobedeceu, pelas 20:00, a uma ordem de paragem, por excesso de velocidade, na auto-estrada A1, em Coimbra.
Já em Leiria, na mesma auto-estrada, abalroou uma viatura da GNR e, em Santarém, três veículos de civis, imobilizando-se.
O homem ainda tentou a fuga, apeado, mas foi detido pela GNR. Não houve vítimas.
O suspeito de vários furtos qualificados na Margem Sul do Tejo - o próprio veículo em que seguia tinha sido furtado em Fernão Ferro, concelho do Seixal - vai ser presente hoje a tribunal para primeiro interrogatório judicial.
------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Autarquias

Câmara de Santarém assinou contrato promessa com Ministério da Justiça para arrendamento de espaço para instalação da Cidade Judiciária
A Câmara de Santarém assinou hoje com o Ministério da Justiça o contrato promessa para arrendamento do espaço onde vai ser instalada a Cidade Judiciária, comprometendo-se a ter pronta a obra de adaptação dos edifícios no prazo de um ano.
O contrato promessa foi assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Santarém, Francisco Moita Flores, e pelo presidente do Instituto de Gestão Financeira de Infraestruturas da Justiça, Luís Meneses.
A Cidade Judiciária de Santarém, que funcionará nas antigas oficinas da Escola Prática de Cavalaria (futura Fundação da Liberdade), vai receber os Tribunais da Propriedade Intelectual e da Concorrência, Regulação e Supervisão, bem como os do Trabalho e do Comércio.
Moita Flores anunciou hoje que está em negociação, no âmbito do novo Mapa Judiciário, a instalação de mais três tribunais, não querendo, contudo, adiantar quais, já que, afirmou, estão ainda em curso negociações.
O contrato hoje assinado vigora durante 18 anos, passíveis de serem renovados anualmente, comprometendo-se o Ministério da Justiça a suportar uma renda mensal de 36.000 euros, a pagar a partir do quarto ano da vigência do contrato (os primeiros três anos são de carência).
Segundo Moita Flores, além da renda pelo aluguer do espaço, essa verba incorpora o valor da obra, cujos custos a autarquia vai assumir para já, comprometendo-se a tê-la concluída precisamente daqui a um ano.
Questionado sobre o facto de um novo Governo poder ter um entendimento diferente em relação à instalação dos tribunais em Santarém, o autarca afirmou não ter dúvidas de que não haverá retrocessos, uma vez que a criação destes tribunais “vem no acordo” assinado com a “troika” (Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia) que negociou com Portugal uma ajuda financeira externa ao país.
Moita Flores lamentou a “pura maledicência e demagogia” gerada em torno da instalação dos novos tribunais em Santarém e frisou que só nos últimos três ou quatro meses é que “tudo foi feito para que fosse uma realidade”.
“No resto do tempo houve muita parra e pouca uva”, afirmou, recusando que esta declaração tenha como alvo o anterior secretário de Estado da Justiça, João Correia.
A entrada em funcionamento dos novos tribunais chegou a ser anunciada para setembro ou Outubro, coincidindo com a abertura do ano judicial.
O autarca prometeu ainda, para a próxima semana, o anúncio de uma outra “grande centralidade” para instalar na futura Fundação da Liberdade e que está em negociação com o Ministério das Finanças.
--------------------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Fátima: Homem esfaqueou mãe e disparou sobre irmão
Um homem de 42 anos esfaqueou hoje de madrugada a mãe e disparou sobre um irmão, na localidade de Boleiros, freguesia de Fátima, disse à agência Lusa fonte policial, adiantando que o suspeito está a monte.
“Na sequência de uma desavença familiar, pelas 00:10 de hoje, um homem agrediu com uma arma branca a mãe e disparou com uma arma de fogo sobre o irmão”, adiantou a mesma fonte, esclarecendo que as vítimas receberam assistência médica no Hospital de Santo André, em Leiria, e “já regressaram a casa”.
Segundo o responsável, a mãe do suposto agressor foi atingida numa mão e o irmão no braço.
“O suspeito, actualmente desempregado, está a monte”, acrescentou a fonte policial.
O comandante dos Bombeiros Voluntários de Fátima, António Gaspar, adiantou que para o local da ocorrência foram deslocadas duas ambulâncias com quatro elementos da corporação.
“Trata-se de uma vítima leve, a mulher, de 65 anos, e um ferido grave, o filho, de 45 anos, devido ao facto de ter alojada uma bala”, referiu este responsável, esclarecendo que os ferimentos que as vítimas apresentavam eram nos membros superiores.
--------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Certames

Alcanena acolhe este fim-de-semana primeira edição da “Expopele”
Alcanena promove, pela primeira vez este fim de semana a Expopele.Iniciativa que se insere na estratégia da criação da marca “Capital da Pele” e que quer mostrar a “excelência e a inovação” do sector.
“Alcanena tem sido conhecida e divulgada por aspectos menos positivos (os problemas ambientais provocados pela indústria de curtumes). Esta é uma oportunidade para valorizar a importância económica do concelho, dando-lhe visibilidade, porque produz matéria-prima de excelência”, disse à agência Lusa a presidente da câmara municipal de Alcanena.
Fernanda Asseiceira, decidiu agarrar uma proposta da Associação Comercial e Industrial da região (ACIS) e transformá-la numa iniciativa que ajude à criação de uma imagem de marca do concelho, associando-o ao produto que leva o seu nome aos grandes mercados da moda mundiais.
A Expopele, que vai decorrer no pavilhão multiusos de Alcanena, vai ter patente, não só amostras de pele, mas também produtos acabados dos sectores do vestuário, calçado, automóvel, acessórios, com algumas peças “famosas”, como uma sela usada em filmes produzidos em Hollywood ou sapatos usados por actores na noite dos Óscares.
“Esta é até uma forma de informar o próprio concelho e a região sobre um valor que aqui existe e que desconhecem. Daqui saem peles para marcas de luxo em todo o Mundo”, disse Fernanda Asseiceira, realçando que 90 por cento da produção nacional de pele se faz em Alcanena.
A autarca disse ainda, que o sector atravessou uma crise, mas as empresas que inovaram, aliando a qualidade à excelência e relacionando-se com mercados bem seleccionados, conseguiram manter-se.
O certame vai contar com a presença de mais de 40 expositores relacionados com a transformação e comercialização de peles.
No concelho de Alcanena concentram-se 54 das 67 empresas produtoras de peles no país, indústria que gera um volume de negócios anual da ordem dos 200 milhões de euros, exportando directamente 34 por cento da sua produção.
*Lusa
----------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Mais de dezoito toneladas de roupas recolhidas no concelho de Torres Novas
Nos dezassete contentores de roupa no concelho de Torres Novas, instalados entre Dezembro de 2010 e Abril de 2011, foram recolhidos mais de dezoito toneladas de vestuário.
Aos contentores instalados em Dezembro juntaram-se, no início de Abril, mais quatro, localizados em Chancelaria, Zibreira, Pedrógão e no parque de estacionamento do supermercado Aldi.
Esta iniciativa do Município de Torres Novas, em parceria com a “Humana Portugal”, é uma forma de proteger o ambiente e de potenciar o mercado local em países onde esta entidade colabora.
Para além de roupa são também aceites nestes contentores tecidos, sapatos, livros e brinquedos que não sejam facilmente quebráveis.
----------------------------------------------------------------------------

