quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Meteorologia

Continuam submersas algumas estradas no distrito
As inundações no distrito de Santarém mantêm-se nas próximas horas mas a protecção civil prevê que os caudais do Tejo e dos seus afluentes fiquem abaixo dos anteriormente registados.
Fonte da protecção civil explicou à Agência Lusa que as inundações terão tendência a normalizar mas, dependendo das condições de drenagem dos locais. Mantendo-se a precipitação esperada para os próximos dias, é previsto que o caudal do rio Nabão também aumente, em particular a montante da cidade de Tomar.
No concelho de Santarém mantém-se a submersão da estrada nacional 365, na zona da Ponte do Alviela, e a submersão da estrada municipal 1338, na estada dos Alcaides, entre as localidades de Almajões e Sobral, na freguesia de S. Vicente de Paul.
No Cartaxo, verifica-se a submersão da estrada nacional 114-2 na zona do Setil/Reguengo por influência do rio Maior. Em Constância mantém-se a submersão da zona baixa, nomeadamente no parque de estacionamento do rio Zêzere, junto ao Parque de Campismo.
A previsão metrológica para o distrito prevê também que hoje possa ocorrer a queda de neve acima dos 600 metros.
----------------------------------------------------------------------

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Sociedade

Governo anunciou criação de linha de crédito para fazer face aos prejuizos originados pelo mau tempo
O Governo anunciou hoje a criação de uma linha de crédito de 50 milhões de euros com juros bonificados para responder aos estragos causados pelo mau tempo na última semana nos distritos de Lisboa, Leiria e Santarém.
Segundo o comunicado do Conselho de Ministros de hoje, o executivo socialista vai accionar também "de imediato os apoios no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PRODER)" no valor de 18 milhões de euros de forma a permitir "o financiamento a fundo perdido de 50 por cento do restabelecimento do potencial produtivo perdido".
"Este financiamento pode ser acumulado com outros apoios, designadamente com a utilização da linha de crédito com juros bonificados de 50 milhões de euros", refere o comunicado.
-----------------------------------------------------------

Meteorologia

Autoridade Nacional de Protecção Civil diminui alerta de amarelo para azul nas Bacias Hidrográficas
A Autoridade Nacional de Protecção Civil decidiu hoje diminuir nos próximos dias o alerta de amarelo para azul (o mínimo), devido ao “desagravamento” da situação meteorológica a partir de quinta-feira e à “normalização” das bacias hidrográficas.
A passagem do alerta amarelo para o azul vai ocorrer quinta-feira à tarde na região Sul e no resto do território nacional na sexta-feira.
O presidente da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), Arnaldo Cruz, disse à agência Lusa que “não são expectáveis problemas para os próximos dias”.
Segundo Arnaldo Cruz, está previsto um “desagravamento” da situação em todo o país e uma “normalização” em todas bacias.
A Protecção Civil tem accionado desde segunda-feira o alerta amarelo e inicialmente estava previsto a sua manutenção até sábado.
O alerta amarelo é o segundo nível menos grave de uma escala de quatro.
O presidente da ANPC, que hoje de manhã acompanhou o ministro da Administração Interna, Rui Pereira, e o secretário de Estado da Protecção Civil, Vasco Franco, numa visita de helicóptero ao distrito de Santarém e região de Loures, adiantou que se mantêm encerradas sete estradas nos distritos de Lisboa, Vila Real, Beja, Castelo Branco, Santarém, Braga e Aveiro.
Arnaldo Cruz adiantou que, entretanto, também foram cortadas ao trânsito três estradas na Serra da Estrela devido à neve.
-------------------------------------------------------------

Sociedade

Câmara de Ourém recebe carta anónima relacionada com obra de vereador
A Câmara Municipal de Ourém, emitiu um comunicado sobre situação de uma carta anónima relacionada com a construção de uma obra de um vereador daquele município, o qual transcrevemos na íntegra.
-------------------------------------------------------------
Comunicado
(…)À Câmara Municipal de Ourém chegou uma carta, que se verificou posteriormente ser anónima, que reclamava a “ilegalidade” das obras iniciadas pelo vereador Nazareno do Carmo, a 2 de Novembro de 2009.
Com o objectivo de salvaguarda, quer do bom nome e honra do vereador em questão, quer da gestão transparente que implementamos na autarquia, o Senhor Presidente da Câmara, Paulo Fonseca, deu instruções para que os serviços autárquicos procedessem a uma vistoria à referida obra.
Feita a vistoria torna-se público o resultado da mesma:
“...em deslocação à Rua Francisco Marto, Cova da Iria, freguesia de Fátima, verificamos que está a ser levada a efeito uma obra de reconstrução de um edifício comercial, ao abrigo do alvará de licença nº 335/09, pertencente ao Sr. Nazareno José Menitra do Carmo.”
Do relatório da secção de contra-ordenações e fiscalização consta ainda o seguinte:
“1 – a obra encontra-se com a laje do tecto da cave cheia.
2 – a implantação da obra foi verificada pelo topógrafo desta Câmara Municipal, aquando do desaterro e posteriormente no enchimento da referida placa.
3- Verificamos que a obra está a decorrer de acordo com o projecto aprovado.
4 – O processo de licenciamento (arquitectura) nº 1869 deu entrada em 2007/06/21 e foi aprovado em 2008/03/03, o projecto de engenharia de especialidades nº 1719 com entrada em 2008/07/03 foi deferido em 2008/09/11, originando a emissão do alvará de licença nº 335/09 em 2009/09/30.
5- Finalmente, mais informamos de que não temos conhecimento da existência da rua nossa Senhora das Virtudes (morada do reclamante), pelo que se conclui que tanto o nome da reclamante, bem como a referida rua sejam inexistentes.”
Perante o relatório apresentado conclui-se, sem qualquer margem para dúvida, que a obra do vereador Nazareno do Carmo, licenciada no ano de 2008, decorre dentro da legalidade exigida.
Lamentamos e condenamos publicamente a acção do “anónimo requerente” deixando a certeza de promovermos, em qualquer circunstância, uma gestão autárquica clara e transparente.(…)
-----------------------------------------------------------

Autarquias

Actas de reuniões da Câmara de Alpiarça estão por aprovar por ter sido roubado o equipamento de gravação
Foi roubado o equipamento de gravação das reuniões do executivo da Câmara de Alpiarça, tendo a autarquia apresentado queixa na GNR. O caso foi detectado na quinta-feira, 10 de Dezembro, quando a secretária das reuniões de câmara se preparava para elaborar a acta da reunião do executivo camarário de 7 de Dezembro.
Pela ocorrência da situação, as actas das reuniões de câmara de 23 de Novembro e 7 de Dezembro estão por aprovar.
----------------------------------------------------------

Transito

Viatura despista-se e cai da Ponte D. Luís
Em Santarém, uma viatura ligeira de mercadorias despistou-se e caiu da Ponte D. Luís, situada na Estrada Nacional 114.
Segundo a Protecção Civil, o veículo caiu na zona seca do rio, fazendo dois feridos ligeiros não encarcerados.
No local estão unidades dos Bombeiros Voluntários de Santarém e de Almeirim, para além do INEM.
-----------------------------------------------------

Meteorologia - Mau Tempo

Último comunicado emitido pela Protecção Civil sobre Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo continua a ser de Alerta Amarelo
Segundo as previsões meteorológicas do Instituto de Meteorologia, continua-se a prever para as próximas horas, a persistência de precipitação em todo o distrito de Santarém e na bacia do rio Tejo, podendo ser pontualmente forte nalgumas zonas. Nas últimas horas verificou-se um aumento dos caudais descarregados no Tejo e o Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, continua desde as 13h30 de ontem, no nível de Alerta Amarelo. Segundo os dados das entidades gestoras das barragens, os caudais vão manter-se nas próximas horas. Face à actual situação hidrológica, é de prever: Município de Vila Nova da Barquinha: Submersão do Cais de Tancos Inundação da zona baixa de Vila Nova da Barquinha (Alameda dos Plátanos) Município de Constância: Inundação da zona baixa da Vila de Constância Prevê-se para o início da madrugada/ manhã do dia 30 de Dezembro de 2009: Município de Santarém: Submersão da EN 365, a jusante do Pombalinho, isolando o Reguengo do Alviela Submersão da EN 365 em Palhais na Ribeira de Santarém O cenário actual é o seguinte: Município de Santarém: Submersão da EN 365 na Ponte do Alviela Submersão da EM 1338, junto à Ponte de São Vicente do Paul, por influência do Rio Alviela Submersão da Estrada do Campo (EM 1348), entre a Ribeira de Santarém e Vale Figueira (inundação localizada). Considerando a situação meteorológica actual e a prevista, com precipitação persistente e por vezes localmente forte, é de prever inundações localizadas em zonas urbanas e na rede viária. As populações deverão ter o máximo de cuidado com a condução de veículos, evitando passar em zonas submersas e respeitar as determinações da sinalização e das autoridades; Manter-se informada, principalmente se reside numa região habitualmente sujeita a inundações e desenvolver as acções necessárias para a sua protecção, da família e dos seus bens; Retirar do leito do rio e das zonas normalmente inundáveis, os equipamentos agrícolas e industriais; Levar os animais para locais seguros; Acompanhar o evoluir da situação, junto das entidades competentes e pelos órgãos de comunicação social; É importante que as pessoas tenham consigo, um rádio e pilhas e que cumpram as informações dadas.
----------------------------------------------------------------

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Meteorologia - Mau Tempo

Três homens e um adolescente foram resgatados do Tejo
De acordo com uma fonte dos Bombeiros Voluntários de Gavião, em declarações ao TVI24.pt, quatro homens foram resgatados esta tarde do Rio Tejo por um barco dos bombeiros, tendo estado ainda envolvidos na operação, elementos dos bombeiros de Abrantes, Força Especial de Bombeiros e do Sardoal.
As pessoas foram apanhadas pela subida rápida das águas e ficaram presos numa ilhota no rio.
Conforme refere aquela fonte, o alerta foi dado pelas 15 horas, os bombeiros entraram dentro de água às 15:05 e as operações terminaram às 15:45», esclarecendo ainda que não há feridos a registar.
-----------------------------------------------------------

