segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Cultura


Biblioteca Municipal de Abrantes acolhe exposição sobre a evolução da comunicação social portuguesa ao longo do século XX
A evolução da comunicação social portuguesa ao longo do século XX é o mote para a exposição “O ontem do Hoje”, patente ao público na Biblioteca Municipal António Botto, de 1 a 15 de Março.
A produção e organização estão a cargo do grupo “100 Nome” da turma do 12º ano de economia e ciências, da Escola Secundária Dr. Solano de Abreu, no âmbito da disciplina de área projecto.
A exposição pode ser vista de 2ª a 6ª feira, entre as 09 e as 19h30.
---------------------------------------------------------------------------

Economia


Salomé Rafael vai hoje ser eleita Presidente da Nersant
A presidência da Associação Empresarial da Região de Santarém (Nersant) muda hoje com a eleição da vice-presidente Salomé Rafael e a saída de José Eduardo Carvalho, único candidato à liderança da AIP que se disputa na quinta-feira.
Salomé Rafael disse à agência Lusa que a escolha do seu nome foi consensual, já que integrava, como vice-presidente, a equipa liderada por José Eduardo Carvalho, sendo esta uma candidatura de “continuidade”.
“Vou dar continuidade ao trabalho feito, com muito mérito, por José Eduardo Carvalho, que transformou a Nersant na terceira associação empresarial a nível nacional e a primeira a nível regional”, disse.
No seu entender, a previsível eleição de José Eduardo Carvalho para a presidência da Associação Industrial Portuguesa (AIP)/Confederação Empresarial é “merecida” e resulta do trabalho “fantástico” que desenvolveu nos últimos anos, tanto na Nersant como na vice-presidência da AIP, e da sua “enorme capacidade”.
Remetendo a divulgação dos projectos que pretende desenvolver para depois da sua tomada de posse, a 15 de Março, Salomé Rafael referiu que a situação económica do país, e sobretudo da região, vai continuar a dominar as preocupações da liderança da Nersant, que prosseguirá a aposta no envolvimento entre empresas, autarquias e agentes locais.
A Nersant conta actualmente com 1.400 associados, na sua maioria pequenas e médias empresas, mas também as grandes empresas instaladas no distrito, adiantou.
Salomé Rafael iniciou-se na vida associativa empresarial há duas décadas, tendo sido vice-presidente da Federação de Comércio e pertencido à direcção da Confederação do Comércio de Portugal.
Presidiu ainda ao Núcleo Empresarial do Sorraia, da Nersant (que engloba os concelhos de Coruche, Salvaterra de Magos e Benavente), tendo sido eleita vice-presidente da Associação Empresarial da Região de Santarém.
É sócia e lidera quatro escolas profissionais – de Hotelaria e Turismo de Lisboa, de Salvaterra de Magos, Santarém e de Coruche -, estando ainda envolvida em vários outros projetos empresariais.
Salomé Rafael será a primeira mulher a liderar a Nersant, que era presidida por José Eduardo Carvalho desde 1994.
Antes das eleições, marcadas para o final da tarde de hoje, a associação, fundada na década de 1980, primeiro como núcleo da AIP e depois como associação autónoma, promove uma homenagem aos anteriores presidentes.
À noite, durante um jantar, presta homenagem ao actual secretário geral do PSD, Miguel Relvas, entregando a medalha de ouro da associação que lhe havia sido atribuída em 2006, pelo trabalho que desenvolveu em prol do distrito e da Nersant enquanto secretário de Estado da Administração Local.
Relvas justificou a aceitação da medalha neste momento por se tratar de um dia “simbólico”, o da saída do seu amigo José Eduardo Carvalho da liderança da Nersant, e por não ocupar actualmente qualquer cargo público.
*Lusa
--------------------------------------------------------------------------------------

Saúde

Autarcas de Abrantes e Sardoal estão preocupados com falta de médicos
A falta de médicos de clínica geral está a preocupar os autarcas de Abrantes e de Sardoal, que consideram a situação “dramática” e afirmam que, em termos de acesso a cuidados médicos de saúde primários, “pior não é possível”.
No concelho de Abrantes, com 19 freguesias e perto de 42 mil habitantes, dos 30 médicos de família previstos apenas 11 estão ao serviço. No vizinho concelho de Sardoal, com quatro freguesias e onde habitam cerca de 4.000 pessoas, a população está sem um único dos três médicos de clínica geral que ali deveriam prestar cuidados de saúde.
Sem acesso directo a cuidados de saúde primários e com uma população envelhecida, à comunidade de Sardoal resta a alternativa de recorrer ao Centro de Saúde de Abrantes, a cerca de 20 quilómetros, e também ele com problemas na prestação de serviços médicos à sua população.
A utente Rosa Ramos, de 54 anos, disse à Lusa que o problema “é grave”, lembrado que no centro de saúde de Sardoal, desde o final de 2010, “presta-se apenas o serviço de receituário e de enfermagem”.
Segundo esta residente, a alternativa mais próxima é em Abrantes, alertando, no entanto, que, na falta de transportes públicos, uma deslocação implica ter viatura própria ou alugar um táxi, o que “não é fácil” para as pessoas mais idosas.
Já José Faria, de 63 anos, considera que as gentes de Sardoal estão a viver uma tragédia.
“As pessoas têm de ir para Abrantes, mas lá parece que também não há médicos. É uma tragédia, porque custa muito dinheiro, mas se eu tiver de recorrer a um médico se calhar terei de ir a Lisboa”, afirmou.
Miguel Borges, vice-presidente da Câmara Municipal de Sardoal, disse à Lusa que o concelho “bateu no fundo” em termos de prestação de cuidados médicos, acrescentando que “pior não é possível”.
De acordo com o autarca, “nem os três profissionais de saúde previstos para servir a população seriam suficientes”, tendo em conta o seu envelhecimento e a necessidade de outro tipo de cuidados, como os de saúde mental.
Para a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, a situação é “dramática”.
Esta autarca disse à agência Lusa estar na expetativa da chegada de médicos oriundos de países sul-americanos para minimizar as lacunas existentes.
Enquanto isso, a autarca disse que vai investir este ano na aquisição de duas unidades móveis de saúde para chegar às populações mais isoladas.
Por seu turno, Manuel Soares, porta-voz da Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT), que abarca uma sub-região com 15 municípios e 180 mil pessoas, defendeu a criação de “medidas de excepção”, nem que isso implique o recurso à contratação de médicos estrangeiros.
“Para situações extraordinárias, medidas extraordinárias”, vincou.
Fernando Siborro, diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Zêzere, disse à Lusa que é “impossível solucionar a questão”, porque “os [médicos] que deixaram de trabalhar por motivos de serviço, de aposentações e de saúde, não têm quem os substitua”.
Segundo este responsável, “anunciam-se dias mais difíceis, porque há muitos médicos que se vão reformar nos próximos tempos e não vai haver novos profissionais para os substituir a curto, ou mesmo médio prazo”.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------------

Eventos


Piscinas Municipais Fernando Cunha em Torres Novas recebem Workshop de fotografia subaquática
Estão abertas as inscrições para um workshop de fotografia subaquática, a realizar nas Piscinas Municipais Fernando Cunha no próximo dia 12 de Março.
Do programa do workshop fazem parte noções básicas de fotografia e dos tipos de equipamento, durante a manhã (das 9 às 12h30), com aplicação prática dos conhecimentos adquiridos, durante a tarde (das 14 às 17h30).
A inscrição tem o valor de 35 euros, sendo que os utentes das piscinas e dos campos de ténis municipais e os amigos do Teatro Virgínia pagam apenas 30 euros. As inscrições devem ser efectuadas presencialmente nas Piscinas Municipais Fernando Cunha ou através do e-mail piscinas.municipais@cm-torresnovas.pt, com envio do comprovativo do pagamento. A inscrição só é confirmada após o respectivo pagamento da taxa de inscrição.
Para a frequência deste workshop é necessário que os interessados disponham de máquina fotográfica que permita aplicação subaquática e vestuário para utilização de piscina. Para mais informações, contacte as Piscinas Municipais Fernando Cunha através do telefone 249839170 ou do e-mail piscinas.municipais@cm-torresnovas.pt
----------------------------------------------------------------------------------

Cultura

“Máquina do Tempo” relança guarda-roupa histórico em Tomar
Esta terça-feira, dia 1 de Março comemoram-se 851 anos da fundação do Castelo de Tomar. Integrado nas cerimónias do Dia da Cidade, a “Máquina do Tempo”, parceria entre o Agrupamento de Escolas D. Nuno Álvares Pereira, a Câmara Municipal de Tomar, o Convento de Cristo e o Instituto Politécnico de Tomar, apresenta no Convento de Cristo, às 16H00, um conjunto de novos projectos.
O guarda-roupa histórico que permite que alunos do 4.º ao 6.º ano conheçam de forma mais próxima o Convento de Cristo e História de Tomar será relançado com um desfile, no sentido de dar a conhecer essa possibilidade a todas as escolas e agrupamentos de escolas.
Por outro lado, apresenta-se o “Laboratorium”, um projecto que surge na Torre da Condessa do Castelo de Tomar e que pretende mostrar aos alunos as utilizações das plantas ao longo dos tempos, tendo no Jardim de Aromas o local de mostra dessas plantas. Ao longo do ano lectivo procedeu-se a todo o trabalho de preparação do terreno, instalação das espécies e produção de materiais para o Laboratorium.
A Máquina do Tempo dá ainda a conhecer o projecto Memória Digital de Tomar e vai levantar o véu ao próximo Festival de Estátuas Vivas de Tomar.
O Guarda-Roupa:
Em 1496 os judeus eram oficialmente expulsos de Portugal ou obrigados a converterem-se ao cristianismo. Cerca de 1936, Sam Levy, descendente desses judeus portugueses, cuja família se exilara desde então na Turquia, foi o primeiro a reintegrar-se, recuperando a nacionalidade.
Poucos anos depois, a propósito das comemorações dos Centenários, foi-lhe pedido que trouxesse de Itália vestuário e equipamentos para o cortejo histórico que englobou centenas de figurantes. Esse guarda-roupa nunca lhe foi pago e acabou por ser oferecido à Câmara de Tomar num acordo estabelecido em 1985 entre Sam Levy e o então presidente Amândio Murta.
Recentemente o guarda-roupa foi restaurado e integrado no projecto “Máquina do Tempo”. Com 35 fatos (e mais alguns em fase de restauro e execução), com uma abrangência cronológica dos séculos XII a XVI, os fatos destinam-se a alunos do 4.º ao 6.º ano e aos seus professores, permitindo que a visita seja muito mais realista, como se de facto entrassem numa máquina do tempo que os levasse ao passado, enquanto percorrem os locais com os quais já se familiarizaram virtualmente.
Isto porque o processo começa com outra situação muito atractiva para as crianças: algumas lições sobre o Convento de Cristo e a História de Tomar usando na sala de aula o site www.ttt.ipt.pt, extenso repertório de recursos da Máquina do Tempo e onde os interessados podem saber como fazer estas visitas.
---------------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Desporto - Futebol