Certames

“FICOR” arranca amanhã em Coruche
Coruche volta a acolher, a partir de sexta-feira e durante seis dias, a FICOR, Feira Internacional da Cortiça, um certame que visa dar maior visibilidade a um sector que representa 2,1 por cento do total das exportações nacionais. Dionísio Mendes, presidente da Câmara Municipal de Coruche, entidade que organiza a FICOR, disse à agência Lusa que a terceira edição do certame continua a apostar na inovação e na divulgação dos vários usos da cortiça, centrando-se este ano no tema do Ano Internacional da Floresta.
Em destaque estarão as boas práticas ambientais e a sustentabilidade ecológica garantida pela exploração do montado de sobro.
Ao prolongar o certame até 01 de Junho, Dia da Criança e Dia Nacional do Sobreiro, a autarquia procurou envolver os mais jovens em programas e actividades ligadas ao sobreiro e à cortiça, adiantou.
Um desfile de moda, agendado para sexta-feira à noite, é uma das iniciativas que tem por objectivo divulgar outros usos da cortiça para além do que tem representado a sua “mais valia” (a rolha), dando evidência ao uso da cortiça na moda, no design, nas artes, na construção civil.
A FICOR recebe este ano a visita de 12 eurodeputados da Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Parlamento Europeu e de algumas dezenas de quadros da embaixada dos Estados Unidos em Lisboa, que, além da feira, visitarão o Observatório do Sobreiro e da Cortiça.
O programa inclui painéis de carácter científico dedicados a profissionais do sector, workshops de culinária associados aos sabores do montado (abertos a todos os visitantes), actividades de natureza (como balonismo e passeios no montado), o desfile de moda Coruche Fashion Cork e a reunião da comissão executiva da Rede Europeia de Territórios Corticeiros (Retecork), entre outras iniciativas.
Dionísio Mendes referiu a importância de um sector que emprega milhares de pessoas do concelho, nas mais diversas actividades ligadas ao sector primário, e centenas nas fábricas que se instalaram nos últimos 15 anos e que têm vindo a aumentar o número de postos de trabalho.
Só uma dessas fábricas produz cinco milhões de rolhas diariamente, disse, sublinhando que o facto de o concelho ser o maior produtor mundial de cortiça lhe dá o direito de usar o título de “capital mundial da cortiça”.
---------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Sociedade

Restabelecido sistema de telecomunicações no Tramagal
A PT restabeleceu ao fim da tarde o sistema de telecomunicações no Tramagal, Abrantes, depois de um furto dos cabos em cobre ter deixado aquela freguesia privada de Internet, telefone e multibanco durante todo o dia.
O furto dos cabos de telecomunicações ocorreu durante a noite na central de distribuição que serve aquela freguesia, tendo provocado enormes “constrangimentos” aos cerca de quatro mil habitantes do Tramagal e deixado “quase paralisada” a actividade no comércio local e em empresas, agências bancárias e serviços públicos desde a madrugada.
Em declarações à agência Lusa, o presidente da junta de freguesia manifestou a sua “revolta” com uma situação que assegurou ser “inadmissível porque recorrente” na região, defendendo a introdução de “um sistema de alarme” que permita às autoridades actuar em tempo útil.
O comandante da GNR de Abrantes, João Santos, contactado pela Lusa, afirmou ser “muito difícil” detectar os autores deste tipo de furtos e deles ter conhecimento ‘a priori’.
 “Os assaltos a cabos de telecomunicações dão-se em locais ermos, pela calada da noite, e depois os materiais, como cobre e outros, são fundidos muito rapidamente e perdemos-lhe o rasto”, observou, relatando ocorrências “iguais ou similares” no concelho de Mação e nas freguesias de Mouriscas, Bemposta, São Miguel, São Facundo e Tramagal, em Abrantes.
-----------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Assaltos e tiroteios registados em Abrantes preocupam população
Assaltos e tiroteios na via pública registados esta semana em Abrantes estão a mobilizar a população a reclamar mais segurança através de uma petição pública, lançada na internet.
Denominada «Por uma Abrantes segura como dantes», a petição dirigida à Câmara de Abrantes e ao Governo Civil de Santarém reclama por mais segurança, tendo já recolhido cerca de 300 assinaturas.
Os cidadãos afirmam-se “cansados” de viver numa cidade “controlada por uma comunidade de marginais que semeia o terror a seu bel-prazer, sobretudo quem frequenta espaços comerciais e de lazer e as zonas próximas do pólo universitário e das escolas”.
O documento, iniciativa de um grupo de estudantes da Escola Superior de Tecnologia (ESTA), defende ainda que a área de intervenção no perímetro urbano da cidade de Abrantes seja retirada da PSP e entregue à GNR, tendo em conta a sua estrutura militarizada, devendo o posto de Abrantes ser reforçado com pessoal e equipamento.
O furto de fios de cobre em cabos de telecomunicações, que tem deixado as comunidades rurais do concelho sem telefone, internet e televisão, e os assaltos e agressões a habitantes associados a recorrentes actos de vandalismo tem revoltado a população, tendo o assunto dominado as conversas no dia a dia.
Contactada pela Lusa, a presidente da câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, afirmou estar a efectuar “todas as diligências” para a criação do “Conselho Municipal de Segurança (CMS), cujo diagnóstico “já foi aprovado” pela tutela, aguardando a sua concretização pelo Governo que resulte das eleições de 5 de Junho.
O documento elenca e avança com medidas concretas e é considerado um instrumento "fundamental" para combater os fenómenos da criminalidade e da delinquência no concelho.
Céu Albuquerque afirmou que um grupo de jovens, "alguns com menos de 16 anos", está identificado como sendo o "responsável pelo clima de medo e de insegurança" que se sente em "determinados pontos" da cidade.
Fontes policiais relataram à Lusa que esta semana registaram-se vários casos de assaltos entre os quais à residência da presidente da câmara.
Segundo as mesmas fontes, esta noite registaram-se desavenças com perseguições de automóveis que incluíram disparos com armas de fogo na via pública, alegadamente entre elementos de gangues rivais.
A presidente da câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque (PS), confirmou hoje à agência Lusa ter sido alvo de um assalto em sua casa, tendo-lhe sido furtado um automóvel, um computador, e vários outros objectos.
A autarca assegurou que, “enquanto cidadã”, formalizou a queixa junto das autoridades, tendo adiantado que o automóvel furtado “já foi recuperado” e os assaltantes identificados.
*Lusa
-------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Detidos em Almeirim três suspeitos de furto em estabelecimento comercial
A GNR deteve hoje de madrugada, em flagrante delito, três pessoas por furto num estabelecimento comercial de Almeirim, tendo recuperado os artigos furtados e outros provenientes de outros assaltos ocorridos no concelho e no município da Golegã.
Em comunicado, a GNR afirma que os detidos têm idades entre os 23 e os 35 anos, sendo um deles residente no concelho de Loulé e os dois outros no concelho de Almeirim.
Na operação, a GNR recuperou todos os artigos furtados (um LCD, 10 maços de tabaco e 396 euros em dinheiro), tendo ainda apreendido os utensílios usados para a concretização do furto, uma viatura e os telemóveis dos assaltantes.
Depois da detenção, a GNR realizou duas buscas domiciliárias às residências dos detidos, onde apreendeu vários artigos de vestuário e electrodomésticos relacionados com outros furtos ocorridos nos concelhos de Almeirim e Golegã, acrescenta a nota.
----------------------------------------------------------------------------