Ambiente

Rios Alviela e Maior entre os mais poluídos do País
A Quercus exige do Governo e das autarquias uma intervenção consequente, face ao que considera “cenário de profunda degradação da qualidade da água nos rios portugueses, que se confirma todos os anos”, pelo que “é urgente acabar com as fontes de poluição que persistem ao longo de décadas.” De acordo com o Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (www.inag.pt), em 2008, cerca de 38% dos recursos hídricos superficiais monitorizados revelaram qualidade Má ou Muito Má, um resultado ligeiramente pior do que em 2007 (36%). No ano passado apenas 28% possuía qualidade Boa e cerca de 34% apenas qualidade Razoável.
Os doze locais com Muito Má qualidade em 2008 (ordenados a partir do sul) são os seguintes, segundo a Quercus:
- Cais Alcoutim – Rio Guadiana
- Ponte Canas – Rio Trancão
- Porto da Carvoeira – Rio Lizandro
- Ponte do Aranha – Sizandro
- Ponte Ota – Ribeira da Ota
- Ponte de Freira – Rio Maior
- Ponte da Ribeira – Rio Alviela
- Ponte Arrabalde – Rio Lis
- Monte Real – Rio Lis
- Ponte Minhoteira – Rio Antuã
- Foz do Corgo – Rio Douro
- Vizela (Sto Adrião) – Rio Vizela
Segundo diz aquela Associação Ambiental, a qualidade da água nos rios portugueses tem vindo a apresentar resultados preocupantes ao longo dos últimos anos. Apesar de no período 2001-2004 a percentagem de qualidade Má ou Muito Má se ter mantido abaixo dos 30%, desde 2005 que a má qualidade da água está sempre muito próxima dos 40%: 2005 (39%); 2006 (40%); 2007 (36%); 2008 (38%).
Em 2003, 24% das análises à água dos rios revelaram Boa qualidade, tendo subido para 35% em 2004. No entanto, em 2005, a percentagem para a qualidade Boa diminuiu para 15%, tendo vindo a recuperar desde então: 2006 (21%), 2007 (26%), 2008 (28%).
Não existindo dados disponíveis para o ano 2009 a Quercus desenvolveu algumas análises pontuais nalguns rios que se apresentam no quadro em baixo, em conjunto com os resultados obtidos nas análises efectuadas por esta Associação em 2008. Da comparação dos resultados obtidos pela Quercus em 2008 e 2009 destaca-se um aumento de 10% na classificação Má, de 25% em 2008 para 35% em 2009, e um aumento da classificação Boa ou Excelente, de 25% em 2008 para 40% em 2009.
------------------------------------------------------------

Meteorologia - Mau Tempo

Protecção Civil elevou para amarelo nível de alerta para a Bacia do Tejo
A protecção civil do distrito de Santarém elevou para amarelo o nível de alerta no âmbito do Plano Especial de Emergência para Cheias no Tejo.
Durante a tarde de hoje estão previstas inundações na zona baixa da vila de Constância, no cais de Tancos e na Estrada Nacional 365, na zona da Ponte do Alviela, no concelho de Santarém.
A estrada municipal 1338, junto à Ponte de S. Vicente do Paul, em Santarém, está já inundada e prevê-se que possa ocorrer o isolamento da povoação de Reguengos do Alviela, também no concelho de Santarém.
Segundo o comandante distrital da Protecção Civil, Joaquim Chambel, os bombeiros e serviços municipais de Protecção Civil estão já no terreno para assegurar a protecção das pessoas e dos seus bens.
É recomendado que os cidadãos comecem a retirar os seus bens das zonas próximas dos rio Tejo e dos seus afluentes e que evitem conduzir em zonas submersas ou que possam vir a ficar inundadas, alertou.
Esta situação ocorre devido às chuvas dos últimos dias, que levou à descarga das barragens da bacia hidrográfica do rio, quer em Portugal, quer em Espanha, e ao consequente aumento dos caudais do Tejo e dos seus afluentes.
------------------------------------------------------------

Autarquias

Câmara de Ourém reuniu extraordinariamente esta manhã e aprovou redução do preço da água para 2010
Atenta à conjuntura económica e às necessidades dos munícipes, nos termos do contrato de concessão com a Veólia, Águas de Ourém, a Câmara Municipal de Ourém aprovou esta terça-feira, dia 29, em reunião de câmara extraordinária, a nova tabela de preços a praticar para o ano de 2010 relativa ao abastecimento de água, serviços prestados e ligações de ramais domiciliários para abastecimento de água.
Destaque para a redução das tarifas aprovadas para 2010 comparativamente com o ano de 2009. Assim a venda de água sofrerá uma redução de custos em 2,73%, os serviços prestados custarão menos 3,15% e a ligação de ramais domiciliários terá uma baixa de preço até 14,5%.
A acrescer a esta redução de encargos familiares devida ao novo tarifário de água, será implementada uma nova filosofia de cobrança de taxas e tarifas de resíduos e saneamentos que permitirá uma maior clareza dos custos, o que contribuirá para uma facturação mensal mais transparente, potenciando uma gestão mais eficaz dos custos de cada munícipe.
O Tarifário de Água será a praticado pela empresa concessionária de água, Veolia – Águas de Ourém, nos termos do estipulado no Contrato de Concessão celebrado com a autarquia.
-----------------------------------------

Meteorologia - Mau Tempo

Activado o Plano Especial de Emergência para cheias na Bacia do Tejo
Foi activado esta segunda-feira, pelas 19 horas, o Plano Especial de Emergência para Cheias na Bacia do Tejo, com o Nível de Alerta Azul, o nível mais baixo de alerta.
A decisão foi tomada pela Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona, e deverá ser ratificado pela Comissão Distrital de Protecção Civil numa reunião marcada para hoje, terça-feira. A decisão deve-se à descarga de barragens na Bacia Hidrográfica do Tejo e à persistência da precipitação, que se tem verificado nas últimas horas, quer em Portugal e Espanha.
De acordo com as informações fornecidas pelas Entidades Gestoras de Barragens da Bacia do Tejo e atendendo às previsões do Instituto de Meteorologia, para a continuação de chuva nos próximos dias, prevê-se para as próximas horas um aumento do caudal do Rio Tejo e dos afluentes.
Como consequência, prevê-se para o início da tarde desta terça-feira a possível submersão da EN 365 na Ponte do Alviela, no Concelho de Santarém.
Foi convocada para a manhã desta terça-feira, no CDOS em Almeirim, uma reunião da Comissão Distrital de Protecção Civil, com vista a analisar o evoluir da situação.
---------------------------------------------------------

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Sociedade

Representantes da Associação Nacional e do Sindicato dos Bombeiros Profissionais estão de acordo com Moita Flores
Os presidentes da associação nacional e do sindicato de bombeiros profissionais estiveram hoje reunidos com o presidente da Câmara Municipal de Santarém e estão de acordo com a política de reestruturação para o sector defendida por Moita Flores.
Fernando Curto, presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP), disse à Lusa, à saída da reunião, que concorda “a 100 por cento” com a posição de Moita Flores quanto à questão das horas extraordinárias dos bombeiros.
“Não podemos subscrever o pagamento de horários que não estão dentro da lei”, justificou Fernando Curto, acrescentando que a associação tem vindo a fazer um apelo a todas as autarquias para “legalizar” a questão.
“Os bombeiros têm que entender que é preciso legalizar uma questão que não estava conforme à lei e que é preciso uma nova organização dos horários de trabalho”, referiu ainda, considerando uma “postura correcta, inovadora e nobre” a posição defendida pelo presidente da câmara de Santarém.
O presidente da ANBP elogiou ainda a disponibilidade da autarquia para abrir concursos para a entrada de mais oito bombeiros profissionais na corporação dos municipais. Fernando Curto disse que esta forma de trabalhar da câmara de Santarém é “o procedimento correcto” e que não é possível continuar a prática de pagar horas extraordinárias a bombeiros que são voluntários.
Também Sérgio Carvalho, presidente do Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais (SNBP), disse estar solidário com a posição “inovadora” da câmara de Santarém sobre a reestruturação das corporações de bombeiros profissionais e considera que os pressupostos que lhe foram transmitidos por Moita Flores “vêm dar uma nova dimensão e uma nova responsabilidade de trabalho” a esta classe profissional.
Moita Flores disse à Lusa que o trabalho de reestruturação dos bombeiros em Santarém vai ser feito em conjunto com a ANBP e o SNBP e que está posta de parte a possibilidade de fusão entre a corporação dos voluntários de Santarém com os bombeiros municipais.
“Essa é uma situação que não pode acontecer. Não vai haver qualquer fusão. Vamos é trabalhar para que possam existir sinergias entre estas corporações, assim como com as restantes do concelho”, frisou o autarca.
--------------------------------------------------------

Desporto

Coruchense regulariza dívidas ao fisco
O GD Coruchense anunciou hoje a regularização das dívidas ao fisco e o reinício da actividade futebolística do emblema ribatejano na próxima época.
“O GD Coruchense foi mais um clube que passou por momentos difíceis com as Finanças, mas vencemos esta batalha e acho que estamos todos de parabéns”, disse à Agência Lusa o presidente do clube, Ricardo Santos.
As dívidas do clube, que, segundo o dirigente, “rondavam em Setembro cerca de 330 mil euros”, ficaram saldadas no passado 23 de Dezembro, com a “entrega do valor da sede do clube, pela Câmara Municipal de Coruche, às Finanças”.
“Em vez de recebermos a sede, esse dinheiro transitou directamente para o pagamento destas dívidas e o clube ainda vai receber o valor remanescente”, disse Ricardo Santos, acrescentando que o GD Coruchense terá uma Assembleia-Geral a 08 de Janeiro “para reiniciar a actividade no futebol na próxima época, e retomar a secção de pesca já em Fevereiro”.
Na sequência do “desaparecimento” do GD Coruchense, a 18 de Agosto de 2008, alguns dos antigos responsáveis pelo emblema ribatejano fundaram o Amigos do Grupo Desportivo Coruchense - Associação Desportiva, que, além dos escalões de formação, participa na II Divisão distrital da Associação de Futebol de Santarém, em seniores.
“Concluída a época desportiva, vão ser encerradas as contas e será extinto”, frisou.
Em Maio último, 16 antigos dirigentes do GD Coruchense foram notificados para o pagamento de dívidas tributárias do clube, num valor superior a 800 mil euros, referentes a IVA e IRC, agravadas com multas e juros.
Em causa estava a permuta de um terreno, com cerca de 6,8 hectares, em Montinho do Brito, com a Câmara Municipal de Coruche para a construção de um complexo desportivo em troca de uma sede, tendo em vista a substituição do antigo campo Horta da Nora que estava alugado ao clube e entretanto foi vendido pelo proprietário.
No entanto, apesar de acordada a permuta, a escritura descrevia a transferência do terreno como uma “doação”, que conferiu um agravamento da tributação.
Na altura, já com dívidas fiscais, o GD Coruchense não dispunha do estatuto de entidade pública, ficando assim afastada a possibilidade de se candidatar a financiamentos, daí que tenha doado o terreno à autarquia para que construísse o estádio e edificasse uma sede para o clube.
Neste terreno, a Câmara de Coruche custeou as obras de terraplanagem e fundações, num valor de cerca de 750 mil euros, no entanto foi o clube que deduziu IVA sobre as facturas passadas ao empreiteiro.
Após a transferência para a autarquia, o montante de IVA deduzido pela intervenção teria de ser devolvido, facto que não ocorreu, tendo o clube sido alvo de várias coimas, às quais se têm acumulado juros.
Apesar do investimento neste terreno, a Câmara de Coruche acabou por construir o Estádio Municipal José Peseiro, inaugurado a 25 de Abril de 2007, em Santo Antonino, atribuindo usufruto prioritário ao clube.
Mesmo sem qualquer actividade desportiva actualmente, o GD Coruchense, que foi fundado em 1948 e conquistou o título de campeão da III Divisão nacional em 1953/54, constava, em Novembro último, na lista de devedores da Direcção-Geral das Finanças, com dívidas situadas entre 100.001 euros a 500.000 euros.
---------------------------------------------------