Riachense derrotou Académico de Viseu e mantém a liderança
O Riachense venceu o Académico de Viseu no seu reduto por duas bolas a uma na 20ª jornada, da Série D, do Campeonato Nacional da III Divisão e mantém a liderança da tabela classificativa.
O Monsanto cedeu um empate com o segundo classificado, Nogueirense a zero bolas, em jogo realizado esta tarde em Alcanena, ocupando a terceira posição da tabela.
Resultados:
Sourense – Oliveira do Bairro, 1-1
Monsanto – Nogueirense, 0-0
Riachense – Académico Viseu, 2-1
Tocha – Gândara, 3-0
Marinhense – Águias Moradal, 1-0
Vigor Mocidade – Benfica Castelo Branco, 2-3
Classificação dos três primeiros:
1 Riachense – 43 Pontos
2 Nogueirense - 40
3 Monsanto - 37
Próxima Jornada, 06 Março:
Sourense – Benfica Castelo Branco
Oliveira do Bairro – Monsanto
Nogueirense – Riachense
Académico Viseu – Tocha
Gândara – Marinhense
Águias Moradal – Vigor Mocidade
---------------------------------------------------------------------------------

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Sociedade

Carvalho da Silva encontrou-se em Tomar com trabalhadores da IFM/Platex
O líder da CGTP disse hoje, perante trabalhadores da IFM/Platex, de Tomar, que “os povos vão ter que se voltar contra” o processo de “agiotagem” a que o país está submetido, considerando a luta dos povos árabes “um sinal”.
Carvalho da Silva falava num almoço para celebrar o sucesso da luta desencadeada pelos trabalhadores da IFM/Platex, que regressou à actividade no início deste mês depois de parar a laboração em Abril de 2009.
“Isto é um sinal e as coisas também têm de passar, em moldes certamente diferentes, para o lado de cá”, disse Carvalho da Silva, depois de referir o movimento de contestação em curso em vários países árabes, e sublinhando que o país não pode submeter-se ao “processo de agiotagem” que o leva a pagar juros superiores a 7 por cento.
Para o líder da central sindical, Portugal tem que ter Governos que “deixem de andar a fazer estes fretes ao capital e se voltem para as coisas concretas”, como a produção de bens e serviços “úteis”.
Como exemplo, apontou a luta desenvolvida pelos quase 200 trabalhadores da IFM/Platex, que, desde a paragem da laboração, se desdobraram em acções e contactos, num esforço para que a empresa - a única a produzir este tipo de platex no país e com 60 por cento de exportação da sua produção - não encerrasse definitivamente.
O plano de recuperação apresentado pelo Grupo Investwood durante o processo de insolvência permitiu o regresso à actividade, assegurando 100 postos de trabalho.
Alguns dos ex e actuais trabalhadores reuniram-se hoje num almoço de confraternização, que contou com a presença de sindicalistas e ainda do deputado do PCP eleito pelo distrito de Santarém, António Filipe, que saudou a sua “grande coragem e determinação”. “São um grande exemplo para todos os trabalhadores do país. A prova de que lutando é possível vencer”, disse.
Carvalho da Silva frisou que os trabalhadores devem levantar-se contra a retirada de direitos em nome da crise e afirmou que “o roubo está instituído”.
Por outro lado, considerou uma “vigarice” a nova organização económica da União Europeia, que, no seu entender, tem apenas por objectivos “mexer no mercado de trabalho, para liberalizar e desregulamentar, e estoirar com os sistemas de Segurança Social” construídos na Europa.
Para Carvalho da Silva, só a luta organizada, nomeadamente através dos sindicatos, pode travar o retrocesso que está em curso, pelo que deixou um apelo à participação na jornada de luta que a CGTP está a organizar para 19 de Março em Lisboa.
“Dia 19 é possível fazer uma grande manifestação, uma grande expressão de indignação e protesto”, disse, sublinhando que é preciso “mobilizar, criar esperança na sociedade”.
-----------------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Autarquia de Santarém e Ministério da Justiça vão assinar protocolo para a instalação de tribunais no espaço da antiga Escola Prática de Cavalaria
A câmara de Santarém e o Ministério da Justiça vão assinar, dia 18 de Março, o protocolo para instalação dos tribunais da Concorrência e Regulação e da Propriedade Industrial, no espaço da antiga Escola Prática de Cavalaria (EPC).
O anúncio foi feito na sexta-feira à noite pelo presidente da Câmara Municipal de Santarém, Francisco Moita Flores (independente eleito pelo PSD), durante a reunião da assembleia municipal em que foi aprovada, por unanimidade, a proposta do contrato promessa de compra e venda do quartel de São Francisco (antiga EPC) entre a Estamo e o município.
“A 18 de março, durante as festas da cidade, vamos assinar o protocolo para construção da cidade judiciária em Santarém”, documento que vai ser submetido a votação na reunião do executivo camarário de segunda-feira, afirmou.
Segundo o autarca, os tribunais da Propriedade Intelectual e Industrial e da Concorrência, Regulação e Supervisão, e ainda do tribunal do Comércio (inicialmente não previsto) e o do Trabalho vão fazer parte “do primeiro grupo de tribunais que se fazem no quadro da União Europeia”.
“Portugal não quer perder este comboio e não vai perder porque vão ficar em Santarém”, disse, justificando assim “a rapidez” na aprovação do contrato promessa de compra e venda do quartel de S. Francisco (onde esteve instalada a Escola Prática de Cavalaria, EPC).
Aprovada a proposta em assembleia municipal, o documento segue agora para o Tribunal de Contas, adiantou.
Sublinhando que este é o corolário de um percurso “que levou anos, com enganos e desenganos”, Moita Flores saudou a postura de todos os eleitos municipais num dia “que vai ficar na História” e que, assegurou, vai transformar Santarém.
A venda da antiga EPC à autarquia foi negociada no âmbito das contrapartidas pela não construção do novo aeroporto de Lisboa na Ota.
Além da EPC, que vai custar 16 milhões de euros à autarquia, o município de Santarém vai ainda ficar com duas outras antigas propriedades do Ministério da Defesa (o edifício onde está instalado o comando distrital da PSP e o antigo campo de tiro), o antigo Presídio (Ministério da Justiça) e o Instituto do Vinho e da Vinha (Ministério da Agricultura).
Moita Flores adiantou que os contratos foram todos individualizados e que os restantes irão brevemente a reunião de câmara.
Além da “cidade judiciária”, a antiga EPC vai acolher uma série de outros serviços, nomeadamente da autarquia, e a Fundação da Liberdade, cuja primeira fase, a Escola Prática do Conhecimento, Moita Flores quer concluir até final do ano.
A oposição saudou o facto do espaço que fica associado à instauração da Democracia em Portugal (foi da EPC que saiu a coluna comandada por Salgueiro Maia na madrugada de 25 de abril de 1974) ficar para usufruto público e poder contribuir para o desenvolvimento social e económico do concelho.
A instalação dos tribunais foi anunciada a 25 de abril de 2010 pelo primeiro-ministro, José Sócrates, numa cerimónia realizada na EPC e que formalizou a criação da Fundação da Liberdade.
*Lusa
----------------------------------------------------------------------------------

Política

PCP entregou no Parlamento projecto de resolução das Barreiras de Santarém
O deputado do PCP eleito pelo distrito de Santarém, António Filipe, entregou na Assembleia da República um projecto de resolução que recomenda ao Governo a execução do projecto global de consolidação das barreiras de Santarém.
António Filipe esteve hoje de manhã com moradores da Rua de Santa Margarida, onde várias casas tiveram de ser evacuadas há um ano devido ao risco de derrocada da barreira onde assentam, numa das encostas da cidade de Santarém, para dar conta das diversas iniciativas que tem tomado neste âmbito.
Segundo afirmou, o PCP entregou, sexta-feira, na Assembleia da República, um projecto de resolução que visa pressionar o Governo a avançar com a concretização do projecto global, que desenvolveu em parceria com a autarquia para a realização de um conjunto de intervenções que travem “o desgaste permanente” das barreiras.
António Filipe disse à agência Lusa que o projecto global, que envolve vários organismos do Estado, como o Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico (IGESPAR), Refer e Estradas de Portugal, e a autarquia, está concluído, sendo agora necessário que se “diligencie para a obtenção de fundos comunitários”.
O projecto de resolução, que será discutido em comissão antes de subir a debate em plenário, obrigará ainda o Governo, se for aprovado, a informar a Assembleia da República semestralmente sobre o andamento dos trabalhos, disse.
“Esta é uma situação muito preocupante, que exige urgentemente medidas de fundo para evitar novas derrocadas”, disse, lembrando que o PCP tem acompanhado de perto a situação.
Há cerca de um ano, ocorreram vários deslizamentos tanto na encosta de Santa Margarida como junto à estrada nacional 114, que esteve encerrada durante alguns meses.
O projecto de intervenção prevê custos da ordem dos 20 milhões de euros, tendo o Governo afirmado, há um ano, que iria procurar financiamento através de uma linha do Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN).
No inverno de 2001, as barreiras de Santarém registaram várias derrocadas de grande dimensão, como a que fez desabar 15 metros da muralha da cidade e a estrada que liga o planalto à zona ribeirinha de Alfange.
*Lusa
----------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Eventos

Festa de Carnaval em Santarém vai ajudar carenciados
A Escola Secundária Sá da Bandeira promove no próximo dia 04 de Março uma festa de Carnaval, denominada “Serpentinas Solidárias”, destinada a angariar fundos para aquisição de bens alimentares para os utentes da Casa Solidária das Artes e Ofícios da Câmara de Santarém.
Além do valor da entrada (dois euros), um pintor estará no bar onde se realiza a festa a desenhar caricaturas, “a um custo simbólico”.
--------------------------------------------------------------------------------