Eventos

Herman José e Ana Moura presentes este sábado na “Grande Festa do Bacalhau” em Santarém
O “padrinho” da “Grande Festa do Bacalhau”, o humorista Herman José, vai estar em Santarém no dia 28 de Maio para confeccionar às 18 horas, uma receita de “Almôndegas de Bacalhau com Spaghetti de Açafrão”.
A demonstração gastronómica vai ter lugar no átrio da Casa do Campino, onde decorre até ao dia 29 a I Grande Festa do Bacalhau, uma iniciativa da Cul.Tur e da Pascoal.
Neste dia destaque também para o concerto com a fadista Ana Moura, às 22 horas, no Palco Pascoal. "Leva-me aos Fados" é o título do último trabalho de Ana Moura. Entrada livre.
A cantora é um dos rostos mais mediáticos de toda uma geração de vozes femininas do fado. Tão depressa a vemos interpretar um fado tradicional, como a levar o género por caminhos menos ortodoxos.
Natural de Santarém, Ana Moura apareceu nos escaparates em 2003, com "Guarda-me a Vida na Mão". Seguiu-se "Aconteceu", no ano seguinte. "Para Além da Saudade", lançado em 2007, conseguiu juntar o sucesso de vendas à consagração nos palcos e ao reforço da sua reputação perante a crítica.
Até ao dia 29, vão decorrer na Casa do Campino, várias demonstrações gastronómicas no átrio da Casa do Campino. O visitante pode ainda conhecer um espaço totalmente dedicado à Pascoal, onde poder observar um bacalhau verdadeiro, a história da pesca do bacalhau, observar uma réplica do navio Santa Maria Manuela, recuperado pela Pascoal para levar os turistas aos locais da pesca do bacalhau, ou apenas comprar alguns produtos da marca. As ementas, assim como todo o programa da Grande Festa do Bacalhau, podem ser consultadas em www.grandefestadobacalhau.com.
---------------------------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 24 de maio de 2011

Prevenção e Segurança

Portal de Alcanede promove sessão sobre Segurança e Protecção Civil
Os responsáveis pelo “Portal de Alcanede” promovem, no próximo dia 30 ao fim da tarde, um colóquio sobre “Segurança e Protecção Civil”, que visa alertar para a falta de segurança e os riscos de incêndio naquela freguesia do concelho de Santarém.
Os organizadores do evento referem a ocorrência, nos últimos tempos, de assaltos e detenções na freguesia, o que originou “uma presença mais constante das forças policiais na freguesia”.
Por outro lado, querem saber, com o aproximar da época de incêndios, que dispositivos, meios e planos de acção estão previstos nesta área e também no que toca à eventualidade da ocorrência de fenómenos atmosféricos, como os tornados que têm atingido pontualmente o Norte do concelho de Santarém.
Outra preocupação dos habitantes da freguesia é o “perigo constante” que representa a estrada regional 361 entre Alcanede e Alcanena, sublinham os responsáveis do portal.
Trata-se do segundo colóquio promovido pelo Portal de Alcanede, tendo o primeiro, realizado em Março, abordado questões ligadas ao associativismo e voluntariado.
A sessão vai decorrer na sede da Associação Recreativa e Cultural de Alcanede e visa, além de informar a população da freguesia, alertar para o papel dos cidadãos em matéria de prevenção.
--------------------------------------------------------------------------------

Cultura

Cine Teatro S. Pedro em Alcanena recebe ante estreia de “Lost Ride”
O Cine Teatro S. Pedro, em Alcanena, vai ser palco, no próximo sábado à noite, da ante estreia do espectáculo “Lost Ride”, de Sílvia Real e Francisco Camacho, considerados, segundo o director artístico do teatro, “dois dos maiores coreógrafos do panorama artístico português”.
A estreia absoluta do espectáculo, dedicado a Mónica Lapa, está marcada para o grande auditório da Culturgest, em Lisboa.
A partir das figuras criadas por Sílvia Real, o espectáculo gira em torno das dicotomias e estruturas contraditórias do ser humano, numa confrontação entre o espaço físico e o psíquico.
“As sucessivas cenas revelam diferentes camadas, emocionais e físicas, que se ocultam e desocultam. As rupturas, a eclosão, o quebrar das superfícies acentuam a angústia do fim. Ou será que a angústia nos habita desde o princípio? Ou a angústia somos nós?”, refere a sinopse do espectáculo.
A concepção e direcção artística são de Francisco Camacho, a co criação e interpretação de Sílvia Real e a música original de Sérgio Pelágio, tendo o Cine Teatro S. Pedro apoiado a residência artística dos dois coreógrafos em Alcanena.
----------------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Município de Ourém aprova lançamento de concurso público para gestão de saneamento
O município de Ourém aprovou lançamento de concurso público para gestão do saneamento.
Na necessidade de resolver o problema da rede de saneamento no Município de Ourém, que apenas tem uma cobertura de 45%, foi aprovado, na última reunião de Câmara, o lançamento de concurso público para a concessão do saneamento. Segundo Paulo Fonseca, presidente da Câmara de Ourém, o objectivo é “encontrar-se um parceiro que possa fazer um investimento gradual, de modo a melhorar o índice de cobertura da rede de saneamento, que é um grave problema estrutural do município”. A proposta, apresentada pelo vereador com o pelouro do Ambiente, José Alho, justifica que “o modelo de concessão é mais favorável para o município de Ourém, uma vez que os vários estudos demonstram que é possível concessionar o serviço a uma empresa privada com sustentabilidade económico/financeira para os trabalhos usuais de manutenção, assim como os investimentos, não perdendo o município de Ourém poder de intervenção e escolhendo as povoações a dotar de redes, sendo melhor salvaguardado o interesse público da população do Município”.
---------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Fátima: Férias para mães de pessoas com deficiência
O Santuário de Fátima promove no próximo verão, mais uma vez, o programa “Férias para mães”, possibilitando às progenitoras que cuidam dos seus filhos portadores de deficiência que se dediquem a outras áreas da sua vida.
O programa prevê que, durante uma semana, o santuário assuma os cuidados das pessoas com deficiência, numa acção que conta com a colaboração de voluntários, coordenados pelo Movimento da Mensagem de Fátima, e decorre no Centro de Espiritualidade Francisco e Jacinta Marto, dos Silenciosos Operários da Cruz, na freguesia de Fátima.
As inscrições devem ser feitas até 30 de Junho, através do preenchimento de um questionário disponível no sítio da Internet do Santuário de Fátima.
Segundo a instituição, este ano são três os períodos de “Férias para Mães”: de 01 a 07 e de 24 a 30 de Agosto, para participação de pessoas com deficiência com idades entre os 7 e os 20 anos, e de 01 a 07 de Setembro, destinado a deficientes entre os 21 e os 40 anos.
O programa contempla momentos de celebração da fé e de formação sobre a Mensagem de Fátima e momentos lúdicos, de passeio e de confraternização.
-------------------------------------------------------------------------