Intempéries

Enxurrada origina danos no Mouchão de Pernes
Na passada madrugada, ocasionada pela força de uma enxurrada, uma parte da cascata do Mouchão de Pernes, no concelho de Santarém, foi arrastada. A autarquia de Pernes teve conhecimento da ocorrência cerca das 8h00, quando entraram ao serviço os trabalhadores da empresa que está a fazer a recuperação da cascata.
Segundo informação daquela autarquia, o desabamento ocorreu devido às chuvadas que têm caído nos últimos dias e ao aumento repentino do caudal do rio Alviela durante a noite. A água entrou dentro de um buraco que tinha sido feito pelo interior da muralha do mouchão, com vista a ser reforçado, e derrubou-a, informou fonte da autarquia, adiantando ainda que, existe perigo de voltarem a ocorrer mais derrocadas na zona se o mau tempo continuar adverso, tendo solicitado à empresa, que está a efectuar os trabalhos, para reforçar as vedações em volta do local de modo a evitar a circulação de pessoas.
--------------------------------------------------

Cultura

Galeria Templários em Tomar relembra Tradições Natalícias com exposição de Presépios e Cantares alusivos aos Reis
Ouvir Cantar os Reis, vai acontecer no próximo sábado, dia 2 de Janeiro, pelas 16 horas, com a presença do Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira, na Galeria Templários na cidade nabantina.
Em simultâneo, poderá ver a exposição de Presépios, Registos e Memórias, que estará patente ao público até ao próximo dia 6 de Janeiro. O evento é uma parceria da TLVT, Câmara Municipal de Tomar, Grupo S. Silvestre e o Museu Agrícola de Riachos.
A Galeria Templários – Welcome Center da TLVT, localiza-se na rua Serpa Pinto, nº 1, em Tomar.
----------------------------------------------------------

domingo, 27 de dezembro de 2009

Associativismo

Pedro Ferreira continua na presidência da ADIRN
Em Assembleia Geral realizada recentemente, a ADIRN – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte, elegeu os novos órgãos sociais para o triénio de 2010/2013.
Pedro Ferreira, vereador da Câmara de Torres Novas, continua a presidir ao Conselho de Administração.
Além da eleição dos Corpos Gerentes, na mesma reunião foi aprovado o plano de actividades e orçamento para 2010. O orçamento apresenta um valor rondando os dois milhões de euros.
Os órgãos sociais para o triénio de 2010/2013 passarão a ter a seguinte constituição:
Conselho de Administração: Presidência – Município de Torres Novas, representado por Pedro Ferreira; Vice-presidência – Município de Ourém, representado por José Alho; Vogal – Município de Alcanena, representado por Fernanda Asseiceira; Vogal – Município de Ferreira do Zêzere, representado por Jacinto Flores; Vogal – Município de Tomar, representado por Vereador Carlos Carrão; Vogal – Município de Vila Nova da Barquinha, representado por Fernando Freire; Vogal – Parque Natural das Serras D’Aire e Candeeiros, representado por Manuel Duarte.
Assembleia-geral: Presidência – Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Ribatejo Norte, representada por Arnaldo dos Santos; Vice-presidência – Instituto Politécnico de Tomar, representado por Miguel Pintos dos Santos; Secretário – Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, representado por Manuel Faria.
Conselho Fiscal: Presidência – Junta de Agricultores de Rega do Olival, representada por Manuel Henriques; Vice-presidência – Centro de Recuperação Infantil Torrejano, representado por Pedro Lopes dos Santos; Secretário – Associação Portuguesa de Turismo Cultural, representada por João Fiandeiro.
---------------------------------------------------

sábado, 26 de dezembro de 2009

Desporto - Atletismo



Imagem:A.Anacleto
-----------------------------------------------
José Moreira e Mónica Rosa venceram S. Silvestre de Torres Novas

Cerca de mil e trezentos atletas, divididos por vários escalões, participaram na tarde deste sábado na S. Silvestre de Torres Novas 2009. Na lista de atletas inscritos marcaram presença alguns nomes de destaque da elite do atletismo português. A prova, que teve um percurso de dez mil metros pelas ruas e avenidas da cidade torrejana foi dominada por esses mesmos atletas que após a partida se agruparam num grupo que se manteve unido até mais da metade do percurso. Na recta final, José Moreira do Cyclones, destacou-se, vencendo a prova com o tempo de 30m e 20s, deixando na segunda posição Nuno Costa do Maratona e Ricardo Ribas do Confolimpa no terceiro lugar.
No sector feminino a atleta internacional do Maratona, Mónica Rosa, dominou com facilidade, vencendo a prova, deixando na segunda posição Carla Marinho do “Adercus” e no terceiro lugar a jovem atleta internacional Solange Jesus também do “Adercus”.
Mónica Rosa, disse ao “Navegante”, que participou pela segunda vez, na prova de Torres Novas, (venceu em 2006), pela grande amizade que tem pelo Professor Raul Santos, Director Técnico da Zona Alta, adiantou ainda a atleta internacional, que o percurso é difícil, mas aproveitou para se preparar para a S. Silvestre da Amadora na próxima semana. No início do próximo ano, vai iniciar um plano de preparação para os campeonatos de corta-mato, sublinhou a atleta do Maratona.
Classificações:
Seniores Masculinos:
1-José Moreira – Cyclones
2-Nuno Costa – Maratona
3-Ricardo Ribas – Conforlimpa
4-António Silva – C.P. Mangualde
5-José Maduro – Maia
Seniores Femininos:
1-Mónica Rosa – Maratona
2-Carla Marinho – Adercus
3-Solange Jesus - Adercus
4-Mónica Silva – Maratona
5-Doroteia Peixoto – SportZone
6-Lucinda Moreira – S.C. Matosinhos
---------------------------------------------------------

Desporto - Atletismo

Mais de um milhar de atletas inscritos na S.Silvestre de Torres Novas
Realiza-se na tarde deste sábado a corrida de S. Silvestre nas ruas da cidade de Torres Novas.
A prova do escalão maior, tem início pelas 16h30m e foi-nos confirmado pelo responsãvel da organização que vai ser batido mais uma vez, o record de inscrições na prova torrejana, com cerca de 1.300 inscrições. Foi-nos também confirmado que estão inscritos alguns nomes importantes do atletismo portugues, nos escalões seniores e juniores feminino e masculino.
------------------------------------------------------

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Associativismo

Ainda há clubes de bairro!
Vitória Clube de Santarém - Uma Década na sombra, um futuro cintilante
(...)A maioria dos jovens vive toda a sua infância de braço dado com o futebol. Essa tendência não foi excepção no dia-a-dia de um grupo de amigos, ainda crianças, residente no Alto do Bexiga, pequeno bairro dos subúrbios de Santarém. Dois grupos representantes de cada metade do bairro, actores de uma história de intensa rivalidade que se prolongou durante anos: de um lado, a Rua de Cima, actual Vitória Clube de Santarém; do outro, a vizinha e “inimiga” Rua de Baixo.
Sérgio Fernandes, um dos grandes responsáveis para que no decorrer dos anos se fosse cultivando junto dos jogadores uma consciência geral da existência virtual deste clube, decide proceder ao registo de todos os jogos entre os dois rivais, destacando jogadores envolvidos, data, local, marcadores dos golos e todas as restantes incidências de um jogo de futebol. A rivalidade foi diminuindo com o passar dos anos, e novos adversários foram surgindo. Mas este ritual estatístico foi perdurando. Pouco a pouco, foi-se edificando um conceito de “clube”. Um clube sem sede, sem campo, sem órgãos sociais, sem estrutura, sem elementos vinculados por contrato. Havia, isso sim, contratos de amizade e cumplicidade, que, aliados a uma mentalidade ambiciosa e ganhadora, ajudaram celeremente a marcar a diferença em relação aos adversários.
Em 2003, surge quase milagrosamente na vida do clube o “Café Tic Tac”, estabelecimento gerido por gente sensível à importância capital que o desporto tem na vida de um jovem, e que, em dois anos, forneceu mais apoios ao Vitória Clube de Santarém que todos os outros o haviam feito em conjunto nos restantes oito anos da vida do clube. Esse apoio moral e financeiro, dispensado também por António Pardelhas, atinge agora o seu expoente máximo nesta fase histórica da vida do clube, ao serem garantidas condições para que o Vitória Clube de Santarém se possa finalmente dar a conhecer a nível oficial.
Juntos, formaremos um bloco sólido, unido, e levantaremos bem alto a bandeira do nosso clube e da nossa cidade, sendo que, quando os êxitos surgirem, todos os poderão sentir como sendo um pouco seus. Com um Vitória ganhador, todos os sonhos serão possíveis.
Que o histórico decénio que agora finda seja o mote para o futuro imponente que se avizinha, e o mundo aprenda a olhar com admiração para um nome: Vitória Clube de Santarém
(...).
in: http://vcsantarem.no.sapo.pt/historia.html
-----------------------------------------------------

Cidadania

Encontro de jovens lusos e italianos em Constância
Meia centena de jovens portugueses e italianos participam, de 27 de Dezembro a 02 de Janeiro, num encontro em Constância que visa "desmistificar a relação dos jovens com a política".
Daniel Martins, presidente da associação Quatro Cantos do Cisne, uma instituição particular de solidariedade social de Constância, disse à agência Lusa que o encontro internacional de jovens se insere no programa Juventude em Acção, co-financiado pela Comissão Europeia, que envolve quatro associações, duas portuguesas (de Constância e Peniche) e duas italianas (da Catânia e de Florença).
O projecto visa fomentar uma cidadania activa em jovens residentes em zonas geograficamente desfavorecidas, tendo decorrido numa primeira fase em cada um dos países e culminando agora com um encontro internacional, disse.
Ao longo dos últimos sete meses os jovens envolvidos no projecto fizeram uma pesquisa sobre as políticas de juventude existentes em Portugal e Itália, tendo desenvolvido um vídeo sobre o que é para eles a democracia.
O encontro internacional aposta em workshops e dinâmicas de grupo "para desmistificar que a política não é um bicho mau, que morde, e para fomentar a participação activa dos jovens", adianta Daniel Martins.
Os jovens, com idades entre os 16 e os 22 anos, vão trabalhar em equipas mistas que terão de preparar uma apresentação (vídeo, teatro ou fotografias) sobre o que entendem por democracia e as alternativas que propõem para uma participação mais efectiva dos jovens. "Daí o nome dado ao projecto: Be the Change (Sê a Mudança)", afirmou.
Os jovens farão uma apresentação do seu trabalho para a comunidade local no dia 30 de Dezembro, havendo outros momentos abertos à população, nomeadamente nos dias 28 e 29. Dia 31, os jovens vão visitar a Câmara Municipal de Constância.
Além da Quatro Cantos do Cisne, participam no projecto a Associação Juvenil de Peniche, a Associazione Agrado e a Cooperativa Sociale Futura 1989.
No âmbito do programa Juventude em Acção, a Quatro Cantos do Cisne tem em curso um outro projecto, o Serviço Voluntariado Europeu, sendo a única instituição do distrito de Santarém a receber jovens de outros países.
"É uma oportunidade que a Comissão Europeia dá a jovens da Europa, e não só, de, num período que pode variar entre as três semanas e os 12 meses, estarem noutro país e conhecerem outras culturas ao cooperarem com a organização que os acolhe", referiu Daniel Martins.
No caso da Quatro Cantos do Cisne, os quatro a cinco jovens que acolhe habitualmente colaboram nas actividades que a associação desenvolve nos jardins-de-infância e nos centros de tempos livres do concelho.
A partir de 2010, acolherá ainda jovens voluntários no âmbito do núcleo de Desporto na Natureza, recém criado pela associação e que desenvolve, nomeadamente, actividades de BTT e rappel.
A associação foi criada em 1994 com o objectivo de promover o desenvolvimento da Pereira, uma aldeia com 27 habitantes, na freguesia de Santa Margarida, situada num vale que faz um losango e que vive sob ameaça de desertificação.
O nome da associação vem da analogia aos quatro cantos do losango e ao canto dos cisnes quando estão a morrer, contou Daniel Martins.
A associação tem actualmente com 50 funcionários, coordenando os cinco centros de tempos livres do concelho e apoiando as actividades de animação nos jardins-de-infância, além de ter criado uma empresa de inserção com 15 funcionários e de coordenar um projecto de intervenção precoce.
-----------------------------------------------------------