Cultura

Sociedade Filarmónica de Benavente quer criar coro infantil
A Sociedade Filarmónica Benaventense (SFB) assina no sábado um protocolo com a Junta de Freguesia de Benavente, no âmbito da iniciativa “Música para Todos”, que visa a criação de um coro infanto-juvenil.
O Coro Infanto-Juvenil dos Foros da Charneca, destinado a crianças e jovens dos 06 aos 16 anos, visa contribuir para o desenvolvimento musical e cultural na freguesia de Benavente, em particular no lugar de Foros da Charneca.
A primeira actuação do coro vai ocorrer após a assinatura do protocolo, numa audição que contará ainda com a participação da classe de flauta transversal, inserindo-se nas comemorações dos 140 anos da SFB.
----------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Detidos três jovens no Sardoal por assalto a estabelecimento
A GNR deteve na quinta-feira três indivíduos, com idades entre os 18 e os 24 anos, residentes em Abrantes, na sequência de um assalto a um estabelecimento comercial no Sardoal.
Os jovens foram interceptados quando já se encontravam em fuga, tendo sido recuperado o material furtado (tabaco e artigos de mercearia) e apreendida a viatura em que se deslocavam, informa um comunicado da GNR.
O assalto foi feito através de arrombamento da porta, tendo a GNR sido alertada por um popular.
----------------------------------------------------------------------------------

Cultura

Teatro Virgínia em Torres Novas apresenta documentário sobre a pintora Lucília Moita
“Maria Lucília Moita: Imenso Mundo de Dentro” é o nome do documentário de Mariana Castro e Sílvio Santana sobre a vida e obra da pintora que é exibido na quarta-feira, às 21:30, no Teatro Virgínia, em Torres Novas.
-----------------------------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Assembleia Municipal do Cartaxo aprovou medidas para impor à empresa que gere o sistema de água e saneamento no concelho
A Assembleia Municipal do Cartaxo aprovou, por unanimidade, um conjunto de medidas a impor à empresa que passou a gerir os sistemas de água e saneamento do concelho, “Cartágua”, incluindo tarifário reduzido para idosos e carenciados.
A proposta, apresentada esta semana pelos eleitos do PSD na reunião daquele órgão autárquico, exige “total transparência dos dados apresentados na factura/recibo emitida pela Cartágua”, que esta seja mais legível e não seja facturado serviço de saneamento nos locais onde não existem infra-estruturas para esse fim.
Por outro lado, pede ao executivo camarário que recolha informação sobre o cumprimento do Plano de Investimentos previsto no contrato de concessão, nomeadamente quanto à construção de estações de tratamento de águas residuais, para apresentação, semestral, à Assembleia Municipal.
A proposta aprovada determina ainda a adequação do regulamento municipal do serviço de abastecimento de água, datado de 2002, de forma a conter as novas regras e explicitando os direitos e deveres dos utilizadores.
A proposta acaba por contemplar uma medida que o Bloco de Esquerda viu ser chumbada pelo PS na mesma assembleia, a da existência de tarifário reduzido para os munícipes portadores do Cartão Sénior e para as famílias mais carenciadas.
Paulo Caldas, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo (PS), disse hoje à agência Lusa que as medidas de carácter mais administrativo já estão a ser negociadas com a concessionária, havendo outras, com as quais concorda, que exigem o parecer prévio da entidade reguladora.
A exigência deste parecer justifica, segundo disse, o chumbo da proposta do BE, já que este determinava a entrada imediata em vigor do tarifário reduzido.
“Creio que dentro de dois meses estarão reunidas as condições para estas e outras medidas entrarem em vigor”, afirmou.
O PSD viu ainda aprovado, por maioria, um voto de protesto ao presidente da Câmara Municipal e ao seu executivo “por não respeitar a lei e a assembleia”.
Em causa estão os “sucessivos pedidos de esclarecimentos, perguntas e documentos” apresentados na assembleia e que ficam sem resposta por parte do executivo, refere o protesto, aludindo às “dificuldades manifestadas” pela própria presidente da Mesa da Assembleia Municipal, a socialista Maria Manuel Simões.
A proposta, aprovada por 13 votos a favor e 12 contra, acabou por passar com o voto da própria presidente da assembleia e de uma outra eleita socialista.
Paulo Caldas disse à Lusa que tem procurado responder aos pedidos da oposição, afirmando que, apesar de “um ou outro atraso”, está “de consciência tranquila”.
Quanto ao pedido da presidente da assembleia, que queria o destacamento de um funcionário para apoio administrativo a este órgão a tempo inteiro, o autarca disse que ele próprio não dispõe desse meio e que tem procurado dar a esta assembleia as melhores condições de trabalho.
----------------------------------------------------------------------------------------

Justiça

Julgamento do acidente ferroviário ocorrido na Linha do Norte iniciou-se no tribunal de Torres Novas
Quatro responsáveis de obra e um operador de máquinas pesadas começaram hoje a ser julgados por um acidente ferroviário na Linha do Norte, que provocou um morto e vários feridos, na zona de Olaia, Torres Novas, em 2003.
Os cinco arguidos são acusados dos crimes de infracção de regras de construção, dano em instalações e perturbação de serviços, atentado à segurança de transporte e ofensa à integridade física simples por negligência.
Estes crimes são agravados pelo facto de terem conduzido à morte de um dos passageiros do comboio.
O acidente ocorreu a 15 de Setembro de 2003, cerca das 21:20, quando um comboio da CP, que circulava no sentido Lisboa-Tomar, embateu numa máquina escavadora que estava a ser utilizada nos trabalhos de modernização da via.
O embate entre a parte traseira da escavadora e o comboio destruiu os bancos do lado direito da carruagem onde viajava a vítima mortal, Augusto Trindade.
Do acidente resultaram também dois feridos graves, um deles o revisor do comboio, que esteve 378 dias de baixa médica e a quem foi diagnosticado síndrome depressivo pós-traumático, que o impediu de voltar a exercer a profissão. Vários outros passageiros foram projectados para o chão das carruagens e contra assentos e paredes.
No despacho que acusação, o Ministério Público (MP) concluiu que este acidente foi originado pela violação das regras de segurança na realização das obras e que “nunca teria ocorrido se os arguidos tivessem cumprido as suas funções”.
Segundo o despacho do MP, a escavadora encontrava-se a menos de dois metros da linha e ocupava a zona de segurança especial, invadindo o designado “gabarit” (espaço que o comboio ocupa para além do carril).
O MP refere ainda que existiram também falhas na delimitação da zona de obra e na comunicação que devia ter sido efectuada entre os sinaleiros (a quem competia alertar para a passagem de um comboio) e os técnicos que efectuavam os trabalhos.
O despacho de acusação refere também que o cumprimento das regras de segurança, estipuladas no documento elaborado pela REFER (dona da obra), era da responsabilidade da empresa a quem foram adjudicados os trabalhos de construção civil (um consórcio formado pelas empresas Bento Pedroso Construções e Somague, que constituíram, para esta obra em particular, um agrupamento de empresas em parceria com MSF, a que designaram de Obras Civis L.N. 2.1.).
Os arguidos deste caso são alguns funcionários do consórcio e de outras empresas subcontratadas - o director de obra, o gestor de segurança, o técnico de higiene e segurança no trabalho, o fiscal da empreitada (que pertence a um outro consórcio de empresas contratado para fiscalizar a obra em matéria de segurança) e ainda o operador da máquina que causou o acidente.
No despacho é ainda alegado que, apesar do condutor da máquina “manobrar de forma desatenta” e de os sinaleiros contratados poucos dias antes do acidente “não terem experiência nestas funções”, os restante quatro arguidos, que eram responsáveis de obra, “sabiam da violação e do atropelo às normas de segurança mas acreditaram que nenhuma colisão com comboio iria acontecer”.
Estes quatro arguidos são ainda acusados de não terem fornecido documentação de segurança completa e os respectivos materiais de segurança necessários para que esta situação não se viesse a verificar.
Na primeira sessão deste julgamento, compareceram três dos arguidos - o director de obra, o fiscal da empreitada e o operador da máquina –, que optaram por não fazer declarações. O técnico de higiene e segurança e o gestor de segurança não foram ao tribunal, justificando a ausência por se encontrarem em Angola a trabalhar.
O julgamento prossegue no próximo dia 01 de Março com audição de testemunhas.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------------------

Economia

I Congresso Ibérico do Azeite começa hoje em Abrantes
Mobilizar produtores e olivicultores e estabelecer parcerias que contribuam para a valorização do azeite no espaço luso-espanhol é o principal objectivo do I Congresso Ibérico do Azeite que hoje começa em Abrantes.
Organizado pela Câmara de Abrantes e diversas entidades ligadas à fileira do azeite em Portugal, o encontro inclui a realização de um Simpósio Técnico que contará com a participação de oradores portugueses e espanhóis, para além de espaços expositivos, gastronómicos e workshops que decorrerão no centro da cidade, terminando no domingo.
Ao longo do Congresso, que se prolonga até domingo, serão abordadas e debatidas questões como os últimos desenvolvimentos tecnológicos na cultura do olival, a diferenciação do azeite pelas variedades, novas tecnologias e sistemas de optimização dos processos de extracção do azeite, estudo da cadeia de valor e determinação dos preços do azeite, ou ainda como diferenciar e promover o azeite português nos mercados internacionais.
O certame inclui ainda o denominado Fórum do Azeite, dirigido à comunidade escolar e ao público em geral e centrado nas várias vertentes de utilização do azeite, desde a gastronomia, passando pela saúde, cosmética e turismo.
---------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Trânsito

Acidente de viação provoca um morto e um ferido em Benavente
Uma pessoa morreu hoje e outra sofreu ferimentos ligeiros devido ao despiste de uma viatura ligeira de mercadorias em Coutada Velha, Benavente, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.
Segundo a fonte, as vítimas tiveram de ser desencarceradas, tendo o óbito sido declarado no local pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação do Hospital de Vila Franca de Xira.
O acidente ocorreu cerca das 08:40, tendo estado no local 12 elementos e quatro viaturas dos bombeiros de Benavente, a VMER de Vila Franca de Xira, militares da GNR e ainda o núcleo de investigação de acidentes desta força.
--------------------------------------------------------------------------------

Eventos

Comunidade da Lezíria do Tejo promove projecto para hábitos saudáveis
A Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) está a promover o projecto MAIS Lezíria, que visa “unir as gentes da Lezíria do Tejo através do desporto e da prática de hábitos saudáveis”, bem como promover a integração social, formação para a cidadania e uma melhor qualidade de vida.
A primeira iniciativa reuniu na quarta-feira nas piscinas municipais de Coruche meia centena de atletas que participaram num Encontro de Natação Adaptada, destinado a pessoas com deficiência.
Ao longo do primeiro semestre de 2011, a CIMLT quer envolver cerca de 10.000 pessoas em iniciativas como caminhadas, BTT, cicloturismo, atletismo, natação, futebol, aeróbica, petanca, sueca.
A CIMLT integra os municípios de Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém.
----------------------------------------------------------------------------------