Cultura

Praça da República em Tomar acolhe “Feira do Livro”
A Feira do Livro de Tomar vai decorrer nos próximos dias 1 a 5 de Junho, na Praça da República, numa organização da Câmara Municipal em parceria com as livrarias Ao Pé das Letras, Entre Livros e Nova.
Mário Zambujal e Helena Sacadura Cabral serão dois escritores em destaque, que se encontrarão com os seus leitores na tarde de sábado, dia 4, pelas 15.30. O autor da “Crónica dos Bons Malandros” e a mãe da mais conhecida dupla de irmãos da política portuguesa, Miguel e Paulo Portas, vão promover em Tomar os seus livros mais recentes, respectivamente “Dama de espadas – Crónica dos loucos amantes” e “Nós de amor”, ambos publicados pelo Clube do Autor, projecto editorial recente que veio provar que os livros têm vida para lá dos grandes grupos.
A feira, estará aberta todos os dias, numa tenda de grandes dimensões, a partir das 10 horas da manhã, encerra às 22 horas na quarta e quinta, às 23 na sexta e sábado e às 20 no domingo. Actividades para crianças e adultos, sessões de autógrafos e encontros com escritores completam a programação.
------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Economia

CLDS de Mação promove acções para agentes económicos
O projecto “AproxiMação, no âmbito do Contrato Local de Desenvolvimento Social, vai levar a cabo duas sessões destinadas a Agentes Económicos do Concelho. A primeira no dia 24 de Maio, às 19.30h, na sede da Junta de Freguesia de Cardigos; a segunda, no dia 31 de Maio, à mesma hora, na sala de reuniões do CLDS, nas instalações da antiga Escola Secundária de Mação.
Estas sessões têm como objectivo divulgar as potencialidades concelhias e os seus recursos endógenos, bem como sensibilizar para a modernização ou expansão das suas actividades e melhorar a imagem da empresa.
As sessões contarão com a presença de Fernando Monteiro, Coordenador do GEMA - Gabinete de Empreendedorismo de Mação, que irá dinamizar a primeira parte falando sobre as Potencialidades do Concelho, nomeadamente os seus recursos endógenos. A segunda parte terá a presença de Vera Rodrigues, licenciada em Marketing, que falará sobre a imagem da empresa.
O CLDS de Mação convida os Empresários do Concelho a participarem nesta acção, sendo que podem efectuar a confirmação da sua presença para o número 925412022, ou para o e-mail santacasa.cldsmacao@hotmail.com.
-------------------------------------------------------------------------------------- 

Sociedade

Autarquia de Torres Novas apresentou programa de voluntariado sénior para a cultura
Compromisso com o público, disponibilidade para aprender e executar, desempenho no cumprimento de tarefas e identificação com os desafios propostos são os “ingredientes” necessários para aderir ao programa de voluntariado sénior para a cultura, lançado na passada quinta-feira, pela Câmara Municipal de Torres Novas.
A vereadora da Cultura, Manuela Pinheiro, declarou, “esta iniciativa visa alargar o trabalho que já tem vindo a ser desenvolvido através do banco de voluntariado existente mas, neste caso, numa óptica de trabalho a desenvolver em torno dos equipamentos culturais do concelho”.
A apresentação do programa esteve a cargo de Jorge Salgado Simões, director do departamento de Educação e Cultura, que destacou a elevada percentagem de população com idade superior a 55 anos (cerca de 22% com tendência crescente) que poderia ser canalizada para estas actividades. «Em Torres Novas há cerca de 8000 residentes nestas condições, com muita experiência de vida e de trabalho, cujas capacidades podem ser aproveitadas», referiu.
Pode ser voluntário qualquer cidadão interessado, reformado ou desempregado de longa duração, com mais de 55 anos de idade. É considerado desempregado de longa duração todo o adulto à procura de emprego há mais de um ano, fazendo prova desta situação através do comprovativo de inscrição no centro de emprego. Para informações pode contactar a Divisão de Intervenção Social através do telefone: 249 810 790; e-mail: dis@cm-torresnovas.pt) ou a Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes.
A presidente do Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado, Elza Chambel, apadrinhou o lançamento da iniciativa do Município de Torres Novas, realçando que está também em linha com a celebração do Ano Europeu sobre Envelhecimento Activo e Solidariedade Intergeracional, que se assinala em 2012. O Conselho Nacional a que Elza Chambel preside tem a missão de promover, qualificar e coordenar o voluntariado. «O voluntariado é gratuito, muito gratificante e tem um valor económico muito importante», representando em Portugal cerca de 1% do PIB.
«O voluntariado não tira empregos, potencia-os. Serve para qualificar o emprego.» destacou Elza Chambel, passando à caracterização de um voluntário: «É alguém que, de forma desinteressada, se dispõe a ajudar o próximo», sublinhou.
----------------------------------------------------------------------------

Cultura

Teatro Meia Via apresenta “Felizmente há Luar” na vila de Sardoal
O Teatro Meia Via, da Associação Cultural de Torres Novas, sobe ao palco do Centro Cultural Gil Vicente, no próximo sábado, dia 28 de Maio, pelas 21h30m, para apresentar a peça “Felizmente há Luar”, da autoria de Luís de Sttau Monteiro.
A obra, publicada em 1961, levou o autor a consagrar-se como dramaturgo ao receber o Grande Prémio de Teatro da Associação Portuguesa de Escritores. Com encenação de Elsa Vieira, a peça junta em palco quase duas dezenas de actores.
Este espectáculo fecha com chave de ouro a II Mostra de Teatro de Sardoal, promovida pelos GETAS – Centro Cultural. Os bilhetes estão à venda no local de quinta-feira a sábado das 16 às 18 horas e 45 minutos antes do espectáculo.
Mais informações em www.getas.pt.
-----------------------------------------------------------------------------------------------