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Sociedade

Câmara de Ourém vai criar grupo de trabalho para preparar a visita do Papa
A Câmara Municipal de Ourém vai criar um grupo de trabalho para preparar a visita do Papa a Fátima em Maio do próximo ano, disse hoje à agência Lusa o presidente da autarquia.
Paulo Fonseca explicou que o objectivo do grupo, que estará em funcionamento em Janeiro, é garantir que no decurso da visita do Papa a Fátima “tudo funcione bem”.
“Há sempre aspectos que são preocupantes e que merecem atenção, como a protecção civil, os acessos a Fátima, o parqueamento na cidade, a segurança das pessoas”, exemplificou Paulo Fonseca.
Segundo o autarca, o grupo de trabalho vai integrar, além de técnicos da autarquia, forças de segurança, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), EDP entre outras empresas e entidades que garantem serviços públicos e cujo trabalho é necessário assegurar com antecedência porque a visita de Bento XVI implica “a recepção de muito mais gente”.
O presidente do município acrescentou que propôs ao Governo a resolução de algumas questões relacionadas com Fátima, elucidando com a criação de um corredor pedonal de acesso ao maior santuário mariano do país que os peregrinos possam utilizar já em Maio.
“Percebemos que em cinco meses não é possível resolver tudo”, afirmou Paulo Fonseca, considerando contudo ser exequível elaborar uma estratégia de desenvolvimento para o futuro de Fátima “onde o Estado tem responsabilidades porque é a montra principal do país”.
“O Santo Padre vem a Portugal porque vem a Fátima”, declarou, defendendo que “é o momento de o país inteiro perceber que um dos seus aspectos de maior visibilidade é Fátima”.
A visita de Bento XVI a Portugal decorre entre os dias 11 e 14 de Maio, começando em Lisboa de onde o Papa sai, de helicóptero, no dia 12 às 16:40 com destino a Fátima.
No Santuário de Fátima, Bento XVI é esperado às 17:30 na Capelinha das Aparições.
Pelas 21:30, o Papa participa na recitação do rosário e bênção das velas.
Já no dia 13, após a missa no recinto do santuário, a que vai presidir, Bento XVI visita a basílica onde estão os restos mortais dos videntes de Fátima, Francisco, Lúcia e Jacinta.
Após o almoço com os bispos de Portugal e o séquito papal, o chefe de Estado do Vaticano vai participar num encontro com as organizações da pastoral social, na Igreja da Santíssima Trindade, a que se outro com os bispos na Casa Nossa Senhora do Carmo.
Pelas 08:00 de dia 14 o Papa ruma ao Porto, cidade onde termina a sua primeira visita a Portugal.
----------------------------------------

Autarquias

Município de Constância entrega apoios financeiros a jovens estudantes do ensino superior
No próximo dia 28 de Dezembro, a Câmara Municipal de Constância vai proceder à entrega de apoios financeiros a 10 jovens estudantes do ensino superior, uma cerimónia que terá lugar às 10.00H, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.
Registe-se que este ano, no âmbito do programa de Concessão de Apoios a Estratos Sociais Desfavorecidos, a autarquia efectuou um reforço orçamental a fim de contemplar todos os jovens candidatos a este apoio, pois todos reuniam as condições legais exigidas no regulamento do programa.
Tendo como principais objectivos não só incentivar os jovens do concelho à frequência do ensino superior como também contribuir para a sua auto-formação e melhoria da sua qualidade educacional, a Câmara Municipal de Constância promove anualmente o programa de Concessão de Apoios a Estratos Sociais Desfavorecidos.
---------------------------------------------------

Meteorologia


Avultados danos no concelho de Santarém provocados pelo mau tempo
O mau tempo da madrugada desta quarta-feira cortou a electricidade, interrompeu as comunicações telefónicas e provocou danos muito significativos nos jardins das Portas do Sol e da Ribeira de Santarém, os quais vão ficar encerrados, provavelmente, até meados da próxima semana, segundo anunciou o vereador da Protecção Civil da Câmara de Santarém, António Valente, na conferência de imprensa , que teve lugar esta tarde.
Nas operações de socorros estiveram envolvidos 81 elementos e 22 viaturas. Os danos estão avaliados em cerca de 5 milhões de euros.
Na conferência de imprensa estiveram também presentes os comandantes dos bombeiros municipais de Santarém, José Vitorino e dos voluntários, Rui Carvalho e a chefe de Gabinete das Presidência, Susana Rodrigues.
O vento forte que se fez sentir entre as 03:00 e as 04:30, atingindo os 140 quilómetros por hora, provocou elevados danos no Pavilhão do Inatel, no Campo Infante da Câmara e nalguns edifícios de responsabilidade directa da autarquia local, nomeadamente no picadeiro junto à Praça de Touros, que vai ser demolido.
Também a zona das piscinas de aprendizagem, no Complexo Aquático ficou destelhada.
O vento e a chuva provocou ainda a queda de árvores, algumas de grande porte e a obstrução de estradas devido à queda de árvores, que de acordo com o vereador da Protecção Civil “são situações que já estão desbloqueadas”, acrescentando que “algumas sepulturas do cemitério de Vale de Figueira ficaram também destruídas devido à queda de uma árvore de grande porte que tombou sobre os muros do cemitério”.
António Valente revelou que casas e anexos ficaram parcialmente destruídas, assim como caíram chaminés e telhados de algumas garagens provocando danos em viaturas.
Também devido ao mau tempo registaram-se problemas com pessoas idosas no que respeita ao alojamento, nomeadamente no Graínho, em Vale Figueira e mesmo na cidade de Santarém. “Estas pessoas foram prontamente socorridos pelos serviços de apoio social da Câmara de Santarém”, frisou o vereador da Protecção Civil.
Desde esta madrugada que todos os meios humanos e materiais dos Corpos de Bombeiros do Concelho de Santarém estão na rua. Estão ainda envolvidas, nas operações de salvamento, equipas de engenharia e serviços de jardinagem.
O vereador da Protecção Civil apelou ao bom senso de todos os munícipes, sublinhando para que se mantenham calmos, até porque “as informações de que dispomos relatam que as condições meteorológicas não revelam alterações significativas nas próximas horas, sendo que a tendência geral é de melhoria”.
No entanto, adiantou que para qualquer eventualidade podem contactar o Comando dos Bombeiros Municipais e o Gabinete de Protecção Civil, através dos telefones 243 333 091/122.
----------------------------------------------------------------------

Sociedade

A Campanha de Solidariedade Contra a Fome promovida pela Câmara de Santarém angariou quatro toneladas de géneros alimentares
A Campanha de Solidariedade Contra a Fome promovida pela Câmara de Santarém angariou 4 toneladas de géneros alimentares. Os dados foram divulgados esta manhã, pelo vereador da Acção Social, Vitor Gaspar, sublinhando que, “a tempestade que assolou esta noite a nossa região não estragou os alimentos que se encontravam dentro da tenda solidária cedida e montada pela Cruz Vermelha. Devido ao forte vento, a tenda caiu e de imediato vários funcionários guardaram a maioria dos alimentos dentro do edifício dos Paços do Concelho”.
Ainda hoje, os géneros alimentares angariados juntamente com um contributo de 2500 euros em azeite das Águas de Santarém vão ser entregues ao Banco Alimentar Contra a Fome de Santarém.
“A quantidade recolhida desde o início de Dezembro é muito semelhante ao do ano transacto”, segundo Vitor Gaspar, acrescentando que “a campanha, cujo lema foi ‘Dê a melhor parte de si ao Banco Alimentar: a sua solidariedade’ suscitou uma enorme adesão de particulares e de empresas como a JJ Louro, a Bonduelle e Construções Pragosa”.
A ideia da campanha surgiu o ano passado do presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores, que pediu às empresas que em vez de ofertarem prendas ao município o fizessem em bens alimentares para as pessoas mais carenciadas do concelho.
O vereador da Acção Social não tem dúvidas que “esta campanha de solidariedade foi bastante positiva e provou mais uma vez que as pessoas são generosas e que vão fazer com muitas famílias tenham um Natal muito melhor”.
Para além dos géneros alimentares também foram recolhidos muitos brinquedos que vão ser entregues às crianças carenciadas do concelho, através da Casa Solidária das Artes e Ofícios desta autarquia. Muitos desses brinquedos serão também dados no dia de aniversário das crianças que fazem parte das 200 famílias já atendidas pela Casa Solidária, desde que abriu portas.
-------------------------------------------------

Sociedade

Jumbo de Santarém sofreu danos motivados pelo temporal
Encontra-se encerrado o hipermercado Jumbo, em Santarém, motivado por estragos na cobertura causados pelo forte vento que se fez sentir esta madrugada. Estão a desenvolver-se esforços por parte da empresa para que aquela superfície comercial possa abrir o mais breve possível.
A superfície encontra-se selada e os funcionários estão a prestar informações aos clientes no exterior das instalações.
-----------------------------------------------------

Meteorologia

Mau tempo afecta o distrito de Santarém
Os fortes ventos da madrugada de hoje provocaram “bastantes estragos” no distrito de Santarém, com estradas cortadas, devido à queda de árvores e linhas eléctricas e telefónicas, e casas destelhadas, disse à Lusa fonte da Protecção Civil.
Rui Natário, segundo comandante do Centro Distrital de Operações de Socorro, disse à agência Lusa que quatro pessoas ficaram desalojadas, três (uma delas sofreu ferimentos ligeiros, tendo sido assistida no local) em Asseiceira (Tomar) e outra em Praia do Ribatejo (Vila Nova da Barquinha).
Os desalojados de Asseiceira passaram o resto da noite no quartel dos Bombeiros Municipais de Tomar, disse.
Rui Natário adiantou que a maior parte das estradas já estão reabertas ou em vias de resolução e que foi marcada para as 10:00 uma reunião do Centro Coordenador Distrital que contará com a presença da EDP, dada a quantidade de linhas que caíram e que é necessário repor.
Segundo disse, os estragos ocorreram de forma dispersas tendo atingido vários concelhos do distrito, em particular Cartaxo (com numerosas estradas secundárias interrompidas), Santarém, Rio Maior, Almeirim, Tomar, Barquinha, Constância, Ferreira do Zêzere. Os fortes ventos, que se iniciaram a Sul, (Benavente praticamente não sofreu estragos), fizeram-se sentir, a partir das 04:30, durante praticamente uma hora.
--------------------------------------------------------