Autarquias


Ourém: Quatro Centros Escolares em fase de conclusão de obras
A autarquia de Ourém, diz em comunicado, que “o próximo ano lectivo está previsto arrancar já com os quatro novos centros escolares em funcionamento: os Centros Escolares do Beato Nuno e da Cova da Iria, em Fátima, o Centro Escolar da Caridade, em Ourém, e o Centro Escolar de Nª Sra. Das Misericórdias, no Vilar dos Prazeres”. No início desta semana foi realizada uma visita a estas novas escolas com o objectivo de fazer o ponto de situação e aferir o andamento das obras, já em fase de conclusão. Lê-se na nota, que o Presidente da câmara, Paulo Fonseca, começou por sublinhar a prioridade deste sector apresentando o investimento de cerca de 13 milhões de euros em equipamentos na educação, afecto ao orçamento municipal para 2011. Ao iniciar a visita o presidente da Câmara fez questão de “deixar uma palavra de serenidade para as famílias. Tudo está a ser tratado técnica e operacionalmente para que funcione bem. Estamos perante uma reconfiguração do espaço educativo, com a abertura dos novos centros escolares, já no próximo ano lectivo, através da modernização das instalações físicas e arranjos exteriores”. Relativamente ao Centro Escolar da Cova da Iria, com a particularidade de ter sido construído ao mesmo tempo em que decorriam aulas, Paulo Fonseca sublinhou o “esforço grande de toda a comunidade educativa, mas também da empresa a quem foi adjudicada a obra. Garantiu-se que todos os pormenores fossem tratados, encontrando as soluções mais adequadas”.
Foto: C.M.Ourém
-------------------------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Sessão de Assinatura do Contrato de Adjudicação da Remodelação da Rede de Colectores do Sistema de Saneamento de Alcanena foi adiada
Uma nota emitida pela Câmara Municipal de Alcanena, diz que foi adiada a Sessão de Assinatura do Contrato de Adjudicação da Remodelação da Rede de Colectores do Sistema de Saneamento de Alcanena.
Conforme noticiado anteriormente, a mesma, estava agendada para o próximo dia 2 de Março no Salão Nobre daquela autarquia.
Adianta ainda a mesma nota, que o adiamento deveu-se a motivos imprevistos.
----------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Associação do Entroncamento recruta voluntários
A Associação Voluntariado e Acção Social do Entroncamento (Avasocial) está a recrutar voluntários que se ofereçam para acompanhar pessoas idosas ou dependentes, que residem no Entroncamento e que vivem sós.
Em comunicado, a Avasocial afirma que o seu objectivo é “aumentar a capacidade de resposta da equipa que já existe e que realiza este tipo de voluntariado sério, organizado e comprometido”.
------------------------------------------------------------------------------

Saúde

Habitantes de Lamarosa no concelho de Coruche protestaram por falta de médico de família
Cerca de 300 habitantes da Lamarosa concentraram-se junto ao centro de saúde de Coruche, numa acção de protesto que contou com a solidariedade do presidente da câmara Dionísio Mendes (independente eleito pelo PS) e do presidente da junta de freguesia.
Em causa está o facto de a freguesia, com 1.800 utentes, estar sem médico de família, devido à aposentação de um clínico.
Dionísio Mendes, que disse aguardar desde Outubro a marcação de uma reunião com a ministra da Saúde, declarou que a situação da Lamarosa “é lamentável” e que “não se pode arrastar por muito mais tempo”, lembrando que muitos dos 1.800 utentes são “idosos, aposentados, com baixas reformas e a precisarem regularmente de cuidados clínicos”.
A autarquia lembra, em comunicado, que o director do centro de saúde de Coruche pediu a sua demissão em Novembro e que, solidário com os manifestantes, apenas declarou que “por estas e por outras” é que se demitiu.
-----------------------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Sociedade

Detidos indivíduos na região de Santarém por prática de furto
A PSP deteve quatro pessoas referenciadas por furtos em estabelecimentos comerciais e residências na região de Santarém, tendo recuperado bens furtados de uma loja em Pontével e uma viatura que havia sido furtada em Almeirim.
Em comunicado, a PSP afirma que deteve os indivíduos, três homens e uma mulher, durante uma operação de fiscalização realizada no domingo na estrada nacional 3, que liga Santarém ao Cartaxo.
Na viatura em que seguiam foram encontrados bens alimentares, tabaco e várias moedas que a PSP apurou serem provenientes de um estabelecimento assaltado em Pontével.
Os quatro, com idades entre os 17 e os 57 anos, estão referenciados pela PSP por crimes de furto em estabelecimentos e residências da zona de Santarém, afirma o comunicado.
Numa outra operação, realizada em Santarém, a PSP deteve um jovem de 24 anos que se preparava para furtar o interior de uma viatura, cuja porta lateral estava a dobrar quando foi visto por dois transeuntes que alertaram a polícia.
O detido já anteriormente cumpriu pena de prisão e é referenciado por este tipo de crimes na cidade de Santarém, acrescenta o comunicado.
Também esta semana, a GNR deteve dois homens, de 28 e 29 anos, residentes nas Caldas da Rainha, por furto no interior de uma residência, na Gançaria, concelho de Santarém, tendo ainda sido encontradas na sua posse 35 doses de haxixe.
Em Rio Maior, a GNR deteve um outro indivíduo, de 24 anos, na sequência de um processo-crime por tráfico de estupefacientes conduzido pelo Núcleo de Investigação Criminal do destacamento de Santarém.
Na busca domiciliária efectuada à residência do detido, foram apreendidas 184 doses de haxixe, 290 euros em dinheiro, uma pistola calibre 22 milímetros, uma munição calibre 6,35 e diversas armas brancas, de diferentes modelos e tamanhos, afirma a GNR em comunicado.
Na mesma acção foram identificados e inquiridos seis outros indivíduos por consumo de estupefacientes, acrescenta.
------------------------------------------------------------------------------

Saúde

Autarquia de Vila Nova da Barquinha exige reposição imediata de médico no concelho
A transferência de um médico levou hoje a Câmara de Vila Nova da Barquinha a exigir a reposição imediata de um profissional de saúde no concelho, considerando que a situação prejudica a qualidade da prestação dos serviços à população.
A vereadora Rosa Garrett disse à agência Lusa ser “inaceitável e incompreensível” que, perante um centro de saúde que “já tinha um número de médicos inferior ao que deveria ter”, a tutela, através da transferência de um dos médicos, transforme o centro de saúde em mais uma unidade com recursos reduzidos face às necessidades.
Rosa Garrett adiantou que o executivo camarário vai reunir ainda hoje para “exigir a quem de direito a explicação e a correcção de um erro ostensivo”.
A autarquia quer evitar esperas excessivamente prolongadas para se conseguir uma consulta médica, situação que, “até esta transferência, não sucedia”, vincou.
“A falta de médicos é uma realidade nacional e compreende-se a dificuldade que o Ministério [da Saúde] tem na substituição de médicos quando os mesmos se reformam, mas aqui não é esse o caso”, observou a autarca.
Neste caso, “deslocou-se um médico para a Golegã, a favor de uns, mas em prejuízo de cerca de 2.000 pessoas de Vila Nova da Barquinha”, afirmou.
Servindo uma população residente de cerca de 8.000 habitantes e estando integrado no agrupamento de centros de saúde do Médio Tejo II – Zêzere, Rosa Garrett disse que, até à semana passada, aquando da retirada de um dos quatro médicos, o Centro de Saúde de Vila Nova da Barquinha prestava um serviço de saúde “de excelência”, em estreita articulação com as extensões de saúde de Atalaia, Praia do Ribatejo e Limeiras, e que o mesmo [serviço] “passou a ser medíocre”.
Uma moção contra a diminuição do corpo médico do Centro de Saúde de Vila Nova da Barquinha já havia sido apresentada pela bancada do PS na sessão da Assembleia Municipal de 19 de Fevereiro, sendo aprovada por unanimidade.
Contactado pela Lusa, Fernando Siborro, director executivo do ACES do Zêzere, disse “solidarizar-se” com as preocupações dos autarcas de Vila Nova da Barquinha, acrescentando “estar a trabalhar” no sentido de providenciar um médico para aquele município, sem no entanto se comprometer com prazos de resposta.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------------------

Ambiente

Ministra do Ambiente esteve em Almeirim e anunciou que os municípios do interior que pagam água mais cara vão ter ajuda
A ministra do Ambiente disse hoje, em Almeirim, que está a ser estudada uma forma de ajudar os municípios do interior que pagam a água mais cara, garantindo que, “a curto prazo”, anunciará “algo mais concreto”.
Dulce Pássaro, que hoje assistiu à entrega de uma embarcação para combate à pesca ilegal no rio Tejo, afirmou que, com a Associação Nacional de Municípios Portugueses, está a ser procurada a criação de condições para que “haja um esforço de solidariedade” para com os municípios do interior do país.
Por outro lado, o próprio Governo está igualmente a “equacionar a possibilidade de contribuir para, conjuntamente com os municípios do Litoral, aliviar o esforço dos municípios do interior, num quadro de eficiência e de incentivo à melhoria da prestação destes serviços”, afirmou.
Sublinhando que o assunto “está a ser trabalhado”, a ministra não entrou em pormenores.
--------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Desacatos provocam quatro feridos em Santarém
Quatro pessoas ficaram feridas em dois desacatos provocados na terça-feira à noite por um grupo de 15 indivíduos em bairros periféricos da cidade de Santarém, disse à agência Lusa fonte da PSP.
Segundo a fonte, os 15 indivíduos, que se faziam deslocar em duas viaturas, agrediram primeiro três pessoas no bairro do Alto do Bexiga e depois uma outra junto a um café na Ribeira de Santarém.
Os quatro feridos, com idades entre os 22 e os 23 anos, foram internados no Hospital de Santarém, tendo um deles sido transferido para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, outro permanece em observação e os outros dois tiveram entretanto alta, disse a fonte.
As agressões foram aparentemente “direccionadas”, aguardando a PSP a apresentação de queixa por parte dos feridos.
Além da PSP, no local estiveram elementos dos bombeiros municipais e voluntários de Santarém e ainda de Almeirim, disse fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro de Santarém.
--------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Ambiente