Cultura

Carlos Garrido vai lançar novo livro no Centro Cultural de Sardoal
O Professor e escritor Carlos Garrido vai apresentar a sua nova obra literária “Efeitos Cromáticos”, na sala multiusos do Centro Cultural Gil Vicente, no próximo sábado, 28 de Maio, às 17h30m. Aida Baptista, também escritora e autora do prefácio da obra, será a oradora convidada.
Carlos Garrido nasceu em Lisboa, em Maio de 1944, e está ligado ao Sardoal (Entrevinhas) pelos laços de casamento. É Doutorado em Economia e possui vasto currículo académico. Este é o seu quarto livro de originais. Em 2003, publicou “A Lua vem com a Gente?”, em 2005, “O Pintor de Palavras” e em 2008, “25 Olhares de Abril”. Quanto a “Efeitos Cromáticos”, representam viagens pelos sus mundos interiores.
-------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 22 de maio de 2011

Desporto - Óbito

Morreu antigo ciclista ribatejano Lima Fernandes

O antigo ciclista António Lima Fernandes, que venceu oito etapas na Volta a Portugal e foi duas vezes campeão português de velocidade, morreu este domingo, aos 76 anos, disse à agência Lusa um amigo do próprio.
Natural de Alpiarça, António Lima Fernandes alinhou pelo “Os Águias” de Alpiarça, entre 1958 e 1969, e participou em cinco Voltas a Portugal. Foi uma das revelações da corrida em 1961, conquistando cinco vitórias em etapas.
O funeral do antigo corredor realiza-se na segunda-feira, às 10h30, em Alpiarça.
----------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 21 de maio de 2011

Eventos

Secretário de Estado do Desporto lançou “primeira pedra” das obras do Centro de Alto Rendimento na Golegã
A primeira pedra do equipamento Centro de Alto Rendimento para Desportos Equestres, na Golegã foi lançada na manhã deste sábado pelo Secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias. No discurso da cerimónia, revelou-se muito satisfeito por acompanhar o primeiro passo de uma obra, “não apenas muito bonita, mas que será muito importante para a Golegã e para o desporto nacional”. Recordando ainda que a construção de centros de alto rendimento com condições de nível mundial se iniciou há quatro anos, englobando já 20 modalidades.
Sobre a importância do projecto na Capital do Cavalo, lembrou que foi no desporto equestre que Portugal conquistou a primeira medalha olímpica, salientando que se pretende dar melhores condições aos atletas e por outro lado, aproveitar o desporto como alavanca para o desenvolvimento do país. “Por isso escolhemos a Golegã, que é a capital do desporto equestre”, disse, para continuar: “Estou seguro que com este investimento, vamos ajudar o desporto nacional, como ajudamos a solidificar a sua marca como um município diferente em Portugal e que procura intervir de forma a modernizar-se para garantir o futuro sempre atido à sua história e à tradição do nosso país”, sublinhou.
Veiga Maltez, presidente da Câmara Municipal, afirmou, que o Centro de Alto Rendimento é “a cereja no topo do bolo porque a Golegã, a Capital do Cavalo a tempo inteiro, conseguiu as infra-estruturas e equipamentos que eram necessários para se afirmar na europa e no mundo”. Um dos objectivos do equipamento será precisamente captar equipas sul-americanas que vão competir na Europa, realizando os seus estágios na Golegã. “É mais uma etapa do burilar deste diamante que é a Golegã”, concluiu o autarca. 
O lançamento da primeira pedra do Centro de Alto Rendimento, integrou-se no terceiro dia da Expoégua, que está decorrer este fim-de-semana na vila ribatejana.
Fonte e Imagem: "Expoégua 2011"
---------------------------------------------------------------------------------- 

Autarquias

Presidente da autarquia de Torres Novas apresenta conjunto de investimentos de cerca de oito milhões de euros
O presidente da câmara municipal de Torres Novas apresenta hoje publicamente um conjunto de investimentos da ordem dos 8,1 milhões de euros “que se vão iniciar de imediato”.
Segundo disse António Rodrigues (PS) à Agência Lusa, “num tempo em que está tudo parado, é importante passar a mensagem de um pacote de obras desta dimensão”, que, ou já começaram, ou começam dentro de um mês.
Respondendo aos que o criticam por fazer este anúncio em período de campanha eleitoral, o autarca assegurou que se tratou de uma mera coincidência.
“É preciso passar a mensagem que, mesmo antes de a ‘troika’ (FMI/BCE/CE) o impor, a câmara municipal de Torres Novas já tinha o cuidado de apenas fazer obra com apoios comunitários”, afirmou.
Dos 8,1 milhões de investimentos que António Rodrigues anunciou hoje como prontos a arrancar, 7,7 milhões contam com financiamento comunitário (5,6 milhões de euros) e da administração central (928 mil euros).
Para as obras co-financiadas, a autarquia terá que disponibilizar 1,6 milhões de euros, contendo o pacote hoje anunciado mais 438,7 mil euros de investimento exclusivamente municipal.
A educação é o sector com maior volume de investimento previsto (4,7 milhões de euros), com a construção do centro escolar da Olaia (1,6 milhões) e a requalificação da escola básica Dr. António Chora Barroso (três milhões), que permitirá criar na freguesia de Riachos um “campus escolar como existem poucos no distrito”, concentrando na mesma área todos os graus de ensino até ao 12.º ano, disse.
Segue-se o investimento nas acessibilidades (1,7 milhões), com a requalificação de estradas e ruas e a criação de um “percurso acessível” (sem obstáculos) no centro da cidade, entre a biblioteca e o parque de estacionamento.
Na renovação urbana, serão feitos investimentos no valor de 1,68 milhões de euros, referindo António Rodrigues o projecto de recuperação da Casa das Lezírias, no Jardim das Rosas, que irá acolher a universidade da terceira idade, e a recuperação da antiga cerca da vila.
O autarca deu ainda conta do ponto de situação do programa estratégico TorresNovas.pt (ponte para todos), delineado pelo economista Augusto Mateus e que previa investimentos (público, privado e comunitário) da ordem dos 100 milhões de euros até 2015.
Segundo disse, a taxa de execução global, em termos de projectos, ronda os 78 por cento (dos 64 projectos elencados, 37 estão aprovados, sete em fase de aprovação, 14 em intenção, tendo seis deles sido anulados).
*Lusa
----------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Sociedade