Autarquias

Quadras Natalícia e Ano Novo levam a alterações de recolha de lixo no concelho de Almeirim
A Câmara de Almeirim em comunicado, informa os munícipes que atendendo aos feriados da época natalícia não haverá recolha de lixo na noite de 24 para 25 de Dezembro e de 31 para 1 de Janeiro. Informa ainda a autarquia, que a medida “Fardo Atado” não recolhe nas mesmas noites. É solicitado também, que na Noite de Natal e de Passagem de Ano não seja colocado o lixo junto aos contentores, solicitando ainda a autarquia que só seja feito na noite do dia 25 e na noite do dia 1. Pode ler-se ainda no documento, uma solicitação para que sejam utilizados os eco pontos para colocar o material passível de reciclagem que, habitualmente, é muito nesta época.
-------------------------------------------------------------

Sociedade

Presidente da Câmara de Almeirim, comenta resultado da abertura dos concursos para a construção dos estabelecimentos prisionais no concelho
O presidente da Câmara Municipal de Almeirim disse à agência Lusa que “era esperada” a queda dos concursos que foram abertos para a construção de vários estabelecimentos prisionais, já que os valores base “eram muito baixos”.
Para José Sousa Gomes (PS), o facto de os concursos terem ido abaixo não implica qualquer alteração à decisão de construir o Estabelecimento Prisional de Lisboa e Vale do Tejo em terrenos da junta de freguesia de Fazendas de Almeirim.
O Partido Ecologista Os Verdes congratulou-se, em comunicado, com a queda do concurso para a construção do Estabelecimento Prisional de Lisboa e Vale do Tejo, no concelho de Almeirim, considerando esta uma oportunidade para o Governo repensar a sua localização, já que implicará o abate de milhares de sobreiros.
“Sabíamos que havia uma grande diferença entre o preço base e os apresentados nas propostas, pelo que a queda do concurso não foi uma surpresa”, disse Sousa Gomes à Lusa.
Segundo disse, com a mudança de todos os elementos da Instituto de Gestão Financeira e de Infra-Estruturas da Justiça não há ainda condições para lançar novo concurso.
--------------------------------------------------------

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Sociedade


Governadora Civil de Santarém participa em acção de sensibilização da Prevenção Rodoviária
Realiza-se esta quarta – feira, dia 23 de Dezembro de 2009, pelas 10h30m, a primeira acção de sensibilização da Prevenção Rodoviária do Governo Civil do Distrito de Santarém, com vista ao alerta para a redução dos acidentes de viação. A campanha vai contar com a participação da Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona. A mesma, tem inicio na “Área de Serviço de Santarém”, da Auto Estrada (A1), e continua na Circular Urbana da Cidade de Santarém, “Rua 0”.
A segunda acção está prevista para o dia 30 de Dezembro de 2009. Neste Natal e Ano Novo, Diz o Governo Civil em mensagem: “Vamos todos ajudar a travar este drama”, que são os acidentes graves nas estradas do distrito.
-----------------------------------------------------------

Efemérides

Homenagem ao Marquês de Sá da Bandeira em Santarém
A Academia Militar em colaboração com a Câmara Municipal de Santarém vai homenagear, no dia 6 de Janeiro de 2010, o General Bernardo de Sá Nogueira de Figuereido, Marquês de Sá da Bandeira, por ocasião do 134º aniversário da sua morte.
A homenagem, que será presidida pelo segundo comandante e director de Ensino da Academia Militar, Major-General António Xavier Lobato Faria Menezes, está marcada para as 10 horas, junto à estátua do Marquês, na Praça Sá da Bandeira.
Para além da deposição de uma coroa de flores haverá uma alocução evocativa da personalidade, vida e obra do militar Marquês de Sá da Bandeira, também fundador da Escola do Exército, antecessora da Academia Militar.
Depois desta cerimónia realiza-se uma romagem ao cemitério de Santarém, pelas 10h50, com a colocação de uma coroa de flores no túmulo do Marquês de Sá da Bandeira.
--------------------------------------------------------

Autarquias

Torres Novas: Praça de Táxis muda temporariamente de local
A «Pala de Táxis», instalada junto à Central de Camionagem de Torres Novas, irá ser retirada durante os próximos dias, devendo-se a operação ao de parte dessa estrutura se encontrar em propriedade privada.
Após reunião da Câmara Municipal de Torres Novas com Florêncio Plácido de Almeida, presidente da ANTRAL (Associação Nacional dos Transportes Rodoviários e Automóveis Ligeiros) e com alguns taxistas da Praça, ficou acordado o estacionamento provisório dos táxis nas traseiras da Central, na Avenida dos Bombeiros Voluntários, em zona já demarcada e para uso exclusivo destas viaturas enquanto durar a obra do novo parque.
Posteriormente, a cobertura será recolocada no mesmo lado da via, mas em enquadramento com o arranjo do local e do novo parque semi-enterrado de estacionamento.
O início da desmontagem será na próxima quarta-feira, dia 23 de Dezembro, prevendo-se que, num prazo máximo de quatro a cinco meses, seja efectuada a respectiva montagem, coincidindo com a conclusão da obra no novo parque de estacionamento.
A Câmara Municipal de Torres Novas apela à compreensão destes profissionais, bem como de todos os moradores da área, durante este período de transição, tendo em conta que estão em causa melhorias profundas na via pública que a todos beneficiarão.
------------------------------------------------------

Autarquias

Duas primeiras fases das obras do “Almonda Parque” em Torres Novas estão concluídas
O parque público de estacionamento semi-enterrado para viaturas, inserido no Almonda Parque, em Torres Novas, viu já serem concluídas as suas duas primeiras fases de construção.
Numa primeira etapa foi feito o movimento de terras, através da escavação no local onde será erigido o edifício. Posteriormente, numa segunda fase, foram colocadas várias dezenas de estacas de betão armado, em virtude da constituição aluvionar dos solos, dada a sua proximidade do rio Almonda. Os solos de maior qualidade só se encontram a cerca de 15 metros de profundidade, pelo que este trabalho, recentemente concluído, permitirá sustentar o edifício, cuja estrutura irá em breve começar a ser construída.
De recordar que esta área de intervenção tem aproximadamente 7 572 m2, abrangendo o novo traçado da Rua do Nogueiral, entre a Rua do Caldeirão e a Rotunda Heróis de Diu e a respectiva área confinante (a poente) dos terrenos do antigo mercado municipal, assim como a área a nascente para arranjo urbano da praceta aí existente.
O moderno edifício apresentará dois pisos destinados a estacionamento móvel, sendo a cobertura utilizada como espaço público de estar e miradouro virado ao rio. No total, estarão disponíveis 334 lugares de estacionamento, dos quais 6 serão destinados a utentes de mobilidade reduzida.
---------------------------------------------------------

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Autarquias

Executivo da Câmara de Almeirim aprovou Plano e Orçamento para 2010
O executivo da Câmara de Almeirim, reuniu esta segunda-feira com diversos pontos em agenda para discussão e aprovação. Destacamos a aprovação do Plano e Orçamento para o ano de 2010, num total de 20.300.00,00€ (Vinte milhões e 300 mil euros), com 5 votos a favor (PS), 2 votos contra (CDU e MICA). O orçamento aprovado, representa um acréscimo de mais de 1 milhão de euros, em relação a 2009, traduzindo-se, apesar dos “tempos de crise” num aumento do investimento. É de referir que neste valor não constam os investimentos efectuado pelas “Águas no Ribatejo”, no concelho, os quais ascendem a cerca de 8 milhões e meio de euros.
Foram também aprovados alterações aos estatutos da empresa intermunicipal “Águas do Ribatejo”, que na prática se resumiram ao nome. Deixou de ser “AR – Águas do Ribatejo – EIM” e passou a ser “AR – Águas do Ribatejo – EM” assim como a nova localização da sede. Estas propostas foram aprovadas com os votos favoráveis do PS e CDU e o MICA, votou contra. A alteração do capital social da empresa também foi discutido e aprovado com os votos do PS, a abstenção da CDU e o voto contra do MICA. Foi também aprovado, por unanimidade, a saída da “AR – Águas do Ribatejo – EM” do município da Golegã, que apenas tinha uma posição residual. Votámos ainda a entrada do município de Torres Novas, que representa um aumento de 36 mil novos utentes. Esta adesão vem dar uma maior dimensão a esta empresa intermunicipal, continuando a ser o único sistema no País em que a gestão de águas e esgotos é totalmente pública. Este ponto foi aprovado com os votos do PS, CDU e a abstenção do MICA.
Outra proposta que constava na ordem de trabalhos era referente às tarifas a aplicar em 2010 para Recolha de Resíduos Sólidos, esta, foi aprovada com os votos a favor do PS, a abstenção da CDU e o voto contra do MICA.
Foi também aprovada pelo executivo, a nova tabela de taxas e licenças. Esta alteração é fruto de uma obrigação legal. Foi aprovado com 5 votos a favor (PS), com a abstenção do MICA e voto contra da CDU.
Foi ainda aprovado o novo regimento de funcionamento das sessões de Câmara. Este regulamento é na prática o anterior com pequenas alterações sugeridas pelos Vereador da CDU e do MICA.
A pintura de algumas raias de estacionamento, na sede do concelho, foi aprovada por unanimidade.
O executivo deliberou por unanimidade, conceder tolerância de ponto aos funcionários do Município no dia 24 e na tarde de 31.
-------------------------------------------------

Inovação

Jovens estudantes inovam com projectos baseados em novas tecnologias
Uma ideia de negócio que consiste numa melhor logística do reaproveitamento de resíduos industriais, particularmente dos resíduos produzidos pela indústria transformadora e extractiva venceu a I edição do concurso nacional “INOV.POINT”, iniciativa que pretendeu premiar ideias de negócio e projectos inovadores de carácter tecnológico. Joana Couto, Paulo Figueiras e Paulo Cadete, alunos da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa são os autores do projecto vencedor, uma ideia com o nome de “Re-Inova Enviromental Knowledge”.
O 2º lugar foi atribuído a Paulo Barbeiro que apresentou a ideia” EyeDropper”, Sistema de validação do cumprimento da terapêutica em oftalmologia, para tratamentos na forma de gotas de aplicação tópica ocular.
O projecto empresarial propondo a implementação de serviço de bike sharing em municípios, empreendimentos privados e de turismo obteve a 3ª posição. Jorge Rocha é o autor da “Tagus Pulse – Mobitity Solution”, que pretende desenvolver um sistema de gestão da partilha de bicicletas que recorre à tecnologia RFID e GPS.
Dirigido a jovens que estejam a finalizar o ensino superior, o “INOV.POINT” foi lançado em Maio de 2009 destinando-se a apoiar ideias de negócio inovadoras, que serão acompanhadas e desenvolvidas no Tecnopolo, a partir do INOV.POINT, Centro de Inovação, Incubação e Desenvolvimento de Empresas.
Os vencedores tiveram como prémio uma carteira de serviços disponibilizados pela TAGUSVALLEY, promotora do concurso e empresas patrocinadoras.
A cerimónia de entrega dos prémios foi presidida pela Presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque.
-------------------------------------------------------------