Autoridade Florestal Nacional espera que os planos distritais para defesa da floresta contra incêndios possam ajudar a diminuir o número de ignições
O presidente da Autoridade Florestal Nacional (AFN) disse hoje, em Santarém, esperar que os planos distritais para defesa da floresta contra incêndios possam ajudar a diminuir o número de ignições, que atinge as 22.000 por ano.
Amândio Torres presidiu hoje à abertura do Fórum Planos Distritais Defesa da Floresta Contra Incêndios, organizado pelo Governo Civil de Santarém e que visa a confrontação de experiências e permitir o levantamento de questões que, segundo a governadora civil Sónia Sanfona, possam ajudar a responder “às vicissitudes” que se colocam à floresta portuguesa.
Para o presidente da AFN, o número de ignições (incêndios deflagrados), apesar dos esforços feitos nesta área, “é revelador de que algo está mal”.
Sónia Sanfona disse à agência Lusa acreditar que, concluída que está a aprovação dos planos distritais, cuja elaboração se iniciou em 2009, será possível conseguir diminuir quer o número de ignições quer a área ardida em Portugal.
Frisando que, neste momento, o país está coberto por planos municipais e por planos distritais, colocados sob o “chapéu” do plano nacional, a governadora civil de Santarém afirmou que fazia todo o sentido proporcionar uma reflexão que envolva as várias entidades.
Na sua intervenção, Amândio Torres apelou a que o dinheiro disponível para o sector florestal no Programa de Desenvolvimento Rural (Proder), 750 milhões de euros, seja investido na melhoria da gestão (com implicações na protecção) e na expansão da área produtiva.
Sublinhando que o sector florestal é exportador, sendo a importação residual, o presidente da AFN voltou a defender alterações às medidas florestais do Proder, de forma a que o país possa tirar proveito das verbas disponíveis para melhorar a gestão e expandir a área de produção.
Em particular, referiu o facto de o país dispor de 2 milhões de hectares abandonados “e que têm que ser aproveitados”.
O presidente da AFN disse à Lusa esperar que a avaliação intercalar do Proder possa “abrir uma janela de oportunidades”, nomeadamente criando um plano de gestão florestal mais simplificado para efeitos de investimento, diminuição da área mínima passível de investimento e simplificação dos procedimentos burocráticos.
Amândio Torres referiu que a portaria publicada depois do conjunto de propostas apresentado há um ano pela AFN trouxe já algumas melhorias, mas, disse, é possível ir mais longe.
No seu entender, é preciso não esquecer que a maioria da propriedade é privada e que é na estrutura minifundiária que se obtêm produtividades maiores.
No fórum que decorre em Santarém ao longo de todo o dia, estão a ser apresentados os planos distritais de defesa da floresta contra incêndios de Castelo Branco, Faro e Santarém.
Durante a tarde serão abordados temas como o papel dos governos civis, da GNR e da Autoridades Nacional de Protecção Civil, a proposta de Sistema de Informação Geográfica do Ministério da Administração Interna, estando ainda prevista a assinatura de protocolos entre o Instituto de Financiamento à Agricultura e Pescas (IFAP), AFN e governos civis.
*Lusa
-----------------------------------------------------------------------------

Autarquias

Autarquia de Benavente aprova contrato para construção de circular a Samora Correia
A Câmara Municipal de Benavente aprovou a minuta do contrato de financiamento que permitirá a construção da circular urbana a Samora Correia, via que retirará grande parte do trânsito que circula pela estrada nacional 118 do interior da cidade, minimizando “o ruído e os inconvenientes gerados na rede viária com efeitos sobre a qualidade de vida da população”.
A obra, orçada em 880.400 euros e com uma comparticipação comunitária de 80 por cento, permitirá ainda “solucionar congestionamentos de trânsito que se vêm avolumando” e “reduzir a sinistralidade rodoviária interurbana”.
-------------------------------------------------------------------------------

Ambiente

Aumentou recolha de resíduos para reciclagem no concelho de Santarém
A Câmara Municipal de Santarém congratulou-se com o aumento em 11 por cento da quantidade de resíduos separados e depositados para reciclagem nos ecopontos e no ecocentro do município ao longo do ano de 2010.
Em comunicado, a autarquia afirma que em 2010 foram depositadas no concelho 329,6 toneladas de embalagens plásticas e metálicas (mais 22,8 por cento que em 2009), 649,8 toneladas de papel e cartão (mais 12,3 por cento) e 649,8 toneladas de vidro (menos 1 por cento).
Os resíduos sólidos urbanos recicláveis depositados cresceram 81,2 por cento (590,5 toneladas), afirma o comunicado, sublinhando que o ecocentro recebe resíduos valorizáveis, como embalagens de vidro, papel/cartão, plástico/metal, pilhas e acumuladores portáteis, resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos, monos e óleos usados de veículos.
Por outro lado, diminuíram os resíduos sólidos indiferenciados enviados para aterro sanitário, afirma, sublinhando que está em curso o reforço da rede de recolha selectiva, com a implantação de 254 novos ecopontos para atingir o objectivo de um ecoponto por cada 150 habitantes ao longo de 2011.
--------------------------------------------------------------

Sociedade

População da Lamarosa no concelho de Torres Novas exige médico de família
A população da Lamarosa, Torres Novas, manifesta-se hoje frente à extensão de saúde local, exigindo a colocação de um médico de família, já que existe apenas um clínico para mais de três mil utentes.
Em comunicado, a Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT) afirma que mais de metade da população da freguesia tem de recorrer à sede do centro de saúde para consultas de recurso, “que nem sempre conseguem em tempo útil”, sublinhando as dificuldades que se colocam à prescrição para doentes crónicos e os custos de deslocação.
Além da manifestação de hoje, a população está a fazer uma recolha de assinaturas, que decorre até ao fim do mês.
------------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Contestado encerramento de extensão de saúde do Biscainho
A Câmara Municipal de Benavente está contra o encerramento da extensão de saúde do Biscainho (Coruche), que servia cerca de 500 utentes de Foros da Charneca (Benavente), por considerar que não foram “esgotados os mecanismos de contratação de médicos”.
“Embora compreendendo que possa haver a suspensão do serviço enquanto não se conseguir recrutar médico, [o executivo] não aceita que se possa aproveitar a situação para encerrar definitivamente uma unidade de saúde” que serve, além dos 500 utentes do município, os habitantes do Biscainho, que passam a ter que recorrer à Unidade de Saúde Familiar de Coruche, afirma a autarquia em comunicado.
O Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria comunicou à autarquia que tem tentado a celebração de um contrato para substituição do médico que saiu em Outubro, não tendo encontrado “outra empresa/profissional com as condições e interesse em estabelecer contrato” para aquela extensão.
--------------------------------------------------------------------------------

Cultura


TLVT estranha a não inclusão do Município de Tomar na “Rede de Judiarias de Portugal”
Diz a Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, que na próxima segunda-feira, dia 28, vai realizar-se na Covilhã uma última reunião dos potenciais membros fundadores da Rede de Judiarias de Portugal com vista à aprovação dos estatutos e à marcação da escritura pública de constituição.
“Ao que conseguimos apurar, entre os sócios fundadores não se encontra o Município de Tomar. É de estranhar porque a Sinagoga de Tomar é a mais antiga de Portugal e que mantém os traços originais que remontam ao séc. XV”, sublinha aquela entidade no documento.
Adiantando, “um dos fundadores da Associação será a Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo que está representada pelo seu vice-presidente executivo Manuel de Faria”.
--------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Município do Entroncamento colabora a “Associação Humana Portugal” para recolha de vestuário e calçado
Desde 2010, que a Câmara Municipal do Entroncamento tem vindo a colaborar com a “Associação Humana Portugal”.
Na acção, a autarquia disponibilizou no concelho, diversos locais para a colocação de dez contentores, para recolha de vestuário e calçado. O material recolhido é depois canalizado para a população mais carenciada e para os países africanos de expressão portuguesa. Desde a instalação dos contentores, que ocorreu a 21 de Outubro, já foram recolhidos mais de doze toneladas de roupa e calçado.
A “Associação Humana Portugal” iniciou a sua actividade em 1998. É uma associação de âmbito nacional sem fins lucrativos, que faz a gestão dos resíduos têxteis gerados pela roupa usada com o duplo objectivo de proteger o meio ambiente e obter recursos económicos para financiar projectos de cooperação em países em via de desenvolvimento.
------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Cultura


Maria do Céu Guerra apresentou a peça “O Pranto de Maria Parda” no Cineteatro de Rio Maior
O Cineteatro de Rio Maior recebeu no passado sábado, dia 19 de Fevereiro, a peça de teatro “O Pranto da Maria Parda” que conta com encenação e interpretação de Maria do Céu Guerra.
“O Pranto de Maria Parda” é um monólogo de Gil Vicente, datado do ano de 1522, que retrata o itinerário de uma privação dolorosa, insustentável e que impõe a figuração da morte. Maria Parda no barco de Dionísio, à volta do mundo, do vinho e do teatro. Este texto, escrito num ano de muita fome, é uma lamentação posta na boca de uma velha mulata bêbeda. Maria Parda exorciza o drama da fome através da comédia, do humor.
Imagem: C.M.Rio Maior
--------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Câmaras de videovigilância colocadas na Cova da Iria vão ordenar e disciplinar o trânsito
Quatro câmaras de vigilância colocadas no interior da Cova da Iria, em Fátima, concelho de Ourém, vão contribuir para ordenar e disciplinar o trânsito, disse o presidente da edilidade, Paulo Fonseca.
O Município de Ourém assinou esta manhã, um protocolo com a GNR para criar um sistema de videovigilância na zona do Santuário, para “promover a segurança rodoviária, através do ordenamento e da disciplina do trânsito”, refere o documento.
O controlo do sistema ficará a cargo da GNR, que já tem a responsabilidade de monitorizar a videovigilância do Santuário.
Paulo Fonseca, adiantou que “está previsto o alargamento deste protocolo” a outras áreas, quando estiverem concluídas as obras de requalificação da Av. D. José Alves Correia da Silva. Uma das câmaras será instalada dentro do túnel, que será construído junto à Igreja da Santíssima Trindade.
O presidente da autarquia acrescentou ainda, "a videovigilância tem sido um auxiliar da GNR no combate ao crime”.
Este é “um passo importante e relevante na garantia de um bom sistema de segurança”.
O comandante-geral da GNR, Luís Newton Parreira, considerou que "o tráfego é um dos problemas fundamentais em Fátima, nomeadamente, durante as peregrinações”.
"A videovigilância será, por isso, um complemento e uma ajuda na gestão da circulação automóvel, por parte da GNR, que, desta forma, poderá encaminhar o trânsito de forma a evitar congestionamentos" sublinhou.
---------------------------------------------------------------------------------