Comandante da Esquadra da PSP do Cartaxo agredido durante operação de fiscalização
Um homem de 60 anos injuriou e empurrou os agentes da PSP que, na quinta-feira, inspeccionavam a sua viatura, tendo provocado ferimentos ao comandante da esquadra do Cartaxo, afirma a polícia em comunicado.
Segundo a PSP, o homem tornou-se agressivo durante uma acção de fiscalização em que foram detectadas várias infracções, nomeadamente a falta de inspecção periódica da viatura desde 2009.
O comandante da esquadra recebeu tratamento no centro de saúde local, sublinha o comunicado.
A nota refere ainda a detenção de quatro jovens em duas ocorrências de furto em estabelecimentos comerciais, em Santarém.
No primeiro caso, a PSP deteve, na madrugada de quinta-feira, dois jovens, de 16 e 17 anos, que tinham furtado um computador portátil do interior de um estabelecimento comercial, onde haviam entrado por escalamento.
Na outra situação, também ocorrida na madrugada de quinta-feira, foram detidos dois jovens, de 23 e 24 anos, que tinham retirado uma máquina de tabaco do interior de um estabelecimento comercial, que arrombaram usando um pé de cabra.
A PSP apreendeu ainda a viatura de matrícula espanhola usada pelos assaltantes para transportarem a máquina, adiantando que um terceiro elemento conseguiu pôr-se em fuga.
--------------------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Tomar: Indivíduos detidos em operação de buscas domiciliárias
A PSP deteve hoje, em Tomar, seis indivíduos, um deles menor, durante uma operação de buscas domiciliárias a sete residências, em cumprimento de mandados judiciais, no âmbito de um processo de furtos em estabelecimentos comerciais e habitações da cidade.
Em comunicado, a PSP afirma que um dos indivíduos, com 19 anos, foi detido por tráfico de estupefacientes.
Quatro dos detidos foram constituídos arguidos com termo de identidade e residência, acrescenta.
Nas buscas foram apreendidas 310 doses individuais de haxixe, 9.970 euros em dinheiro, tabaco em maços de diversas marcas e acessórios próprios para o seu consumo, um bastão extensível, uma soqueira, uma faca de mato, uma faca tipo borboleta, diversos cartuchos de caçadeira calibre 12.
Foram ainda apreendidos diversos telemóveis, alguns pertencentes aos arguidos e outros furtados, e ainda um computador portátil, acrescenta o comunicado.
-----------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Assaltada sede da Águas do Ribatejo em Salvaterra de Magos
A sede da Águas do Ribatejo, em Salvaterra de Magos, foi assaltada na madrugada de hoje, tendo sido levados todos os computadores, telefones, equipamentos informáticos e um projector, disse à agência Lusa fonte da empresa.
Segundo a mesma fonte, os equipamentos furtados continham informação relevante da empresa.
Os danos, “avaliados em dezenas de milhar de euros”, impediram o normal funcionamento da empresa durante a manhã de hoje, afirmou.
A fonte adiantou que o alarme instalado no edifício soou cerca das 06:00, tendo a GNR acorrido ao local, onde recolheu impressões digitais e amostras de sangue deixados pelos assaltantes, que entretanto já haviam escapado.
------------------------------------------------------------------------------------------

Cultura

Exposição "Vida e Obra de Maria Lucília Moita" vai estar patente na Biblioteca Municipal de Alcanena
Integrada nas comemorações do 97º Aniversário da Fundação do Concelho de Alcanena, terá lugar, este Domingo, dia 22, a partir das 16 Horas, na Biblioteca Municipal de Alcanena, a inauguração de uma exposição de Maria Lucília Moita intitulada “Vida e obra de Maria Lucília Moita”. O evento estará patente ao público até dia 22 de Junho de 2011.
Integrado na inauguração da exposição, será também apresentado o filme “Maria Lucília Moita: Imenso Mundo de Dentro”, um documentário sobre “a artista e a sua obra, o traço que desenha o tempo, o espaço pintado da memória”.
O filme é uma realização conjunta de Mariana Castro e Sílvio Santana, que, durante aproximadamente um ano, acompanharam a pintora e o seu trabalho, abordando as várias facetas de uma das pintoras naturalistas mais importantes do país: pintura, poesia, palavra e memória.
Maria Lucília Moita nasceu em Alcanena, em 1928, mas reside em Abrantes há 50 anos, cidade que considera sua terra de adopção. O pintor João Reis foi seu professor, de 1944 a 1946. Expôs pela primeira vez na Sociedade Nacional de Belas Artes, em 1958 - marcada pela pintura do seu mestre e por obras de pintores naturalistas (Silva Porto, Pousão...) da colecção do Dr. Anastácio Gonçalves que era da sua família. O carvão e o óleo foram sempre os seus processos usados. Tem apresentado várias exposições em museus importantes do país além de outros espaços de cultura, dos quais destacamos o Museu Machado de Castro, em Coimbra, Centro UNESCO, no Porto, Sociedade Nacional de Belas Artes, Centro Cultural de Belém, Galeria S. Francisco, Galeria S. Bento e noutros pontos do país. Participou em diversos concursos, nomeadamente, nos salões da Sociedade Nacional de Belas Artes. Está representada em colecções particulares nacionais e estrangeiras e em museus portugueses (Museu do Chiado, Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Museu José Malhoa, Museu de Setúbal e outros). Galardoada com menção honrosa no salão de Primavera em 1951, da SNBA e medalhas de prata e de bronze, no Casino do Estoril em 1971 e 1972. Em 1989 foi-lhe atribuída a medalha de ouro de mérito Municipal, pela Câmara Municipal de Alcanena, e em 1996 a medalha de mérito cultural pela Câmara Municipal de Abrantes. Dos livros publicados contam-se, “Tempo circulado” - 1967, “Apertado mundo de dentro” - 1971, “A segurar o tempo” - 1974 e “Aonde me leva a memória” - 1992.
A artista plástica e escritora, decidiu doar à cidade de Abrantes grande parte do seu espólio, que foi entregue à Câmara Municipal. Do espólio fazem parte 60 quadros a óleo, um vasto conjunto de desenhos e diversa documentação que enquadra a vida e a obra da autora.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Prevenção

Secretário de Estado da Protecção Civil assegura permanência de equipa da Força Especial de Bombeiros no Sardoal
O secretário de Estado da Protecção Civil assegurou hoje que uma equipa da Força Especial de Bombeiros (FEB) “canarinhos” vai ficar em permanência no Sardoal para reforçar a capacidade de resposta numa região muito exposta aos incêndios florestais.
Em declarações à agência Lusa, à margem da assinatura de um protocolo de formalização da entrega de um veículo de socorro aos bombeiros de Sardoal, Vasco Franco assegurou que uma equipa composta por 15 bombeiros “canarinhos” se vai “manter” ali para dar cobertura a uma zona “muito sensível” e que abarca a maior mancha florestal existente na região norte do distrito de Santarém.
O PS de Sardoal havia acusado esta semana a maioria social-democrata que gere o concelho de ser responsável pela saída dos bombeiros “canarinhos” para Almeirim, apontando o “incumprimento” de um protocolo estabelecido em 2008 com a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e que previa a requalificação de uma antiga escola em Sardoal, um investimento até hoje não efectuado.
O vice-presidente da Câmara do Sardoal, Miguel Borges, assegurou por sua vez à Lusa que o acordo com a ANPC se mantém “válido” e disse prever que um destacamento daquela força ficasse no concelho, nomeadamente ”na altura de maior risco de incêndios”.
O autarca defendeu, no entanto a necessidade de “reavaliação” do protocolo assinado em 2008, nomeadamente a “relação custo-benefício” do investimento a efectuar na requalificação da antiga escola de Andreus, avaliado em cerca de 500 mil euros, para ali instalar a FEB.
“A questão é pacífica”, vincou hoje o secretário de Estado, tendo afirmado que a ANPC chegou a um “consenso” com a autarquia para “redefinir um investimento que seja mais adequado” à actual conjuntura financeira e económica do país.
“O investimento inicialmente previsto era muito elevado mas vamos encontrar outra solução porque os bombeiros ‘canarinhos’ são para manter em Sardoal e dar cobertura a toda esta região”, sublinhou.
Vasco Franco anunciou que até ao início da Fase Charlie, no dia 01 de Julho, serão entregues 46 novas viaturas de combate de um total de 95 que estarão este ano a operar no território nacional, representando um investimento global de 12 milhões de euros, 30 por cento dos quais suportados pelos governos civis.
Segundo aquele responsável, as diminuições verificadas este ano ao nível do dispositivo aéreo e terrestre são “ligeiras” e o aumento da sua eficácia vai permitir a manutenção da operacionalidade.
*Lusa
------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Autarquias