Economia

Empresa em Abrantes vai produzir um milhão de painéis fotovoltaicos até final de 2010
O Projecto Integrado de Energia Solar (PIES) vai produzir “a partir de Janeiro e até final de 2010” um milhão de painéis fotovoltaicos, anunciou à Lusa o empresário Alexandre Alves, à margem de uma visita da Governadora Civil de Santarém.
Instalada em Pego, Abrantes, num terreno com 82 hectares de área, esta nova fábrica de painéis fotovoltaicos e torres eólicas visa “agregar” toda a cadeia de produção de energia solar, e implicará um investimento global de “mais de mil milhões de euros e a criação de 1.900 postos de trabalho” até 2013.
A Governadora Civil do Distrito de Santarém, Sónia Sanfona, que hoje quis conhecer e inteirar-se do evoluir do projecto, afirmou à agência Lusa ter ficado “muito bem impressionada e até surpreendida” com a “dimensão e escala” do PIES, cujo projecto e instalações visitou.
“Este é o maior projecto privado em curso no distrito de Santarém”, afirmou a Governante, que sublinhou “a importância da temática” em causa no projecto PIES, o volume de investimento e o número de postos de trabalho que vai criar.
“Esta temática das energias renováveis e das energias limpas constituem uma aposta central na politica do Governo, pelo que a minha visita indica uma clara associação e compreensão para a importância deste projecto, bem como um sinal de motivação para a sua implementação e concretização”, afirmou.
Sónia Sanfona realçou a importância de “um investimento que gera riquezas e mais valias para a região, para o País e para o estrangeiro”, em virtude do volume de exportações previsto, e “a criação de muitos postos de trabalho, em contexto de crise”.
O projecto, a desenvolver-se em quatro fases, vai ter 40 mil painéis fotovoltaicos instalados para produção de energia limpa de auto-consumo e a RPP Solar conta, em três anos, estar a produzir 700 megawatts e alcançar um volume de facturação de mil milhões de euros.
Segundo disse à agência Lusa Alexandre Alves, promotor do projecto e presidente do conselho de administração da RPP Solar, o PIES “vai começar a produzir torres eólicas daqui a um mês”, contando hoje com “110 milhões de euros investidos e cerca de 200 colaboradores”, que trabalham “dia e noite” na criação e construção dos edifícios e infraestruturas.
Segundo acrescentou, “em Janeiro” começa a produção “sem parar” da primeira série de um milhão de painéis solares previstos para 2010, “já com 400 colaboradores” e com cinco linhas de montagem, uma delas completamente robotizada”.
“Um ritmo acelerado porque o mercado assim o exige”, disse Alexandre Alves, que acrescentou à Lusa que no próximo ano vai introduzir no mercado painéis fotovoltaicos a 400 euros, “metade do preço que hoje se pratica”.
Com “tecnologia de ponta alemã”, nomeadamente da Siemens, “esta será a primeira fábrica integradora na área fotovoltaica e produzirá integralmente todos os componentes do painel solar".
-------------------------------------------------------

Sociedade

Agente da PSP condenado por ter alvejado mortalmente a mulher no Vale de Santarém
O agente da PSP que alvejou mortalmente a mulher nas instalações da Associação de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM), no Vale de Santarém, foi hoje condenado a uma pena de 23 anos e nove meses de prisão.
O juiz Eduardo Azevedo considerou Joaquim Pais, 48 anos, culpado dos crimes de ofensa à integridade física simples, praticado sobre Amélia Pais e Gonçalo Neto em 31 de Agosto de 2008, de homicídio qualificado, praticado sobre Amélia em 29 de Setembro de 2008, e de dois homicídios na forma tentada sobre Gonçalo Neto e Fernanda Carvalho.
Joaquim Pais foi condenado a nove meses de prisão pelo primeiro crime, seis meses pelo segundo, 18 anos e seis meses pelo terceiro, sete anos pelo quarto e sete anos pelo quinto, tendo o cúmulo jurídico resultado numa pena de 23 anos e nove meses de prisão.
O Ministério Público havia pedido uma pena entre 18 e 21 anos de prisão.
O juiz absolveu o agente da PSP dos crimes de violência doméstica agravada e de ameaça agravada, de que vinha acusado pelo incidente ocorrido em casa de Amélia no dia 31 de Agosto de 2008, na qual usou uma faca e a sua arma de serviço para proferir ameaças contra Amélia, de quem se encontrava separado, e Gonçalo, por suspeitar de um relacionamento amoroso entre ambos, o que estes negavam.
Na sequência desse incidente, a arma de serviço foi-lhe retirada, tendo o crime sido cometido com a arma que Joaquim retirou, na véspera, do cacifo de um colega do comando metropolitano de Lisboa.
O agente foi absolvido do crime de detenção de arma proibida (faca) e do crime de furto qualificado (da arma do colega).
A acusação de dois crimes de homicídio qualificado na forma tentada, pelos disparos feitos em direcção à carrinha da APPACDM onde seguiam Gonçalo e Fernanda, foi alterada para homicídios na forma tentada.
O juiz considerou provado que Joaquim agrediu e alvejou Amélia (então com 29 anos) com dois disparos na zona do tórax, que lhe atingiram o coração e provocaram lesões toráxico-pulmonares, quando a mulher, de quem vivia separado desde o início de Agosto de 2008, chegava ao seu local de trabalho, o infantário da APPACDM, no Vale de Santarém, na companhia do filho.
O crime decorreu na presença do filho do casal, um menino então com sete anos, que tem estado à guarda de uma tia paterna enquanto não se conclui o processo de regulação do poder paternal, reclamado pela irmã de Amélia, segundo fontes da família.
O arguido disparou ainda três tiros (um falhado) na direcção dos vidros da carrinha de transporte da APPACDM que se dirigiu ao local quando Gonçalo e Fernanda, que seguiam dentro da viatura, ouviram gritos.
O juiz condenou Joaquim a pagar uma indemnização aos pais de Amélia, residentes nos Açores, de 15.000 euros a casa um, quando estes haviam pedido uma indemnização de 40.000 euros cada por danos não patrimoniais.
A APPACDM, que começou por pedir uma indemnização cível de 491 euros pelos estragos provocados na carrinha, desistiu do pedido, enquanto a Fernanda Carvalho foi atribuída uma indemnização de 3.500 euros contra os 7.500 que reclamava por danos não patrimoniais.
Joaquim encontra-se em prisão preventiva no estabelecimento prisional de Évora, destinado a reclusos das forças de segurança, desde 30 de Setembro de 2008.
----------------------------------------------------

Economia



----------------------------------
Mulheres apresentam novos projectos empresariais

Dez novos projectos empresariais ligados ao empreendedorismo em meio rural, exclusivamente elaborados por mulheres, foram apresentados pela Tagusvalley - Associação para a Promoção e Desenvolvimento do Vale do Tejo. O projecto é financiado pelo Programa Operacional Potencial Humano e visou a realização de um curso de Empreendedorismo Feminino em meio rural e de valorização dos produtos locais.
Os projectos, acompanhados na incubadora de empresas do Técnopolo do Vale do Tejo, ao longo dos últimos três meses, são dinamizados por 12 mulheres, de entre um universo de 120, com curso superior, desempregadas e inscritas no Centro de Emprego local, e que apresentaram ideias de negócios “viáveis e inovadoras”.
Foram apresentadas ideias como um ateliê de imagem, uma fábrica de produção de óleos essenciais, uma academia de estudos, uma estufa em sistema hidropónico - plantação de morangos com suporte sem terra, e um ateliê de arquitectura e paisagismo, entre outros.
O projecto "Prehendere" - Empreender no Feminino, pretende apoiar e incentivar a efectiva criação de empresas geridas por mulheres, através de consultoria especializada. Após este período de formação que agora termina, existirá um período de incubação em que as formandas serão acompanhadas na consolidação da sua ideia de negócio e na elaboração de um plano de negócio. Nos casos em que o plano de negócio seja efectivamente concretizado e resulte na criação de uma empresa, está previsto o apoio a esta criação e à sua instalação física nas incubadoras, bem como no acesso a mecanismos de financiamento. Nesta fase a autarquia pretende constituir-se como parceiro, garantindo a aproximação e utilização dos sistemas financeiros de apoio à criação das novas empresas.
------------------------------------------------

Autarquias

Câmara de Tomar reúne quarta-feira
O executivo da Câmara de Tomar, reúne na próxima quarta-feira, dia 23, pelas 09h30, com vários pontos em agenda, dos quais se destacam “apreciação de vários processos do departamento de obras municipais” e “resolução sobre operações urbanísticas” no concelho.
----------------------------------------------------------------

Autarquias

Câmara de Almeirim fornece refeições no período de férias do Natal
A Câmara Municipal de Almeirim, há semelhança do que aconteceu nas férias grandes de Verão, continuará a fornecer as refeições escolares aos alunos, de escalão A e B, dos jardins-de-infância e 1º ciclo do concelho, durante o período das férias de Natal. Esta medida de apoio extraordinário tem como objectivo minimizar algumas carências detectadas pelos nossos serviços sociais. As refeições serão servidas nos refeitórios escolares pré determinados e de acordo com as inscrições.
----------------------------------------------------------------

Sociedade

Mercado Municipal Alimentar em Torres Novas encerra dias 26 de Dezembro e 2 de Janeiro
Em virtude de os feriados de Natal (dia 25 de Dezembro) e de Ano Novo (1 de Janeiro de 2010) ocorrerem à sexta-feira, o Mercado Municipal Alimentar encerrará nos sábados seguintes, dias 26 de Dezembro e 2 de Janeiro.
À semelhança do que se tem verificado nos anos anteriores, os Mercados Municipais realizam-se na véspera do dia de Natal e do dia de Ano Novo.
---------------------------------------------

Eventos


Clube das Chuchas comemora um ano
Faz um ano em Janeiro que a divisão de Desporto da Câmara de Tomar arrancou com um projecto pensado só para os bebés. O Clube das Chuchas funciona nas manhãs dos últimos sábados de cada mês. No sábado passado teve a visita do CMIA que ajudou a fazer prendas reciclando.
Pais Natais, renas, bolas, estrelas e muitos outros enfeites de Natal foram o resultado do Atelier das Prendas promovido no sábado passado pelo Clube das Chuchas, em parceria com o CMIA – Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Tomar. As prendas foram feitas pelos bebés, com a ajuda dos pais e das monitoras, a partir de embalagens de cartão e de plástico, de cápsulas de café, botões velhos, folhas de árvore, jornais, revistas e muito mais.
Um atelier de reciclagem que cerca de uma dezena de pais preferiram ao entra e sai das lojas para as últimas compras de Natal. Talvez pela época, a adesão deste sábado não foi a do costume. O Clube das Chuchas, que decorre na parte da manhã dos últimos sábados de cada mês, tem uma média de 45 bebés (e respectivos pais) participantes.
Ginástica, Yoga, Teatro e muitas outras actividades marcaram o ano que passou. Uma oferta diversificada de propostas para que os pais “saboreiem” da melhor maneira a mais tenra idade dos filhos.
Em Janeiro do ano que aí vem o Clube das Chuchas assinala um ano de actividade constante. Termina 2009 com um atelier preocupado com o Ambiente (de pequenino…) e começa 2010 com uma sessão de massagem Shantala. Para aprender e depois fazer em casa. A não perder. Para participar nas sessões do Clube das Chuchas é preciso inscrever-se, podendo fazê-lo para a Divisão de Desporto da Câmara Municipal de Tomar.
-------------------------------------------------