Certames


“TAGUS” promove iniciativa “Azeites da Nossa Terra” para promoção de azeites da região do Ribatejo Interior
Nos restaurantes de Abrantes, Constância e Sardoal a “TAGUS” organiza uma iniciativa para promover azeites da região. O evento, começou na passada sexta-feira, dia 18 de Fevereiro, e vai prolongar-se ao dia 24 de Abril.
É uma acção que tem o objectivo de promover e valorizar os azeites produzidos no Ribatejo Interior, da TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior em parceria com cinco produtores locais e 13 restaurantes aderentes. Designada por “Azeites da nossa Terra”, esta iniciativa pretende levar às mesas dos restaurantes de Abrantes, Constância e Sardoal cinco garrafas de 500 ml de azeite da variedade virgem extra. A ideia é que os clientes dos restaurantes aderentes possam escolher através da carta de azeites um ou dois azeites da acção e provar, gratuitamente, como entrada, esses azeites virgens extra acompanhados de pão, servidos à mesa em pequenas tigelas. E depois possam escolher um dos azeites para temperar a sua refeição.
O Técnico Coordenador da TAGUS, esclarece que, “os restaurantes são essenciais, são a melhor forma de chegar aos consumidores”, é através deles que “os clientes se apercebem da qualidade dos produtos”, adiantando, “estes 13 restaurantes são bons restaurantes da região, que procuram ter alguma preocupação na gastronomia que apresentam”, refere Pedro Saraiva. Os azeites que fazem parte desta acção são: o "Cabeço das Nogueiras", o "Casa Anadia Galega", o "Ourogal DOP", o "Val Escudeiro" e o "Zé Bairrão Azeite Virgem Extra". Os “Azeites da Nossa Terra”, no âmbito abordagem LEADER, do ProDeR, podem ser encontrados nos restaurantes: Aquapolis, Almourol, Beefeater’s, Cascata, Cristina, Herdade de Cadouços, Quatro Talhas, Remédio d’Alma, Sabores da Cascata, Santa Isabel, São Lourenço, Ti Artur e Três Naus até 24 de Abril.
-----------------------------------------------------------------------------------------

Educação

Alunos da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes participam em Exercício Militar no Campo de Santa Margarida
Alunos de Comunicação Social da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes vão participar no Exercício “Pristina Rosa Brava 111” – um exercício militar de tropas para o Kosovo – que irá decorrer durante a próxima semana no concelho de Abrantes.
Os estudantes de Jornalismo terão a oportunidade de passar vários dias “embebbed” e pernoitando junto das tropas em exercício, simulando a cobertura noticiosa dos acontecimentos. As notícias produzidas serão depois publicadas no “EstaJornal”, daquele Instituto.
Já os estudantes de Comunicação Empresarial terão um envolvimento mais profundo do que o habitual, participando na preparação dos exercícios militares no que toca à criação de incidentes sensíveis em termos de Opinião Pública e da Comunicação Social. Estes alunos ficarão alojados, durante vários dias, no Campo Militar de Santa Margarida.
Um outro grupo de alunos de Comunicação Empresarial irá ainda prestar apoio ao comando da força a projectar para o Kosovo em termos de Assessoria de Imprensa.
Jornalismo, Assessoria de Imprensa e Comunicação de Crise são algumas das competências que os alunos da "ESTA" poderão apreender de forma prática e num contexto excepcional no panorama do Ensino Superior em Portugal, graças à pareceria desenvolvida entre a Escola Superior de Tecnologia de Abrantes e a Brigada Mecanizada do Exército, sedeada no Campo Militar de Santa Margarida.
----------------------------------------------------------------------------------------

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Desporto - Futebol

Riachense vence o Gândara e continua líder da classificação
O Rianchense foi a Gândara vencer a equipa local por 1-2, continuando no topo da tabela classificativa da série D, do Campeonato Nacional da 3ª Divisão.
Entretanto, o Monsanto outra equipa ribatejana a disputar a prova, foi a terras de Viriato, golera o Académico de Viseu, por 2-5,mantém o terceiro posto na tabela.
Na Divisão Principal da Associação de Futebol de Santarém, o Torres Novas empatou a zero no Cartaxo, na derradeira jornada da primeira fase e em Ourém o Alcanenense perdeu claramente, por 3-0, enquanto o Mação empatou a uma bola com o Benavente e o Fazendense foi ao Pego vencer por 1-2. Mais a sul do distrito o Samora Correia e Amiense empataram a duas bolas e o U. Tomar bateu o Ouriquense por 2-1.
----------------------------------------------------------------------------------

Sociedade

Município de Ourém assina protocolo de sistema de vigilância em Fátima
Esta segunda – feira, dia 21, às 11h30, será assinado o protocolo relativo ao sistema de Vídeo-Vigilância instalado na cidade de Fátima.
O documento vai ser assinado pelo Presidente da Autarquia, Paulo Fonseca e pelo General Luis Newton Parreira, Comandante Geral da GNR.
O acto realizar-se-á no Salão Nobre do Edifício dos Paços do Concelho.
-------------------------------------------------------------------------------

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Meteorologia

Mau tempo originou arraste de duas viaturas em Foros de Salvaterra
Duas viaturas foram hoje arrastadas pela força das águas das chuvas em Foros de Salvaterra, Salvaterra de Magos, sem haver danos pessoais, revelou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.
Segundo a fonte do CDOS, a chuva intensa submergiu a estrada e arrastou as duas viaturas, que não tinham ocupantes. O acidente ocorreu ao princípio da tarde.
A pluviosidade registada hoje, entre as 12:00 e as 14:00, provocou cerca de uma dezena de inundações, sobretudo na via pública, no concelho de Salvaterra de Magos e pelo menos cinco em Almeirim, referiu o CDOS de Santarém.
--------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Empresas

ÁGUAS DO RIBATEJO esclarece “uso abusivo” de água na Zona Industrial de Almeirim
Foi-nos emanado pela Empresa “Águas do Ribatejo”, com solicitação de publicação, um comunicado sobre uma situação ocorrida com “uso abusivo” de água na Zona Industrial de Almeirim, o qual transcrevemos na íntegra.
---------------------------------------------------------------------------
"ÁGUAS DO RIBATEJO esclarece “uso abusivo” de água na Zona Industrial de Almeirim
A situação de uso abusivo de marcos de água, destinados a serem utilizados pelos bombeiros e protecção civil, na Zona Industrial de Almeirim, já se verifica desde momento anterior à entrada em funcionamento da empresa ÁGUAS DO RIBATEJO.
Logo que tomámos conhecimento da mesma, iniciámos diligências junto das autoridades denunciando o uso abusivo de um equipamento público e furto de água. Uma denúncia que já tinha sido feita antes pela Câmara Municipal de Almeirim na qualidade de gestora da infraestrutura danificada.
Foi pedida a colaboração da GNR para acabar com este desrespeito pelo património público. Foram inclusive identificados alegados suspeitos. Os processos seguiram os trâmites normais.
Os nossos colaboradores têm feito tudo o que é possível para evitar a situação. Os equipamentos já foram reparados várias vezes, mas a situação tende a repetir-se.
Neste momento estamos a promover diligências para pôr cobro a esta situação e outras semelhantes que temos na nossa área de acção.
Cumpre-nos ainda informar que apesar das situações de uso abusivo do bem água, que condenamos e tudo faremos para as eliminar, não deixaremos de continuar o trabalho de sensibilização para o uso racional da água junto dos alunos, professores e comunidades locais.
A água é um bem finito e precioso que todos teremos de preservar.
Agradecemos a atenção dos utentes que têm denunciado publicamente as várias situações, manifestando um elevado sentido de participação cívica. A ÁGUAS DO RIBATEJO apela a todos os munícipes para que nos ajudem a combater todos os usos abusivos da água, denunciando outras situações que conheçam, no sentido de combatermos a injustiça social e o desrespeito ambiental".
Salvaterra de Magos, 16 de Fevereiro de 2011
Gabinete de Comunicação da Águas do Ribatejo
---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Autarquias


Câmara de Constância adjudica construção de novos equipamentos
A Câmara Municipal de Constância vai hoje adjudicar a construção de novos equipamentos ligados aos sectores da educação, turismo e ciência, como o Centro Escolar e um borboletário tropical, num investimento superior a 2 milhões de euros (ME).
Com um projecto de investimento de 1,5 ME, o Centro Escolar de Constância vai ser construído junto à escola básica Luís de Camões, tendo um prazo de execução de um ano e o apoio financeiro do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) de cerca de 80 por cento.
Um vulcão e um borboletário tropical são, por sua vez, os próximos projectos de investimento no Parque Ambiental de Santa Margarida (PASM), infra-estrutura inaugurada em 2002 e que conta com uma média de 50.000 visitantes por ano.
Com um investimento previsto de 550 mil euros e inauguração anunciada para a primavera de 2012, este espaço de seis hectares disponibiliza espaços de contemplação, informação e formação ambiental, auditórios, centros de documentação e laboratórios, apresentando uma componente didáctica e pedagógica considerada “estratégica”.
Jardins de plantas aromáticas e medicinais, torres de observação, lagos e riachos, viveiros e circuitos ambientais, oficinas ambientais e aulas de natureza marcam aquele espaço.
Máximo Ferreira, presidente da Câmara de Constância, disse à agência Lusa que o futuro borboletário visa “aumentar” as valências existentes e o número de visitantes, recriando um ambiente tropical numa estufa de 120 metros quadrados, com plantas e borboletas de grandes dimensões”, em regime de semi-liberdade.
“O borboletário”, acrescentou, apresentará uma “função turística e outra pedagógica”, com cerca de 20 espécies diferentes de borboletas provenientes da América Central, e “vai privilegiar a vertente física e biológica, recriando um ambiente tropical com o ciclo completo”, desde o casulo às lagartas.
Os novos projectos do PASM incluem também investimentos na vertente da geologia, com a recriação de modelos e ambientes onde se formam as rochas, quer ao nível sedimentar, metamórfico e vulcânico.
“São projectos estruturantes que perseguem lógicas de desenvolvimento numa dinâmica turística que se quer de âmbito histórico, patrimonial, ambiental e científica, com a construção de novos equipamentos no PASM mas também nos que perspectivamos fazer no Centro de Ciência Viva, na Casa Memória de Camões e jardim horto camoniano”, disse o autarca.
Segundo Máximo Ferreira, os investimentos nestes equipamentos “interligam-se com a formação escolar e cultural da população” residente, apontando para a construção dos centros escolares de Santa Margarida, Montalvo e Constância que, no seu conjunto, implicam um investimento global de 5 ME.