Freguesia de Olival homenageia combatentes
O cemitério da freguesia do Olival, concelho de Ourém, acolheu, na passada terça-feira, uma homenagem aos antigos combatentes, que ali se encontram sepultados.
A cerimónia de bênção e apresentação do Talhão dos Combatentes, uma iniciativa da Junta de Freguesia do Olival e do Núcleo da Liga de Combatentes de Tomar, contou com a presença de várias entidades, entre as quais de D. Januário Torgal Ferreira.
Para o Bispo das Forças Armadas, a “capacidade de dar a vida pelos outros” que estes “bravos portugueses” levaram a cabo, é a base para “o sentido da existência humana”.
Fernando Oliveira Ferreira, presidente da Junta de Freguesia do Olival, congratulou-se com a realização desta obra no cemitério do Olival, “um espaço digno”, que representa “não só os combatentes sepultados naquele local, mas todos os combatentes da nossa freguesia”.
Paulo Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Ourém, afirmou sentir-se “honrado, por ter nos nossos antepassados pessoas que combateram por causas nobres e dignas”, acrescentando que “são momentos de grandeza como estes que nos motivam para construir o futuro”.
O General Joaquim Chito Rodrigues, presidente da Liga Nacional dos Combatentes, destacou a criação do 125º talhão a nível nacional, que vem permitir alargar o “espaço profundo que reúne os cidadãos fardados que juraram que morreriam em defesa da pátria”.
-----------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Vereadores do PSD da autarquia de Abrantes apelam à suspensão do concurso para a construção do “Museu Ibérico de Arqueologia e Arte”
A vereação social-democrata de Abrantes apelou hoje à “suspensão imediata” do concurso para a construção do Museu Ibérico de Arqueologia e Arte (MIAA), “atendendo à gravidade da situação financeira e económica” nacional, mas a câmara rejeita a ideia.
Com um investimento estimado de 13 milhões de euros, o MIAA vai acolher o espólio arqueológico da Fundação Ernesto Estrada, uma colecção de peças arqueológicas referentes ao período anterior à fundação da nacionalidade e relacionadas com a Lusitânia, tendo sido recolhidas pelo abrantino João Estrada (presidente da Fundação) ao longo de meio século.
O futuro museu, com projecto da autoria do arquitecto Carrilho da Graça, teve origem num protocolo estabelecido entre a Câmara de Abrantes e a Fundação e vai abarcar colecções de ourivesaria, numismática, arquitectura romana, medieval e moderna, arte sacra dos séculos XVI a XVIII, relógios de várias épocas e uma exposição de arqueologia e história local.
Santana Maia Leonardo, vereador do PSD na Câmara de Abrantes, afirmou à Lusa não ser “prudente” avançar para a construção do museu ibérico, “tendo em conta a gravidade da situação financeira nacional, sem antes se fazer um estudo sério e credível sobre a sua sustentabilidade económica”.
O autarca acrescentou que a construção do equipamento não levanta apenas questões ao nível do investimento, da localização ou da estética.
Defendendo que a câmara “não pode lançar o município e o país na aventura da construção de um museu com esta dimensão e estes custos” para o erário público, o responsável afirmou que a colecção “não está imune a uma polémica que se prende com a origem de algumas peças e com a autenticidade de outras e sobre as quais se levantam demasiadas suspeitas”.
Por sua vez, a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque (PS), afirmou à agência Lusa que a construção do MIAA é “irreversível”, considerando-o “determinante para a reanimação” do centro histórico da cidade enquanto “gerador de mais valias” ao nível dos fluxos turísticos, científicos e pedagógicos.
Relativamente à autenticidade das peças que integram as colecções, a autarca assegurou ter tem uma equipa “altamente conceituada” a trabalhar no projecto e disse que vários especialistas estudam o respectivo acervo, cujos primeiros resultados foram já apresentados publicamente.
 “Distinguir o trigo do joio é também o nosso objectivo e, por isso, além de reconhecer a excepcionalidade da colecção, admitimos que possam existir algumas peças falsas, há em todas as colecções, mesmo nos grandes museus do mundo”, vincou, tendo referido que “uma colecção com algumas peças falsas não é uma colecção de peças falsas”.
Maria do Céu Albuquerque disse ainda que o executivo que lidera “está a criar todas as condições para a sua execução [do museu]”, inicialmente através de candidatura a fundos comunitários no âmbito de programas de regeneração urbana, admitindo estar a “repensar” os prazos da construção do equipamento.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------------------

Cultura

Ourém: Estágio Internacional de Orquestra na Ourearte
A Ourearte - Escola de Música e Artes de Ourém recebe na sexta-feira, às 21:00, o Trio de Guitarras de Leiria, no âmbito do 8.º Estágio Internacional de Orquestra da Região de Leiria/Fátima.
O Trio de Guitarras integra os músicos Bruno Ferreira, João Lopes e João Resende, e o estágio é organizado pelo Orfeão de Leiria, contando com o patrocínio da Associação de Município da Região de Leiria e o apoio da Câmara Municipal de Ourém.
----------------------------------------------------------------------

Sociedade

Secretário de Estado da Protecção Civil vai ao Sardoal para presidir a assinatura de protocolo
O Secretário de Estado da Protecção Civil, Vasco Franco, desloca-se esta sexta-feira, 20 de Maio, ao Sardoal, para presidir à cerimónia de assinatura de um Protocolo entre a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e a Câmara Municipal de Sardoal. A cerimónia terá lugar no Quartel dos Bombeiros Municipais, pelas 11h30m.
Este protocolo visa formalizar a entrega de um veículo de socorro aos Bombeiros Sardoal, que decorre hoje, 19 de Maio, em Pombal.
---------------------------------------------------------------------------

Cultura

Abertas candidaturas para o “Prémio de Teatro Bernardo Santareno”
Está a decorrer, até dia 30 de Junho, o prazo de candidaturas à edição de 2011 do Prémio de Teatro Bernardo Santareno.
Este Prémio, que surgiu com o objectivo de divulgar e prestigiar Bernardo Santareno e a sua obra, pretende também contribuir para a renovação e aparecimento de novos criadores.
Para concorrer têm que ser apresentadas peças inéditas que permitam a montagem de um espectáculo.
O vencedor do Prémio recebe 15 mil euros e tem oportunidade de publicar a peça.
Para informações consultar o site do departamento de cultura da autarquia de Santarém.
-------------------------------------------------------------------------------------