Política

Recebemos da Coordenadora Concelhia da CDU de Santarém uma “Nota à Imprensa”, a qual transcrevemos na íntegra:
----------------------------------------------------------------------
SOBRE O ORÇAMENTO E GRANDES OPÇÕES DO PLANO PARA 2010 DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM
«Em primeiro lugar, a CDU lamenta que o Sr. Presidente da Câmara Municipal de Santarém não tenha cumprido a sua competência de “promover o cumprimento do Estatuto do Direito de Oposição”, ao fazer aprovar um Orçamento e Grandes Opções do Plano sem ouvir previamente todas as forças da oposição representadas na Assembleia Municipal, conforme era sua obrigação manifesta à luz do nº3 do Art. 5º desse mesmo Estatuto (Lei nº 24/98 de 26 de Maio).
Não obstante o cenário de crise e as responsabilidades do governo relativamente a parte das receitas, o que marca este orçamento é novamente a mistificação e o ilusionismo.
Mistificação porque novamente é construído com base em receitas de difícil obtenção, e portanto de difícil execução. Ilusionismo porque vende a ideia de redução de despesas, quando de facto se trata de um orçamento destinado à gestão da dívida de curto, médio e longo prazo - incluindo as facturas em recepção e conferência - que se situa actualmente nos 85.827.846,00 – em Abril de 2009 era de 69.838.146,66.
Começando pelas receitas, tal como refere o documento, verifica-se que a principal origem dos fundos advém da alienação de 49% do capital social da Empresa Águas de Santarém e da criação de uma parceria público-privada para a valorização dos bens adquiridos no âmbito do plano de acção “Ota-Alcochete”, ou seja, ainda, e supomos que por muito tempo, meras receitas virtuais, tal como já o eram no ano passado e, pelos vistos, infelizmente, acabamos por ter razão.
O PSD de Santarém continua a apostar nas parcerias publico-privadas, quando a liderança do PSD já concluiu que, elas são prejudiciais para o Estado, e aparece agora a criticá-las.
Estas previsíveis receitas aparecerem agora em conjunto, diminuindo, no total, de valor, quando comparativamente com o ano passado. Possivelmente, também consequência da crise.
No que respeita às contrapartidas pela transferência do aeroporto da Ota para Alcochete, para além de não ser previsível o recebimento das receitas previstas, não podemos esquecer que as instalações militares, a passarem para a posse da Câmara Municipal terão um custo elevado, que em 2009, começou por ser de 461.000,00 €.
O mesmo sucede com as demais receitas previstas com as instalações do antigo Presídio Militar e do projecto “Casa dos Sabores”.
Já agora, porque este já agora não tem custos como muitos outros, aproveitamos para continuar a manifestar a nossa incapacidade para compreender como é que, a Câmara Municipal de Santarém, sendo-lhe as instalações militares entregues como contrapartida da transferência da Ota para Alcochete, vai ter que pagar por elas 26 milhões de euros, mais juros. Sem dúvida que, os negócios das contrapartidas, não são para entender.
Quanto à alienação do capital social da Empresa Aguas de Santarém, também não vislumbramos como é que a Câmara Municipal vai receber qualquer valor tendo presente os termos do concurso público, de conformidade com o qual o valor da alienação deverá ficar na empresa como suprimentos. Aqui, importa referir que, esta disposição do concurso público é considerada por muitos juristas como ilegal pelo que, podemos vir a assistir ainda, a impugnações do concurso.
Passando para as escolas e educação em geral, nas Grandes Opções do Plano verificamos que a esmagadora maioria dos valores previstos são para pagamento de investimento já realizado, algum dele nos anos de 2002, 2003 e 2004.
No que respeita aos fundo comunitários, também a receita prevista se destina, no essencial, ao pagamento de investimento realizado, existindo sérias dúvidas que, em termos futuros, algum venha a ser implementado, já que não conseguimos vislumbrar onde se encontra prevista a comparticipação municipal, e nos termos dos respectivos regulamentos, todos eles obrigam a uma comparticipação do município.
Finalmente, e tendo sido autorizada a contracção de um empréstimo de 23 milhões de euros para pagamento a fornecedores nos termos da autorização especial concedida pelo Governo, fica por se saber se tal verba já foi obtida, utilizada e qual o seu destino.
Este orçamento é assim mais um instrumento da continuação das políticas do Executivo PSD/ Moita Flores, que adiam a resolução dos problemas mais graves do concelho, ao mesmo tempo que promovem o seu endividamento, factura que vai ser paga, mais tarde ou mais cedo, por todos os munícipes».
A Coordenadora Concelhia de Santarém da CDU
---------------------------------------------------------------------

domingo, 20 de dezembro de 2009

Sociedade



Imagem:A.Anacleto
---------------------------------------------
Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação visitou Instituições de Solidariedade Social no Concelho de Ourém

Idália Moniz, Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, visitou este Domingo, duas Instituições Particulares de Solidariedade Social no concelho de Ourém.
Depois de visitar a “Casa da Criança”, da Fundação Dr. Agostinho Albano de Almeida, a governante, acompanhada pelo representante oficial da Governadora Civil de Santarém, Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Paulo Fonseca, da Directora do Centro Regional da Segurança Social de Santarém, Anabela Rato e da Presidente da Assembleia Municipal de Ourém, além de outras entidades oficiais locais, deslocou-se para as instalações do Centro de Dia do Centro Social e Paroquial de Seiça.
O Presidente da Instituição, Padre José Luís Ferreira, no seu discurso, disse, «congratulo-me em nome da direcção, dos trabalhadores, dos voluntários e dos utentes do Centro Paroquial com a presença de ilustres personalidades que visitaram nesta quadra festiva esta casa social». Adiantou ainda o presidente da instituição, «esta casa faz 25 anos no próximo ano e há três pedidos que queremos endereçar para facilitar o desenvolvimento do processo de ampliação de valências deste Centro Social, um é o aumento de instalações de residência diária de cinco para dez pessoas, outra será a construção tipo habitações para alojamento de utentes da instituição e outra a construção de habitações que serão adquiridos pelos utentes e posteriormente após o falecimento destes, revertem para a instituição, lembramos que existem 33 idosos alojados em lares particulares fora da nossa freguesia» adiantou o presidente da instituição.
Paulo Fonseca, edil da Câmara, realçou, “a câmara está sensível às situações das instituições do concelho, desejamos manter o que está bem, e ajudar a melhorar o que está menos bem, temos conhecimento que esta instituição tem cumprido uma missão social importante no concelho e estão reunidas as condições para uma missão ainda mais importante», sublinhou.
Idália Moniz, afirmou no seu discurso «é de louvar quem serve a causa pública, como fazem estas instituições, além do trabalho gracioso das pessoas que gerem estas casas, assim como o trabalho importante desenvolvido pelos trabalhadores que dão o seu melhor para servir os idosos, não esqueço também o trabalho valioso dos voluntários que vão dando os seus préstimos com tarefas em prol do próximo», salientou a governante, adiantando «o governo tem cumprido com as suas obrigações de comparticipação das valências que cada instituição tem acordado, estão sempre disponíveis nas datas as verbas da comparticipação por parte da tutela» sublinhou a secretária de estado, recordando, «é importante dar um pouco de nós em prol destas comunidades, sem vontade e sem trabalho, nada se consegue na vida, estas instituições gerem muito emprego por isso neste campo também são muito importantes, além dos investimentos em infra-estruturas, sabemos que também é difícil a gestão da manutenção dos equipamentos já existentes» salientou Idalia Miniz.
O Centro Social e Paroquial de Seiça, foi criado em 1995, actualmente tem 45 utentes no Centro de Dia, presta apoio domiciliário a mais de três dezenas de idosos, além do quadro de pessoal permanente, tem cerca de uma dezena de pessoas a prestarem serviços de cariz voluntário.
-------------------------------------------------

Sociedade

População da Chamusca entrega abaixo-assinado reivindicando baixa do preço da água
Foram recolhidas cerca de mil e quinhentas assinaturas, num abaixo-assinado, o qual foi entregue esta sexta-feira, ao Presidente da Assembleia Municipal, ao Presidente da Câmara e à Presidente da Junta de Freguesia da Chamusca. O documento foi entregue por Jorge Laranjinha, em representação da população, onde reivindica a baixa do preço da água do consumo público no concelho.
No documento entregue, a população exige também que seja clarificada a forma como é feita a leitura e a facturação por parte da Águas do Ribatejo, a actual concessionária de água no concelho. Aquando da entrega do processo com as assinaturas não houve comentários por parte das entidades envolvidas. No entanto, durante a reunião, o assunto foi amplamente discutido pelos eleitos e pelo executivo da câmara, e a principal decisão tomada foi a de solicitar uma reunião pública com a Águas do Ribatejo para que seja clarificada a forma como é processada a facturação para que a população tome conhecimento exacto do que está a pagar no concreto.
------------------------------------------------------------

sábado, 19 de dezembro de 2009

Ensino

Terminou o protesto dos alunos no Politécnico de Tomar
Após cinco dias de protesto, esta sexta-feira os estudantes do curso de fotografia desmontaram esta sexta-feira mais de duas dezenas de tendas que se encontravam instaladas desde segunda-feira no recinto daquela escola politécnica.
O protesto baseou-se numa reivindicação de infras-estruturas e materiais no sentido de assegurar “condições mínimas” para um melhor funcionamento do curso. Os estudantes entregaram um abaixo-assinado à presidência do IPT, onde expunham as suas reivindicações. Segundo informações de um responsável daquela Escola Superior, foi auscultado um aluno de cada ano do curso de fotografia, ficando a promessa da melhoria de condições numa sala de aulas, condicionada pela avaria de alguns computadores e que limitava a normalidade das aulas de fotografia digital.
No próximo mês de Janeiro, os alunos, admitem voltar a reunir para analisarem a situação.
------------------------------------------------

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Autarquias

Executivo da Câmara de Torres Novas aprovou adesão à empresa “Águas do Ribatejo”
O executivo camarário torrejano aprovou hoje em reunião extraordinária a adesão da Câmara Municipal de Torres Novas à empresa intermunicipal Águas do Ribatejo. Apenas houve um voto contra do PSD. O eleito pela CDU, Carlos Tomé votou a favor em conjunto com os socialistas por achar que o caminho da “intermunicipalidade” é o único caminho para o futuro.
O processo vai ser enviada para a Assembleia Municipal que irá reunir no próximo dia 29 de Dezembro, para discutir e aprovar a decisão.
-------------------------------------------------

Sociedade

GNR apreende redes de pesca no Tejo
A GNR de Santarém apreendeu hoje cinco redes de pesca, duas âncoras e um quilo de meixão (enguias em estado larvar), numa operação realizada hoje no Tejo, em Valada (Cartaxo) e Salvaterra de Magos.
A operação de controlo e fiscalização de pesca ilícita de enguias juvenis em estado larvar envolveu 12 militares, duas embarcações e cinco viaturas, afirma um comunicado do comando territorial da GNR.
As redes capturadas foram inutilizadas, as âncoras retiradas e o meixão devolvido ao rio, afirma o comunicado.
------------------------------------------------------