--------------------------------------------------------------------------------

Cultura


Moita Flores apresenta em Abrantes o livro “Mataram o Sidónio!”
Francisco Moita Flores, apresenta na Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, no próximo dia 24 de Fevereiro, às 21h30, o livro “Mataram o Sidónio!”, da Editora Casa das Letras.
A obra retrata o assassinato do antigo Presidente da República, Sidónio Pais, ocorrido em 1918, na estação de comboios do Rossio, em Lisboa e que até hoje se mantém um mistério. A morte ocorreu numa época em que Lisboa se via a braços com a mais mortífera epidemia do século XX e pouco depois do final da Primeira Guerra Mundial.
O autor escreveu um romance fundamentado em documentos da época e onde o amor e a morte são uma constante, mas também com momentos de algum humor e sofrimento.
É um livro onde a história e o romance se entrelaçam de uma forma quase imperceptível.
--------------------------------------------------------------------------

Ambiente

Contrato de Adjudicação do Projecto de Remodelação da Rede de Colectores do Sistema de Saneamento vai ser assinado em Alcanena
No próximo dia 2 de Março, pelas 10h00, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Alcanena, será assinado o Contrato de Adjudicação do Projecto de Execução para a Remodelação da Rede de Colectores do Sistema de Saneamento de Alcanena.
Estarão presentes no acto, representantes da Câmara Municipal, da ARH do Tejo, I.P. e da AUSTRA.
Após a assinatura do contrato, o Director do Departamento de Recursos Hídricos da ARH do Tejo, I.P., Carlos Cupeto, fará o ponto da situação do Protocolo para a Requalificação e Valorização da Bacia do Alviela, assinado a 5 de Junho de 2009.
------------------------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Cultura



Imagem:A.Anacleto
Cine Teatro S. Pedro de Alcanena tem nova Direcção Artística

A autarquia de Alcanena, apresentou esta quinta-feira, em conferência de imprensa, a nova direcção artística e a programação para os próximos meses do Cine Teatro S. Pedro.
Falando aos jornalistas, Fernanda Asseiceira, Presidente da edilidade de Alcanena, disse, “esperamos que o Cine Teatro S. Pedro, venha agora ganhar uma nova dinâmica e recuperar as pessoas que nos últimos anos perderam o hábito de ir ao teatro”, sublinhou.
O pianista Pedro Burmester com um concerto a realizar no próximo dia 05 de Março, faz a reabertura daquela sala de espectáculos que tem, desde o início do mês, uma nova Direcção Artística liderada pelo coreógrafo Tiago Guedes.
O novo director artístico, afirmou no encontro com a comunicação social, “o Cine teatro retoma, a partir de Março, uma actividade regular, com a garantia de que todos os sábados há um espectáculo - para que se crie uma habituação nos espectadores a vir aos espectáculos”, realçando o empenho no desenvolvimento de um projecto que envolva activamente a população, a exemplo do Festival Materiais Diversos, que realiza desde há dois anos naquele concelho.
O coreógrafo realçou ainda, “a minha relação com o município de Alcanena começou há dois anos com o Festival Materiais Diversos, que continuará a ser, além de outros, a base da programação desta casa".
Tiago Guedes, que tem ligações a Minde, disse ainda, que vai aproveitar o conjunto de espectáculos que estavam já negociados com as redes em que o teatro se insere – a ArtemRede e a CultRede.
A Presidente da autarquia, questionada sobre os encargos financeiros que o projecto vai ter para a câmara, respondeu, “o orçamento destinado pela autarquia vai-se manter”.
O novo Director Artístico, disse acreditar, que este será um dos quinze cine teatros “âncora” do projecto de financiamento anunciado esta semana pela ministra da Cultura, sublinhando que está a trabalhar na candidatura a entregar até ao próximo mês de Maio, adiantando, “o Cine Teatro S. Pedro vai procurar trabalhar em rede com os teatros municipais de Torres Novas, Ourém e Porto de Mós, de forma a ser criada uma oferta diversificada na região, sem sobreposição de espectáculos, que favoreça a circulação de públicos, estando já agendada para a próxima semana uma reunião entre os programadores dos espaços.
Tiago Guedes, referiu ainda, que quer introduzir o projecto “S. Pedro Fora de Portas”, que levará, uma vez por mês, um espectáculo a uma freguesia, sendo “A Dança”, de Aldara Bizarro, agendado para 02 de abril em Vila Moreira, o “primeiro teste”.
Está também planeado, criar o cartão “Amigo do S. Pedro”, com uma série de descontos e vantagens, e um “autocarro cultural” que irá às aldeias para transportar espectadores para os espectáculos.
Outra vertente apresentada pelo novo responsável artístico, é um serviço educativo que será dinamizado no último piso do edifício, que tem estado desaproveitado, onde se realizarão sessões de cinema de autor.
Está também previsto realizar-se no bar, cafés concerto, tertúlias e debates, com o objectivo do espaço ser “um ponto de referência no centro da vila”.
Fernanda Asseiceira, adiantou aos jornalistas, “a entrada de Tiago Guedes para a direcção artística do cine teatro S. Pedro deveu-se à saída do anterior director Vítor Costa para a Direcção Geral das Artes” sublinhando, a sua inteira identificação com o projecto do coreógrafo.
----------------------------------------------------------------------------

Cultura

Núcleo de Arte de Riachos promove actividade “Oficina de «Fabrico e Pintura de Gessos» para Crianças”
O grupo do NAR - Oficinas para Crianças, da vila de Riachos, convida as crianças dos 7 aos 11 anos a participarem gratuitamente num mini curso “Oficina de «Fabrico e Pintura de Gessos» para Crianças” a realizar no dia 26 de Fevereiro, entre as 15:00 e as 18:00 horas.
A iniciativa tem coordenação de Ana Paula Jorge e pretende estimular a percepção espacial, desenvolver a criatividade e imaginação das crianças, assim como, facilitar a expressão dos sentimentos.
As crianças vão fabricar as peças em gesso, as quais, irão pintar posteriormente a pincel com tinta de guache.
Pintando no gesso as crianças podem trabalhar a percepção espacial, através da visualização do objecto em três dimensões. O uso do pincel requer maior habilidade para pintar as laterais e isso faz com que estimule a destreza manual mais fina. A escolha das cores desenvolve a criatividade e imaginação, sendo um meio de expressão das suas emoções.
A inscrição deverá ser feita através do telm: 919729045 ou pelo Email: nar.ofcriancas@gmail.com
-----------------------------------------------------------------------

Gastronomia


Sardoal promove “V Feira do Fumeiro”
Alheiras de Mirandela, queijo da Serra da Estrela, enchidos de porco preto de Évora, queijo picante de Vila Velha de Rodão, maranhos de Vila Rei, morcela de Rio de Moinhos, compotas de Andreus e tigeladas de Alcaravela, são as delícias gastronómicas que vão estar presentes na “V Feira do Fumeiro” na vila do Sardoal.
O certame vai decorrer, junto aos Bombeiros, entre os próximos dias 4 e 6 de Março.
A iniciativa é organizada pelo Município, em parceria com a Associação TAGUS e a Associação Comercial e Serviços, no âmbito de programas comunitários de desenvolvimento rural e comercial.
O espaço da Feira possui duas tasquinhas que irão servir almoços e jantares, instaladas pelo Centro Social dos Bombeiros e pela Associação Recreativa da Presa. As Escolas concelhias associam-se ao evento, através de uma Exposição sobre a figura de “Mestre Gil”, cujo álbum em banda desenhada será lançado na manhã do dia 4, na Praça da República.
Um Desfile de Carnaval, concurso de máscaras e muitas músicas irão preencher tardes e noites. Os comerciantes da vila foram convidados a enfeitar as montras dos seus estabelecimentos com motivos alusivos ao acontecimento. As entradas na feira são gratuitas.
--------------------------------------------------------------

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Meteorologia

Mau tempo na região do Ribatejo
As rajadas de vento que hoje se fizeram sentir provocaram a queda de algumas árvores e de cabos eléctricos e de telefone em alguns pontos do distrito de Santarém, sem que se tenham registado vítimas, disse fonte da Protecção Civil.
Segundo o Centro Distrital de Operações de Socorro de Santarém, foram registadas quedas de árvores nos concelhos de Benavente (Samora Correia), Salvaterra de Magos (Foros de Salvaterra) e Coruche.
A fonte adiantou à agência Lusa que houve a queda de alguns cabos eléctricos, situações que os piquetes da EDP resolveram rapidamente.
Em Ferreira do Zêzere, além da queda de árvores, houve uma chaminé afectada, adiantou.
------------------------------------------------------------------------------

Cidadania

Centro Novas Oportunidades do ISLA de Santarém lança projecto “Desafiar a Cidadania”
O Centro Novas Oportunidades do ISLA de Santarém aliou-se ao Centro Cultural Regional de Santarém e à Rede Europeia Anti Pobreza para promover, ao longo do ano, um conjunto de iniciativas inseridas no Ano Europeu do Voluntariado.
O projecto “Desafiar a Cidadania 2011” inclui a realização de workshops que visam a promoção da cidadania, colóquios, recolha e entrega de donativos a diversas instituições e exposições.
------------------------------------------------------------------------------

Certames

Sabores do Ribatejo Interior vão ser provados em Lisboa
Produtos regionais de Abrantes, Constância e Sardoal vão ser dados a provar, no final do mês, em dois locais de Lisboa, anunciou a TAGUS, Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior.
No Salão Internacional do Vinho, Pescado e Agro-Alimentar SISAB 2011, que decorrerá no Pavilhão Atlântico de 21 a 23 de Fevereiro, estarão os vinhos e azeites de quatro produtores da região e na loja Portugal Rural, em Campo de Ourique, os enchidos e fumeiros de dois produtores participam, de 22 a 26, na semana “Fumeiro à Mesa”.
Segundo a TAGUS, a participação de produtores com capacidade exportadora – Quinta Casal da Coelheira, Ourogal, Sociedade Agrícola Ouro Vegetal e Zé Bairrão – no SISAB visa a promoção e valorização dos produtos locais do Ribatejo Interior “junto de distribuidores internacionais”.
Os enchidos e o fumeiro da MF, Comércio e Transformação de Carnes, e da Margarido & Margarido serão os representantes da região na semana animada “Fumeiro à Mesa”, que dará a provar produtos oriundos de vários pontos do país na loja Portugal Rural.
-------------------------------------------------------------------------------

Certames

CVR Tejo sensibiliza para importância do controlo de qualidade em vinhos
A Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) promove hoje, em Santarém, um workshop sobre “controlo de qualidade em vinhos”, que visa sensibilizar enólogos, escanções, técnicos, responsáveis de produção e qualidade e estudantes para “uma ferramenta indispensável durante todo o ciclo de vida do vinho”.
Além da apresentação de um caso prático, a acção vai abordar a aplicação de testes que permitem fazer a análise e controlo de vinhos, bem como a monitorização de higiene e controlo de detergentes.
A sessão é moderada pelo presidente da CVR Tejo, José Pinto Gaspar, e conta com mais de 80 participantes, entre os quais os presidentes da Associação de Escanções de Portugal, Manuel Miranda, e da Associação dos Jovens Agricultores de Portugal, Firmino Cordeiro.
-------------------------------------------------------------------------------