Política

PS de Sardoal acusa responsáveis sociais-democratas da saída do corpo de bombeiros para Almeirim
O PS de Sardoal acusa a maioria social-democrata que gere o concelho de ser responsável pela saída dos bombeiros “canarinhos” para Almeirim, apontando o “incumprimento” de um protocolo estabelecido com a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC).
Os vereadores do PS, Fernando Vasco e Pedro Duque, lembraram à Lusa que a ANPC comprometeu-se a localizar a sede da Força Especial de Bombeiros (FEB) afecta ao distrito de Santarém no Sardoal, em protocolo assinado em 2008 e que previa a reabilitação da antiga escola primária de Andreus para a instalação dos 40 bombeiros, uma requalificação que, acusam, “nunca foi feita”.
Considerando a concretização daquele acordo “vital para a sobrevivência e desenvolvimento” do concelho, os vereadores do PS afirmam “exigir” o seu cumprimento integral.
Em declarações à agência Lusa, o vice-presidente da Câmara do Sardoal, Miguel Borges (PSD), acusou os vereadores do PS na autarquia de quererem “fazer assunto onde não há”, tendo assegurado que o acordo com a ANPC “mantém-se válido”, e prevê que um destacamento daquela força fique no concelho, nomeadamente ”na altura de maior risco de incêndios”.
Aquele responsável defendeu no entanto uma “reavaliação” do protocolo assinado em 2008, nomeadamente a “relação custo benefício” do investimento a efectuar na requalificação da antiga escola de Andreus.
 “O que estava previsto para fazer naquela escola apresenta custos na ordem dos 500 mil euros, muito dinheiro para uma autarquia desta dimensão”, afirmou Miguel Borges, tendo assegurado que a autarquia está a trabalhar “uma outra solução”, que já terá merecido a “aprovação” da ANPC.
 “A requalificação do antigo centro de saúde apresenta custos substancialmente mais reduzidos, entre 100 a 150 mil euros, e apresenta outras mais valias, quer técnicas quer em termos de acessibilidades”, referiu, acrescentando estarem “todos estão de acordo” com a alternativa “menos os vereadores do PS”.
Os vereadores socialistas reafirmam “não aceitar nem subscrever qualquer alteração ao protocolo que desvirtue o seu objectivo inicial” e que passaria por sediar em Sardoal a totalidade dos homens e mulheres da FEB de Santarém, acusando a autarquia de não ter feito o que se comprometeu.
 “Passados três anos da assinatura do protocolo ainda não se aprovou sequer o caderno de encargos para a transformação da escola de Andreus”, vincaram, apontando responsabilidades à Câmara do Sardoal pelo “não cumprimento” do protocolo assinado em 2008 e que, afirmam, “está na origem da deslocalização” da FEB para Almeirim.
A construção da base permanente para os “canarinhos”, provisoriamente instalados no Sardoal, foi alvo recentemente de um protocolo entre a ANPC e a Câmara Municipal de Almeirim, que ofereceu o terreno e assumiu os custos da construção, cedendo-a por 20 anos à ANPC.
*Lusa
--------------------------------------------------------------------------------

Cultura

Tomar: Café histórico comemora centésimo aniversário
O Café Paraíso, em Tomar, assinala esta sexta-feira o seu centésimo aniversário, prometendo uma tarde cheia de animação, que inclui pessoas vestidas com trajes como os usados na data da inauguração, em 20 de Maio de 1911.
Alexandra Grego, que representa a quarta geração da família que gere o histórico café, disse à agência Lusa que o aniversário se vai fazer com muita festa, sendo garantidas as presenças, durante a tarde de sexta-feira, da Tuna Templária, Coro da associação Canto Firme, declamação de poesia e violino.
Segundo disse Alexandra Grego, para a meia noite está reservada uma “surpresa” para todos os que quiserem partilhar a comemoração.
O Café Paraíso foi fundado pela “Empreza do Paraizo de Thomar”, na altura com cinco sócios, passando mais tarde a ser propriedade de apenas um deles, Manuel Cândido da Mota.
Considerado já um verdadeiro património arquitectónico e cultural da cidade, o café foi passando de geração em geração, tendo a actual proprietária deixado o curso superior que frequentava em Lisboa para vir tomar conta do que, confessou à Lusa, foi sempre “um dos grandes amores” da sua vida.
Mantendo a fachada e o interior resultantes da remodelação feita pelo seu avô, Manuel Mota Grego - que em 1946 quis transformar o café num local de “elite”, colocando dezenas de espelhos importados de Itália e as mesas com tampo de mármore que ainda hoje permanecem – Alexandra tem procurado manter este como “um lugar de culto”.
Em 2000 fez obras de restauro, recuperando peças originais que entretanto tinham sido substituídas, como os apliques e os globos do teto, e retomou uma prática interrompida quando o avô se sentiu cansado demais para ter o café aberto até às 02:00.
O café voltou a funcionar depois das 21:00, sendo actualmente lugar de encontro e de tertúlia, sobretudo às sextas-feiras à noite “quando os estudantes que estão fora vêm passar o fim-de-semana e se encontram no café”.
O Café Paraíso, situado na Rua da Corredoura, em pleno centro histórico de Tomar, é referido em roteiros de todo o mundo como um dos lugares carismáticos a visitar.
------------------------------------------------------------------------------------------- 

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Sociedade

Furto de Posto de Transformação provoca corte de água na freguesia da Carregueira no concelho da Chamusca
O furto de um posto de transformação que fornece energia ao sistema de captação de água da Carregueira (Chamusca) motivou o corte de água naquela freguesia, afetando o Eco Parque do Relvão, informou hoje a Águas do Ribatejo.
Em comunicado, a empresa intermunicipal afirma não ser possível, neste momento, prever quando será restabelecido o abastecimento.
Já em Março, pessoas ainda não identificadas furtaram o posto de transformação que abastece a estação de tratamento de águas residuais (ETAR) do Couço, concelho de Coruche, também propriedade da Águas do Ribatejo, num prejuízo da ordem dos 10.000 euros que impediu a entrada em funcionamento daquela ETAR.
Fonte da empresa disse à agência Lusa que a Águas do Ribatejo vai aderir ao sistema criado pelo Governo Civil de Santarém para detecção de furtos de cobre no campo.
Estes crimes têm provocado prejuízos enormes a agricultores na região e à própria EDP, afectando agora a empresa.
A Águas do Ribatejo pede a compreensão da população afectada, lamentando o incómodo causado por uma situação que “deriva de mais um crime contra o património da empresa”, afirma em comunicado.
Entretanto, aquela empresa conta restabelecer o abastecimento de água à freguesia na madrugada desta quinta-feira, anunciou a empresa em comunicado.
O comunicado sublinha ainda que a reparação dos danos obrigou à intervenção de outras entidades, nomeadamente da EDP.
---------------------------------------------------------------------