Sociedade


Idália Moniz visita Instituições Sociais do concelho de Ourém
No próximo domingo, dia 20 de Dezembro, Idália Moniz, Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, fará uma visita às instituições Casa da Criança, da Fundação Dr. Agostinho Albano de Almeida, onde chegará às 16h00, e ao Centro Social e Paroquial de Seiça, às 17h00, onde partilhará um lanche com os utentes do Centro.
---------------------------------------------------------------

Ambiente

Câmara de Ourém continua com distribuição de "Compostores Domésticos"
Teve início esta segunda-feira, dia 14, a segunda fase da distribuição de compostores domésticos no concelho de Ourém, que envolve as freguesias de Fátima, Caxarias, Atouguia e Alburitel. Presente na reunião de trabalhos, José Alho, vereador do Ambiente da Câmara de Ourém, destacou a importância da iniciativa da Valorlis - Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos, S.A. – em parceria com a autarquia, não só pela componente ambiental, mas também “porque se trata de finanças”, sendo que “quanto menos colocarmos nos contentores, menos se paga ao nível de RSU´s”. O próximo passo desta segunda fase decorrerá com a marcação das datas para a entrega de compostores, antecedidas por acções de formação, onde serão explicados aos interessados os procedimentos a ter em conta. Para além das freguesias enunciadas, poderão candidatar-se, como já tinha acontecido na primeira fase de entrega, habitantes de outras freguesias que tenham condições e queiram receber um compostor. As inscrições poderão ser realizadas nas Juntas de Freguesia e na Divisão de Ambiente da autarquia, sendo dada prioridade a habitações que possuam alguma forma de energia alternativa. Os aderentes podem solicitar a qualquer momento apoio à autarquia na implementação do processo. Actualmente já são 418 os compostores domésticos distribuídos pelos lares do concelho de Ourém. A compostagem doméstica consta de um processo através do qual materiais exclusivamente orgânicos (restos alimentares, desperdícios de jardim, etc.) são transformados num composto fertilizante orgânico através da acção de diversos microorganismos, micróbios, fungos, pequenos animais e até algumas plantas. A compostagem é um processo simples, requerendo apenas um recipiente (contentor) e a acção do tempo. Desde que todos os cuidados – que serão transmitidos durante a formação - sejam seguidos, é um processo que não tem riscos para a saúde e necessitará de atenção mínima.
-----------------------------------------------

Economia


Governadora Civil de Santarém estará presente na apresentação do “Projecto da RPP Solar” em Abrantes
Realiza-se na próxima 2ª feira dia 21 de Dezembro de 2009, pelas 10h30, na Câmara Municipal de Abrantes, a sessão de apresentação do maior Projecto Integrado de Energia Solar da empresa RPP Solar a localizar em Abrantes. O projecto no âmbito das energias renováveis, tem um investimento global calculado de 850 milhões de euros e está prevista a criação de mais de 1800 postos de trabalho. Para além do grupo investidor, estarão presentes a Governadora Civil de Santarém, Sónia Sanfona e a Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque.
-----------------------------------------------------

Eventos


Festa de Natal do CRIT de Torres Novas realizou-se num verdadeiro espírito de solidariedade
A Valência do CRIT “Centro Comunitário Rosto” que dá apoia à comunidade através de diversas actividades e serviços: terapia familiar; acompanhamento psicológico; apoio social; apoio ocupacional e animação sociocultural, organizou no passado dia 16 de Dezembro a sua Festa de Natal.
Foi em verdadeiro espírito natalício que todos deram o seu contributo para a comemoração desta grande festa da família. É esta a função do Centro Comunitário Rosto, proporcionar um outro sentido na vida dos seus utentes.
Dos pequenos aos graúdos todos prepararam a sua participação, onde não faltou o Pai Natal e o Menino o Jesus.
Entre peças de teatro, cantigas, poemas, aplausos e sorrisos ficou uma grande mensagem:
“Todos diferentes, mas todos iguais, independentemente da cor, raça ou religião.
Vamos fazer Natal todos os dias, dando as mãos aos que vivem em solidão.”
-------------------------------------------------------------------

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Autarquias

Câmara de Abrantes convida jovens a apresentarem propostas para o Orçamento camarário
A Câmara de Abrantes convidou hoje os jovens do concelho a apresentarem propostas para o Orçamento camarário, procurando “incentivar” os jovens a “participar na gestão da coisa pública. Em declarações à Agência Lusa, a presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque, explicou que vai ser disponibilizada “uma fatia inicial” de 50 mil euros para ser gerida pelas associações juvenis do concelho.
Serão essas associações a decidir o modo de uso das verbas, “seja no apoio a uma actividade de relevo para a comunidade, seja num espectáculo de cariz cultural ou o início de construção de uma obra física que os jovens sintam como uma necessidade”.
“Esta é uma medida absolutamente inédita em Abrantes e significa um primeiro passo no sentido de trazer os jovens para a causa pública, para que aprendam e se familiarizem com a gestão dos recursos públicos”, disse a responsável, tendo acrescentado “querer” aumentar a verba em próximos orçamentos e alargar a iniciativa a outros projectos e outras faixas etárias.
“Queremos experimentar com este primeiro desafio, um projecto-piloto que a autarquia lança este ano e que quer, depois, aumentar, melhorar e ampliar, no sentido de colocar a população a interagir com o poder local”, afirmou.
Céu Albuquerque adiantou à Lusa que vai propor a realização de uma Assembleia Municipal extraordinária que conte com a participação dos jovens do concelho, “para os envolver e consciencializar para a gestão da causa pública”, criem grupos de trabalho que “privem e acompanhem de perto” o trabalho desenvolvido no dia a dia, quer pela presidente da autarquia, quer pelos vereadores em exercício.
Com gestão centralizada no Gabinete de Apoio à Presidência, o designado orçamento participativo vai ter uma gestão partilhada pelos jovens com assento no Conselho Municipal de Juventude, órgão em que poderão discutir e decidir sobre como usar a verba disponibilizada.
---------------------------------------------------------

Autarquias


Presidente da Câmara de Alpiarça faz comunicação sobre situação financeira da autarquia
Na próxima segunda-feira, dia 21, pelas 21h00, o Presidente da edilidade Alpiarcense, Mário Fernando Pereira, vai fazer no auditório dos Paços do Concelho, uma comunicação relativa à situação financeira da autarquia, apresentando também as linhas gerais do Orçamento para o próximo ano de 2010.
--------------------------------------------------------------

Empresas

Trabalhadores da IFM/Platex reúnem-se em plenário na próxima segunda-feira
Um comunicado emitido pelo Sindicato dos Trabalhadores da Construção, Mármores e Cortiças do Sul, informa que na próxima segunda-feira, os trabalhadores da IFM/Platex voltam a reunir em Plenário, pelas 10 horas, com o objectivo de fazerem o balanço da última acção de luta junto dos Ministérios do Trabalho e da Economia, de participarem na sessão da Assembleia Municipal de Tomar que se realiza naquele dia pelas 15 horas e de definirem acções de luta futuras.
“Sendo obrigados a suspender os contratos de trabalho para terem um mínimo de rendimento para sobreviverem, a esmagadora maioria dos trabalhadores daquela empresa, tem sido incansável na luta pela defesa dos empregos e duma unidade industrial indispensável ao futuro da cidade de Tomar e da região. Ao longo dos meses têm sido feitas promessas de que a IFM/Platex iria reabrir e que os direitos de quem lá trabalha seriam salvaguardados. Na verdade, tem sido tudo conversa e se as diversas entidades com responsabilidades no processo não agirem o que, uma vez mais, vamos ver salvaguardados são os interesses dos especuladores. O futuro da IFM/Platex, está numa encruzilhada onde interesses, aparentemente antagónicos se digladiam para verem quem fica com o que ainda resta do enorme património mobiliário e imobiliário daquela empresa, estando pouco preocupados com os postos de trabalho. É por isso, que os trabalhadores e as suas organizações, sempre têm reclamado que a luta da IFM/Platex deve ser também uma luta das forças progressistas e de todos aqueles que não querem perder mais uma unidade industrial que cria riqueza e exporta o que produz”, lê-se no comunicado. “Apela-se por isso para que, no dia 21 de Dezembro, a população de Tomar se junte aos trabalhadores da IFM/Platex e apoie a Assembleia Municipal na exigência da imediata reabertura da empresa e da salvaguarda dos postos de trabalho e dos direitos de quem lá trabalha”, conclui o documento.
-----------------------------------------------------

Autarquias

Autarcas do Médio Tejo reclamam aumento das comparticipações FEDER
O presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) disse hoje que os contratos de financiamento de delegação de competências com subvenção global “oneram de forma grave os municípios”, exortando os autarcas a reivindicarem maiores comparticipações.
António Rodrigues, o socialista que preside igualmente à Câmara Municipal de Torres Novas, considerou não haver qualquer motivo de regozijo pela assinatura dos sete primeiros contratos no âmbito da subvenção global assinada em 12 de Dezembro de 2008, não só por ter decorrido mais de um ano, mas também por estarem a ser atribuídas comparticipações inferiores a 50 por cento do valor global de investimento.
“Com comparticipações destas não vamos a lado nenhum”, disse o presidente da CIMT, citado pela agência Lusa, perante os autarcas de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Proença-a-Nova reunidos hoje na sede da CIMT, em Tomar.
António Rodrigues disse não acreditar “que não haja alterações” nos modelos de financiamento, incitando os autarcas a reivindicar comparticipações mais elevadas e manifestando a “esperança de que a incompetência do passado reverta em mais comparticipação”.
Lembrando que nos quadros comunitários anteriores as comparticipações comunitárias variavam entre os 75 e os 90 por cento, o autarca afirmou que a regra é agora “não chegar aos 50 por cento”, o que cria constrangimentos “muito graves” aos municípios.
Os contratos hoje assinados – sete das 33 candidaturas entregues – respeitam a obras a realizar em três concelhos, Ourém e Vila Nova da Barquinha (Médio Tejo) e Proença-a-Nova (Pinhal Interior Sul), concedendo uma comparticipação do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) no valor de perto de 4,3 milhões de euros.
No caso de Ourém, são comparticipados os investimentos no Centro Municipal de Protecção Civil (139,4 mil euros), na requalificação do Agroal (1 milhão de euros) e na beneficiação da estrada nacional 113-1 (514 mil euros).
Vila Nova da Barquinha vê comparticipada a obra de construção do Centro de Ciência Viva (462,3 mil euros) e a remodelação e requalificação da antiga estrada nacional 3, que passou para a responsabilidade do município e que vai ser transformada em arruamento em todo o troço urbano (1,2 milhões de euros).
Já Proença-a-Nova assinou os contratos de comparticipação para a variante Sul (747,9 mil euros) e para a renaturalização do ribeiro de Santa Margarida (158,7 mil euros).
Miguel Pombeiro, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha (PS), disse à agência Lusa ser “muito penalizador” para as autarquias, não só o baixo valor de comparticipação como o atraso na concretização da contratualização celebrada há mais de um ano “com pompa e circunstância”.
No caso da sua autarquia, há obras em curso e outras já concluídas que aguardam ainda aprovação, frisando que no caso do Centro de Ciência Viva/Centro Integrado de Educação e Ciência (CIEC), dedicado ao ensino experimental no primeiro ciclo, este surge conjugado com o Centro Escolar (cuja candidatura ainda não está aprovada), num projecto considerado inovador a nível nacional.
---------------------------------------------------------