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Gastronomia

Festival da “Sopa e Pão Caseiro” em Marinhais
A Comissão de Festas de Marinhais, freguesia do concelho de Salvaterra de Magos, promove, no próximo domingo, o terceiro Festival da Sopa e Pão Caseiro, certame que “reúne as melhores sopas regionais” e que este ano terá como novidade a eleição da melhor sopa de pedra.
Além da sopa, mais de 25 variedades, e do pão caseiro, o festival tem animação musical e etnográfica e uma exposição de produtos locais e regionais.
Os visitantes ajudam a eleger a melhor sopa do festival, cabendo à Confraria Gastronómica de Almeirim eleger a melhor sopa de pedra.
A verba obtida no evento destina-se à realização das festas populares em honra de São Miguel Arcanjo, que se realizam de 05 a 08 de Agosto.
-----------------------------------------------------------------------------------

Eventos

“Casa do Vinho” do Cartaxo acolhe Confraria Enófila
A instalação da sede da Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo (entidade criada em 2000 com o objectivo de estudar, promover e valorizar os vinhos e produtos vínicos da região) na cidade do Cartaxo vai marcar o arranque do projecto da “Casa do Vinho”, que a autarquia quer instalar na antiga Central Eléctrica, num espaço a ser partilhado com o Posto de Turismo.
Em nota, a autarquia afirma que a parceria com a confraria permitirá que a “Casa do Vinho” acolha, além da venda de vinhos, a realização de provas abertas e eventos relacionados com a promoção e valorização do sector vitivinícola e dos vinhos do concelho e da região.
--------------------------------------------------------------------------------

Educação

Escola Superior de Educação de Santarém acolhe projecto internacional
Meia centena de estudantes e professores de cinco países (Portugal, Bélgica, Roménia, França e Finlândia) participam, desde domingo e até dia 26, num projecto de formação intensiva, na Escola Superior de Educação de Santarém.
O projecto visa combinar educação formal com métodos de educação não formal “para melhorar a qualidade da formação dos futuros trabalhadores sociais e animadores sócio culturais, fornecendo-lhes uma experiência intercultural”.
O projecto “Novas ferramentas de trabalho para a aprendizagem intercultural destinadas a educadores(as) não formais”, realizado no âmbito do programa Sócrates/Erasmus, resulta de uma parceria de instituições de ensino superior e de organizações não governamentais dos cinco países envolvidos, que procuram “promover uma ponte entre a educação formal e não formal na formação de trabalhadores sociais e culturais com jovens”.
---------------------------------------------------------------------------------

Economia

Parques de Negócios do Vale do Tejo induziram em 2010 cerca de 45 ME de investimento
Os Parques de Negócios do Vale do Tejo induziram, até ao fim do ano de 2010, investimentos privados da ordem dos 44,9 milhões de euros referentes a 17 empresas instaladas ou em instalação nas Áreas de Localização Empresarial de Santarém, Cartaxo, Rio Maior e Torres Novas.
Num balanço do ano de 2010, a empresa gestora destes quatro parques de negócios do distrito de Santarém refere que fez um esforço accionista de 6,1 milhões de euros, tendo as sociedades gestoras de cada um dos parques investido um montante que ascende aos 22,3 milhões de euros.
Este investimento induziu até 44,9 milhões de euros de investimento privado que criou 643 postos de trabalho, refere em nota.
-----------------------------------------------------------------------

Cultura

Santarém acolhe espólio da biblioteca pessoal de Veríssimo Serrão
O Centro de Investigação Joaquim Veríssimo Serrão (CIJVS) vai acolher, em Santarém, os cerca de 30.000 volumes da biblioteca pessoal do historiador e ex-presidente da Academia Portuguesa da História, abrindo “campos inéditos” à investigação na área das ciências sociais.
Martinho Vicente Rodrigues, designado por Veríssimo Serrão para director do CIJVS, disse hoje à agência Lusa que este centro, a instalar até ao verão na Casa de Portugal e de Camões (antigo Presídio Militar), em Santarém, vai ter “uma riqueza extraordinária”, abrindo “campos inéditos” à investigação.
O protocolo que estabelece as condições da criação do centro, que deverá ser assinado em breve entre a autarquia e o historiador, foi aprovado esta semana em reunião do executivo camarário.
O protocolo vem formalizar um acordo celebrado em 2009, altura em que Joaquim Veríssimo Serrão, actualmente com 85 anos, decidiu doar à autarquia a sua biblioteca pessoal – com excepção dos 5.000 volumes que destinou à Academia Portuguesa da História –, 90 caixas com documentos manuscritos (entre os quais a correspondência que trocou com o seu amigo Marcello Caetano), e objectos que possui na biblioteca de sua casa, em Santarém.
O acervo inclui ainda os ficheiros que Veríssimo Serrão, que presidiu durante 31 anos à Academia Portuguesa da História, usou para as suas investigações, os diplomas do historiador, quadros, condecorações, moedas e ficheiros.
O centro tem por fim “formar e cuidar de um fundo documental e bibliográfico, físico e virtual, sobre Teoria Geral do Estado, Ciência Política, História das Ideias Políticas, História Política, História Diplomática, História Ibero-Americana, História Hispano-Portuguesa, História Económica, História da Arte e Cultura e matérias conexas com a História Regional”.
Martinho Vicente disse à Lusa que o CIJVS, que terá um conselho científico, um conselho consultivo e uma assembleia de investigadores, irá promover e divulgar estudos e promover diversas actividades, estando aberto a todos os investigadores e curiosos que queiram investigar nesta área.
Por outro lado, tirando partido das ligações de Veríssimo Serrão, fará “incursões a nível nacional e internacional”, neste caso prioritariamente com Espanha, Brasil e Venezuela, países com os quais o historiador tem laços afectivos, disse.
O vereador da Câmara Municipal de Santarém com o pelouro da Cultura, Vítor Gaspar, disse à Lusa que o centro gozará de autonomia científica, cabendo a parte administrativa e financeira à autarquia, que fica na posse do acervo.
Joaquim Veríssimo Serrão declarou ser sua intenção, com esta doação, “agradecer à terra da sua naturalidade todo o carinho e apoio que dela recebeu ao longo da vida”, desejando que sirva para “fortalecer os laços espirituais que se criaram entre o doador e a terra que lhe serviu de berço”.
Professor catedrático jubilado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, agora aposentado, Veríssimo Serrão foi reitor da Universidade de Lisboa de 1973 a 1974, ano em que foi exonerado a seu pedido, e presidiu à Academia Portuguesa da História entre 1975 e 2006, tendo recebido os prémios Alexandre Herculano (1954), D. João II (1965) e Príncipe das Astúrias de Ciências Sociais (1995).
---------------------------------------------------------------------------------------

Gastronomia


Abrantes acolhe Festival de Gastronomia “Sabores do Tejo com Azeite”
Realiza-se entre 18 de Fevereiro e 8 de Março em nove restaurantes do concelho de Abrantes, o Festival Gatronómico “Sabores do Tejo com Azeite”
Para além da habitual, os restaurantes vão disponibilizar uma ementa com pratos da cozinha regional que inclui o tradicional prato de couve com feijão e especialidades de peixe e carne. Os pratos de peixe, incluem o arroz de lampreia (mediante reserva), açorda de sável ou achigã grelhado ou frito, iguarias que ilustram a ligação desta região ao rio Tejo.
Para quem prefira carne, a ementa regional disponibiliza pratos baseados em receitas de cabrito, entrecosto com migas ou maranhos.
Os doces conventuais do concelho de Abrantes – Tigeladas, Lampreias de ovos e Palha de Abrantes – completam o cardápio.
O “Sabores do Tejo” é uma iniciativa anual da Câmara de Abrantes que decorre nos espaços físicos dos restaurantes aderentes, durante o período de realização da Feira de S. Matias (18 Fevereiro a 8 de Março). Esta é já a 5ª edição, desta vez também associada à temática do azeite, por ocasião da realização em Abrantes do Encontro Ibérico do Azeite (de 25 a 27 de Fevereiro).
Os restaurantes aderentes são: “Os Sabores da Cascata”; “Cristina”; “A Cascata”; “Santa Isabel”; “São Lourenço”; “Terra e Mar”; “O Ramiro”; Cervejaria Aquapolis” e “Herdade de Cadouços”.
Os contactos, horários e ementas estão disponíveis em http://www.cm-abrantes.pt/
----------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Cultura

Catedral de Santarém vai ser integrada no projecto “Rota das Catedrais”
A catedral de Santarém vai ser integrada no projecto Rota das Catedrais e vai ter um investimento de requalificação na ordem dos 2,5 milhões de euros.
O protocolo de cooperação para este projecto foi hoje assinado, em Santarém, entre o Ministério da Cultura, a câmara local e a diocese de Santarém.
Segundo a ministra da Cultura, esta rede é “um projecto de território que visa recuperar as catedrais, símbolos da nossa história e representativas de uma hierarquia católica da igreja, que tem sido um importante fomentador de cultura”.
A Rota das Catedrais vai envolver as principais igrejas com este estatuto a nível nacional e, segundo a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, vai representar um investimento que poderá chegar aos 20 milhões de euros, repartidos por fundos comunitários, através do Ministério da Cultura, por fundos da igreja católica e por fundos das autarquias.
Segundo a ministra da Cultura, esta rede envolve também universidades e empresas e tem como principais objectivos “a preservação, a reabilitação e a revitalização de um património singular e inestimável”.
A ministra sublinhou ainda que as obras a realizar nas catedrais serão alvo de uma “actuação concertada, planeada, criteriosa e exigente, não apenas para acudir a situações de mais evidente degradação, mas sobretudo para alcançar a capacitação dos monumentos, para os devolver à comunidade”.
“Ninguém ama o que desconhece”, sublinhou a ministra da Cultura, referindo que o projecto visa também “promover a estima colectiva e o cuidado partilhado face a um património profundamente identitário, plural e multifacetado”.
O bispo de Santarém, Manuel Pelino Domingues, referiu que se assinalam em 2011 os 300 anos da construção da sé catedral de Santarém e que este projecto de requalificação do templo visa “não apenas a valorização da arte pela arte mas é uma forma de lhe restituir a sua matriz simbólica e imaterial”.
O presidente da câmara de Santarém, Francisco Moita Flores (PSD), frisou a importância da obra para recuperar o património da cidade e a sua fruição pelo público em geral. Segundo Moita Flores, a estas obras na catedral vão-se juntar também intervenções nas igrejas de Santa Clara, Santa Iria da Ribeira de Santarém e da Alcáçova.
A catedral de Santarém vai sofrer obras de requalificação da fachada principal, vai ser criado um museu com peças de arte que são propriedade da igreja, vai haver um percurso com visitas abertas ao público, dois espaços de exposição, um centro de documentação e um centro de estudos do património artístico e imaterial da diocese. Vão ainda ser feitas obras no paço episcopal.
A Rota das Catedrais resulta de um acordo celebrado entre o Ministério da Cultura e a Conferência Episcopal Portuguesa.
*Lusa
--------------------------------------------------------------------------------